Ciberespa§o e a Reinven§£o da Arte

  • View
    268

  • Download
    6

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Do ciberespaço à ciberarte.

Text of Ciberespa§o e a Reinven§£o da Arte

  • Powerpoint Templates

    UFCD 5. - RA 4Ciberespao e Reinveno da Arte

    Formadora: Marina Santos

    Cursos EFA-NS

    2010/2011

  • Powerpoint Templates

    Ciberespao

    Ciberespao: novo meio da rea dacomunicao que surge da interconexomundial dos computadores.

    espao virtual de navegao.

    refere-se no apenas infra-estrutura material da comunicao digital, mas tambm ao universo ocenico de informaes que ela abriga, assim como aos seres humanos que navegam e alimentam esse universo. (Pierre Lvy)

    Formadora: Marina Santos 2

  • Powerpoint Templates

    Cibercultura

    3Formadora: Marina Santos

    Cibercultura: conjunto de tcnicas,prticas, atitudes, modos de pensamento

    e valores que se desenvolvem juntamente

    com o crescimento do ciberespao.

  • Powerpoint TemplatesFormadora: Marina Santos 4

  • Powerpoint Templates

    Ciberarte Ciberarte: forma de arte que utiliza as tecnologias

    computadorizadas para a criao de ambientes

    interactivos, usando as potencialidades tecnolgicas e

    comunicacionais do ciberespao.

    implica interactividade e instantaneidade da comunicao.

    Arte digital: forma de arte que criada e suportada emformatos digitais, o que implica a utilizao de um cdigo

    binrio que se constitui como linguagem universal

    suportada pelas novas tecnologias.

    Arte interactiva: centra-se na interactividade; apenasuma caracterstica da ciberarte.

    o espectador como co-criador; a percepo como re-criao

    5Formadora: Marina Santos

  • Powerpoint Templates

    Arte InteractivaObra: Luzes Relacionais da autoria de Ernesto Klar

    Descrio: Luzes Relacionais" (Relational Lights) uma instalao interactiva

    audiovisual que explora a relao das pessoas com o carcter orgnico-expressivo do

    "espao". A instalao usa luz, som, neblina e um sistema de software customizado para

    criar um espao-luz tridimensional de morphing (metamorfose), em que os espectadores

    participam activamente, manipulando-o com sua presena e seus movimentos. "Luzes

    Relacionais" uma homenagem obra e pesquisa esttica da artista brasileira Lygia

    Clark.

    A obra funciona como um organismo vivo, com ou sem a presena e a interaco dos

    espectadores. Quando os espectadores saem da rea de rastreamento activo, o sistema

    comea seu prprio dilogo com o espao atravs de extruso e transformao de

    sequncias de formas geomtricas luminosas. Quando os espectadores penetram e

    interagem com o espao-luz projectado, uma expresso colectiva e participativa do espao

    se desdobra. "Luzes Relacionais" amplia o tecido tridimensional do espao, tornando-o

    visvel, audvel e tangvel aos participantes. A experincia esttica resultante incentiva

    entre os participantes um processo relacional infinito de moldar o espao. Ernesto Klar

    Disponvel no endereo http://www.youtube.com/watch?v=pWAbOXGnB_c

    6Formadora: Marina Santos

  • Powerpoint Templates

    Arte Interactiva/digital Obra de arte: LUZES NA CIDADE

    http://www.youtube.com/watch?v=ilgBXxVb9aI

    Making of: http://www.youtube.com/watch?v=kK3GZh5Mt5I

    http://www.youtube.com/watch?v=pWAbOXGnB_c&feature=player_detailpage

    Obra de arte: Graffiti Meets the Digital Age

    TimeMagazine

    READ MORE: http://tinyurl.com/5nwq55

    Forget spray paint, graffiti artists today think in terms of laser pointers

    and skyscrapers. Meet James Powderly and Evan Roth, of Graffiti

    Research Lab. For more: http://www.time.com/video

    7Formadora: Marina Santos

  • Powerpoint Templates

    Museus virtuais

    Exploratorium - The museum of art, perception and human perception: http://www.exploratorium.com

    Pensar a Evoluo - Museu Virtual da Evoluo: http://sites.google.com/site/pensaraevolucao

    Museus - visitas virtuais: http://www.culturaonline.pt/MuseusMonumentos/Pages/visitasvirtuais.aspx

    Cibermuseu ou Museu Virtual: interface no ciberespaoacessvel atravs da internet, onde esto expostas

    coleces formados por reprodues digitais ou por obras

    de arte criadas originalmente em linguagem digital.

    Nova ideia de museu: centralidade da informao (em vez da materialidade dos lugares e objectos fsicos dos museus tradicionais).

    Novas caractersticas: acessibilidade permanente e imediata; maior interactividade, com hiperligaes e recurso a tecnologias multimdia;

    capacidades sensitivas e cognitivas (fazer, mexer, explorar, descobrir).

    Reforo dos aspectos informativo, educativo e ldico.

    Aprendizagem informal e auto-aprendizagem.

    Formadora: Marina Santos 8

  • Powerpoint Templates

    Direitos autorais A novidade do ciberespao e dos

    contedos e relaes que nele se

    estabelecem colocam questes ticas

    violao dos direitos de autor:

    - facilidade, impunidade, generalizao

    Novas perspectivas sobre apropriedade intelectual dos dados

    - Arte interactiva: autoria colectiva?

    - O que est disponvel do domnio

    pblico se est distncia de um

    clique, posso (devo?) utilizar?

    http://www.ted.com/talks/margaret_stewart_how_youtube_thinks_about_copyright.html

    Formadora: Marina Santos 9

  • Powerpoint Templates

    A tecnologia determinante ou condicionante?

    A emergncia do ciberespao acompanha, traduz efavorece uma evoluo geral da civilizao. Uma tcnica produzida dentro de uma cultura e uma sociedade encontra-se condicionada pelas suas tcnicas.

    Dizer que a tcnica condiciona significa que abre algumaspossibilidades, que algumas opes culturais ou sociais nopoderiam ser pensadas a srio sem a sua presena.

    Uma tcnica no nem boa, nem m (pois depende doscontextos, dos usos e dos pontos de vista), tampouco neutra(j que condicionante ou restritiva).

    Assim, no basta avaliar os seus impactos, mas deantecipar as consequncias de algumas das suasutilizaes, de formular os projetos que explorariam asvirtualidades que ela transporta e de decidir o rumo a tomar.

    10Formadora: Marina Santos