Boletim Repercussão Geral nº1

  • View
    217

  • Download
    2

Embed Size (px)

Text of Boletim Repercussão Geral nº1

  • RepeRcusso GeRalBoletim

    2

    Supremo Tribunal Federal

  • RepeRcusso GeRalBoletim

    Supremo Tribunal Federal

  • O Boletim Repercusso Geral apresenta uma sntese dos processos em que discutida a existncia de repercusso geral, classificando-os em: repercusso geral reconhecida e mrito julgado; repercusso geral reconhecida e jurisprudncia reafirmada pelo Plenrio Virtual; repercusso geral reconhecida e mrito pendente de julgamento; e repercusso geral no reconhecida.

    Braslia, 1 de agosto a 18 de dezembro de 2013 n 2

    RepeRcusso GeRalBoletim

    Supremo Tribunal Federal

  • Repercusso Geral : Boletim / Supremo Tribunal Federal. v. 1, n. 1 (fev./jul. 2013) - . Braslia : Secretaria de Documentao, 2013- .

    v. ; 21 x 29 cm.

    Semestral.

    Disponvel tambm em formato eletrnico: .

    1. Repercusso geral, Brasil. 2. Tribunal supremo, jurisprudncia, Brasil. I. Brasil. Supremo Tribunal Federal (STF). II. Ttulo: Boletim Repercusso Geral.

    CDD 340.6

    Supremo Tribunal Federal

    Secretaria de Documentao SDO

    Coordenadoria de Jurisprudncia Comparada e Divulgao de Julgados CJCD

    CJCD@stf.jus.br

  • Sumrio

    1 Repercusso geral reconhecida e mrito julgado, 9Direito Administrativo

    Aposentadorias e Penses

    Tema 439: RE 606.199/PR 11Sistema Remuneratrio

    Tema 24: RE 563.708 ED/MS 11Tema 347: RE 607.607 ED/RS 12Tema 351: RE 631.389/CE 13Tema 473: RE 587.371/DF 13

    Direito ConstitucionalSistema Financeiro Nacional

    Tema 5: RE 561.836/RN 14Tema 311: RE 221.142/RS 14

    Direito PenalExtino da Punibilidade

    Tema 650: RE 768.494/GO 15Penas

    Tema 169: RE 600.817/MS 16Princpios e Garantias Penais

    Tema 113: RE 583.523/RS 16

    Direito PrevidencirioBenefcios Previdencirios

    Tema 313: RE 626.489/SE 17

    Direito Processual EleitoralRequisito de Admissibilidade Recursal

    Tema 680: ARE 728.188/RJ 18

    Direito TributrioImunidade Tributria

    Tema 115: RE 580.264 ED-segundos-ED/RS 19Princpios e Garantias Tributrios

    Tema 211: RE 648.245/MG 19Regime Tributrio

    Tema 363: RE 627.543/RS 20Tributos

    Tema 49: RE 562.980 ED/SC 21Tema 63: RE 561.485 ED/RS 22

  • Tema 171: RE 439.796/PR 22Tema 202: RE 596.177 ED/RS 23Tema 261: RE 581.947 ED/RO 24

    2 Repercusso geral reconhecida e jurisprudncia reafirmada pelo Plenrio Virtual, 27

    Direito ConstitucionalProcesso Legislativo

    Tema 682: ARE 743.480 RG/MG 29Tema 686: RE 745.811 RG/PA 29

    Direito TributrioImunidade Tributria

    Tema 693: RE 767.332 RG/MG 30Tributos

    Tema 688: RE 756.915 RG/RS 30Tema 692: ARE 748.445 RG/SC 30

    3 Repercusso geral reconhecida e mrito pendente de julgamento, 31

    Direito AdministrativoAes de Ressarcimento

    Tema 666: RE 669.069 RG/MG 33Agentes Pblicos

    Tema 690: RE 597.396 RG/PE 33Bens Pblicos

    Tema 676: RE 636.199 RG/ES 33Concurso Pblico

    Tema 667: RE 642.895 RG/SC 34Tema 670: RE 719.870 RG/MG 34Tema 671: RE 724.347 RG/DF 34Tema 683: RE 766.304 RG/RS 35Tema 697: RE 740.008 RG/RR 35

    Sistema Remuneratrio

    Tema 672: RE 638.307 RG/MS 35

    Direito EleitoralInelegibilidades

    Tema 678: RE 758.461 RG/PB 35

  • Direito Processual do TrabalhoRequisito de Admissibilidade Recursal

    Tema 679: RE 607.447 RG/PR 36

    Direito TributrioImunidade Tributria

    Tema 674: RE 759.244 RG/SP 36Tema 685: RE 727.851 RG/MG 36Tema 689: RE 748.543 RG/RS 37

    Princpios e Garantias Tributrios

    Tema 668: RE 669.196 RG/DF 37Tema 694: RE 781.926 RG/GO 37

    Tributos

    Tema 669: RE 718.874 RG/RS 38Tema 684: RE 659.412 RG/RJ 38Tema 691: RE 626.837 RG/GO 38Tema 696: RE 666.404 RG/SP 39

    4 Repercusso geral no reconhecida, 41

    Direito AdministrativoAgentes Pblicos

    Tema 687: ARE 717.898 RG/SC 43

    Direito ConstitucionalSistema Financeiro Nacional

    Tema 681: RE 632.084 RG/RS 43

    Direito PrevidencirioBenefcios Previdencirios

    Tema 695: ARE 778.547 RG/SP 43

    Direito Processual ColetivoAo Civil Pblica

    Tema 673: ARE 750.489 RG/PR 44Tema 675: ARE 738.109 RG/RS 44

    Direito TributrioTributos

    Tema 677: RE 688.001 RG/RS 45

    5 Clipping da repercusso geral, 47

  • Repercusso geral reconhecida e mrito julgado1

  • 12

    RepeRcusso geRal Reconhecida e mRito julgado

    TEMA 439 Direito Administrativo; Aposentadorias e PensesDesde que mantida a irredutibilidade, o servidor inativo, embora aposentado no ltimo pata-mar da carreira anterior, no tem direito adquirido de perceber proventos correspondentes aos da ltima classe da nova carreira reestruturada por lei superveniente. Todavia, relativamente reestruturao da carreira disciplinada pela Lei 13.666/2002 do Estado do Paran, assegura-se, com fundamento no art. 40, 8, da CF (na redao anterior EC 41/2003), o direito dos servi-dores inativos ao reajuste dos proventos ajustados em condies semelhantes aos dos servidores da ativa, quando o reajuste decorrer apenas de requisitos objetivos, como tempo de servio e titulao (aferveis at a data da inativao). Discutia-se a possibilidade de servidores estaduais inativos, aposentados no ltimo nvel da carreira, permanecerem no ltimo patamar, diante de superveniente reestruturao do plano de cargos e salrios. O Tribunal asseverou inexistir direito adquirido a regime jurdico. Destacou que, com a norma estadual em questo, os inati-vos de nvel mais elevado, assim como os ativos de igual patamar, foram enquadrados no nvel intermedirio do plano de reclassificao. Aduziu que, na espcie, quando houvera essa reestru-turao, teriam sido estabelecidas novas classes e novos nveis, com a possibilidade de promoo automtica dos servidores em atividade embasada em trs requisitos: tempo de servio, titulao e avaliao de desempenho. Observou que a avaliao de desempenho do inativo no mais seria possvel, contudo, se permitida a promoo automtica apenas pelo tempo de servio ou pela titulao dos servidores em atividade, em ltima anlise, a lei estaria contornando a paridade estabelecida pelo 8 do art. 40 da Constituio, em sua redao originria. Em virtude disso, se-ria permitido que os inativos pudessem, de igual forma, ser beneficiados com base nos critrios objetivos relativos ao tempo de servio e titulao. Concluiu que, mantida a irredutibilidade de vencimentos, no teria o servidor aposentado na ltima classe da carreira anterior o direito de receber proventos correspondentes aos da ltima classe da carreira reestruturada por lei super-veniente. Afirmou, entretanto, que os servidores estaduais, no caso, teriam o direito de reajuste dos vencimentos em condies semelhantes aos servidores da ativa, com base nos requisitos ob-jetivos decorrentes do tempo de servio e da titulao, aferveis at a data da inativao.(RE606.199/PR, rel. Min. Teori Zavascki, julgado em 9/10/2013, acrdo pendente de publi-cao)

    TEMA24Direito Administrativo; Sistema RemuneratrioO Tribunal, ao julgar embargos de declarao, rejeitou-os e manteve o entendimento firmado no julgamento do recurso extraordinrio, em que reconhecida a repercusso geral. Dessa forma, foi reafirmada a jurisprudncia quanto autoaplicabilidade do art. 37, XIV, da CF, na redao

    http://redir.stf.jus.br/paginadorpub/paginador.jsp?docTP=AC&docID=625631http://www.radiojustica.jus.br/radiojustica/exibirHome!downloadArquivo.action?downloadConteudo=234192http://www.stf.jus.br/portal/jurisprudenciaRepercussao/verAndamentoProcesso.asp?incidente=3957697&numeroProcesso=630733&classeProcesso=RE&numeroTema=335

  • 13

    RepeRcusso geRal Reconhecida e mRito julgado

    dada pela Emenda Constitucional 19/1998; inexistncia de direito adquirido manuteno de regime jurdico; e garantia da irredutibilidade dos vencimentos. Discutia-se a possibilidade de adicional por tempo de servio incidir sobre a remunerao (total) de servidor pblico a partir do advento da EC 19/1998, a qual conferiu nova redao ao art. 37, XIV, da CF, tendo em vista a suposta ocorrncia de vantagens funcionais em cascata. O acrdo recorrido manteve, como base de clculo do adicional, a remunerao (includos acrscimos ulteriores) at o incio da vigncia de lei estadual que, em conformidade com a EC 19/1998, estabeleceu como forma de clculo a incidncia sobre o vencimento bsico. O Plenrio assegurou a manuteno do valor nominal percebido pelo servidor para que no houvesse decesso remuneratrio.

    EMENTA: EMBARGOS DE DECLARAO NO RECURSO EXTRAORDINRIO. PRO-CESSUAL CIVIL. ART. 535 DO CDIGO DE PROCESSO CIVIL. AUSNCIA DE OMISSO, CONTRADIO E OBSCURIDADE. IMPOSSIBILIDADE DE REDISCUSSO DA MATRIA. EMBARGOS DE DECLARAO REJEITADOS.

    (RE563.708/MS1, rel. Min. Crmen Lcia, julgado em 19/9/2013, acrdo publicado no DJe de 24/10/2013)

    TEMA347Direito Administrativo; Sistema RemuneratrioO Tribunal, ao julgar embargos de declarao, acolheu-os parcialmente para determinar a apli-cao do art. 543-B do CPC ao tema veiculado no recurso extraordinrio, em que reconhecida a repercusso geral. Dessa forma, firmou-se o entendimento de que o Plenrio do STF, em deli-berao presencial, pode no conhecer de recurso extraordinrio ao fundamento de tratar-se de matria de ndole infraconstitucional, ainda que tenha reconhecido, anteriormente, a existncia de repercusso geral por meio do Plenrio Virtual. Ademais, o reconhecimento da repercus-so geral no impede o reexame dos requisitos de admissibilidade do recurso quando de seu julgamento definitivo. Na ocasio do julgamento do recurso extraordinrio, a Corte assentou que eventual direito atualizao monetria do vale-refeio de servidores pblicos estaduais por deciso judicial em face da ausncia de norma do Poder Executivo envolve interpretao de legislao infraconstitucional e local. Discutia-se o