Charles h spurgeon jacó e esau

  • Published on
    25-Jul-2016

  • View
    213

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

Transcript

  • JAC E ESAU

    C H Spurgeon

    "Amei a Jac, e aborreci Esa" (Rom9.13)

    No sou capaz de explicar os mistriosda predestinao de Deus.

    No sei porque Deus escolheu certaspessoas para serem Seu

    povo antes dEle ter formado o mundo. Ohomem que pensa que

    compreende o propsito dapredestinao de Deus demonstra que

  • ele conhece bem pouco a esse respeito.A predestinao de Deus

    tem sido discutida desde os primeirosdias do cristianismo. Mas

    no atravs de argumentao queentenderemos o profundo

    ensino de que Deus de fato escolheu umpovo para Si.

    Tentarei me ater ao ensino da Palavra deDeus. Erramos quando

    nos desviamos do que Deus ensina emSua Palavra. Devemos crer

    no que Deus nos ensina. No devemos

  • acrescentar ao que Ele nos

    revelou em Sua Palavra. Quero explicara grande doutrina da

    soberania de Deus, segundo asEscrituras. Posso fazer isso

    somente pela ajuda do Esprito Santo.Vou dizer-lhes o que a

    Bblia ensina a respeito do fato de queDeus escolheu alguns para

    serem salvos e que Ele deixou outrospara enfrentarem a punio

    de seus pecados. Encontramos este fatoem nosso texto: "Amei

  • Jac, e aborreci Esa".

    Este um texto assustador. Muitos nogostam da palavra

    "aborrecer" ou "odiar". Tais pessoasdizem que o significado

    desta palavra "amar com menosintensidade". A Bblia usa a

    palavra "odiei". Eu tambm usarei essapalavra. Deus amava Jac.

    Deus no amava Esa. Deus abenoouJac. Ele no abenoou

    Esa da mesma maneira. Deus escolheuJac e no escolheu

  • Esa. A misericrdia de Deus estava emJac. Deus permitiu que

    Esa prosseguisse em seu caminhopecaminoso, e isso mostra que

    o texto "odiei Esa" verdadeiro.

    Outras pessoas que no gostam destetexto dizem que ele no se

    refere a Jac e Esa. Essas pessoas,numa tentativa tola de se

    livrarem da dificuldade do texto, tentamdizer que o texto se

    refere aos filhos de Jac e o povo deEsa, aos filhos de Israel e

  • aos filhos de Edom. A prpria Bbliamostra que isso no

    correto. Romanos, captulo 9, versculo11-12 dizem: "Porque,

    no tendo eles ainda nascido, nem tendofeito bem ou mal para

    que o propsito de Deus, segundo aeleio, ficasse firme... o

    maior servir o menor". Este versculorefere-se a Jac e Esa.

    Ele no refere s naes de Israel eEdom. O texto significa

    justamente o que diz: "Amei Jac, e

  • odiei Esa". No devemos

    tentar alterar a Palavra de Deus.Devemos aceit-la como ele e

    pedir a Deus que nos d graa paraentend-la. No podemos

    reduzir a verdade de Deus at nossofraco entendimento.

    Devemos pedir a Deus que nos ajude anos elevar mais e mais em

    nosso entendimento da verdade divina.

    Primeiro, vou tentar provar a vocsque nosso texto quer dizer

  • exatamente o que est escrito. Emseguida, tentarei responder

    pergunta: "O que levou Deus a amarJac e a odiar Esa"?

    1. O ensinamento que Deus elegeu aalguns e no elegeu a

    outros. As pessoas no gostam destadoutrina da eleio. Acaso

    no um fato que Deus tem elegido aalguns? Perguntem a

    algum que no goste desta doutrinaporque um homem

    convertido e outro no convertido. Ele

  • responder que o Esprito

    Santo estava operando no corao dohomem que se converteu.

    Portanto, at o homem que diz no gostarda doutrina da eleio

    admite que Deus trata certos homens demaneira diferente do que

    Ele trata com os outros. um fato que aspessoas so diferentes

    porque Deus as fez diferentes. Deus trataas pessoas de formas

    diferentes na vida diria. Ele faz umhomem rico e outro pobre.

  • Ele faz um homem inteligente e o outroincapaz de ler um livro.

    Eleio tambm um fato. Em matriade religio, Deus d a um

    homem mais do que a outro. Ele d a uma oportunidade de ouvir

    a Sua Palavra. A outro homem, Ele nod essa oportunidade.

    Deus deu-me pais que me ensinaramsobre a Sua Pessoa. Muitas

    pessoas no tm pais que as ensinem arespeito de Deus. Quando

    fiquei adulto, Deus me colocou em

  • situao onde fui guardado do

    pecado. Outras pessoas so colocadasem locais onde existe muita

    tentao e elas pecam. Alguns ouvem aPalavra de Deus pregada

    poderosamente. Outros nem sequerouvem a Palavra de Deus.

    (i). Podemos ir mais longe ainda. Doishomens podem ouvir o

    evangelho. Deus opera no corao deum deles porm no opera

    no corao do outro. As pessoas que nocrem no evangelho

  • quando o ouvem no tm desculpa. Noentanto, Deus opera to

    poderosamente nos coraes de algunsque eles no podem

    resistir. Essas pessoas prostram-se aosps de Deus e O chamam

    seu Salvador e Senhor. Elas crem e sosalvas pela graa de

    Deus. Entretanto, Deus justo quandocondena os homens

    incrdulos. pecado rejeitar oevangelho de Deus. Estas coisas

    so fatos. temos que crer nos fatos. Uma

  • verdade que no pode

    ser contestada deve ser acreditada. E ofato incontestvel que

    Deus trata diferencialmente a uns do quea outros. No preciso

    pedir desculpas por Deus. Deusexplicar Sua prpria verdade e

    Seus caminhos. Mesmo se no gostaremdo fato, verdade

    inaltervel que Deus amou Jac e queno amou Esa da mesma

    maneira.

  • (ii). Sugiro que leiam na Bblia sobre avida de Jac. Vocs

    vero que Deus manifestou Seu amorpor Jac desde que deixou a

    casa do seu pai at o fim da sua vida.Jac no tinha viajado

    muito longe aps ter deixado sua casaquando comeou a se sentir

    cansado. Ele deitou-se ao relento,repousando sua cabea sobre

    uma pedra. Dormiu. Deus apareceu a eleem sonho enquanto

    dormia. Jac viu uma escada. A parte

  • inferior da escada estava

    apoiada na terra e o topo alcanava ocu. Anjos desciam e

    subiam pela escada. Jac acordou eseguiu viagem at seu tio

    Labo. Labo tentou trapacear Jac.Mas Deus estava com Jac e

    no permitiu que Labo lhe fizesse mal.Deus fez com que Jac

    ficasse rico enquanto que Labo tentoumant-lo pobre. Deus

    disse a Labo em sonho que ele notratasse Jac injustamente.

  • Ainda mais tarde, dois dos filhos deJac cometeram assassinato

    em Siquem. Jac ficou com medo que opovo de Siquem tentasse

    mat-lo. "No toqueis os meus ungidos,e aos meus profetas no

    faais mal" (1 Cron 16.22). Portanto opovo de Siquem no tivera

    permisso de matar Jac.

    Quando houve uma fome na nao e nohavia mais comida,

    Deus enviou Jos, filho de Jac, aoEgito. Jos foi capacitado a

  • prover trigo ao seu pai e seus irmos.Eles no morreram de fome.

    O fim da vida de Jac foi feliz. "Aindavive meu filho Jos; eu

    irei e o verei antes que morra" (Gn45.28). Jac j tinha perdido

    as esperanas de ver Jos. Lgrimasrolaram pelo seu velho rosto,

    quando ele abraou Jos. E a Jac foiconcedido ver o Fara, o

    poderoso rei do Egito. A Bblia diz: "EJac abenoou a Fara"

    (Gn 47.10). No final, Jac morreu com

  • toda sua famlia ao seu

    redor. Poderamos duvidar que Deusamou Jac?

    H ainda o fato de que Deus tambm noamou Esa. Deus

    permitiu que Esa se tornasse o pai deprncipes, contudo Ele no

    abenoou seus descendentes. Edompereceu e nenhum descente

    de Esa pode ser encontrado. O povo deEsa, os edomitas,

    tornaram-se escravos do Egito. Os reisde Edom foram obrigados

  • a dar l a Salomo e aos reis de Israelque o sucederam.

    Finalmente, o nome de Esadesapareceu dos livros de histria.

    Isto prova mais uma vez que Deus defato amou Jac e que Ele

    no amou Esa.

    2. Tentarei responder a questo:"Porque Deus amou Jac e

    odiou Esa?" melhor para nsanalisarmos uma coisa de cada

    vez. Primeiro lhes direi porque Deusamou Jac. Depois direi

  • porque odiou Esa. Muitos noentendem esta questo. Isto

    porque essas pessoas tentam usar amesma razo tanto para os

    eleitos como para os no eleitos. No possvel usarmos o

    mesmo motivo para as duas coisas.Tomarei uma por vez. Iremos

    Palavra de Deus para nos ensinar;assim no estaremos caindo

    em erro.

    (i). Por que Deus amou Jac? Vou Palavra de Deus para

  • responder a pergunta. No foi porquehavia algo de bom em Jac

    que Deus o amou. A Bblia nos diz emRomanos 9.11 que a razo

    de Deus ter amado Jac foi a Sua graasoberana. Jac no tinha

    nada em si que fizesse com que Deus oamasse. Havia de tudo em

    Jac que poderia fazer com que Deus oodiasse tanto quanto Ele

    odiou Esa. Foi a graa infinita de Deusque O fez escolher e

    amar Jac. Examinemos que tipo de

  • homem que era Jac. Seu

    carter no era bom. Estava sempretentando ganhar vantagem

    numa barganha. At em Betel, onde Deuso abenoou, Jac

    barganhou. Vocs certamente selembram o que aconteceu em

    Betel. Jac deitou-se para dormir e teveuma viso de anjos

    subindo e descendo uma escada entre ocu e a terra. Quando

    acordou, ele disse: "Na verdade oSenhor est neste lugar; e eu

  • no o sabia" (Gn 28.16). Jac teve eexclamou: "Quo terrvel

    este lugar! Este no outro lugar seno acasa de Deus; e este a

    porta dos cus" (Gn 28.17). Deus lhefalou: "Eu sou o Senhor, o

    Deus de Abrao teu pai, e o Deus deIsaque; esta terra, em que

    ests deitado ta darei a ti e tuasemente" (Gn 28.13). Nada

    falou sobre o que Jac havia de fazer.Deus disse: "E eis que estou

    contigo, e te guardarei por onde quer

  • que fores, e te farei tornar a

    esta terra..." (Gn 28.15). Deus falouface a face com Jac.

    Contudo, mesmo aps esta maravilhosaexperincia, Jac tentou

    fazer barganha com Deus. Jac disse:"Se Deus for comigo e me

    guardar nesta viagem que fa