CONCURSO PÚBLICO PARA INGRESSO DE MÉDICOS NO .concurso pÚblico para ingresso de mÉdicos no corpo

  • View
    216

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of CONCURSO PÚBLICO PARA INGRESSO DE MÉDICOS NO .concurso pÚblico para ingresso de mÉdicos no corpo

CONCURSO PBLICO PARA INGRESSO DE MDICOS NO CORPO DE SADE DA

MARINHA (CP-CSM-Md) EM 2016

N D I C E

PARTE 1 - NORMAS PARA O CONCURSO PBLICO

1 - Dos principais aspectos (da Carreira, do Corpo e do Curso)

2 - Das vagas

3 - Das inscries

3.1 - Das condies para a inscrio

3.2 - Das inscries pela Internet

3.3 - Das inscries via Organizaes Militares da Marinha

3.4 - Da iseno de pagamento da taxa de inscrio

4 - Da identificao dos candidatos

5 - Do Concurso Pblico

6 - Da Prova Escrita Objetiva de Conhecimentos Profissionais (eliminatria e classificatria) e da

Redao (eliminatria)

7 - Dos Recursos da Prova Escrita, da Redao, da vista da Redao e de Ttulos

8 - Dos Eventos Complementares

9 - Da Verificao de Dados Biogrficos (VDB) (eliminatria)

10 - Da Inspeo de Sade (IS) (eliminatria)

11 - Do Teste de Aptido Fsica (TAF) (eliminatrio)

12 - Da Prova de Ttulos (PT) (classificatria)

12.1 - Da entrega dos Ttulos

12.2 - Da pontuao dos Ttulos

13 - Da Verificao de Documentos (VD) (eliminatria)

14 - Da Avaliao Psicolgica (AP) (eliminatria)

15 - Do resultado da Seleo Inicial

16 - Do Perodo de Adaptao (PA) (eliminatrio) e do Curso de Formao de Oficiais (CFO)

(eliminatrio e classificatrio)

17 - Das disposies complementares

PARTE 2 - ANEXOS

Anexo I - Cidades de realizao das provas e Eventos Complementares e Organizaes Responsveis pela

Execuo Local (OREL)

Anexo II - Calendrio de Eventos

Anexo III - Programas e bibliografias para as Provas Escritas de Conhecimentos Profissionais (CP)

Anexo IV - Inspeo de Sade (IS)

Anexo V - Avaliao Psicolgica (AP)

0

COMANDO DA MARINHA

DIRETORIA DE ENSINO DA MARINHA

EDITAL DE 05 DE MAIO DE 2016.

CONCURSO PBLICO PARA INGRESSO DE MDICOS NO CORPO DE SADE DA MARINHA

(CP-CSM- Md) EM 2016.

A Diretoria de Ensino da Marinha (DEnsM), na qualidade de rgo Supervisor, torna pblico que, no

perodo de 23/05/16 a 30/06/16, estaro abertas as inscries para o Quadro de Mdicos (Md) do Concurso

Pblico em 2016.

O presente Edital estar disposio dos candidatos na Internet, nos endereos www.ensino.mar.mil.br ou

www.ingressonamarinha.mar.mil.br, e nos locais de inscrio listados no Anexo I.

As datas relativas s diversas etapas e eventos do Concurso Pblico encontram-se disponveis no

Calendrio de Eventos do Anexo II.

PARTE 1 - NORMAS PARA O CONCURSO PBLICO

1 - DOS PRINCIPAIS ASPECTOS:

I - DA CARREIRA MILITAR

1.1 - Todo cidado, aps ingressar na MB, prestar compromisso de honra, no qual firmar a sua

aceitao consciente das obrigaes e dos deveres militares e manifestar a sua firme disposio de bem

cumpri-los.

1.2 - Os deveres militares emanam de um conjunto de vnculos racionais e morais que ligam o militar

Ptria e ao servio, e compreendem, essencialmente:

I - a dedicao e a fidelidade Ptria, cuja honra, integridade e instituies devem ser defendidas mesmo

com o sacrifcio da prpria vida;

II - o culto aos smbolos nacionais;

III - a probidade e a lealdade em todas as circunstncias;

IV - a disciplina e o respeito hierarquia;

V - o rigoroso cumprimento das obrigaes e das ordens; e

VI - a obrigao de tratar o subordinado dignamente e com urbanidade.

1.3 - O acesso na hierarquia militar, fundamentado principalmente no valor moral e profissional,

seletivo, gradual e sucessivo e ser feito mediante promoes, em conformidade com a legislao e atendidos os

requisitos constantes do Plano de Carreira de Oficiais da Marinha.

II - DO CORPO DE SADE DA MARINHA

1.4 - O Corpo de Sade da Marinha (CSM) destina-se a suprir a Marinha com Oficiais para o exerccio de

cargos tcnicos relativos s atividades necessrias manuteno, no mais alto grau, da higidez do pessoal

militar da Marinha voltado para aplicao do Poder Naval e seu preparo, alm das atividades inerentes carreira

militar, nos termos da Lei n 9.519/97.

1.5 - Os candidatos aprovados para as vagas do Concurso Nacional e que no possuem Certificado de

curso de Residncia Mdica ou Certificado de Ttulo de Especialista tero que realizar o Curso de

aperfeioamento (C-Ap), oferecido pelo Hospital Naval Marclio Dias, ou outro autorizado pela Administrao

1

Naval, entre o segundo ano do posto de Primeiro-Tenente e o terceiro ano do posto de Capito-Tenente. Sero

dispensados de realizar o C-Ap, aqueles candidatos que comprovarem possuir Certificado de curso de

Residncia Mdica ou Certificado de Ttulo de Especialista, Certificados de cursos stricto sensu (Mestrado ou

Doutorado) reconhecidos pelas Sociedades de Classe e Conselhos Federal ou Regional de Medicina,

apresentados por ocasio da Prova de Ttulos, e que foram considerados equivalentes ao C-Ap aps analisados

pelas Diretorias Especializadas.

1.6 - Os candidatos aprovados no Concurso regionalizado devero obrigatoriamente possuir Certificado

de Residncia Mdica ou Certificado de Ttulo de Especialista na especialidade a qual concorrem, devendo ser

apresentado por ocasio da Prova de Ttulos. Adicionalmente, para fim de obteno de pontuao, podero

tambm ser apresentados Certificados de cursos stricto sensu (Mestrado ou Doutorado) reconhecidos pelas

Sociedades de Classe e Conselhos Federal ou Regional de Medicina. Os certificados de curso stricto sensu

(mestrado e doutorado) tambm podero ser apresentados no concurso nacional para fim de pontuao.

1.7 - Para informaes adicionais acerca do CSM, o candidato poder acessar a pgina da DEnsM na

Internet, no stio eletrnico: www.ensino.mar.mil.br ou www.ingressonamarinha.mar.mil.br, no link Ingresso na

Marinha/Como Ingressar.

III DO CURSO DE FORMAO DE OFICIAIS (CFO)

1.8 - O candidato aprovado e classificado na Seleo Inicial far o CFO, realizado no Centro de Instruo

Almirante Wandenkolk (CIAW), na cidade do Rio de Janeiro - RJ.

O CFO tem por finalidade o preparo do candidato para o exerccio de funes em Organizaes Militares

da Marinha situadas nos diversos Estados da Federao, de acordo com as suas qualificaes e atendendo

convenincia do servio, por meio da necessria instruo militar-naval.

O Curso constitudo por um Perodo de Adaptao de, aproximadamente, 3 (trs) semanas e uma etapa

bsica compreendendo as atividades previstas nos respectivos currculos.

O candidato ingressar na graduao de Guarda-Marinha e, durante este curso, o Guarda-Marinha

perceber remunerao atinente sua graduao, como previsto na Lei de Remunerao dos Militares, alm de

serem proporcionados alimentao, uniforme, assistncia mdico-odontolgica, psicolgica, social e religiosa.

1.9 - Durante o CFO, o candidato far um Estgio de Aplicao (EA), com durao de at 08 (oito)

semanas, que tem por finalidade a adaptao s caractersticas do servio naval inerentes profisso,

complementao de sua formao militar-naval e avaliao complementar para o desempenho de funes

tcnicas e administrativas. Esse EA ser realizado em Organizaes Militares (OM) especialmente designadas

para tal, sob a superviso do CIAW.

1.10 - O CFO ter a durao de aproximadamente, 39 (trinta e nove) semanas.

1.11 - Durante o CFO, o candidato estar sujeito ao Regulamento e Regimento Interno do CIAW, bem

como legislao vigente aplicada a todos os militares da ativa das Foras Armadas.

1.12 - O ingresso no Corpo de Sade da Marinha (CSM) ocorrer no posto de Primeiro-Tenente, aps o

candidato ter sido aprovado e classificado em todas as fases da Seleo Inicial e ter sido aprovado em todas as

fases do CFO.

2

1.13 - Antes de completados 5 (cinco) anos de nomeao ao Oficialato, os Oficiais sero avaliados pela

Comisso de Promoes de Oficiais, visando sua permanncia em carter definitivo na Marinha. Aqueles que

no obtiverem avaliao favorvel sero licenciados ex offcio do Servio Ativo da MB.

2 - DAS VAGAS

2.1 - O presente Concurso Pblico destina-se ao preenchimento de vagas, para o mbito Nacional e para o

mbito Regional, esta ltima modalidade nas seguintes jurisdies: Comando do Segundo Distrito Naval,

Comando do Quinto Distrito Naval e Comando do Sexto Distrito Naval, nas especialidades/profisses abaixo

discriminadas:

2.2 - mbito Nacional

QUADRO DE MDICOS (Md)

ESPECIALIDADES

Vagaspara

candidatosnegros (*)

VAGAS

Alergologia e Imunologia 0 1Anestesiologia 0 2Cancerologia/Clnica 0 1Cardiologia 2 8Cirurgia Cardaca 0 1Cirurgia Geral 1 6Cirurgia Plstica 1 3Clnica Mdica 1 7Cirurgia Torcica 0 1Cirurgia Vascular 0 1Endocrinologia 0 2Fisiatria 0 1Gastroenterologia 0 1Geriatria 0 2Hematologia 0 2Ginecologia e Obstetrcia 1 3Infectologia 0 1Medicina Intensiva 0 2Medicina Nuclear 0 1Nefrologia 0 2Neurocirurgia 0 1Neurologia 1 3Oftalmologia 0 2Ortopedia e Traumatologia 2 8Otorrinolaringologia 1 4Patologia 0 2Pediatria 1 6Pneumologia 1 3Psiquiatria 1 6Radiologia 1 7Radioterapia 0 1Reumatologia 0 1Urologia 0 2

TOTAL -- 94

3

2.3 - mbito Regional na jurisdio do Comando do Segundo Distrito Naval, com sede na cidade deSalvador/ BA:

ESPECIALIDADES VAGASGinecologia e Obstetrcia 1Ortopedia e Traumatologia 1

TOTAL 2