Banner - RPG

  • View
    221

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Banner - RPG - Projeto RPG e Filosofia

Text of Banner - RPG

Slide 1

OUTRAS HISTRIAS DA FILOSOFIA: O USO DO RPG COMO FERRAMENTA PEDAGGICA PARA O ENSINO DE CONTEDOS FILOSFICOS.Estudante: Milena Godoi e-mail: milena.sgodoi@gmail.comEstudante: Nathalia Santana Cosim e-mail: nathalia.cosin@hotmail.comOrientador: Israel Fabiano Pereira de Souza e-mail: israel.souza@gmail.comInstituto Federal de Mato Grosso do Sul Campus Nova AndradinaCurso Tcnico em InformticaNova Andradina/MS

IntroduoA importncia dos jogos no desenvolvimento da criana e do adolescente j foi destacada por vrios autores. No campo da psicologia gentica, a questo do ldico tem um eminente papel na prpria construo da inteligncia. Piaget (1975) destaca que o jogo responsvel pelo desenvolvimento cognitivo e moral da criana, permitindo a este construir um saber sobre o real. Utilizar jogos como ferramenta pedaggica poderia, portanto, propiciar este desenvolvimento, auxiliando, alm disso, na assimilao dos contedos didticos.O RPG Role Playing Game um jogo no qual os jogadores interpretam personagens dentro de uma histria, criada por um narrador, o qual responsvel por conduzir o desenvolvimento das aes. Como todo jogo, possui suas regras especficas mas, ao contrrio da maioria, permite uma liberdade muito grande para quem joga, pois o que determina como o jogo se desenvolve so as aes dos personagens interpretados pelos jogadores. A proposta do presente trabalho promover uma reflexo sobre a possibilidade do emprego do RPG como ferramenta pedaggica para a assimilao dos contedos da disciplina de Filosofia.MetodologiaPara a realizao do trabalho, pensou-se na criao de grupos de alunos do Ensino Mdio idades variantes entre 15 a 17 anos - que jogariam sesses do RPG. O professor, no papel do Narrador, encarregou-se de criar histrias que tivessem em seu contexto algum contedo filosfico. Deste modo, o trabalho foi dividido em trs etapas: 1) criao dos grupos que participariam das sesses de jogo; 2) elaborao de relatrios pelos jogadores sobre a sesso realizada, indicando em que medida conseguiram assimilar o material filosfico colocado na histria; 3) anlise dos relatrios, observando a eficcia ou no da empregabilidade do RPG para a tarefa a que foi direcionado. Optou-se pela atividade no Ensino Mdio uma vez que o contedo do RPG exige um nvel de abstrao mais elaborado, alm da prpria temtica filosfica que ser discutida, o que somente possvel com adolescentes que tenham j uma capacidade de operar os conceitos colocados dentro das histrias de uma maneira mais madura.DiscussoA tarefa de tornar o RPG uma ferramenta para a produo de conhecimento filosfico foi pensada por causa do vasto campo de criao permitido pelo jogo. A possibilidade de simular, por exemplos, conflitos ticos, polticos e sociais, situaes que exigem reflexo e tomada de posicionamento, alm do esforo heurstico intrnseco ao jogo, fazem do RPG locus para discusses filosficas. Acreditamos que mediante ele os alunos tenham a possibilidade de se situar, para alm de mero jogador, como sujeito cognoscente que, orientado pelo professor/narrador no decorrer sesses de jogo, consegue refletir acerca das vivncias emuladas/vividas dentro das histrias.Referncias bibliogrficasALMEIDA, Paulo Nunes de. Educao Ldica: tcnicas e jogos pedaggicos. So Paulo: Edies Loyola, 2003.PIAGET, Jean.A formao do smbolo na criana. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1975.REIN-HAGEN, Mark. Vampiro: a Mscara. So Paulo: Devir, 1994.RODRIGUES, Sonia. Roleplaying Game e a Pedagogia da Imaginao no Brasil. Rio de Janeiro: Bertrand Russel, 2004.SANTOS, lia Amaral do Carmo. O Ldico no Processo Ensino-Aprendizagem. Disponvel em:< http://need.unemat.br/4_forum/artigos/elia.pdf>. Acesso em: 5 de ago. 2014.