Carta Mensal Novembro 2013

  • Published on
    07-Mar-2016

  • View
    225

  • Download
    8

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

Transcript

  • Dlar Rotrio do Ms R$ 2,20Dlar Rotrio do Ms R$ 2,20

    www.clinicawantan.com.br

    (51) 3543.1464www.plastcromo.com.br

    pessoas soube deste sonho. Considera-se que a

    esperana despertada por esta viso deflagrou a

    dinmica da revoluo que afinal levou liberdade.

    Para George Bernard Shaw Imaginar o princpio

    da criao. Ns imaginamos o que desejamos,

    queremos o que imaginamos e, finalmente, criamos

    aquilo que queremos, assim, nesse ms de

    novembro onde dedicamos nossa ateno ao brao

    mais importante de nossa organizao a Fundao

    Rotria (FR), conclamo a todos a sonharem e re-

    imaginarem um mundo melhor sem Plio, com

    comunidades assistidas por projetos humanitrios

    prsperos e sustentveis, com um mundo em sade

    plena e com um povo alfabetizado, onde a

    mortalidade infanto-materno coisa do passado e o

    meio ambiente e os recursos hdricos esto

    preservados. Aps esse exerccio, teremos todos os

    motivos para apoiarmos os projetos da FR e

    doarmos para a Fundao Rotria.

    Alguns Clubes do Distrito j alcanaram a Meta

    distrital FIRST CLASS dentre eles o Rotary Club de

    Balsas e o Rotary Club Fortaleza Dunas, e, onde os

    Rotary Clubs Fortaleza Leste e Maranguape j se

    avizinham tambm ao xito, ou seja, de receberem o

    reconhecimento EREY (Every Rotarians Every Year)

    Todos os Rotarianos Todos os Anos e do futuro

    reconhecimento Distrital.

    GOVERNADOR DEJARINO SANTOS FILHO - 2013/2014 - Edio Novembro 2013 - N 05

    Gov. Dejarino Santos Filho.

    Dileta famlia rotria,

    A maior crise de nossas vidas no de natureza

    econmica, intelectual, e nem religiosa. uma crise

    da imaginao. Empacamos em nossos caminhos

    pois no conseguimos re-imaginar nossas vidas de

    u m a o u t r a m a n e i r a . A g a r r a m o - n o s

    desesperadamente ao status quo, receosos de que,

    se abrirmos mo dele, seremos arrastados pela

    torrencial corrente subterrnea do nosso vazio.

    Os mestres msticos consideram que a libertao do

    Egito deve-se ao poder da imaginao. O grande

    xodo comeou com o sonho de um homem

    chamado Nun, um escravo hebreu. Uma certa

    manh, ele acordou atnito com o que tinha

    sonhado, algo praticamente inimaginvel: ele

    vislumbrou uma poca em que os hebreus eram

    livres! Mais do que livres, eles eram corajosos

    guerreiros, responsveis pela dignidade de seu

    prprio destino. Um nmero cada vez maior de

    Cont.Pg.

    02

    CARTAMENSAL

    3133.4040PABX (85)

    So L

    uis

    -MA

    So L

    uis

    -MA

    Mensagem do Governador

    do Distrito 4490.

    Matrias de Destaque

    Desta Edio

    Pag. 02 Pag. 03 Pag. 06

    Pag. 09 Pag. 13 Pag. 23

    Mensagem do Presidente de RI

    MensagemDiretora

    Seminrio Conjunto

    VI Interclubes Parnaba

    D. 4490 na Moto Velocidade

    ADVOCACIA CIVILCRIMINAL E TRABALHISTA

    24 HORAS POR VOC

    (88) 3521.2548 / 9271.0670

    Av. Duque de Caxias, 326 - Crato - CE

    rma@baydejbc.com.br

    RAIMUNDO MARQUES

    Visitas Oficiais

  • 02PG. CARTA MENSAL - Distrito 4490 - Cear Piau Maranho - 2013/2014 Edio N 05 Novembro/2013

    Cada um tem seus prprios motivos para se

    associar ao Rotary. Muitas vezes a razo pela qual

    uma pessoa decidiu se juntar no a mesma pela

    qual ela decidiu ficar. Quando fui convidado para

    me associar ao Rotary, eu aceitei porque pensei que

    seria uma boa opo para me envolver mais em

    minha comunidade. Porm, o que mais me

    entusiasmou foi um recurso que nem sequer

    conhecia quando me associei: a Fundao Rotria.

    Eu sabia que atravs do Rotary Club de Norman eu

    poderia fazer muitas coisas boas, mas atravs da

    Fundao eu teria a possibilidade de colaborar com

    clubes e distritos do mundo inteiro. Eu poderia

    ajudar na erradicao da plio, e ter a certeza de

    que meu trabalho havia sido til. Depois que voc

    percebe isso, d mais vontade de continuar.

    Ao longo dos anos, tive a sorte de ver em primeira

    mo a incrvel quantidade de trabalho da nossa

    Fundao, e quanto mais eu vejo, mais

    entusiasmado eu fico. Quando visitamos uma

    escola para rfos da aids e vemos que eles esto

    recebendo cuidados e educao, nos damos conta

    de que se no fosse pela Fundao elas estariam

    dormindo na rua, se alimentando de lixo. Com isso,

    aprendemos a valorizar nossa Fundao ainda

    mais.

    Estamos vivendo um dos anos mais emocionantes

    da histria da Fundao Rotria. Lanamos o novo

    modelo de subsdios, que ir desafiar e inspirar

    todos a pensar grande e implementar projetos mais

    ambiciosos com impacto mais duradouro.

    Aceitamos um novo desafio da Fundao Bill e

    Melinda Gates, que se comprometeu a equiparar na

    proporo de 2 para 1 cada dlar que o Rotary

    contribuir para a erradicao da plio nos prximos

    5 anos, at US$35 milhes por ano. Alm disso,

    estamos vencendo as ltimas batalhas da guerra

    contra a plio uma guerra que temos, e iremos

    vencer.

    A Fundao veio para Fazer o Bem no Mundo.

    Agora que contamos com um novo modelo de

    subsdios, no estamos satisfeitos apenas em fazer

    o bem, e sim, fazer o melhor que pudermos e da

    maneira mais duradoura possvel.

    Mensagem do Presidente de RI.

    Nosso Coordenador para Plio no Distrito EGD

    Meton Vasconcelos chegou a poucos dias de So

    Paulo onde houve um encontro nacional sobre a

    Plio Plus e anunciou que nossa meta final para

    erradicar a Plio no mundo 2018; assim, vamos

    juntos atingir essa meta possvel, mas que necessita

    de nosso empenho e dedicao.

    Tenho a grata satisfao de anunciar que j

    ultrapassamos a barreira dos U$$60.000,00 doados

    a fundao nesse ano rotrio e com quase

    U$$30.000,00 doados a Plio.

    Solicito que os presidentes motivem seus clubes a se

    envolverem e fazerem projetos globais, pois o

    serv io humanitr io atravs de projetos

    apresentados e emparceirados junto a FR do

    imagem pblica a Rotary, fazem o bem e captam

    novos rotarianos.

    No posso de deixar de falar sobre nossa ABTRF,

    onde nossa misso como bons rotarianos que

    somos captar empresas cidads; imaginem se

    cada rotariano do distrito conseguisse uma empresa

    cidad doando R$ 220,00 por ms? J imaginaram

    quanto teramos de FIDUC depois de 3 anos?

    Imaginaram quanto de projeto poderamos fazer e

    quantas pessoas beneficiadas? Depende

    exclusivamente de ns. Vamos dar o primeiro passo,

    captemos 3 empresas cidads por clube do distrito,

    eis o nosso desafio.

    Juntos conseguiremos bater o record de doaes e

    de realizao de projetos nesse ano rotrio, e, para

    isso, precisamos de voc, suas idias, suas mos e

    de sua doao.

    13/14 Sucesso Total !

    Dejarino Santos FilhoGovernador 2013/2014

    Per Capita Distrital

    R$ 8,00 (por scio)Banco Bradesco S/A

    AG: C/C: 1579-2 - 14.490-8

    Rotary Club MaranguapeCNPJ: 04.753.456/0001-83

    (Fazer depsito identificado com CNPJ do Clube depositante ou CPF do Presidente depositante)

    Ron D. BurtonPresidente Rotary International 2013-2014

    PresidenteRon D. Burton2013-2014

  • 03PG.CARTA MENSAL - Distrito 4490 - - 2013/2014 Edio N 05 Novembro/2013Cear Piau Maranho

    Viver Rotary, Transformar VidasO desafio e a oportunidade de mudarmos o mundo

    esto diante de ns

    Quando menos esperamos, a vida coloca diante de

    ns um desafio, para testar nossa coragem e nossa

    vontade de mudana. Paulo Coelho

    Querida Famlia Rotria: todos os dias, ns, seres

    humanos, passamos por lies que fazem parte do

    processo de aprendizagem nesta escola em tempo

    integral chamada vida. Essas lies nos fazem

    mudar de atitude e, constantemente, nos

    adaptarmos s mudanas que percebemos em ns

    mesmos e na sociedade que nos rodeia.

    Pessoalmente, tive o privilgio de estar

    praticamente toda a minha vida no Rotary e de

    testemunhar a evoluo pela qual a organizao

    passou para se manter firme e forte ao longo do

    tempo.

    Aprendi que nosso mundo est cheio de minorias.

    H minorias raciais e tnicas, h minorias religiosas

    e existem minorias polticas, alm de vrios outros

    tipos. Ns, rotarianos, tambm constitumos uma

    minoria, j que com mais de sete bilhes de

    pessoas no mundo, somos apenas um pouco mais

    de 1,2 milho.

    O que nos torna diferentes que somos uma

    minoria privilegiada, j que a maioria dos rotarianos

    est entre o 1% das pessoas no mundo que tm

    ensino mdio ou superior, ou que tm um

    computador. Est entre os 20% das pessoas que

    vivem em casas confortveis, ou entre os 50% das

    que tm comida e, portanto, so mais saudveis do

    que os outros 50% que sofrem de desnutrio. E

    est entre aqueles que, graas educao que

    receberam, tm mais oportunidades de emprego

    do que os 70% que so analfabetos.

    Ou seja, ns, rotarianos, temos muito a agradecer, e

    o Rotary o instrumento que nos permite

    compart i lhar o que recebemos com os

    desafortunados que esto desabrigados, no tm

    educao nem sade e que, embora muitas vezes

    permaneam invisveis, esto presentes em cada

    uma das nossas comunidades.

    SERVIRComo rotarianos, nosso desafio fazer interagir

    uma minoria como a nossa com outras minorias que

    vivem com deficincias graves, e oferecer a eles um

    servio que faz a di