CENTRO UNIVERSITRIO UNA INSTITUTO DE EDUCA‡ƒO ...nia-de...  CNI Confedera§£o Nacional da

  • View
    214

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of CENTRO UNIVERSITRIO UNA INSTITUTO DE EDUCA‡ƒO ...nia-de...  CNI...

CENTRO UNIVERSITRIO UNA INSTITUTO DE EDUCAO CONTINUADA E PESQUISA

MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAO

VIRGNIA DE FARIA CERQUEIRA LIMA

Estratgias adotadas na Indstria Txtil: um estudo multicasos no subsetor de Fiao e Tecelagem

Belo Horizonte

2015

VIRGNIA DE FARIA CERQUEIRA LIMA

Estratgias adotadas na Indstria Txtil: um estudo multicasos no subsetor de Fiao e Tecelagem

Dissertao apresentada ao Curso de Mestrado Profissional em Administrao do Centro Universitrio UNA, como requisito parcial obteno do ttulo de Mestre.

Linha de pesquisa: Inovao, Redes Empresariais e Competitividade. rea de concentrao: Gesto Estratgica

Orientador: Prof. Dr. Gustavo Quiroga Souki

Belo Horizonte

2015

Ficha catalogrfica desenvolvida pela Biblioteca UNA campus Guajajaras

L732e

Lima, Virgnia de Faria Cerqueira Estratgias adotadas na Indstria Txtil: um estudo multicasos no subsetor de

Fiao e Tecelagem. / Virgnia de Faria Cerqueira Lima. 2015.

217f.

Orientador: Prof. Dr. Gustavo Quiroga Souki

Dissertao (Mestrado) Centro Universitrio UNA, 2015. Programa de Ps-

graduao em Administrao. Inclui bibliografia.

1. Indstria txtil tecelagem. 2. Indstria txtil fiao. 3. Planejamento estratgico. 4. Inteligncia competitiva (Administrao) I. Souki, Gustavo

Quiroga. II. Centro Universitrio UNA. III. Ttulo.

CDU: 658

Esta pesquisa uma homenagem ao meu pai, meus tios e av (in memoriam), homens que dedicaram suas vidas a Indstria Txtil.

AGRADECIMENTOS

Sou grata, primeiramente a Deus, por ter acalmado meu corao nos

momentos de ansiedade, aflio e desespero.

Agradeo minha famlia, por ter me tolerado nos momentos mais

tempestivos. Especialmente ao meu filho, Joo Guilherme por no me deixar desistir

e tornar tudo ainda mais desafiante.

A minha me pelo apoio, compreenso e companhia.

Ao meu irmo eu digo: parte desta conquista sua tambm.

A Tia Snia por toda ajuda com o Joo Guilherme.

Agradeo aos meus amigos. Aqueles meio ausentes ou os que so sempre

presena! Agradeo por todos os que me acompanharam antes e durante esse

processo, estando presentes, sentindo a minha ausncia ou me levando para dar

um passeio nos momentos de estresse.

Agradeo ao Centro Universitrio UNA, as disciplinas cursadas foram

essenciais para o embasamento e o desenvolvimento do presente trabalho.

Ao meu orientador, Prof. Dr. Gustavo Quiroga Souki, que acolheu minha

inexperincia e me orientou.

Aos funcionrios da biblioteca, secretaria, limpeza, manuteno, e aos

tcnicos de informtica que de alguma forma contriburam para a evoluo do meu

trabalho.

Aos entrevistados, pela fundamental colaborao.

Agradeo a tudo e a todos!

RESUMO

A presente pesquisa desenvolveu-se com o objetivo de identificar e analisar as estratgias utilizadas pelas empresas do subsetor de Fiao e Tecelagem. Para alcanar tal objetivo, foi realizado um estudo de casos mltiplos, tendo como unidade de anlise 7 (sete) empresas do subsetor de Fiao e Tecelagem dos municpios de Itana e Par de Minas (MG). Foram realizadas entrevistas semiestruturadas a partir de um roteiro elaborado com base no modelo de Estratgias Genricas proposto por Zaccarelli e Fischmann (1994) e Zaccarelli (2000) e aplicado a 8 (oito) pessoas que trabalham diretamente nas empresas analisadas, sendo que um dos entrevistados atua em 2 (duas) das empresas, tendo fornecido dados sobre as duas organizaes. As entrevistas foram realizadas no perodo de 17 de maro de 2015 a 17 abril de 2015. Para a apreciao das entrevistas utilizou-se a anlise de contedo que identificou e descreveu quais estratgias vem sendo utilizadas pelas empresas do subsetor de Fiao e Tecelagem com base no modelo de Estratgias Genricas proposto por Zaccarelli e Fischmann (1994) e Zaccarelli (2000). Acredita-se que os resultados da pesquisa possam contribuir para promover um conhecimento genrico a partir do qual as indstrias do subsetor de Fiao e Tecelagem possam se orientar e ainda cooperarem para engendrar o conhecimento acadmico. Os resultados permitiram constatar que as estratgias genricas adotadas mais frequentemente por parte das empresas pesquisadas foram as de adaptao, diferenciao produto-mercado, diferenciao funcional, imitao, investimento e inovao. Por outro lado, no foram encontradas evidncias de aplicao das estratgias genricas de agresso, despistamento, oportunidades, preempo, intento e reao. Conclui-se que ao se reconhecer a existncia de um modelo terico capaz de explicar as estratgias das empresas ao longo do tempo, possvel que os empresrios passem a utilizar este modelo terico para o desenvolvimento do seu planejamento estratgico, passando a agir de maneira deliberada.

Palavras-chave: Gesto estratgica; Estratgias competitivas; Estratgias genricas.

ABSTRACT

The following research was developed to identify and analyze the strategies used by the business of spinning and weaving sub sectors. To achieve the goal, a study of multiple cases was made. Seven companies of the sub sector of spinning and weaving from the cities of Itana and Par de Minas, both from the state of Minas Gerais in Brazil were analyzed. Semi-structured interviews were conducted on 8 (eight) people, following a script based on the model of generic strategies proposed by Zaccarelli and Fischmann (1994) and Zaccarelli (2000). One of the interviewees works in both factories this way one could provide details from the two organizations. The interviews were realized in the period from March 17th of 2015 to April of 2015. For better understanding of the interviews, an analyses of content that identify and describe which of the strategies is being used by the companies of the spinning and weaving sub-sector based in the generics strategies performed by Zaccarelli and Fischmann (1994) and Zaccarelli (2000) was used. It is believed that the research's results may help to promote a generic knowledge from which the industries of the spinning and weaving sub-sector may orient themselves and cooperate to engender the academic knowledge. The results allowed to verify that the generics strategies used more often by part of the companies researched were adaption, differentiation product market, functional differentiation, imitation, investment and innovation. On other hand, it was not found evidences of the applications of the generics strategies of aggression, evading, opportunities, preemption, intent and reaction. It is conclude that when is recognize the existence of a theoretical model able to explain the strategies of the companies over time, is possible that the businessmans start to use this theoretical model to development of ones strategic planning, starting to act in a deliberate manner.

Key - words: Strategic management; Competitive strategies; Generic strategies.

LISTA DE FIGURAS

Figura 1 - Principais clusters da Cadeia Txtil - Confeco chinesa ...................................... 29

Figura 2- Posio competitiva do Brasil com relao aos pases selecionados do Relatrio 32

Figura 3 - Estrutura da cadeia produtiva e de distribuio Txtil e de Confeco do Brasil .. 33

Figura 4 - A cooperao como base para a competitividade interorganizacional .................. 59

Figura 5 - Mesorregies com mais de 5.000 vnculos empregatcios na Indstria Txtil em

31/12/2012 ................................................................................................................................ 79

Figura 6 - Rede de relacionamentos e oportunidades de negcio no Rock in Rio................. 84

LISTA DE TABELAS

Tabela 1 - Produo mundial de txteis 2011 ...................................................................... 30

Tabela 2 - Pessoal ocupado por regio em empresas de Fiao e Tecelagem do Brasil ..... 34

Tabela 3 - Investimentos em mquinas (US$ milhes) ........................................................... 39

Tabela 4 - Pessoal ocupado por segmento ............................................................................. 39

Tabela 5 - Investimentos nacionais em mquinas txteis 2008/2012 (milhes de US$) ....... 41

Tabela 6 Clusters do setor Txtil para o estado de Minas em 31/12/2012.......................... 80

Tabela 7- Market share das operadoras de telefonia mvel em 2012 (em porcentagem) ..... 87

LISTA DE QUADROS

Quadro 1 Publicaes cientficas sobre o setor Txtil e de Confeco no Brasil de 2004

2014 .......................................................................................................................................... 18

Quadro 2 - Elementos principais das configuraes nacionais tpicas na cadeia Txtil ........ 27

Quadro 3 - Conceitos de estratgia com base nos autores clssicos .................................... 45

Quadro 4 - Viso geral das diferentes estratgias .................................................................. 50

Quadro 5- Maneiras como as empresas podem diferencias seus produtos........................... 66

Quadro 6- Tipos de investimento/ desinvestimento de acordo com Zaccarelli (2000) ........... 75

Quadro 7 - Comparao entre os balanos do Rock in Rio 2013 e o balano parcial do Rock

in Rio 2015 ................................................................................................................................ 85

file:///C:/Users/Virginia/Dropbox/Virgnia%20Lima%20_tese/Dissertao/DISSERTAO/VERSAO%20FINAL/V