Check List Projeto

Embed Size (px)

Text of Check List Projeto

A Se cre t aria Q ue m que m

R e so luo 6 7/95

Publicado no D.O.E. n 4.605 de 02.10.95Escrit rios Re gionais

R ESO LU O N 006 7Pre os de O bras Normas Empre it e iras Licit ae s Not cias Fale Conosco re a re st rit a Pgina Inicial

O Secretrio de Estado de Obras Pblicas, no uso das atribuies conferidas pelo Decreto Estadual n 641, de 06.04.95 RESOLVE,

Art. 1 - Aprovar o Caderno de Projetos da SEOP que estabelece critrios de formulao e apresentao de projetos arquitetnicos e complementares de engenharia contratados, conveniados ou elaborados pela SEOP e pelo DECOM. Art. 2 - Os critrios estabelecidos no Caderno de Projetos sero de aplicao obrigatria e parte integrante nos instrumentos convocatrios e contratuais de execuo de projetos. Art. 3 - Esta resoluo entrar em vigor a partir da data de sua publicao, revogadas as disposies contrrias.

Curitiba, 25 de setembro de 1995

Dante Bellinati Guaz z i, Secretrio de Estado de Obras Pblicas C AD ER N O D E PR O JET O S C O N D I ES G ER AIS PDFmyURL.com

1. A SEOP promover a designao de Profissional como Gerenciador de Projetos, para acompanhar o desenvolvimento dos mesmos, obrigando- se o Autor do Projeto a fornecer todas as informaes que o profissional julgar necessrias, assim como atender a todas as exigncias do mesmo durante a elaborao do projeto. 2. Quando por ocasio da execuo da obra projetada for constatada qualquer incompatibilidade do projeto com as condies normais da execuo, decorrentes do no cumprimento das instrues mencionadas no " Caderno de Projetos" , ficar o Autor do Projeto obrigado a refaz e- lo e/ou corrigi- lo, a curto praz o, de maneira a resolver o problema evidenciado, sem qualquer nus para a SEOP. 3. Por ocasio da entrega definitiva do Projeto e/ou servio sero entregues tambm as Anotaes de Responsabilidade Tcnica - ART (exigncia da Lei n 6.496/77) e a aprovao dos mesmos nos rgos com jurisdio sobre a matria, cabendo ao Autor do Projeto integral responsabilidade sobre todos os emolumentos e respectivas cpias dos projetos para aprovao. 4. Os originais de todas as pranchas de desenho, bem como as demais peas que integram os projetos, constituiro propriedade da SEOP. REPRESENTAO GRFICA 1. FINALIDADE Definir os procedimentos mnimos para apresentao dos trabalhos de projetos e/ou servios na rea de engenharia ou arquitetura, em observncia s Normas Tcnicas da ABNT e este Caderno de Projetos da SEOP. 2. FORMATO E DIMENSES DO PAPEL

2.1. Tamanho A4 - sentido horiz ontal = 21,00 cm - sentido vertical = 29,70 cm - em: memoriais, especificaes, quantitativos, relao de materiais, etc. 2.2. Desenhos - tamanho adotado como padro = 95,00 cm x 59,40 cm - sentido horiz ontal - 4 mdulos de 18,50 cm - 1 mdulo de 17,50cm ( direita) - margem direita = 1,00 cm - margem esquerda = 2,50 cm - sentido vertical - 2 mdulos de 28,70 cm - margem superior = 1,00 cm - margem inferior = 1,00 cm - no ser admitida prancha de desenho diferente do tamanho adotado, em casos especiais, a critrio da SEOP. PDFmyURL.com

3. LEGENDA Toda folha (prancha) desenhada dever conter a legenda fornecida pela SEOP, devidamente preenchida, colocada no canto inferior direito. 4. APRESENTAO 4.1. Os desenhos sero feitos em papel vegetal 90/95 g/m2, conforme as Normas Tcnicas, com letras e algarismo normografados, tendo a menor letra ou nmero equivalente rgua 60, podendo- se usar caracteres transferveis. 4.2. Os memoriais, especificaes, relao de materiais, oramentos e demais elementos tcnicos sero datilografados ou equivalente. 4.3. A apresentao poder ser por computador. 5. ESCALAS 5.1. Nos anteprojetos sero utiliz adas as escalas 1:50 - 1:100 - 1:200

5.2. Nos projetos executivos sero utiliz adas as seguintes escalas:

1:50 - 1:100 1 :500 - 1:1000 1:100 - 1:200 1:200 - 1:500 - 1:1000 1:1 a 1:20 1:50 - 1:100 - 1:200

- plantas, cortes, fachadas - planta de situao - implantao e paisagismo - perfis do terreno - detalhes - cobertura

5.3. Outras escalas podero ser usadas, em casos especiais, a critrio da SEOP. 6. NUMERAO DAS PRANCHAS Todas as pranchas sero numeradas com o mnimo de quatro (4) algarismos, sendo os dois primeiros o nmero de ordem das pranchas e os outros dois o nmero total de pranchas do trabalho - ex.: 01/09 02/09 - etc.. 7. Todas as pranchas e demais documentos sero numerados, titulados, datados, e colocado o nome, ttulo e nmero do CREA do(s) autor(es) do trabalho. PDFmyURL.com

8. Todas as pranchas (folhas) dobradas devero apresentar- se sob o formato final " A4" . LEVANTAMENTO TOPOGRFICO DO TERRENO 1. DIRETRIZ ES PARA LEVANTAMENTO PLANIALTIMTRICO 1.1. Requisitos 1.1.1. matrcula imobiliria atualiz ada na Prefeitura Municipal 1.1.2. planta do loteamento aprovada / croqui da planta arquivada no Registro de Imveis 1.1.3. informativo cadastral do lote 1.1.4. consultas - rgo Municipal de Saneamento - rgo Municipal de Meio Ambiente - Dep. Nacional de Estradas de Rodagem (DNER) - Dep. Estadual de Estradas de Rodagem (DER) - Rede Ferroviria Federal. 1.2. Parmetros Tcnicos - check- list 1.2.1. dimenses de todo o permetro 1.2.2. determinao dos componentes de segmentos curvos 1.2.3. angulao dos alinhamentos e divisas 1.2.4. Iocao de rea atingida pelo projeto de rua (se houver) 1.2.5. coordenadas dos verticais (x,y) 1.2.6. determinao do norte 1.2.7. curvas de nvel com distanciamento compatvel com a topografia 1.2.8. Iocao cotada de borda do bosque (se houver) e rvore com dimetro, altura e espcie 1.2.9. cota do lote esquina mais prxima. 1.2.10. Locao dos rios, crregos, fundos de vale e faixas de drenagens no edificveis (se houver). 1.2.11. referncia de nvel oficial (cone aeronutico) 1.2.12. Iocao de infra- estrutura: - existncia de edificaes, poos, arrimos, baldrames, etc. - posteamento - linhas areas de concessionrias - cota de nvel das redes subterrneas - bocas de lobo e caixas de inspeo - caixas de ruas, pavimentao, existncia de passeio e meio- fio1.2.13. Iocao de rvores no passeio 1.2.14. Iocao de edificaes limtrofes 1.2.15. caractersticas da edificao 1.2.16. data e local do levantamento 1.2.17. quando a rea a ser levantada no for delimitada por elementos precisos e permanentes, devero ser utiliz ados marcos de concreto cravados 1.3. Desenhos - A apresentao dos desenhos ser de acordo com o item " Representao Grfica" do Caderno de Projetos da SEOP.

PDFmyURL.com

PROJETOS DE ARQUITETURA Os Projetos de Arquitetura obedecero os dispostos nas Normas pertinentes estabelecidas pela ABNT, Legislao Federal, Estadual e Municipal em vigor e abranger as seguintes fases de elaborao. 1. ESTUDO PRELIMINAR - determinao de viabilidade econmica e legal, o partido a ser adotado e as caractersticas genricas do projeto, com representao grfica em escala adequada e de forma simplificada. 1.1. Implantao - locao aproximada, acessos, etc.. 1.2. Planta dos pavimentos com respectivos mobilirios e equipamentos. 1.3. Corte(s) esquemtico(s). 1.4. Sistema construtivo que contemple materiais e componentes que otimiz em custos, facilidade de construo e de manuteno. 1.5. Estatstica de reas. 1.6. Perspectiva ou maquete volumtrica (aspectos plsticos - visuais da proposta). 1.7. Encaminhamento do trabalho SEOP, para ser analisado e depois devolvido com as devidas observaes. 2. ANTEPROJETO - soluo geral com a definio do partido adotado, da concepo estrutural e das instalaes em geral, possibilitando clara compreenso da obra a ser executada, em escala conveniente. 2.1. Desenhos Cotados com Indicao dos Ambientes. 2.2. Representao da Estrutura Pr - Lanada. 2.3. Definio das Aberturas Definitivas. 2.4. Mobilirio e Equipamentos Definitivos de Todos os Espaos Propostos. 2.5. Localiz ao Definitiva de: Cabine de GLP, Cabine e Transformao, se necessrio, Reservatrios (Volumes), Barriletes, Shafts / Prumadas / Enchimento e Quadros. 2.6. Definio de Poo(s) de Elevador(es), Escada Enclausurada Conforme Norma Especfica, Rampas de Acesso. 2.7. Especificaes Genricas dos Materiais a Serem Aplicados. 2.8. Estudo do Paisagismo do Terreno com Indicativo de Fechamentos, Muros de Arrimo, Rampas, Escadas, Estacionamentos, Cortes do Terreno, Etc.. 2.9. Encaminhamento Do Trabalho SEOP, para ser analisado e depois devolvido com as devidas observaes. 3. PROJETO LEGAL - soluo definitiva do anteprojeto aprovado apresentado em plantas, cortes, elevaes, especificaes e memoriais j contempladas com a compatibiliz ao em acordo com as exigncias dos Poderes Pblicos a que sero submetidos. 3.1. Encaminhamento do trabalho SEOP, para ser analisado e depois devolvido com as devidas observaes. 3.2. Encaminhamento do projeto aprovado pelos Poderes Pblicos. 4. PROJETO DE EXECUO - desenvolvido a partir do projeto legal aprovado pelos Poderes Pblicos e PDFmyURL.com

SEOP, com especificaes e detalhes em escalas adequadas necessria interpretao no canteiro de obras e ao desenvolvimento dos demais projetos especficos. 5. A apresentao dos desenhos ser de acordo com o item " Representao Grfica" do Caderno de Projetos da SEOP. 6. DIRETRIZ ES PARA PROJETO ARQUITETNICO DE EDIFICAES 6.1. Requisitos: 6.1.1. consulta Prefeitura Municipal; 6.1.2. documentao legal do terreno; 6.1.3. programa de necessidades; 6.1.4. estudo numrico do potencial construtivo do terreno. 6.2. Parmetros Tcnicos de Projeto: 6.2.1. vedao (alvenaria - divisrias); 6.2.2. espessura de paredes; 6.2.3. capacidade da planta (% ); 6.2.4. revestimentos externos; 6.2.5. elevador(es); 6.2.6. tipo de iluminao emergncia; 6.2.7. balancim / grua para manuteno; 6.2.8. sistema de aquecimento de gua; 6.2.9. sistema de tratamento de ar; 6.2.10. local de subestao, se necessria; 6.2.11. reservatrio intermedirio; 6.2.12. soluo estrutural . 7. CHECK- LIST PARA PROJETO ARQUITETNICO DE EDIFICAO 7.1. Implantao 7.1.1. taxa de ocupao do lote 7.1.2. recuos - frontais - laterais - fundos 7.1.3. nvel do pavimento trreo em relao ao 0.00 7.1.4. nmero de acessos para veculos 7.1.5. nmero de acessos para pedestres 7.1