of 42 /42
SÉCULO XIX NA EUROPA: O IMPRESSIONISMO CAPÍTULO 14

CAPÍTULO 14. O IMPRESSIONISMO FOI UM MOVIMENTO QUE REVOLUCIONOU A PINTURA E DEU INÍCIO ÀS GRANDES TENDÊNCIAS DA ARTE DO SÉCULO XX

Embed Size (px)

Text of CAPÍTULO 14. O IMPRESSIONISMO FOI UM MOVIMENTO QUE REVOLUCIONOU A PINTURA E DEU INÍCIO ÀS GRANDES...

A ARTE ROMANA

SCULO XIX NA EUROPA: O IMPRESSIONISMOCAPTULO 14O IMPRESSIONISMO FOI UM MOVIMENTO QUE REVOLUCIONOU A PINTURA E DEU INCIO S GRANDES TENDNCIAS DA ARTE DO SCULO XX.

DaguerretipoPRIMEIRA FOTOGRAFIA 1826 NIEPCE

OS IMPRESSIONISTAS BUSCAVAM OBSERVAR OS DIVERSOS EFEITOS DA LUZ SOLAR SOBRE OS OBJETOS AO LONGO DO DIA PARA REGISTRAR NA TELA AS VARIAES PROVOCADAS NAS CORES DA NATUREZA. ELES NO CHEGARAM A FORMAR UMA ESCOLA OU SISTEMA; APENAS COMPARTILHARAM ALGUMAS TCNICAS E PROCEDIMENTOS GERAIS. OS GRANDES PINTORES IMPRESSIONISTAS O PRIMEIRO CONTATO DO PBLICO COM OS IMPRESSIONISTAS FOI EM UMA EXPOSIO COLETIVA REALIZADA EM PARIS EM 1874. O PBLICO E OS CRTICOS, PORM, REAGIRAM MAL AO MOVIMENTO, POIS AINDA SE MANTINHAM FIIS PINTURA TRADICIONAL.

?S NA DCADA SEGUINTE OS IMPRESSIONISTAS COMEARAM A SER COMPREENDIDOS.

CARACTERSTICAS PRINCIPAISA PINTURA DEVE REGISTRAR AS TONALIDADES QUE OS OBJETOS ADQUIREM AO REFLETIR A LUZ SOLAR NUM DETERMINADO MOMENTO, POIS AS CORES DA NATUREZA SE MODIFICAM CONSTANTEMENTE, DEPENDENDO DA INCIDNCIA DA LUZ DO SOL,

AS FIGURAS NO DEVEM TER CONTORNOS NTIDOS, POIS A LINHA E UMA ABSTRAO DO SER HUMANO PARA REPRESENTAR IMAGENS.

AS SOMBRAS DEVEM SER LUMINOSAS E COLORIDAS TAL COMO A IMPRESSO VISUAL QUE NOS CAUSAM E NO ESCURAS OU PRETAS COMO OS PINTORES COSTUMAVAM REPRESENT-LAS NO PASSADO.

OS CONTRASTES DE LUZ E SOMBRA DEVEM SER OBTIDOS DE ACORDO COM A LEI DAS CORES COMPLEMENTARES. ASSIM, UM AMARELO PRXIMO A UM VIOLETA PRODUZ UMA IMPRESSO DE LUZ E DE SOMBRA MUITO MAIS REAL DO QUE O CLARO-ESCURO TO VALORIZADO PELOS PINTORES BARROCOS.

AS CORES E TONALIDADES NO DEVEM SER OBTIDAS PELA MISTURA DAS TINTAS NA PALETA DO PINTOR. PELO CONTRARIO, DEVEM SER PURAS E DISSOCIADAS NOS QUADROS, EM PEQUENAS PINCELADAS. O OBSERVADOR QUE, AO ADMIRAR A PINTURA, COMBINA AS VRIAS CORES, OBTENDO O RESULTADO FINAL. A MISTURA DEIXA, PORTANDO, DE SER TCNICA PARA SER PTICA.

UTILIZAO DE TINTA A LEO EM BISNAGA

MONET: AS CORES MUTVEIS DA NATUREZAO FRANCS CLAUDE MONET (1840-1926) APRECIAVA A PINTURA AO AR LIVRE, QUE LHE PERMITIA REPRODUZIR OS EFEITOS DA LUZ SOLAR DIRETAMENTE DA NATUREZA.

O MAIOR EXEMPLO DESSE INTERESSE EST NA SRIE QUE TEVE COMO TEMA A FACHADA DA CATEDRAL DE ROUEN.

ELE A PINTOU EM VRIOS MOMENTOS DO DIA, REGISTRANDO AS DIFERENTES IMPRESSES QUE ELA LHE CAUSAVA.

Claude Monet perto do lago de ninfias, fotografado por Jacques mile Bulloz no vero de 1905.

Ele escolheu morar na cidade de Giverny para pintar suas grandes obras. A cidade de Giverny est situada a noroeste de Paris 1h30 min de carro.

A ponte japonesa

Nenfares,1904Foi vendido em2007por 26 milhes de Euros

Ninfeias

A Estao Saint Lazare Claude Monet 1877

Argenteuil Claude Monet 1872

Regatas em Argenteuil Claude Monet 1873