Balanço Patrimonial Demonstração do Resultado Demonstração dos Fluxos ...· justo e os custos
Balanço Patrimonial Demonstração do Resultado Demonstração dos Fluxos ...· justo e os custos

Balanço Patrimonial Demonstração do Resultado Demonstração dos Fluxos ...· justo e os custos

  • View
    214

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Balanço Patrimonial Demonstração do Resultado Demonstração dos Fluxos ...· justo e os custos

  • continua

    Notas Explicativas s Demonstraes Financeiras1. Contexto Operacional: A Lets Rent a Car S.A. (Sociedade), com sede social em Araraquara,Estado de So Paulo est constituda como uma sociedade por aes de capital fechado e tem comoprincipal objetivo a locao de veculos e demais meios de transporte rodovirio com ou sem moto-rista, locao de mquinas, equipamentos comerciais, industriais e agrcolas. Atualmente, a So-ciedade possui cerca de 6.653 veculos. Conforme mencionado na nota explicativa n 23, a Socie-dade efetuou a segunda emisso de debntures simples, no conversveis em aes o quecontribuir para o equilbrio do capital circulante e para os investimentos esperados durante oexerccio de 2015. Dos recursos provenientes da emisso, R$60.000 so destinados aquisio deveculos novos, e o restante ao pagamento de dvidas. 2. Base de Preparao e Elaborao dasDemonstraes Financeiras: 2.1. Declarao de conformidade: As demonstraes financeiras fo-ram elaboradas e esto sendo apresentadas de acordo com as prticas contbeis adotadas noBrasil, e os pronunciamentos, s orientaes e interpretaes tcnicas emitidas pelo Comit dePronunciamentos Contbeis - CPC, aprovados pelo Conselho Federal de Contabilidade - CFC.2.2. Base de mensurao: As demonstraes financeiras foram preparadas utilizando o custo his-trico como base de valor, exceto pela valorizao de certos ativos e passivos como instrumentosfinanceiros, os quais so mensurados pelo valor justo. 2.3. Uso de estimativas e julgamentos: Apreparao das demonstraes financeiras de acordo com as prticas contbeis adotadas no Bra-sil requer da Administrao da Sociedade o uso de estimativas, julgamentos e pressuposies parao registro de certas transaes que afetam ativos, passivos, receitas e despesas, bem como a di-vulgao de informaes sobre os dados das suas demonstraes financeiras. Os resultados efeti-vos dessas transaes e informaes, quando de sua efetiva realizao em perodos subsequentes,podem divergir dessas estimativas. As estimativas e premissas so revisadas continuamente e osefeitos dessas revises so reconhecidos no perodo em que ocorreu a reviso e em quaisquer per-odos futuros afetados. As informaes sobre julgamentos e estimativas crticos referentes s pr-ticas contbeis adotadas que afetam significativamente os valores reconhecidos nas demonstra-es financeiras referem-se a registro de proviso para crditos de liquidao duvidosa,expectativa de recuperao de imposto de renda e contribuio social diferidos, valores residuais evida til dos ativos imobilizados, amortizao do intangvel, recuperao dos ativos de longo prazo(impairment), valor justo de derivativos e outros instrumentos financeiros, e proviso para riscoscveis e trabalhistas. 2.4. Moeda funcional e moeda de apresentao: As demonstraes financei-ras foram preparadas e esto apresentadas em Real (R$), que a moeda funcional da Sociedade.3. Resumo das Principais Prticas Contbeis: 3.1 Ativos financeiros: Ativos financeiros no deri-vativos: A Sociedade reconhece os emprstimos e recebveis e depsitos inicialmente na data emque foram originados. A Sociedade deixa de reconhecer um ativo financeiro quando os direitoscontratuais aos fluxos de caixa do ativo expiram, ou quando transferem os direitos ao recebimentodos fluxos de caixa contratuais sobre um ativo financeiro em uma transao na qual essencialmen-te todos os riscos e benefcios da titularidade do ativo financeiro so transferidos. Eventual parti-cipao criada ou retida pela Sociedade nos ativos financeiros reconhecida como um ativo oupassivo individual. A Sociedade tem os seguintes ativos financeiros no derivativos: contas a rece-ber, ativos disponveis para venda e outros ativos. Ativos financeiros registrados pelo valor justopor meio do resultado: Um ativo financeiro classificado pelo valor justo por meio do resultado casoseja classificado como mantido para negociao e seja designado como tal no momento do reco-nhecimento inicial. Os ativos financeiros so designados pelo valor justo por meio do resultado sea Sociedade gerencia tais investimentos e toma decises de compra e venda com base em seusvalores justos de acordo com a gesto de riscos documentada e sua estratgia de investimentos.Os custos da transao, aps o reconhecimento inicial, so reconhecidos no resultado como incor-ridos. Ativos financeiros registrados pelo valor justo por meio do resultado so medidos pelo valorjusto, e mudanas no valor justo desses ativos so reconhecidas no resultado do perodo. Reconhe-cimento e mensurao: As compras e vendas regulares de ativos financeiros so reconhecidas nadata de negociao - data em que a Sociedade se compromete a comprar ou vender o ativo. Osativos financeiros ao valor justo por meio do resultado so, inicialmente, reconhecidos pelo valorjusto e os custos da transao so debitados na demonstrao do resultado. Os emprstimos erecebveis so contabilizados pelo custo amortizado, usando o mtodo da taxa efetiva de juros. Osativos financeiros so baixados quando os direitos de receber fluxos de caixa dos investimentostenham vencido ou tenham sido transferidos; neste ltimo caso, desde que a Sociedade tenhatransferido, significativamente, todos os riscos e os benefcios da propriedade. Os ganhos ou asperdas decorrentes de variaes no valor justo de ativos financeiros mensurados ao valor justo pormeio do resultado so apresentados na demonstrao do resultado em Receitas financeiras ouDespesas financeiras. Emprstimos e recebveis: So ativos financeiros com pagamentos fixosou calculveis que no so cotados no mercado ativo. Tais ativos so reconhecidos inicialmentepelo valor justo acrescido de quaisquer custos de transao atribuveis. Aps o reconhecimentoinicial, os emprstimos e recebveis so medidos pelo custo amortizado por meio do mtodo dosjuros efetivos, decrescidos de qualquer perda por reduo ao valor recupervel. Ativos disponveispara venda: So ativos financeiros no derivativos que so designados como disponveis paravenda ou no so classificados em nenhuma das categorias anteriores. Os investimentos da Socie-dade em ttulos patrimoniais so classificados como ativos financeiros disponveis para venda.Instrumentos patrimoniais que no tenham preo de mercado cotado em mercado ativo e cujo valorjusto no possa ser confiavelmente medido, so medidos pelo custo. Mtodo dos juros efetivos: um mtodo de clculo do custo amortizado de um ativo ou passivo financeiro e alocao da receitaou despesa dos juros durante o perodo correspondente. A taxa efetiva de juros a taxa que descon-ta exatamente os recebimentos ou pagamentos futuros estimados de caixa (incluindo todos oshonorrios e pontos pagos ou recebidos que formam parte integral da taxa efetiva de juros, custosde transao e outros prmios ou descontos) por meio da vida esperada do ativo financeiro, ou,quando apropriado, por um perodo menor. Reduo ao valor recupervel de ativos financeiros(impairment): Ativos financeiros, exceto aqueles alocados a valor justo atravs de lucros ouperdas, so avaliados por indicadores de impairment na data do balano. Os ativos financeirosso considerados deteriorados quando h evidncia de que, como resultado de um ou mais eventosocorridos aps seu reconhecimento inicial, os fluxos de caixa futuros estimados do investimentoforam impactados. Evidncia objetiva de impairment poderia incluir: Dificuldade financeirasignificativa do emissor ou contraparte; Inadimplncia ou mora no pagamento de juros ou doprincipal; Quando se torna provvel que o devedor entrar em falncia ou recuperao judicial; Extino do mercado ativo daquele ativo financeiro em virtude de problemas financeiros. Paracertas categorias de ativos financeiros como contas a receber de clientes e outros recebveis, aproviso para crditos de liquidao duvidosa calculada com base na anlise de risco dos crdi-tos, que contempla o histrico de perdas, a situao individual dos clientes, a situao do grupoeconmico ao qual pertencem, as garantias reais para os dbitos e a avaliao dos consultoresjurdicos, sendo considerada suficiente para cobrir eventuais perdas sobre os valores a receber.Para os ativos financeiros mensurados ao valor de custo amortizado, o valor do impairment cor-responde diferena entre o valor contbil do ativo e o valor presente dos fluxos de caixa futurosestimados, descontada na taxa de juros efetiva original do ativo financeiro. O valor contbil re-duzido diretamente pela perda por impairment para todos os ativos financeiros, com exceo dascontas a receber, caso em que o valor reduzido pelo uso de uma conta de proviso. Quando umaduplicata a receber considerada irrecupervel, esta baixada contra a conta de proviso paracrditos de liquidao duvidosa. Recuperaes subsequentes de valores anteriormente baixadosso creditadas contra a conta de proviso. As mudanas no valor contbil da proviso so reconhe-cidas em lucros e perdas. Para os ativos financeiros includos na categoria de emprstimos e rece-bveis, se em um perodo subsequente o montante da perda com impairment diminuir e o decrs-cimo for objetivamente relacionado a um evento que ocorreu aps o reconhecimento doimpairment, a perda com impairment anteriormente reconhecida ser revertida atravs delucros e perdas, limitada ao que teria sido o valor do custo amortizado se oimpairment no tivesse sido reconhecido. Em 31 de dezembro de 2014 e de 2013, a Administra-o da Sociedade efetuou anlise de impairment de ativos financeiros e no foi identificada anecessidade de registro de proviso. Instrumentos financeiros derivativos: A Sociedade possuiinstrumentos financeiros derivativos para administrar sua exposio a riscos da taxa de juros ecmbio. Os derivativos so inicialmente reconhecidos ao valor justo na data de contratao eposteriormente remensurados pelo valor justo no encerramento dos perodos. Eventuais ganhos ouperdas so reconhecidos no resultado imediatamente. O valor justo dos instrumentos derivativosest divulgado na nota explicativa n 15. 3.2 Passivos financeiros e instrumentos de patrimnio:Classificao como instrumento de dvida ou de patrimnio: Instrumentos de