Comarca de Boa Vista

  • View
    247

  • Download
    4

Embed Size (px)

Text of Comarca de Boa Vista

  • Boa Vista, 29 de novembro de 2011 ANO XIV - EDIO 4680Disponibilizado s 20:00 de 28/11/2011

  • SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO Expediente de 28/11/2011 PUBLICAO DE PAUTA PARA JULGAMENTO Excelentssimo Senhor Desembargador Lupercino Nogueira, Presidente do Tribunal de Justia do Estado de Roraima, torna pblico, para cincia dos interessados, que na 22 Sesso Ordinria do Tribunal Pleno, do ano de 2011, a se realizar no dia 07 de dezembro de 2011, quarta-feira, s nove horas, ou na sesso subseqente, sero julgados os processos a seguir: MANDADO DE SEGURANA N 0000.11.001139-2 IMPETRANTE: YOLANDA NELLY SALINAS VARGAS ADVOGADOS: DR. WALLA ADAIRALBA BISNETO E OUTRA IMPETRADO: SECRETRIO DE SADE DO ESTADO DE RORAIMA PROCURADOR DO ESTADO: DR. EDIVAL BRAGA RELATOR: DES. ALMIRO PADILHA MANDADO DE SEGURANA N 0000.11.001157-4 IMPETRANTE: CRISTIANO TEIXEIRA BARBOSA ADVOGADO: DR. FRANCISCO JOS PINTO DE MACEDO IMPETRADO: SECRETRIO DE SADE DO ESTADO DE RORAIMA PROCURADOR DO ESTADO: DR. EDUARDO LAZARTE RELATOR: DES. ALMIRO PADILHA MANDADO DE SEGURANA N 0000.11.001174-9 IMPETRANTE: RAMAPHIA SOUSA DA SILVA ADVOGADO: DR. MARCO ANTONIO DA SILVA PINHEIRO IMPETRADO: SECRETRIO DE SADE DO ESTADO DE RORAIMA PROCURADOR DO ESTADO: DR. EDIVAL BRAGA RELATOR: DES. ALMIRO PADILHA PUBLICAO DE DESPACHO EXCEO DE SUSPEIO N 0000.11.000994-1 EXCIPIENTE: GUILHERME CAMPOS DE AGUIAR ADVOGADA: DR. ANTONIETA MAGALHES AGUIAR EXCEPTO: ALCIR GURSEN DE MIRANDA RELATOR: DES. ALMIRO PADILHA DESPACHO Durante o curto perodo (45 dias) em que o processo esteve sob minha relatoria, no foi possvel participar de nenhuma Sesso do Tribunal Pleno, em razo das atividades correicionais. Agora, em razo do agendamento de minhas frias que perduraro at o ms de maro (DPJE 4574, de 16.06.11), bem como por se tratar de exceo que requer maior celeridade em seu trmite, determino o encaminhamento dos autos ao Des.Vice-Presidente, com a sugesto de que o mesmo seja remetido Relatora original, Des. Tnia Vasconcelos Dias, vez que a mesma j retornou as suas atividades jurisdicionais, ou, caso este no seja o entendimento, para redistribuio, sem prejuzo de futura compensao. Boa Vista-RR, 18 de novembro de 2011.

    Des. Almiro Padilha Relator

    SICOJURR - 00019674

    OK

    lS62

    qfkU

    Mvo

    einB

    2z+

    i1s8

    L+o=

    Trib

    unal

    Ple

    no -

    Trib

    unal

    Ple

    no

    Boa Vista, 29 de novembro de 2011 Dirio da Justia Eletrnico ANO XIV - EDIO 4680 002/109

  • SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO, BOA VISTA-RR, 28 DE NOVEMBRO DE 2011.

    SUENYA RILKE

    Diretora de Secretaria Em exerccio

    SICOJURR - 00019674

    OK

    lS62

    qfkU

    Mvo

    einB

    2z+

    i1s8

    L+o=

    Trib

    unal

    Ple

    no -

    Trib

    unal

    Ple

    no

    Boa Vista, 29 de novembro de 2011 Dirio da Justia Eletrnico ANO XIV - EDIO 4680 003/109

  • SECRETARIA DA CMARA NICA Expediente de 28/11/2011 O Excelentssimo Senhor Desembargador Ricardo Oliveira, Presidente da Cmara nica, do Tribunal de Justia do Estado de Roraima, torna pblico para cincia dos interessados que, na Sesso Ordinria do dia 06 de dezembro do ano de dois mil e onze, s nove horas, bem como na quinta feira seguinte no mesmo horrio, ou nas sesses subsequentes, ser julgado o processo a seguir: APELAO CVEL N 0000.08.010086-0 BOA VISTA/RR APELANTE: O ESTADO DE RORAIMA PROCURADOR DO ESTADO: DR. ARTHUR CARVALHO APELADA: MICHELLE MIRANDA DE ALBUQUERQUE AVELINO ADVOGADOS: DR. RAFAEL MIRANDA DE ALBUQUERQUE E OUTROS RELATOR: DES. LUPERCINO NOGUEIRA REVISOR: DES. GURSEN DE MIRANDA PUBLICAO DE ACRDO APELAO CRIMINAL N 0010.09.221385-8 BOA VISTA/RR APELANTE: ERIVELTON ALVES MEDEIROS DEFENSOR PBLICO: DR. JAIME BRASIL FILHO APELADO: MINISTRIO PBLICO DO ESTADO DE RORAIMA RELATOR: DES. MAURO CAMPELLO E M E N T A: APELAO CRIMINAL ART. 33, CAPUT, DA LEI N 11.343/06 PEDIDO DE ABSOLVIO IMPOSSIBILIDADE TRFICO DE DROGAS CARACTERIZADO DEPOIMENTO DE POLICIAL CONDUTOR VLIDO PARA CONDENAO PRECEDENTES DESTA CORTE DIMINUIO DO QUANTUM DA PENA POSSIBILIDADE REDUO DA PENA-BASE CONVERSO DA PENA PRIVATIVA DE LIBERDADE EM RESTRITIVA DE DIREITO AUSNCIA DOS REQUISITOS DO ART. 44, I E III DO CP PENA SUPERIOR A 4 ANOS - RECURSO CONHECIDO E PROVIDO PARCIALEMENTE. A C R D O Vistos, relatados e discutidos os presentes autos, acordam os membros da Cmara nica, Turma Criminal, do egrgio Tribunal de Justia do Estado de Roraima, unanimidade de votos, em consonncia parcial com o Parquet, em julgar parcialmente procedente a presente apelao criminal, somente em relao ao quantum da pena, nos termos do voto do relator, que integra este julgado. Sala das sesses do egrgio Tribunal de Justia de Roraima, aos do ms de novembro de 2011. DES. RICARDO OLIVEIRA - Presidente DES. MAURO CAMPELLO - Relator DES. TNIA VASCONCELOS - Julgadora PROCURADORIA DE JUSTIA PUBLICAO DE ACRDO APELAO CRIMINAL N 0047.08.007919-8 BOA VISTA/RR APELANTE: ESMERALDA GUALBERTO DA SILVA DEFENSOR PBLICO: DR. JOO GUTEMBERG WEIL PESSOA APELADO: MINISTRIO PBLICO DE RORAIMA RELATOR: DES. MAURO CAMPELLO

    SICOJURR - 00019681

    KS

    Ran

    H6U

    RC

    QV

    P/6

    fT/Iz

    74Z

    RyV

    U=

    Cm

    ara

    -

    nica

    Boa Vista, 29 de novembro de 2011 Dirio da Justia Eletrnico ANO XIV - EDIO 4680 004/109

  • E M E N T A APELAO CRIMINAL SENTENA MOTIVADA QUE CONDENOU A R PELOS CRIMES DOS ARTS. 244 DO CP (ABANDONO MATERIAL) E 244-A DO ECA (EXPLORAO SEXUAL) ALEGAO DE QUE A AUSNCIA DE ASSISTNCIA FAMLIA, POR PARTE DO ENTE ESTATAL, DESAUTORIZARIA A CONDENAO DESCABIMENTO O DEVER DA FAMLIA PARA COM A PROTEO INTEGRAL DOS FILHOS INAFASTVEL OBTM VANTAGEM INDIRETA A ME QUE PERMITE QUE SUAS FILHAS SEJAM EXPLORADAS SEXUALMENTE EM TROCA DE ISENO DE PAGAMENTO DE ALUGUEL. RECURSO IMPROVIDO, UNANIMIDADE. ACRDO Vistos, relatados e discutidos os presentes autos da Apelao Criminal n 0047.08.007919-8, em que so partes as acima indicadas, decide a Turma Criminal da Cmara nica do Egrgio Tribunal de Justia do Estado de Roraima, por unanimidade, em conhecer da Apelao, mas negar-lhe provimento. Sala das Sesses do egrgio Tribunal de Justia de Roraima, aos vinte e dois dias do ms de novembro de dois mil e onze. Des. RICARDO OLIVEIRA - Presidente Des. MAURO CAMPELLO Relator Desa. TNIA VASCONCELOS DIAS Julgadora PROCURADORIA GERAL DE JUSTIA PUBLICAO DE ACRDO APELAO CRIMINAL N 0010.09.213117-5 BOA VISTA/RR APELANTE: JANE FERNANDES RIBEIRO DEFENSOR PBLICO: DRA. ALINE DIONSIO CASTELO BRANCO APELADO: MINISTRIO PBLICO DO ESTADO DE RORAIMA RELATOR: DES. MAURO CAMPELLO E M E N T A: APELAO CRIMINAL ART. 33, CAPUT, DA LEI N 11.343/06 PEDIDO DE ABSOLVIO IMPOSSIBILIDADE TRFICO DE DROGAS CARACTERIZADO DEPOIMENTO DE POLICIAL CONDUTOR VLIDO PARA CONDENAO PRECEDENTES DESTA CORTE DIMINUIO DO QUANTUM DA PENA IMPOSSIBILIDADE RECURSO CONHECIDO E IMPROVIDO. A C R D O Vistos, relatados e discutidos os presentes autos, acordam os membros da Cmara nica, Turma Criminal, do egrgio Tribunal de Justia do Estado de Roraima, unanimidade de votos, em consonncia com o Parquet, em julgar improcedente a presente apelao criminal, nos termos do voto do relator, que integra este julgado. Sala das sesses do egrgio Tribunal de Justia de Roraima, aos 22 do ms de novembro de 2011. DES. RICARDO OLIVEIRA - Presidente DES. MAURO CAMPELLO - Relator DES. TNIA VASCONCELOS - Julgadora PROCURADORIA DE JUSTIA PUBLICAO DE ACRDO

    SICOJURR - 00019681

    KS

    Ran

    H6U

    RC

    QV

    P/6

    fT/Iz

    74Z

    RyV

    U=

    Cm

    ara

    -

    nica

    Boa Vista, 29 de novembro de 2011 Dirio da Justia Eletrnico ANO XIV - EDIO 4680 005/109

  • APELAO CRIMINAL N 0010.09.219847-1 BOA VISTA/RR APELANTE: JOS DE SOUZA DEFENSORA PBLICA: DRA. ALINE DIONSIO CASTELO BRANCO APELADO: MINISTRIO PBLICO DO ESTADO DE RORAIMA RELATOR: DES. MAURO CAMPELLO E M E N T A: APELAO CRIMINAL ART. 33, CAPUT, DA LEI N 11.343/06 PEDIDO DE ABSOLVIO IMPOSSIBILIDADE TRFICO DE DROGAS CARACTERIZADO DEPOIMENTO DE POLICIAL CONDUTOR VLIDO PARA CONDENAO PRECEDENTES DESTA CORTE DIMINUIO DO QUANTUM DA PENA IMPOSSIBILIDADE RECURSO CONHECIDO E NO PROVIDO. A C R D O Vistos, relatados e discutidos os presentes autos, acordam os membros da Cmara nica, Turma Criminal, do egrgio Tribunal de Justia do Estado de Roraima, unanimidade de votos, em consonncia com o Parquet, em julgar improcedente a presente apelao criminal, nos termos do voto do relator, que integra este julgado. Sala das sesses do egrgio Tribunal de Justia de Roraima, aos 22 do ms de novembro de 2011. DES. RICARDO OLIVEIRA - Presidente DES. MAURO CAMPELLO - Relator DES. TNIA VASCONCELOS - Julgadora PROCURADORIA DE JUSTIA PUBLICAO DE ACRDO APELAO CRIME N 0010.09.219489-2 BOA VISTA/RR APELANTE: EDIONE DE SOUZA SANTOS ADVOGADO: DR. EDNALDO GOMES VIDAL APELADO: MINISTRIO PBLICO ESTADUAL RELATOR: DES. MAURO CAMPELLO EMENTA APELAO CRIMINAL - ESTUPRO DE VULNERVEL - ART. 217-A DO CDIGO PENAL - AUTORIA E MATERIALIDADE COMPROVADAS PELO DEPOIMENTO DA VTIMA EM HARMONIA COM OS DEMAIS DEPOIMENTOS TRAZIDOS AOS AUTOS - RECURSO CONHECIDO E IMPROVIDO. ACRDO Vistos, relatados e discutidos os presentes autos, acordam os membros da Cmara nica, Turma Criminal, do egrgio Tribunal de Justia do Estado de Roraima, unanimidade de votos, em consonncia com o Parquet, em julgar improcedente a presente apelao criminal, nos termos do voto do relator, que integra este julgado. Sala das sesses do egrgio Tribunal de Justia de Roraima, aos 22 dias do ms de novembro de 2011. DES. RICARDO OLIVEIRA - Presidente DES. MAURO CAMPELLO - Relator DES. TNIA VASCONCELOS - Julgadora PROCURADORIA DE JUSTIA PUBLICAO DE ACRDO

    SICOJURR - 00019681

    KS

    Ran

    H6U

    RC

    QV

    P/6

    fT/Iz

    74Z

    Ry