Click here to load reader

Composição do Linho.pdf

  • View
    21

  • Download
    8

Embed Size (px)

Text of Composição do Linho.pdf

  • A Cultura do Linho(Linum usitatissimum L.)

  • Introduo:

    - Planta herbcea;

    -Pode atingir um metro de altura;

    - Famlia botnica: lineceas;

    - Composio: substncia fibrosa (extrao de fibras longas para tecidos) e substncia lenhosa.

    - Sementes oleaginosas;

    - Farinha utilizada para fins medicinais.

  • Centro de Origem e plantio:

    - Europa;

    - Blgica e Pases Baixos fornecem as melhores qualidades de linho;

    - Pases produtores quanto ao volume: Frana, Polnia, Blgica e Pases Baixos;

    - No Brasil restrito a pequenas reas com possibilidade de comercializao e extrao da fibra.

  • Tipos de Linho:

    -Fibra:

    - Fibra txtil;

    - Semente:

    - leo de linhaa;

    - Cruzamento:

    - Fibra e leo;

    - Prejuzo na fibra.

  • Populao de plantas e semeadura:- Densidade alta: 120 plt / m2.

    - Evitar ramificaes;

    - Porte: 1,0 m;

    - Comprimento mdio da fibra: 0,80 m;

    - Ramificaes na parte superior;

    - OJETIVO: FIBRA;

    - Densidade baixa: 90 plt / m2.

    - Mais ramificada, maior nmero de flores;

    - OBJETIVO: LEO (indstria de tintas).

    - poca de semeadura: Abril e Maio.

  • Populao de plantas:

  • Populao de plantas:

  • Flor:

  • Flor:

  • Caule:

  • Sementes:

    - Das flores, de cor azul-claro, desenvolvem-se cpsulas, com cinco lojas ou clulas;

  • Fibra:

    - Retirada da filaa (entre a casca e o lenho);

    - Comprimento de cada filaa: 25 mm;

    - Retirada da pectina:

    - Mucilagem;

    - Mquina especial para retirada.

  • Clima e ciclo:

    - Clima temperado;

    - No Rio Grande do Sul, considerada uma cultura de inverno;

    - Planta pode durar at 12 meses;

    - Ciclo para colheita: 120 a 150 dias.

  • Colheita:

    - Manual;

    - Retira-se a planta toda (inclusive raiz);

    - Plantas dispostas no mesmo sentido (razes para um lado e baganhas para outro);

    - Ponto de colheita:

    - Caule amarelo-escuro;

    - Baganhas marrom-escuras e maturadas uniformemente;

    - A maturao termina aps a colheita.

  • Colheita:

  • Ripagem:

    - Separao da baganha e da semente;

    - Plantas so secadas ao sol e quando secas so submetidas a batidas perpendiculares ao sentido da fibra;

    - Aps separadas as sementes, secam ao sol por 5 a 7 dias;

  • Cortimento:

    - uma das operaes mais importantes;

    - A cola vegetal que une a camada de fibras aos tecidos da casca do lenho removida para que as fibras possam ser retiradas;

    - Macerao excessivamente longa destruiria em parte a cola entre as fibras, o que prejudicaria a resistncia destas. H vrios mtodos de macerao;

    - Existem vrios mtodos de macerao manual;

    - Hoje em dia existem mquinas para fazer este trabalho.

  • Separao das fibras:

    - uma das operaes mais importantes;

    - A cola vegetal que une a camada de fibras aos tecidos da casca do lenho removida para que as fibras possam ser retiradas;

    - Macerao excessivamente longa destruiria em parte a cola entre as fibras, o que prejudicaria a resistncia destas. H vrios mtodos de macerao;

    - Existem vrios mtodos de macerao manual;

    - Hoje em dia existem mquinas para fazer este trabalho.

  • Preparao das fibras:

    - Separao das fibras lenhosas e das fibras txteis;

    - Esta operao feita por processos diferentes conforme as regies;

    - A separao das fibras dos talos macerados realiza-se em dois processamentos, que na separao mecnica podem ser feitos numa s mquina.

  • Caractersticas e propriedades do linho:

    - COMPRIMENTO DA FIBRA:

    - Fibra singela aprox. 25mm, fibra longa 40 a 70 cm, estopa 20 a 35 cm.

    - FINURA DA FIBRA:

    - Na fibra singela, irregular, afinada em direo da ponta.

    - SUPERFCIE DA FIBRA:

    - Lisa.

  • Caractersticas e propriedades do linho:

    -FINURA DA FIBRA:

    -COR:- Macerao no orvalho: cinza; macerao na

    gua: amarelada. Quanto mais clara, tanto maior seu valor.

    -BRILHO E ASPECTO:- A calandragem d superfcie lisa da fibra

    um aspecto sedoso.

  • Caractersticas e propriedades do linho:

    -CONSERVAO DO CALOR:- Reduzida, pois bom condutor de calor

    -TOQUE:- Liso e frio.

    -TESTE DE COMBUSTO:- Chama um tanto amarela, rpida. O

    pequeno resduo de cinzas incandesce por pouco tempo. Cheiro de papel queimado.

  • Caractersticas e propriedades do linho:

    -TESTE DE ROTURA:- Em fios, som claro; as pontas da rotura so

    longas, rgidas e se destacam.

    -ALONGAMENTO:- Pequeno; abaixo do alongamento do algodo.

    -RESISTNCIA:- A seco: muito alta, em fibras 35 a 60 km, em

    fios de linho 18 a 28 km, em fios de estopa 9 a 16 km. A mido: em fios de linho 130 a 140% da resistncia a seco.

  • Caractersticas e propriedades do linho:

    -ELASTICIDADE E RESISTNCIA AO AMASSAMENTO;

    -COMPOSIO QUMICA:- Linho compe-se de 80,8% de celulose, 3,8%

    de pectina, 1,5% graxa e cera, 3,9% de substncia solvel em gua, e 10% gua.

    -DENSIDADE:- Cru 1,48 g/ cm ; alvejado 1,55 g/ cm .

  • Caractersticas e propriedades do linho:

    -HIGROSCOPICIDADE:- Absoro de umidade quando a umidade

    relativa 100% at 23% do peso seco.

    -ABSORO DE UMIDADE: - Muito alta. A gua otimamente absorvida,

    mas tambm liberada depressa.

    -COMPORTAMENTO PARA COM O CALOR:- No calor contnuo a 120C, a fibra fica

    amarela, e no calor contnuo de 150C ela decompe-se.