ciro mesquita de oliveira

  • View
    221

  • Download
    4

Embed Size (px)

Text of ciro mesquita de oliveira

  • UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEAR

    CENTRO DE EDUCAO

    CURSO DE MESTRADO ACADMICO EM EDUCAO

    A FORMAO DO HOMEM NOVO NA PEDAGOGIA DE

    ANTON S. MAKARENKO: UM ESTUDO INTRODUTRIO NA PERSPECTIVA DA

    ONTOLOGIA MARXIANA-LUKACSIANA

    CIRO MESQUITA DE OLIVEIRA

    FORTALEZA

    2012

  • CIRO MESQUITA DE OLIVEIRA

    A FORMAO DO HOMEM NOVO NA PEDAGOGIA DE

    ANTON S. MAKARENKO: UM ESTUDO INTRODUTRIO NA PERSPECTIVA DA

    ONTOLOGIA MARXIANA-LUKACSIANA

    Dissertao apresentada Banca

    Examinadora do Curso de Mestrado

    Acadmico em Educao, da

    Universidade Estadual do Cear, como

    exigncia final para obteno do grau de

    Mestre em Educao.

    Orientadora: Prof. Dr. Ruth Maria de

    Paula Gonalves

    Coorientadora: Prof. Dr. Maria das

    Dores Mendes Segundo

    FORTALEZA

    2012

  • Dados Internacionais de Catalogao na Publicao

    Universidade Estadual do Cear

    Biblioteca Central Prof. Antnio Martins Filho

    O48f Oliveira, Ciro Mesquita de

    A formao do homem novo na pedagogia de Antons S. Makarenko:

    um estudo introdutrio na perspectiva da ontologia Marxiana - Lukacsiana /

    Ciro Mesquita de Oliveira . 2012.

    115f. : il. color., enc. ; 30 cm.

    Dissertao (Mestrado) Universidade Estadual do Cear, Centro de

    Educao, Curso de Mestrado Acadmico em Educao, Fortaleza, 2012.

    . rea de Concentrao: Formao de Professores.

    Orientao: Prof. Dr. Ruth Maria de Paula Gonalves.

    Coorientao: Prof. Dr. Maria das Dores Mendes Segundo.

    1. Coletividade. 2. URSS. 3. Educao. 4. Makarenko. I. Ttulo.

    CDD: 370

  • CIRO MESQUITA DE OLIVEIRA

    A FORMAO DO HOMEM NOVO NA PEDAGOGIA DE

    ANTON S. MAKARENKO: UM ESTUDO INTRODUTRIO NA PERSPECTIVA DA

    ONTOLOGIA MARXIANA-LUKACSIANA

    Dissertao apresentada Banca Examinadora do Curso de Mestrado Acadmico em

    Educao, do Centro de Educao da Universidade Estadual do Cear, como exigncia parcial

    para obteno do grau de Mestre em Educao.

    Defesa em: 04/04/2012

    Conceito obtido: __________

    Nota obtida:______________

    BANCA EXAMINADORA

    ______________________________________________

    Prof. Dr. Ruth Maria de Paula Gonalves (Orientadora)

    Universidade Estadual do Cear UECE

    ______________________________________________

    Prof. Dr. Maria das Dores Mendes Segundo (Coorientadora)

    Universidade Estadual do Cear UECE

    ______________________________________________

    Prof. Ph.D. Maria Susana Vasconcelos Jimenez

    Universidade Estadual do Cear UECE

    ______________________________________________

    Prof. Dr. Josefa Jackline Rabelo

    Universidade Federal do Cear UFC

  • minha esposa Mrcia por compartilhar comigo

    todos os momentos de durezas e de adversidades

    durante a elaborao deste trabalho. Sem ela

    seria impossvel ter chegado at aqui.

    A palavra companheira no

    suficiente para descrev-la.

    Aos meus filhos, Maria Elis e Matheus, que

    muitas vezes no entenderam a minha ausncia

    e mesmo estando perto sentiram muita

    a minha falta de ateno.

    Aos meus pais Irlanda e Alsio (in memorian) pelo

    o incentivo e apoio desde a minha infncia.

    A eles, dedico.

  • AGRADECIMENTOS

    Gostaria de agradecer queles que me incentivaram e contriburam de algum modo

    com esse trabalho.

    Aos meus amigos Jos Pereira, Renata Jata e Cleide por me incentivarem e insistirem,

    desde o comeo, em tentar fazer o curso de mestrado de mestrado acadmico em educao.

    professora Jackline Rabelo por sua firmeza intelectual marxiana, sua acessibilidade

    e estmulo para continuar com os estudos para alm da graduao.

    professora Susana Jimenez por me acolher e incentivar com seu aporte intelectual a

    enfrentar as batalhas intelectuais das teorias educacionais vigentes.

    professora Das Dores por seus aconselhamentos e palavras que me esclareceram em

    diversos momentos.

    professora Ruth por seu sorriso largo, sua candura e sua pacincia, em muitos

    momentos dessa trajetria as exigncias se tornaram brandas e mais leves por sua gentileza.

    Ao meu amigo Marcel, companheiro de lutas acadmicas e sindicais quantas vezes

    meu amigo, precisei de nossas conversas para poder seguir adiante.

    Aos amigos do IMO, aos amigos da minha turma do Curso de Mestrado Acadmico

    em Educao (CMAE), aos professores da prefeitura de Fortaleza nas escolas em que trabalho

    e j trabalhei vocs tambm foram essenciais nessa longa caminhada.

    Aos meus alunos vocs so os grandes beneficiados deste trabalho.

    Joyce, secretaria do CMAE, pela ateno e pela disponibilidade.

    A minha irm Gergia pela amizade e apoio incondicionais.

    Ao meu tio Benjamin Alvino Mesquita meu reconhecimento pelo grande exemplo e

    honestidade intelectual.

  • A vida bela, que as geraes futuras

    a livrem de todo mal e opresso,

    e possam desfrut-la

    em toda sua

    plenitude.

    Leon Trotsky

  • RESUMO

    O presente trabalho visa investigar a concepo pedaggica de Anton

    Semionovich Makarenko, examinando suas categorias luz da

    perspectiva ontolgica. O objetivo geral examinar o processo

    educativo inscrito em sua teoria e a prtica pedaggica, sintetizada

    pela categoria coletividade, que seria uma nova relao entre a teoria e

    a prtica, em busca de uma educao social que visava formao do

    homem novo para a nova sociedade sovitica. Analisamos nosso

    objeto pela perspectiva da ontologia marxiana-lukacsiana, na qual se

    busca desvelar o real pela relao entre as esferas particulares e os

    determinantes estruturais do mesmo na constituio da esfera da

    totalidade social. Dessa forma, classificamos nosso trabalho como

    terico-bibliogrfico e documental. Num primeiro momento da

    pesquisa, contextualiza-se o conjunto de fatores histricos, polticos,

    econmicos e culturais, imediatamente anteriores aos primeiros anos

    da Unio Sovitica, onde o referido autor construiu sua obra.

    Prossegue-se com a trajetria biogrfica de Makarenko. Adiante,

    encaminha-se com a anlise das obras: Poema Pedaggico; As

    Bandeiras nas Torres; Livro dos Pais; livro Problemas de La

    Educacin Escolar Sovietica e o texto Metodologia para La

    Organizacin del Proceso Educativo; e ainda outros artigos, textos e

    conferncias que selecionamos do autor. Dessas obras, extraem-se as

    principais categorias de Makarenko para anlise: a coletividade, a

    disciplina, a autodisciplina, a auto-organizao, a renncia, a exigncia

    e a perspectiva. Alm disso, faz-se um exame dos princpios

    filosficos e pedaggicos do Movimento dos Trabalhadores Rurais

    Sem-Terra MST, relacionando-os s categorias supracitadas. Ao fim

    do estudo, conclui-se que Makarenko cumpriu um papel significante

    na formao inicial desse novo modelo de homem: mesmo com

    resqucios da influncia escolanovista e do pragmatismo, todavia, ao

    contrrio dessas correntes, pregava que o processo educativo feito

    pelo prprio coletivo em detrimento das vontades individuais. Embora

    haja intensidade e fecundidade em sua concepo pedaggica,

    considera-se que sua proposta educacional, que objetivava a formao

    do homem novo e pleno de todas as suas potencialidades, pondera-se e

    ressalva-se que Makarenko sinalizava a favor da diviso do trabalho, o

    que certamente aproxima suas elaboraes da concepo de trabalho,

    no como ato potencializador da totalidade da atividade humana, mas

    fragmentado em trabalho manual e intelectual, distanciando-se da

    perspectiva ontolgica marxiana-lukacsiana.

    Palavras-chave: Makarenko; Educao; Coletividade; URSS.

  • RESUMEN

    El presente estudio tiene como objetivo investigar la concepcin

    pedaggica de Anton Semionovich Makarenko, el examen de sus

    categoras a la luz de la perspectiva ontolgica. El objetivo general es

    examinar el proceso educativo inscrito en la teora y la prctica

    pedaggica, sintetizada por la categora de la colectividad, lo que sera

    una nueva relacin entre teora y prctica, en busca de una educacin

    social que el objetivo de formar al hombre nuevo a la nueva sociedad

    sovitica. Analizado desde la perspectiva de nuestra ontologa

    lukacsiana objeto-marxista, donde se busca desentraar la verdadera

    relacin entre la esfera privada y los determinantes estructurales de la

    misma constitucin en el mbito de la totalidad social. Por lo tanto,

    podemos clasificar nuestro trabajo como terico, bibliogrfico y

    documental. Al principio, la investigacin, contextualiza el conjunto

    de factores histricos, los derechos polticos, econmicos y culturales,

    inmediatamente antes de los primeros aos de la Unin Sovitica,

    donde este autor ha construido su obra. Se contina con las historias de

    vida de Makarenko. Se est moviendo