Citologia i

Embed Size (px)

Text of Citologia i

  • 1. Citologia I Estruturas Celulares Prof. Marcio Fraiberg

2.

  • Moneras
  • Protistas
  • Fungi
  • Vegetal
  • Animal

Reinos do Mundo Vivo 3. 4. 5. PAREDE CELULAR Composio e Caractersticas 1.Circunda a membrana plasmtica e protege a clula das alteraes na presso de gua. 2. A penicilina interfere com a sntese de peptdeoglicana. 6. Parede celular

  • A membrana externa protege a clula da fagocitose e da penicilina, lisozima e outras substncias qumicas.
  • O componente lipopolissacardeo da membrana externa consiste de acares (polissacardeos O e de lipdeo A).

7. MEMBRANA CITOPLASMTICA 1. Reveste o citoplasma. 2. seletivamente permevel. 3. Conduzem enzimas para reaes metablicas, como a de degradao dos nutrientes, a produo de energia e a fotossntese. 4.As membranas plasmticas podem ser destrudas,(por lcoois e polimixinas). 8. 9. Estruturas celulares Eucariotas 10. Membrana Celular uma fina pelcula que composta principalmente por fosfolipdios e protenas, com importantes funes para a clula, uma delas isolar a clula do meio externo, e controlar a entrada de gua, substncias nutritivas e gs oxignio, e a sada de gs carbnico e de resduos produzidos dentro da clula, assim pode fazer um controle no trnsito das clulas, atraindo substancias teis para a clula e dificultando a entrada de substncias indesejveis. 11. 12. Especializaes da Membrana Desmossomo Tambm conhecido como macula adherens. Os desmossomos tem a funo de adeso, e forma de uma pequena placa arredondada, constitudo por membranas de duas clulas vizinhas. 13. Microvilosodades uma das especializaes da membrana, e se parece com pequenos dedos que aumentam a superfcie do contato das clulas com o nutrientes. Cada clula tem milhares de microvilosodades . 14. Mitocndrias Podem ser comparadas a usinas energticas, pois como todas as atividades celulares gastam energia, a sustentao se da atravs das mitocndrias. So pequenos bastonetes que ficam flutuando no citoplasma. Em seu interior tem uma complexa maquinaria qumica, que libera a energia dos alimentos que a clula absorve. 15. Retculo Endoplasmtico um sistema de tubos e canais que pode ser chamado de rugoso (RER) ou liso (REL), suas paredes so formadas por membranas de bicamadas lipdicas, que contm altas quantidades de protenas, mesmo sendo diferentes, o RER e REL so interligados um ao outro. Lembra uma rede de encanamentos, que circulam substncias fabricadas pela clula. 16. Complexo Golgiense Este complexo um conjunto de saquinhos membranosos achatados e empilhados que recebem o nome de dictiossomos, situam-se prximo ao ncleo, no citoplasma. Suas principais funes so: formao do acrossomo do espermatozide, secreo de enzimas digestivas, armazenamento, transformao e empacotamento das substncias produzidas pelas clulas. 17. Lisossomos So as organelas responsveis pela digesto da clula que existem em quase todas as clulas animais, e tem origem no complexo golgiense. Podem ser comparados a pequenos estmagos intracelulares e a centros de reciclagem. Tem a forma de saquinhos cheios de enzimas. 18. Centrolos O centrolo um cilindro que tem uma parede formada por nove conjuntos de trs microtbulos e ficam organizados de dois em dois nas clulas. No tem membrana, e so formados por tbulos de natureza protica. Do origem aa estruturas locomotoras: os clios e flagelos. 19. Ribossomos So gros formados por RNA ribossomial e protenas. Nele ocorre a sntese de protenas por meio da unio de aminocidos. 20. Cloroplastos So classificados como cromoplastos. H vrios tipos dependendo do pigmento. Cloroplasto: Vegetal e fotossinttico, executa o processo da fotossntese. 21. Membrana Nuclear Recebe tambm o nome de Carioteca. Separa o Citoplasma do Ncleo, no sempre contnua, tem poros que permitem a comunicao do interior do ncleo com o citoplasma. Sua formao constitui-se em duas membranas lipoproticas, que tem uma organizao estrutural parecida com outras membranas celulares. Estas membranas so separadas por um espao denominado Espao Perinuclear, a membrana que reveste internamente possui um espessamento denominado de lmina, que faz parte da matriz nuclear, j a membrana que reveste o ncleo exteriormente tem ribossomos e esta ligada ao retculo endoplasmtico, assim sendo considerada parte do retculo. 22. Nuclolo um pequeno corpo denso e sem membrana, que se localiza mergulhado no nucleoplasma, tem uma intensa sntese de cido ribonuclico ribossmico (RNAr), tambm rico em ribonucleoprotenas.