Cartas Paulinas e Cartas Gerais Atualizado

  • View
    323

  • Download
    27

Embed Size (px)

DESCRIPTION

apresentação dos eboços e resumos das cartas paulinas e gerais.

Text of Cartas Paulinas e Cartas Gerais Atualizado

CARTAS PAULINAS E CARTAS GERAIS

CARTAS PAULINAS E CARTAS GERAISPB HEMILTON CEZAR MENDONAINTRODUODOS 27 LIVROS DO NOVO TESTAMENTO, 21 SO CARTASCONSTITUINDO 35% DO TEXTO DO NOVO TESTAMENTOFOI NO MUNDO GRECO-ROMANO QUE AS CARTAS SE FIRMARAM COMO UM MTODO POPULAR DE COMUNICAODEFINIO: O QUE SO AS CARTAS?A palavra grega epistole (epstola, carta), originalmente se referia a uma comunicao oral enviada por mensageiro.O termo cartas designava diversos tipos de documentos no mundo antigo, e inclua documentos comerciais, governamentais e legais, e tambm relatrios polticos e militares, juntamente com outros tipos de correspondncias.DEFINIO: O QUE SO AS CARTAS?Substituio do oral pelo escrito;Eram documentos circulares;Lida publicamente diante da igreja;Estudada pelos lderes da igreja;Discutida pelos novos cristos em seus lares;Passada para outras igrejas.No so tratados de teologia, e sim princpios que o Senhor Jesus nos deixou.A JUSTIFICATIVA: POR QUE CARTAS?Rpido crescimento do cristianismo primitivo, um meio de comunicao a distncia era necessrio.Sensao de proximidade pessoal que as cartas davamAtenderam a necessidade dos apstolos de pastorearem seus rebanhos distncia.COMO ERAM AS CARTAS? Cartas Particulares contavam em mdia com quase 90 palavras.Folha de papiro em torno de 34X28cm; podendo acomodar entre 150 a 250 palavrasA maioria no ocupava mais que uma folha;A mdia de Paulo era de 1300 palavras; Filemon com 335 e aos de Roma com 7114No caso de cartas longas como as epstolas do Novo Testamento, as folhas soltas de papiro eram unidas pelas extremidades, formando um nico rolo.

A REDAO: QUEM ESCREVIA AS CARTASEram ditadas a Escribas formados

Estes Escribas Profissionais eram chamados Amanuenses.

As vezes o amanuense escrevia a carta toda e o autor s assinava.A ESTRUTURA: COMO ERAM ESTRUTURADAS AS CARTAS?Inicio, remetente, destinatrioSaudaes iniciais e desejo de prosperidadeAo de graas ou benoCorpo Saudaes finaisBeno finalAssinatura O ENVIO: COMO ERAM DESPACHADAS AS CARTAS?No havia servio postal pblico na poca do Novo Testamento, nos moldes que conhecemos hoje;

O servio postal do imprio visava somente negcios oficiais;

Eram enviadas atravs de viajantes.OS AUTORES: QUEM SO OS AUTORES DAS CARTASDO N.T.?Paulo;O autor desconhecido de Hebreus;Tiago;Pedro;Joo e JudasA ORDEM: COMO AS CARTAS DO N.T. ESTO ORGANIZADASCartas das viagens: Glatas, I Tessalonicenses, II Tessalonicenses, I Corntios, II Corntios e Romanos.Cartas da Priso: Filipenses, Efsios, Colossenses e Filemon.Cartas Pastorais: I Timteo, II Timteo e Tito.Cartas Gerais: Thiago, Hebreus, Cartas Petrinas (I e II Pedro), Judas e Cartas Joaninas ( I, II e III Joo). AS CARTAS PAULINAS:A VIDA DE PAULO.

Paulo chamado de segundo fundador do cristianismo;Nasceu 10 anos depois de Cristo;Nome de origem hebraica que significa Pedido de Deus;Natural de Tarso, tudo leva a crer que era membro do sindrio.A VIDA DE PAULODe perseguidor, foi transformado num apstolo extraordinrio, exmio pregador do evangelho de Jesus.;Passou por terrveis lutas, perseguies e sofrimentos no cumprimento de sua misso.Morreu em Roma como mrtir nas mos de Nero, decapitado por amor ao evangelho de Cristo.OS ESCRITOS DE PAULOAs Cartas das Viagens: I e II Tessalonicenses, Glatas, I e II Corntios e Romanos;

As Cartas da Priso: Colossenses, Filemon, Filipenses e Efsios;

As Cartas Pastorais: I e II Timteo e Tito.AS CARTAS DAS VIAGENSAs trs viagens missionrias de Paulo correspondem a aproximadamente dez anos de sua vida. Durante esse tempo, Paulo tambm escreveu.Essas cartas so: Glatas, I e II Tessalonicenses, I e II Corntios e Romanos. GLATASINTRODUOGlatas a Carta da Liberdade.O grito de guerra da reforma protestante.A carta da independncia do cristo.A continua batalha : Lei e Graa.Apresenta a liberdade para ser escravo de Cristo.Ttulo original: Pros Glatas, Aos Glatas.

O AUTOR DA CARTAGenuinamente Paulina.Evidencias Internas: escreveu de prprio punho (6.11).Evidencias Externas: o Cnon de Marcio, o Cnon Muratoriano, Irineu e Tertuliano atribuem essa epstola a Paulo.A DATA DA CARTA bem provvel que Paulo escreveu a carta aos glatas logo aps sua primeira viagem missionria quando ele estava em Antioquia da Sria, antes do concilio de Jerusalm. Sendo assim como a data do conclio est entre os anos 48-49 d.C., essa a data provvel da carta.OS DESTINATRIOS DA CARTAA Carta destinada s igrejas da Galcia, principalmente Galcia do Sul.As cidades da Galcia do sul foram as mais visitadas por Paulo durante sua primeira viajem missionriaO PROPSITO DA CARTADepois que Paulo deixou a regio, falsos mestres se infiltraram no meio das igrejas da Galcia e comearam a ensinar doutrinas errneas, uma mistura de judasmo com cristianismo. Alm disso tentaram desviar os glatas dizendo que a mensagem de Paulo no era confivel.Escreveu a carta para combater os falsos ensinos e para defender a sua autoridade apostlica. A CRISTOLOGIA DA CARTAGlatas mostra que Cristo libertou o crente da escravido da Lei. A cruz de Cristo prov a libertao do crente da maldio:Do pecado (1.4)Da lei (3.13; 4.5)Do eu ( 2.20; 5.24; 6.14). O PANORAMA DA CARTAA defesa da mensagem do evangelho: o evangelho que foi divinamente inspirado estava sendo corrompido;A explicao da mensagem do evangelho: faz um apelo para os glatas voltarem a essncia do evangelho;A aplicao da mensagem do evangelho:mostra que o novo nascimento superior circunciso .CONCLUSOA Epstola aos Glatas o protesto apaixonado de um apstolo que entendia a cruz de Cristo;Combateu veementemente os judaizantes, pois seus ensinos diminuam o que fora consumado por Cristo na Cruz;A verdadeira liberdade s encontrada quando vivemos para Cristo, ele comanda nossas vidas.I TESSALONICENSESINTRODUOFamosa devido ao ensino que traz sobre a segunda vinda de Cristo.Paulo suplicava a Deus para que a igreja tivesse uma f madura, amor fraterno e santidade na presena de Deus.O AUTOR DA CARTAH um consenso entre os estudioso de que Paulo o autor da Carta.Evidencias internas: o contedo da carta revela muitas caractersticas do ministrio de Paulo.Evidencias externas: Cnon Muratoriano, Clemente de Alexandria e Tertuliano afirmam a autoria de Paulo.A DATA DA CARTACorria o ano de 51 d.C., OS DESTINATRIOS DA CARTA igreja dos tessalonicenses.A igreja compunha-se de:Convertidos dentre os judeus; Gregos tementes a Deus;Mulheres de posio,e Muitos oriundos do paganismo gentio.O PROPSITO DA CARTAExortar os cristos tessalonicenses a continuarem firmes e a crescerem num modo de vida que agrade a Deus.Paulo escreveu a fim de :Elogiar os crentes tessalonicenses por causa de sua f;Defender o seu apostolado e expressar seu desejo de unir-se a igreja com laos mais fortes;Exortar a pureza moral, ao amor fraternal e a diligencia no trabalho dirio;Consol-los na preocupao com os parentes falecidos e garantir-lhes que os crentes esto isentos do juzo vindouro do dia do Senhor.;Exort-los a vigilncia e a conduta ordeira na assembleia e na vida diria.A CRISTOLOGIA DA CARTAQuando Ele (Cristo) regressar, libertar (1.10; 5.4-11);Galardoar (2.19);Aperfeioar (3.13);Ressuscitar (4.13-18) eSantificar (5.23).O PANORAMA DA CARTANa parte mais pessoal da Carta a salvao dos Tessalonicenses enfocada (1-3).Na parte mais prtica da Carta, a santificao dos Tessalonicenses ordenada (4-5).Dois ensinos relevantes nessa segunda parte:A instruo sobre a pureza;A instruo sobre a vinda de Cristo.ConclusoPaulo falava em nome de rei: O Senhor Jesus.Sua nica mensagem era o evangelho, o verdadeiro evangelho.II TessalonicensesINTRODUODeixaram de atacar o mensageiro para atacar a mensagem.Em I Tessalonicenses, o apstolo tratou de como seria a volta de Cristo.Em II Tessalonicenses o apstolo tratou de quando seria a volta de Cristo.

O AUTOR DA CARTAPode-se concluir que Paulo escreveu a segunda logo depois da primeira, provavelmente dentro de poucos dias.Evidencias internas: Destacamos a opo meu sinal em cada carta do versculo 17 do capitulo 3.Evidencias externas:Cnon de Marcio, Cnon Muratoriano. Irineu, Clemente de Alexandria e Tertuliano afirmam a autoria paulina.A DATA DA CARTAPor volta do ano 51d.C., ou inicio de 52d.C.OS DESTINATRIOS DA CARTA Igreja dos tessalonicenses aos novos discpulos.Ele no somente plantava a igrejas, mas se preocupava com a formao e a edificao desses novos discpulos.

O PROPSITO DA CARTAA fim de louv-los pelo seu crescimento espiritual;A fim de consol-los em suas perseguies;A fim de corrigi-los sobre as informaes errneas e as ideias falsas que tinham acerca do dia do Senhor;A fim de repreender os indisciplinados da igreja.A CRISTOLOGIA DA CARTAQue o senhor dar alivio quando Cristo se revelar (1.6-7);Que nele (em Cristo) temos esperana (2:13-14), que Ele conforta nosso corao (2.16);Tranquilizamos com sua paz (3.16) eCom sua graa(3.18).O PANORAMA DA CARTAConsolo diante da perseguio;Explicao diante das confuses;Exortao diante da indolncia.

CONCLUSOPaulo se preocupava tanto com a converso quanto com a edificao dos novos convertidos e visava o fortalecimento deles.A carta tambm nos traz ensinos importantes sobre a volta do Senhor Jesus.Paulo encerra com um pedido a igreja, para que permanea firme diante das perseguies e tribulaes.I CORINTIOSINTRODUOA primeira carta de Paulo aos Corntios revela os problemas de uma igreja arrancada do meio de uma sociedade pag.O AUTOR DA CARTAEsta carta ocupa o lugar mais seguro entre todas as cartas atribudas a Paulo.Evidencias internas:O autor reivindica ser Paulo.Evidencias externas:Cnones de Marcio e o de Muratori atribuem-na a Paulo, o que bastante relevante.OS DESTINATRIOS DA CARTAA cidade de Corinto: pag com cultura idlatra.A igreja de Corinto: onde conheceu Priscila e quila, judeus cristos que haviam sido expulsos de Roma pelo decreto de Cludio(49 d.C.).A DATA DA CARTAEntre o anos de 54-56 d.C. A probabilidade maior que seja perto do fim do Ministrio de trs anos em feso.O PROPSITO DA CARTAPaulo escreve essa carta co