Caminhos da Sabedoria - .Uma introdu§£o   interpreta§£o b­blica feminista / Elisabeth Sch¼ssler

  • View
    320

  • Download
    6

Embed Size (px)

Text of Caminhos da Sabedoria - .Uma introdu§£o   interpreta§£o b­blica...

Elisabeth Schssler Fiorenza

Caminhosda Sabedoria

uma introduo interpretao bblica

feminista

TraduoMonika Ottermann

So Bernardo do Campo2009

NHANDUTIEDITORA

Texto original: Elisabeth Schssler Fiorenza 2001 Publicado por Orbis Books, Maryknoll, NY, EUATraduo brasileira: Nhanduti Editora 2009Ttulo original: Wisdom Ways: Introducing Feminist Biblical Interpretation

A traduo brasileira foi possvel graas a um acordo com a autora e com a Orbis Books.

Traduo e copidesque: Monika OttermannReviso: Milene ChavesDiagramao,capa e arte: Leszek Lech Antoni

Dados Internacionais de Catalogao na Publicao (CIP)

ndices para catlogo sistemtico:

1. Exegese feminista : Teologia feminista crist 230.822. Hermenutica feminista : Hermenutica bblica 220.6013. Movimentos feministas : Papel e status social da mulher 305.42

Direo geral: Leszek Lech Antoni e Monika OttermannCoordenao editorial: Leszek Lech Antoni, Monika Ottermann, Lieve Troch

Nhanduti EditoraRua Planalto 44 Bairro Rudge Ramos09640-060 So Bernardo do Campo SP 11-4368.2035 nhanduti@yahoo.es www.nhanduti.com

Nenhuma parte desta obra pode ser reproduzida ou transmitida por qualquer forma e/ou quaisquer meios (eletrnico ou mecnico, incluindo fotocpia e gra-vao) ou arquivada em qualquer sistema ou banco de dados sem permisso escrita da Editora.

Schssler Fiorenza, ElisabethCaminhos da Sabedoria. Uma introduo interpretao bblica feminista / Elisabeth Schssler Fiorenza ; traduo Monika Ottermann. So Bernardo do Campo : Nhanduti Editora, 2009, 256p.

Bibliografia.ISBN 978-85-60990-08-5

1. Exegese feminista. 2. Hermenutica feminista. 3. Bblia. 4. Movimentos feministas. 5. Transformao sociopoltica. I. Schssler Fiorenza, Elisabeth II. Ttulo.

CDD-230.82; 220.601; 305.42

Boas-vindas da Editora

Este mais um livro lanado pela Nhanduti, uma editora que tem a alegria de ter nascido no Brasil, na Amrica Latina, no Planeta Terra para ser uma enredadeira:

junto com voc queremos criar

redes em vez de centrospontes em vez de murosdilogos em vez de ataquespartilha em vez de indoutrinaointercmbio em vez de inimizaderelaes de parceria em vez de dominao.

Entre o livro seu:

use, recomende e empreste mas no copie, por favor: as vendas nos ajudam a produzir maiscrie coragem, procure jeitos e junte gente para partilhar e amadurecer idias prpriascomente, comunique e discuta conosco qualquer coisa que lhe chamou ateno.

NhandutiEditora

O nome da editora emprestado da palavra guarani andu, ara-nha, evocando a idia da teia de aranha, da rede - anduti.

O termo anduti indica a renda paraguaia (cf. o lindo exemplo no logotipo) que nos serviu de inspirao para descrever as relaes que nossa editora procura promover.

s/aos participantes de meus cursos e oficinas

sobre Interpretao Bblica Feminista e

Narrativas de Mulh*res nos Evangelhos

em agradecimento a suas perguntas crticas, observaes desafiantes

e projetos em grupo criativos

Agradecemos a Kerk in Actiepela contribuio financeira com a produo deste livro.

NhandutiEditora

Sumrio

Apresentao (Ana Maria Tepedino) ..................................................................... 9 Agradecimentos .................................................................................................................. 13

Introduo: Convite aos Caminhos da Sabedoria .................................................. 15A dana espiral da Sabedoria ....................................................................................................... 21Criando o crculo para danar ..................................................................................................... 26

Captulo I: Mapeando o Terreno da Sabedoria ......................................................... 35 A provncia da Sabedoria ............................................................................................................... 36O espao radicalmente democrtico onde se aprende a Sabedoria ....................... 42O paradigma sapiencial emancipatrio da interpretao bblica ........................... 52

Captulo II: Barreiras nos Caminhos da Sabedoria .............................................. 69

Captulo III: Movimentos de Mulh*res Lutas da Sabedoria ................. 93

O espao pblico radicalmente democrtico de movimentos Sapienciais .......................................................................................... 95Razes histricas das lutas pela libertao ........................................................................ 100Um etos democrtico emancipatrio de base .................................................................. 103Estudos bblicos feministas como um movimento Sapiencial por transformao .................................. 105Interpretaes bblicas feministas como um processo de conscientizao ................................................................ 110

Captulo IV: O Poder da Sabedoria: uma Anlise social feminista .............................................................. 119

Categorias analticas principais .............................................................................................. 124Categorias analticas dualistas ................................................................................................ 129Uma anlise sistmica complexa ............................................................................................. 135Quadros reconstrutivos feministas ....................................................................................... 143

Captulo V: Os Passos da Sabedoria: Mtodos feministas de Interpretao ........................................... 155

Mtodos corretivos de interpretao .................................................................................. 157Mtodos histrico-reconstrutivos ......................................................................................... 163Mtodos imaginativos de interpretao ............................................................................. 169Mtodos de conscientizao ...................................................................................................... 172

Captulo VI: A Dana da Sabedoria: Movimentos e Giros hermenuticos ............................................... 187

Uma hermenutica da experincia ....................................................................................... 191Uma hermenutica da dominao e do lugar social ..................................................... 194Uma hermenutica da suspeita .............................................................................................. 197Uma hermenutica da avaliao crtica .............................................................................. 199Uma hermenutica da imaginao criativa ...................................................................... 201Uma hermenutica da relembrana e reconstruo .................................................... 205Uma hermenutica da ao transformadora por mudana ..................................... 209Continuando nos caminhos sapienciais/Sapienciais da justia ............................ 212

Explicao de termos (Glossrio) .............................................................. 229

Bibliografias ................................................................................................................ 239

1. Obras citadas neste livro ................................................................. 239 2. Obras recomendadas pela autora (em ingls) ..................... 242

3. Obras recomendadas pela Nhanduti Editora (em portugus e espanhol) .................................. 245

ndice temtico .......................................................................................................... 249

Apresentao

Este um livro diferente daqueles a que Elisabeth Schssler Fiorenza nos acostumou atravs de sua larga produo. Trata-se de um convite para aprender a interpretar a bblia no paradigma da sabedoria/Sabedoria. A dupla metfora: sabedoria, como qualidade que se adquire, e Sabedoria, como representante bblica feminina da divindade.

Elisabeth comea afirmando que um livro de Espiritualidade, e nos convida a entrar na dana espiral da Sabedoria. Como danar sozinha muito ruim, ela explica que esta dana deve ser comunitria, realizada em grupo, pois necessrio tirar a bblia do espao privado e passar para o espao pblico, ou como chama: ekklesia de mulh*res, lembrando a assembleia democrtica onde se resolviam os problemas. Explicita tambm a importncia de continuar a trabalhar com a bblia (o que questionado por algumas telogas feministas), pois ela afirma a importncia que a bblia continua a ter na vida de muitas mulh*res1. Aponta como preparao para o primeiro passo, o desafio espiritual, a capacidade de indignao tica ante a injustia e violncia sofridas pelas mulheres ao redor do mundo.

Uma espiritualidade bblica feminista parte de uma hermenutica da experincia das mulh*res e nos leva a um compromisso de aprender a ler e compreender a bblia a partir da tica da crtica ao patriarcalismo (que oprimiu, marginalizou e silenciou as mulheres), entendido em termos sistmicos, sociopolticos e teolgicos; denuncia a codificao dualista e assimtrica: masculino = positivo, feminino = negativo; branco = positivo; negro = negativo; elite = positivo; subalterno = negativo,