Click here to load reader

Boletim da Assembleia Internacional de Novos Modelos

  • View
    216

  • Download
    1

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Roma, 10 a 14 de julho de 2015

Text of Boletim da Assembleia Internacional de Novos Modelos

  • Novos modelos de aNimao, goverNaNa e gesto

    AssembleiA internAcionAl roma, 10 a 14 de julho de 2015

    Boletim informativo

  • AssembleiA internAcionAl: novos modelos de AnimAo, governAnA e gesto

    2

    nDice

    1. Projeto e processo ...................................... 3

    2. Assembleia em ambiente de famlia ... 4

    3. Objetivos e metodologia ............................7

    4. Dinmica de trabalho ..................................7

    5. Contedos tratados .................................... 8

    6. Tornar possvel um novo comeo ....... 14

  • AssembleiA internAcionAl: novos modelos de AnimAo, governAnA e gesto

    3

    1. Projeto e processo

    Este processo, liderado pelo Conselho Geral e elaborado pela Equipe do Projeto, atingiu um estgio importante: a Assembleia internacional celebrada em Roma de 10 a 14 de julho de 2015.O apelo do 21 Captulo Geral, Com Maria ide depressa para uma terra nova, de-sencadeou muitos processos de vida nas diferentes regies do Instituto, ajudou-nos a ver o corao do carisma marista, a internacionalidade e interculturalidade e a rea-lidade das crianas, adolescentes e jovens nos cinco continentes.

    O objetivo fundamental do Projeto assegurar o desenvolvimento e a sustentabili-dade da vida e da misso maristas, ao propor e implementar princpios, diretrizes e possveis modelos de animao, governana e gesto para a Administrao Geral e para as Unidades Administrativas.

    O projeto foi enriquecido por um diagnstico que a Equipe do Projeto realizou depois de receber as contribuies solicitadas s Unidades Administrativas. As contribui-es do Conselho Geral e de muitas outras pessoas envolvidas tambm foram in-corporadas a esse processo de reflexo.

    A Assembleia, da qual participaram pessoas de todo o mundo marista, vislumbrou esse sonho para a vida e a misso maristas do novo sculo. Chegou o momento de sonhar nosso futuro.

  • AssembleiA internAcionAl: novos modelos de AnimAo, governAnA e gesto

    4

    2. Assembleia em ambiente de famlia

    AAssembleia de Novos Modelos convocada pelo Ir. Emili Tur (Superior Geral) e seu Conselho foi realizada entre os dias 10 e 14 de julho de 2015. A Casa Geral e o Hotel Villa Eur acolheram todos os Irmos Pro-vinciais e Superiores de Distrito, bem como um delegado de cada Unidade Administrativa de todo o mundo marista. Participaram tambm os membros dos Secretariados do Instituto, a Comisso Internacional de Novos Modelos e a Equipe do Projeto. A lista dos assistentes foi a seguinte:

    1 Gregorio Linacero Amrica Central

    2 Luis Carlos Gutirrez Amrica Central

    3 Joe McCarthy Austrlia

    4 Peter Carroll Austrlia

    5 Jos Wagner Rodrigues da Cruz Brasil Centro Norte

    6 Wellington Medeiros Brasil Centro Norte

    7 Joaquim Sperandio Brasil Centro Sur

    8 Jorge Gaio Brasil Centro Sur

    9 Grard Bachand CanadW

    10 Richard Roy Canad

    11 Mximo Blanco Compostela

    12 scar Martn Compostela

    13 Eutimio Rubio Cruz del Sur

    14 Horacio Bustos Cruz del Sur

    15 Joo Gutemberg Distrito de Amaznia

    16 Valter Zancanaro Distrito de Amaznia

    17 Juan Castro Distrito de sia

    18 Michael Noel Potter Distrito de sia

    19 Lindley Halago Sionosa East sia

    20 Robert Teoh East sia

    21 Brendan Geary Europa Centro-Oeste

    22 Maurice Taildeman Europa Centro-Oeste

    23 Ambrosio Alonso Ibrica

    24 Moiss Alonso Ibrica

    25 Maurice Berquet LHermitage

    26 Pere Ferr LHermitage

    27 Silvain Ramandimbiarisoa Madagascar

    28 Antonio Gimnez Mediterrnea

    29 Juan Carlos Fuertes Mediterrnea

    30 Juan Miguel Anaya Torres Mediterrnea

    31 Jean Marie Batick Melanesia

    32 Mark Kenatsi Melanesia

    33 Jos Snchez Mxico Central

    34 Justino Gmez Mxico Central

    35 Ricardo Reynozo Mxico Central

    36 Eduardo Navarro Mxico Occidental

    37 Ral Fernando Lara Mxico Occidental

    38 Henry Chidi Uzor Nigria

    39 Joachim Okoye-Ezetulugo Nigria

    40 Csar Rojas Norandina

    41 Diego Antn Norandina

    42 Edouard Yatha PACE

    43 Valentin Djawu PACE

    44 David McDonald Distrito do Pacfico

    45 Kevin Wanden Distrito do Pacfico

    46 Jos Mara Custodi Distrito do Paraguai

    47 Claudiano Tiecher Rio Grande do Sul

    48 Inacio Nestor Etges Rio Grande do Sul

    49 Pedro Herreros Santa Maria dos Andes

    50 Saturnino Alonso Santa Maria dos Andes

    51 Shanthi Liyanage sia do Sul

    52 Sunanda Alwis sia do Sul

    53 Fortune Chiedzo frica Austral

    54 Joseph Walton frica Austral

    55 Ben Consigli USA

    56 Patrick MCNamara USA

    58 Daniel Taylor Distrito da frica do Oeste

    57 Francis Lukong Distrito da frica do Oeste

    61 Carlos Huidobro Administrao Geral

    67 Libardo Garzn Administrao Geral

    59 Chris Wills CMI

    60 Antonio Ramalho Conselho Geral

    62 Emili Tur Conselho Geral

    63 Ernesto Snchez Conselho Geral

    64 Eugene Kabanguka Conselho Geral

    65 Joe McKee Conselho Geral

    66 Josep Mara Soteras Conselho Geral

    68 Michael de Waas Conselho Geral

    81 Vctor Preciado Conselho Geral

    69 Manel Mendoza FMSI

    70 Mario Meuti FMSI

    71 Carlos Alberto Rojas Organizao

    72 Francesco Fusco Organizao

  • AssembleiA internAcionAl: novos modelos de AnimAo, governAnA e gesto

    5

    73 Gabriel Villa-Real Organizao

    74 Joao Carlos do Prado Organizao

    75 Jos Mara Sanz Organizao

    76 Luca Olivari Organizao

    77 Michael Green Organizao

    78 Miguel ngel Espinosa Organizao

    79 Peter MCNamara Organizao

    80 Hiplito Prez Secretariado Irmos Hoje

    81 Javier Espinosa Secretariado dos Leigos

    82 Pep Buetas Secretariado dos Leigos

    83 Tony Leon Secretariado Irmos Hoje

    84 Matthieu Daum Facilitador

  • AssembleiA internAcionAl: novos modelos de AnimAo, governAnA e gesto

    6

    Na Assembleia, cada um dos participantes contribuiu para a convivncia em um ambiente de fraternidade, escuta, dilogo e disponibilidade que permitiu a acolhida do Projeto e a elaborao coletiva.

    O ritmo da reunio permitiu o encontro, a reflexo, o dilogo e a construo coletiva, o tempo pessoal, a orao e o descanso. Ao passar dos dias, diferentes espaos da casa foram se ambientando com sinais e smbolos e com as reflexes realizadas pelas Unidades Administrativas e Regies.

  • AssembleiA internAcionAl: novos modelos de AnimAo, governAnA e gesto

    7

    3. Objetivos e metodologia

    O objetivo apresentado na Assembleia foi o de permitir que os participantes pudes-sem construir:

    um consenso em torno de um roteiro com novas maneiras para desenvolver a animao, a governana e a gesto;

    um compromisso para implementar esse roteiro para fortalecer a Misso Marista no mundo nos prximos anos.

    Para o desenvolvimento da proposta de trabalho e metodologia, o Ir. Superior Geral, o Conselho Geral e a equipe de coordenao da Assembleia solicitaram o apoio do Sr. Matthieu Daum, que esteve presente como facilitador dos processos.

    A proposta metodolgica se baseou na teoria U, permitindo que todos os partici-pantes se envolvessem no Projeto como cocriadores.

    4. Dinmica de trabalho

    Entendimento do Projeto. A Assembleia criou todo um roteiro para o enten-dimento do Projeto. O Conselho Geral foi apresentando os diversos temas e a Assembleia foi dialogando e assumindo a centralidade do Projeto em todas as suas dimenses.

    Apresentao e dilogo sobre as Comunidades Internacionais. O Ir. Emili fez uma interveno motivadora para o desenvolvimento deste novo Projeto de fraternidade em cada Regio e em todo o mundo marista.

    Abrem-se as portas para o futuro. De tal maneira que foram identificadas muitas das chaves do futuro para a Misso Marista: a internacionalidade, a corresponsabilidade, a participao dos leigos

  • AssembleiA internAcionAl: novos modelos de AnimAo, governAnA e gesto

    8

    Dinmica de cocriao. Foi apresentada uma dinmica de trabalho muito interessante que facilitou o dilogo, a reflexo e a gerao de propostas em mbito provincial, regional e da prpria Administrao Geral.

    Celebrao da abertura do Ano Fourvire, que serviu de envio dos partici-pantes para trabalhar no roteiro proposto.

    5. Contedos tratados

    a. Princpios e diretrizes

    Princpios

    Uma misso, Dar a conhecer a Jesus cristo e faz-lo amar (C.2), com uma pre-sena significativa entre as crianas e os jovens pobres. Componentes-chave:

    Baseado em valores maristas centrais esprito de famlia, amor ao traba-lho, do jeito de Maria, presena... com humildade, simplicidade e modstia.

    com uma espiritualidade particular, apostlica e mariana que se expres-sa hoje como msticos e profetas em comunho. Rosto mariano da Igreja.

    um Instituto Global um sistema global a servio de nossa misso. Cor-responsabilidade e disponibilidade global. Partilha de recursos.

    ...imerso no mundo de nosso tempo... Profundamente conectados com a Igreja a sociedade. Pensando globalmente, atuando localmente. Capaz de se beneficiar da inovao.

  • AssembleiA internAcionAl: novos modelos de AnimAo, governAnA e gesto

    9

    com uma nova relao entre irmos e leigos... Corresponsabilidade, esp-rito de comunho, formando de modo especial uma famlia carismtica. Dilogo, respeito, apoio e aprendizagem mtuos.

    a servio das crianas e dos jovens. Construtores do Reino de Deus, tornando Jesus Cristo seja conhecido e amado. Mediante a educao e a evangelizao, com novos mtodos e linguagens. Nas novas periferias do mundo.

    Diretrizes

    No incio do terceiro centenrio, procuramos as formas mais adequadas para assegurar a sustentabilidade e a vitalidade da Misso Marista.

  • AssembleiA internAcionAl: novos modelos de AnimAo, governAnA e gesto

    1