Comp 1.ppt [Modo de Compatibilidade] - mat.ufrgs.brmat.ufrgs.br/~viali/estatistica/mat2274/material/laminas/Comp_1.pdf ·

  • View
    214

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Comp 1.ppt [Modo de Compatibilidade] -...

  • 1

    Prof. Lor Viali, Dr.

    viali@mat.ufrgs.br

    http://www.ufrgs.br/~viali/Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Sistemas

    Um sistema pode ser definido

    como um conjunto de elementos com

    alguma interao regular ou

    interdependncia.

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Exemplos

    Sistema bancrio, sistema

    comercial, sistema financeiro, sistema

    manufatureiro, sistema rodovirio do

    Pas, estado ou mesmo municpio.

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Subsistemas

    A caracterizao de um sistema no

    completa sem consideraes sobre sua

    posio em uma hierarquia. Cada sistema

    formado por componentes que podem ser

    decompostos em elementos menores.

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Se dois nveis hierrquicos esto

    envolvidos em um dado sistema, o maisbaixo denominado de subsistema. Porexemplo, num sistema de manufatura osequipamentos de transporte e as mquinaspodem ser considerados subsistemas.

  • 2

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Ambiente

    Em qualquer situao particular

    necessrio definir o sistema sob

    considerao, especificando seus limites ou

    fronteiras. Qualquer coisa que permanea

    fora da fronteira do sistema denominado

    ambiente.

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Um sistema no isolado do seu

    ambiente. Quando material, energia e/ou

    informao passam do ambiente para o

    sistema, constituem as entradas (input) do

    sistema.

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Quando passam do sistema para o

    ambiente constituem as sadas (output) do

    sistema. Aquilo que entra no sistema de uma

    forma e o deixa de outra forma usualmente

    denominado throughput.

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Os sistemas podem ser classificados por

    convenincia ou por semelhana. Uma das

    possveis classificaes consiste em

    considerar as seguintes classes de sistemas

    no necessariamente mutuamente exclusivas:

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Sistemas

    Naturais e artificiais;

    Fsicos e conceituais;

    Estticos e dinmicos;

    Determinsticos e probabilsticos e

    Discretos e contnuos.

  • 3

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Naturais e artificiais

    A origem dos sistemas fornece a sua

    classificao. Sistemas naturais so aqueles

    formados em processos naturais. Sistemas

    artificiais so aqueles em que seres humanos

    interferem atravs de componentes, atributos

    ou relaes [BLANCHARD e FABRYCKY, 1981].

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Um sistema artificial ao ser criado

    est inserido no mundo natural.

    Interfaces importantes existem entre

    sistemas naturais e artificiais. Cada um

    afeta o outro de algum modo.

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Os efeitos de sistemas artificiais

    sobre o mundo natural tornaram-se objeto

    de estudo, no faz muito tempo,

    principalmente, naquelas situaes onde o

    efeito indesejvel.

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Observe-se, por exemplo, o efeito de

    certos gases na camada de oznio, da

    poluio no meio ambiente ou da

    contaminao de guas de rios, mares e

    oceanos.

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Os sistemas naturais exibem, em

    geral, um alto grau de ordem e

    equilbrio. Isto exemplificado pelas

    estaes, ciclo da gua, etc.

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Fsicos e conceituais

    Os fsicos so aqueles que se

    expressam em termos de componentes reais.

    Eles contrastam com os conceituais, onde

    smbolos representam os componentes.

    Idias, planos, conceitos e hipteses, so

    exemplos de sistemas conceituais.

  • 4

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Um sistema fsico ocupa espao,

    enquanto um conceitual formado por

    idias organizadas.

    Um exemplo de sistema conceitual

    o conjunto de planos e especificaes para

    um sistema fsico antes de ser construdo.

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Sistemas conceituais,

    normalmente, desempenham papel

    essencial na compreenso de

    sistemas fsicos.

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Estticos e dinmicos

    Um sistema foi conceituado como

    um conjunto de elementos que

    apresentam interaes regulares ou

    interdependncias.

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Se estas interaes forem

    sempre fixas tm-se um sistema

    esttico e se apresentarem

    modificaes, um dinmico.

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Um sistema esttico apenas numa

    determinada estrutura de referncia.

    Uma ponte caracterizaria um sistema

    esttico e uma universidade com seus

    prdios, alunos, professores, regimento

    interno, etc., um dinmico.

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Determinsticos e probabilsticos

    Sistemas podem ser caracterizados

    como tendo propriedades aleatrias. Em

    muitos sistemas, as entradas e sadas

    podem ser, realisticamente, descritas

    somente em termos probabilsticos.

  • 5

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Um sistema ser determinstico se

    todas as suas entradas forem

    determinsticas. Se pelo menos uma entrada

    for aleatria, o sistema caracterizado

    como probabilstico.

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Abertos e fechados

    Um sistema fechado aquele que no

    interage significativamente com o seu

    ambiente. Sistemas fechados exibem as

    caractersticas de equilbrio resultante da

    rigidez interna que os mantm, apesar da

    influncia do ambiente.

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Sistemas fechados envolvem

    interaes determinsticas com uma

    correspondncia um-a-um entre estados

    iniciais e finais. Um sistema aberto

    permite que informaes, energia e

    matria prima cruzem suas fronteiras.

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Sistemas abertos interagem com o

    ambiente, como por exemplo, sistemas

    ecolgicos, organizaes comerciais e

    industriais. Eles exibem a caracterstica do

    estado estacionrio (steady state) em que

    uma interao dinmica dos elementos do

    sistema regula as mudanas no ambiente.

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Em virtude do estado estacionrio,

    sistemas abertos so auto-regulados e

    geralmente auto-adaptveis.

    Sistemas abertos ou fechados

    exibem as propriedades da entropia.

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Aumento de entropia significa

    aumento da desorganizao. Para se

    criar um sistema artificial deve ocorrer

    um decrscimo deliberado na entropia.

  • 6

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Todo sistema artificial, do mais

    primitivo ao mais complexo, consome

    entropia: a criao de estados mais

    ordenados a partir de estados menos

    ordenados.

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Discretos e contnuos

    Um sistema discreto aquele cujas

    entradas so discretas e cujas interaes

    ocorrem somente em um conjunto

    discreto de pontos no tempo.

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Um sistema contnuo o que

    apresenta entradas contnuas e interaes

    ocorrem continuamente sobre o tempo.

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Poucos sistemas na prtica so

    exclusivamente discretos ou contnuos

    mas, desde que um tipo de mudana

    predomine pode-se classificar um

    sistema como sendo discreto ou contnuo.

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Um modelo uma abstrao do

    sistema real, na qual somente aspectos

    relevantes para uma determinada anlise

    deste sistema so considerados [HILLIER, e

    LIEBERMAN, 2002].

    Conceito

  • 7

    Prof. Lor Viali, Dr. UFRGS Instituto de Matemtica - Departamento de Estatstica

    Uma vez que praticamente

    impossvel que um modelo contenha

    todos os detalhes de um sistema,

    diferentes mod