Calor 03 Calor de uma Noite de Ver£o

  • View
    219

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Calor 03 Calor de uma Noite de Ver£o

  • 7/27/2019 Calor 03 Calor de uma Noite de Vero

    1/268

    Calor de uma Noite de VeroResumo:

    Belle pode finalmente tirar umas frias. Seupai Artemis est casado novamente e feliz, e

    mais do que capaz de administrar os negciosda famlia, sem ela por algumas semanas.

    Alex pode ser o Alfa de sua Alcatia, masperdeu a mulher com quem esperava casar paraoutro lobisomem. Um lobisomem cujo pai

    acasalou uma loba de verdade, e ento ensinouseus filhotes a assumir a forma humana.Abominao!

    Quando Belle encontra Alex no bosque,sangrando de um ferimento de tiro, ela o leva

    para sua cabana - e sua cama - e cuida dele atele melhorar. Mas o que Alex far quando

  • 7/27/2019 Calor 03 Calor de uma Noite de Vero

    2/268

    descobrir que a mulher por quem est seapaixonando a irm do homem que ele maisodeia, uma mulher que teve como me uma

    loba?Captu lo Um

    Finalmente, eu estou livre. Belle colocou asmos contra a grade da varanda, fechou os

    olhos, e respirou profundamente. O odor dachuva que cara recentemente das rvores depinho provocava seus sentidos. Uma raposa latiuem algum lugar, atrs da cabana. Uma corujapiou.

    Ela inalou mais ar limpo. Frias! Suasprimeiras frias sozinha! Ela podia ler livros semser interrompida, pintar sem ser interrompida,fazer qualquer coisa sem ser interrompida. Atirar,se ela quisesse. Ela no tinha que fazer nada

    alm de ficar na cama at tarde ou tomar sol odia todo. Vir para esta cabana no bosque, longeda pressa e do alvoroo da companhia e da vidana cidade, era a coisa mais esperta que ela jfizera. Com o pai dela dando toda a ateno a

    Moira e suas filhas gmeas recm-nascidas, elano tinha que se preocupar mais sobre ele. E os

  • 7/27/2019 Calor 03 Calor de uma Noite de Vero

    3/268

    negcios podiam certamente sobreviver sem elapor umas semanas... ou meses.

    Belle lanou a cabea para trs e gritou: E

    eu no me importo! Eu no me importo se Papaino precisa mais de mim. Eu posso finalmenteparar de me preocupar sobre ele e fazer o quequiser! Quem sabe, talvez eu nunca volte! Euamo estar s!

    Como sua voz ecoou na montanha, um lobouivou.

    Concentrando-se na direo do uivo, Bellerosnou. Um irmo da floresta. Quanto tempofazia desde que conversara com um lobo,

    imagine ento examinar o bosque com um?Estas frias prolongadas estavam ficando

    cada vez melhor! Ela tirou o tnis e ento despiua camisa e a shorts de lycra. Nua, correu longeda cabana, em direo floresta.

    Sorridente, Belle prolongou seu andar apassos largos, enquanto alcanava o caminhoque desaparecia na floresta. Novamente,respirou fundo. Como sentira falta de correr livrenuma fresca, floresta em que a chuva a pouco

    cara.

  • 7/27/2019 Calor 03 Calor de uma Noite de Vero

    4/268

    A nvoa escura rodou e um lobo flexvel,preto seguiu ao longo do caminho.

    Belle estava a apenas uma milha da cabana,quando um tiro de um rifle, quebrou a paz dafloresta.

    Deslizando para uma parada, ergueu as

    orelhas e levantou o nariz para o vento. Que tirofoi esse? Em quem? Na primavera? A estaode caa no comeara ainda.

    Ela rilhou os dentes e rosnou. Aqueles doisyuppies no novo Hummer que ela vira no posto

    de gasolina na cidade ontem, provavelmentedisparariam contra qualquer coisa que semovesse. Ela olhou ao redor e viu um rifle queestava embaixo de um casaco na entrada.Idiotas survivalistas. Tinham que sair no bosque

    e provar que eram homens de verdade pordisparar contra animais indefesos.

    Belle rosnou novamente e balanou acabea. Nenhum exerccio para ela hoje noite.De jeito nenhum iria investigar o bosque, se

    aqueles dois idiotas estivessem atirando emqualquer coisa que se movesse.

  • 7/27/2019 Calor 03 Calor de uma Noite de Vero

    5/268

    Ela acabara de se voltar em direo cabana, quando um segundo tiro reverberou novale abaixo.

    Suas orelhas sensveis registraram o uivoagonizado de um lobo.

    Sem pensar duas vezes, saltou para frente.Um irmo da floresta ferido... talvez morto? Issoera demais. De jeito nenhum deixaria aqueles

    dois panacas, colocarem as mos num loboferido ou morto.

    Droga, Sam, volte para sua esposa ecrianas e esquea sobre esta outra mulher.

    Um claro agressivo nos olhos, o homempequeno agitou sua cabea. Minha mulher uma megera. Tudo que ela faz reclamar.Marjorie boa para mim. Por que no devo medivorciar de uma cadela e ficar com uma mulher

    que me trata com respeito? A ltima vez euverifiquei, o divrcio era legal neste estado.

    Alex olhou fixamente para o homemdesprezvel na frente dele e enrugou o nariz.Sam precisava de um barbeador e um chuveiro.

    Sua esposa no comeou a reclamar at quevoc comeou a passar todas as noites num bar

  • 7/27/2019 Calor 03 Calor de uma Noite de Vero

    6/268

    e voltar para casa, bbado. E ela no continuariaa reclamar se voc parasse de gastar o salriocom bebida e passasse mais tempo com seus

    filhos Alm disso, ns acasalamos para vida.No nos divorciamos.

    Com os olhos estreitados, Sam se ergueu.Ele ainda teve que erguer seu olhar at seu Alfa.Fcil para voc dizer, Alex, sem uma mulher te

    perturbando porque voc trabalha em umaserraria e no tem dinheiro o suficiente para ela.Oh espere, sua mulher foi embora, no ? Noquis nada com o arrogante Alex Whitehorse,quando ele comeou a mandar nela. Que diabos,

    pensa que sabe sobre as mulheres de qualquermaneira? Voc no conseguiu manter uma.

    Sam nunca viu a mo que disparou e oagarrou pela garganta.

    Quando ele iou o homem menor at nvel

    de olho, Alex fechou sua outra mo.Problemas, Alex?Alex friccionou os dentes. Maldito Omega.

    Nada que eu no possa lidar, Dave.O homem loiro debruou-se contra o batente

    da porta. Voc poderia querer lidar com istomais depressa. Os olhos de Sam comearam a

  • 7/27/2019 Calor 03 Calor de uma Noite de Vero

    7/268

    piscar. Eu no acho que ele possa maisrespirar.

    Foda! Alex abriu a mo, e Sam caiu

    ofegando no cho.Maldito cretino! Sam estalou entre

    enormes boquejadas. Eu vou te fazer pagar poristo. Eu irei ao Conselho reclamar. Voc no temnenhum direito de me agarrar assim. Eu no fiz

    nada contra voc.Alex girou as costas e descansou os punhos

    em sua escrivaninha. Saia, Sam. S saia. Vpara casa e para sua esposa.

    Foda-se. Erguendo-se sozinho, Sam

    cambaleou para a porta. Saia do meu caminho,sua cadelinha Omega.

    Dave baixou a cabea para esconder seuleve sorriso e deu um passo para trs.

    Sam correu atravs da varanda e desceu as

    escadas. Ambos os homens ouviram o estrondoda porta da pickup dele fechando. O motor tossiue estalou, mas pegou depois de algunsengasgos.

    Os pedregulhos saltaram em cima da

    varanda, quando o caminho derrubou acalada.

  • 7/27/2019 Calor 03 Calor de uma Noite de Vero

    8/268

    Alex enterrou o rosto nas mos, entopassou os dedos pelo cabelo longo para fora dafronte. Ele realmente precisava de um corte de

    cabelo. Eu sinto muito, Dave. Aquele insultoera de Sam Irons. Voc realmente acha

    que eu deixarei isto me aborrecer? o homemloiro respondeu com um sorriso largo. Nada queeu no ouvi antes.

    Alex agitou a cabea. Voc no merece sertratado como um cidado de segunda classe

    porque eu sou um Omega? Daveterminou, o sorriso calmo firme em seu rosto.Todos os Alfas precisam de uma Omega, para

    ser bem sucedidos. Eu sou a pessoa que resolveos problemas mais volteis, desativa assituaes explosivas, antes delas chegarem avoc. Alm disso, qualquer outra pessoa fariamal este trabalho. Voc me conhece, eu me

    entendo com todo mundo. Eu sou assim desdeque ns ramos crianas. Por que voc acha eume voluntariei para este trabalho? Eu no tenhoque trabalhar duro no moinho ou em algum outrotrabalho rduo. O que mais eu podia querer?

    Recusando-se deixar levar pelo tomhumorstico de Dave, Alex girou e cruzou os

  • 7/27/2019 Calor 03 Calor de uma Noite de Vero

    9/268

    braos sobre o trax. E a pessoa que tratadacomo merda por quase todo mundo.

    O riso de Dave fez Alex carranquear. Quem

    me trata como merda, Alex? Alguns vagabundoscomo Sam. Ningum mais. s isto.

    Agora, o que Sam queria? Outra briga comsua esposa ou outro adiantamento do Banco daAlcatia, assim ele pode comprar comida para

    seus filhos?Alex caminhou ao redor de sua escrivaninha

    e se sentou. Ele quero divrcio, assim ele podecasar-se com uma mulher humana.

    Dave endureceu. Ele louco?

    Alex levantou uma sobrancelha.Dave sorriu sentido. Certo, entendi. O que

    voc vai fazer?Novamente, Alex ps ambas as mos no

    cabelo. O que eu posso fazer? Eu posso proibi-

    lo de se divorciar dela, mas como posso det-lose ele realmente desejar isto? Estamos nosculo vinte e um, Dave. A lei da Alcatia no mais limpa e seca. Vamos encarar, muitosmembros da Alcatia ignoram as regras que no

    se adaptam a eles.

  • 7/27/2019 Calor 03 Calor de uma Noite de Vero

    10/268

    Dave suspirou. A esposa de Sam no vaigostar disso. Ela um p no saco. Se ele partir,ela estar em sua porta todo dia.

    Alex debruou os cotovelos na escrivaninhae enterrou o rosto nas mos novamente. Desdeque Serena partiu, parecia como se qualquercoisa que pudesse dar errado, dava. Por que eleno era bom o suficiente para ela? Como ela

    podia ter escolhido aquele mestio ao invsdele?

    Dave andou a passos largos atravs doquarto, agarrou o ombro deAlex e o agitou. Masque droga, Alex, voc est pensando em Serena

    novamente, no ? Esquea ela. Ela fez suaescolha, e no era voc. Pare. Existem muitasfmeas l fora que se lanaria a seus ps sevoc deixar.

    Alex ergueu a cabea e levantou-se da

    cadeira. Ele empurrou a camisa acima dacabea e tirou sua cala jeans. Eu estou indopara uma corrida... u