Centro Aquático

  • View
    271

  • Download
    1

Embed Size (px)

Text of Centro Aquático

  • Centro Aqutico Titulo

    Memorial de acabamentos de Arquitetura

    Assunto Reviso 8.3 Forro em painel de pedra acrlica R00 Cdigo do documento Data AQU00-PB-AQ-ET-MDAQ-083-R00 18.04.13

    8.3 Forro em painel de pedra acrlica 1/5

    ESPECIFICAES TCNICAS 8 TETOS 8.3 - FORRO EM PAINEL DE PEDRA ACRLICA TET-11 TETO ELEVADOR

    Revises Reviso Descrio Data

    00 Emisso Inicial

  • Centro Aqutico Titulo

    Memorial de acabamentos de Arquitetura

    Assunto Reviso 8.3 Forro em painel de pedra acrlica R00 Cdigo do documento Data AQU00-PB-AQ-ET-MDAQ-083-R00 18.04.13

    8.3 Forro em painel de pedra acrlica 2/5

    PARTE 1 GERAL 1.01 RESUMO A. Esta Seo inclui: 1. Forro em painel de pedra acrlica. O fornecimento compreender os materiais, equipamentos e tudo o mais que for necessrio para o fornecimento do forro resistente umidade conforme definido em projeto. 1.02 REFERNCIAS A. Associao Brasileira de Normas Tcnicas (ABNT): 1. ABNT NBR 9442:1986 incorpora a Errata 1 de 30.11.1988 - Materiais de construo -

    Determinao do ndice de propagao superficial de chama pelo mtodo do painel radiante - Mtodo de ensaio.

    2. DIN EN ISO 846 - Evaluation of the action of microorganisms on plastics (ISO 846:1997) B. Conselho Brasileiro para Construo Sustentvel (CBCS). C. U.S.Green Building Council (USGBC). 1.03 APROVAES A. Apresentar em conformidade com as condies de contrato, dados dos produtos e amostras. B. Apresentar catlogos e manuais tcnicos. C. O contratante geral deve considerar tolerncias e divergncias mesmo que no mencionadas explicitamente nos desenhos arquitetnicos. Todas as medidas devem ser aprovadas pelo con-

    tratante atravs de medidas de controle. 1.04 GARANTIA DE QUALIDADE A. Adquirir o forro resistente umidade a partir de um nico fornecedor. B. O material dever ser fornecido por empresas que garantam a uniformidade dimensional do

    material dentre os diversos lotes. 1.05 ENTREGA, ARMAZENAMENTO E MANUSEIO A. Programar a entrega de itens para as reas de instalao que tenham condies apropriadas

    para receb-los. B. Vistoriar materiais entregues e rejeitar os que no preenchem os requisitos, materiais danifica-

    dos em trnsito, ou os que aparentam ser, sob outros aspectos, inadequados. C. Colocar os itens em ordem sistemtica para evitar danos, e guardar em rea de armazenagem

    limpa, seca, fechada, e segura. D. Os materiais devem ser fornecidos em embalagens originais mostrando o nome do fabricante e

    marca do produto. Tambm devem estar em embalagens que garantam a mnima proteo ne-cessria contra danos e intempries.

    E. Proteja as extremidades, bordas e faces de danos.

  • Centro Aqutico Titulo

    Memorial de acabamentos de Arquitetura

    Assunto Reviso 8.3 Forro em painel de pedra acrlica R00 Cdigo do documento Data AQU00-PB-AQ-ET-MDAQ-083-R00 18.04.13

    8.3 Forro em painel de pedra acrlica 3/5

    1.06 PR-REQUISITOS E CONDIES DE PROJETO E/OU OBRA A. Verificar no campo todas as condies existentes para determinar com exatido as restries

    s quais o trabalho especificado nesta Seo est sujeito, inclusive, mas sem limitar ao seguin-te:

    1. Se o projeto est de acordo com todas as normas exigidas e se no ocorreram modificaes no mesmo.

    2. No instalar o forro resistente umidade antes de todas as instalaes como: a. Eltrica. b. Hidrulica. c. Ventilao. d. Refrigerao e etc. 1.07 SEQUNCIA EXECUTIVA E CRONOGRAMA A. Coordenar com o Gerente da obra e/ou Gerenciadora. 1.08 TEMPO DE GARANTIA E GARANTIAS ESPECIAIS A. O fornecedor dever, de acordo como Artigo 618 do Cdigo Civil Brasileiro, garantir os Servios

    realizados no que tange materiais defeituosos, mo de obra e mtodos inadequados utilizados na execuo.

    B. O fornecedor dever, no decorrer de todo o perodo de garantia, reparar, substituir ou refazer qualquer servio e/ou materiais que apresentarem qualquer defeito de fabricao, execuo ou instalao.

    1.09 PARTIDA E COMISSIONAMENTO A. No se aplica. 1.10 MANUTENO A. Conforme orientao do Fabricante. PARTE 2 PRODUTOS 2.01 MATERIAIS A. TET-11 FORRO EM PAINELDE PEDRA ACRLICA 1. Forro constitudo por painis de pedra acrlica. 2. Material slido, no poroso, homognio, composto de aprox. 1/3 de resina acrlica (PoliMetilMe-

    tacrilato ou PMMA) e aprox. 2/3 de minerais naturais. O principal mineral TriHidrato de Alumi-na (ATH), devivado da bauxita.

    3. Espessura: 12mm 4. Dimenses: de acordo com o Projeto 5. Peso: entre 64,33 kg 6. Densidade: 1,68 1,75 g/m 7. Coeficiente de condutividade trmica (gama): 7.0 Btu/hr/sq ft F 7. Reo ao fogo: EM 13501-1: 2003 Euroclasse C s1, dO 8. Locais de aplicao: elevadores. 9. Fabricante de referncia: Corian, HI-MACS ou similar aprovado

  • Centro Aqutico Titulo

    Memorial de acabamentos de Arquitetura

    Assunto Reviso 8.3 Forro em painel de pedra acrlica R00 Cdigo do documento Data AQU00-PB-AQ-ET-MDAQ-083-R00 18.04.13

    8.3 Forro em painel de pedra acrlica 4/5

    2.02 ESTRUTURA

    A. A caixilharia dever ser executada em ao inox, qualquer estrutura auxiliar, se necessrio deve-

    r ser executada pelo fornecedor do produto. 2.03 ACESSRIOS DIVERSOS A. O sistema de forro dever ser fornecido completo, ou seja, alm dos painis, todos os perfis

    principais, secundrios, presilhas, fixaes, alapes especiais, etc. 2.04 LIMPEZA A. Fornecer os materiais - pallets, plsticos de proteo, etc - necessrios manuteno da limpe-

    za do local de armazenagem e dos materiais armazenados. PARTE 3 EXECUO 3.01 INSTALADORAS RECOMENDADAS

    A. Conforme orientao do Fabricante. 3.02 VERIFICAO A. Verificar se os itens fornecidos por outras sees esto corretamente executados e localizados

    (embutidos, eltricos e hidrulicos, esquadrias, etc.) conforme projeto. B. No iniciar a instalao do forro at que as condies insatisfatrias sejam corrigidas, ou que

    dvidas de projeto sejam sanadas. C. Os servios s devero ser iniciados depois de concludos e testados eventuais sistemas de

    impermeabilizao, as instalaes eltricas e hidrulicas. PREPARAO A. Obter a aprovao do Gerente de Obra antes de fazer cortes e ajustes na obra, no previstos

    anteriormente. B. Coordenar com o Instalador as condies para recebimento e instalao. C. Coordenar o incio dos servios com os demais servios correlatos. D. Proteger as reas adjacentes de possveis danos causados pelo trabalho a ser executado. E. Aspirar toda a sujeira e detritos at a perfeita limpeza dos locais de aplicao. 3.04 INSTALAO A. Conforme orientao do Fabricante. 3.05 TOLERNCIAS

    A. Conforme normas tcnicas. 3.06 SERVIOS EMBUTIDOS

    A. Executar o As built de todas as instalaes embutidas antes instalar o material.

  • Centro Aqutico Titulo

    Memorial de acabamentos de Arquitetura

    Assunto Reviso 8.3 Forro em painel de pedra acrlica R00 Cdigo do documento Data AQU00-PB-AQ-ET-MDAQ-083-R00 18.04.13

    8.3 Forro em painel de pedra acrlica 5/5

    3.07 CORTES E AJUSTES

    A. Conforme orientao do Fabricante. 3.08 LIMPEZA E PROTEO A. Limpeza: 1. O material dever ser entregue limpo. FIM DA SEO

  • Centro Aqutico Titulo

    Memorial de acabamentos de Arquitetura

    Assunto Reviso 9.1 Divisrias sanitrias R00 Cdigo do documento Data AQU00-PB-AQ-ET-MDAQ-091-R00 18.04.13

    9.1 Divisrias dos sanitrios 1/6

    ESPECIFICAES TCNICAS 9. DIVISRIAS 9.1 DIVISRIAS SANITRIAS PAI-30 DIVISRIAS SANITRIAS PAI-32 DIVISRIAS SANITRIAS VIP

    Revises Reviso Descrio Data

    00 Emisso Inicial 18.04.13

  • Centro Aqutico Titulo

    Memorial de acabamentos de Arquitetura

    Assunto Reviso 9.1 Divisrias sanitrias R00 Cdigo do documento Data AQU00-PB-AQ-ET-MDAQ-091-R00 18.04.13

    9.1 Divisrias dos sanitrios 2/6

    PARTE 1 GERAL 1.01 RESUMO A. Esta Seo inclui: 1. Divisrias sanitrias. Esta seo trata-se da aplicao de divisrias para sanitrios, indicadas em projeto. Os servios compreendero o fornecimento de materiais, equipamentos e tudo o mais que for necessrio para o fornecimento de itens para sanitrios conforme definido pelo projeto. 1.02 REFERNCIAS A. Associao Brasileira de Normas Tcnicas (ABNT): 1. ABNT NBR 9050/2004 Acessibilidade de Pessoas Portadoras de Deficincia Edificao,

    EspaoMobilirio e Equipamentos Urbanos. 2. ABNT NBR 11683/1990 - Divisrias leves internas moduladas - Procedimento. 3. ABNT NBR 11675:1990 Verso corrigida: 2011 Divisrias leves internas moduladas - Verifi-

    cao da resistncia a impactos Mtodo de ensaio. 1.03 APROVAES A. Apresentar em conformidade com as condies de contrato, dados dos produtos e montagem. B. Apresentar catlogos tcnicos e manuais sobre tipos de produtos especificados e acabamen-

    tos. C. Apresentar amostras para fins de seleo inicial, apresentando colorao e texturas. D. O contratante geral deve considerar tolerncias e divergncias mesmo que no mencionadas

    explicitamente nos desenhos arquitetnicos. Todas as medidas devem ser aprovadas pelo contratante atravs de medidas de controle.

    1.04 GARANTIA DE QUALIDADE A. Obter itens e o conjunto de produtos a partir de um nico fornecedor. B. O material dever ser fornecido por empresa que garanta a uniformidade de textura e cor den-

    tre os diversos lotes. 1.06 ENTREGA, ARMAZENAMENTO E MANUSEIO A. Programar a entrega de itens para as reas de instalao que tenham condies apropriadas

    para receb-los. B. Vistoriar ma