Consciência Fonoarticulatória e Alfabetização - Palestras congresso... · Metalinguagem Consciência

  • View
    212

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Consciência Fonoarticulatória e Alfabetização - Palestras congresso... · Metalinguagem...

  • marostega.ro@gmail.com

    Conscincia Fonoarticulatria

    e Alfabetizao

    Rosangela Marostega Santos

    Fonoaudiloga

  • marostega.ro@gmail.com

    Ao longo das ltimas dcadas muitos estudos tem sido realizados com o objetivo de compreender quais processos cognitivos esto envolvidos na aprendizagem da leitura e da escrita.

  • marostega.ro@gmail.com

    A lngua portuguesa possui um sistema de escrita alfabtico-ortogrfico baseado na relao entre os sons e as letras.

  • marostega.ro@gmail.com

    Aprender a ler, um desafio para a criana:

    requer o conhecimento consciente dos sonsda lngua,

    Conscincia Fonolgica

    para posteriormente,

    se acender ao Princpio Alfabtico.

    Paula Teles, 2015.

  • marostega.ro@gmail.com

    Por princpio alfabtico entende-se que:

    a escrita tem relao com a fala (pauta sonora) e no com as propriedades dos objetos ;

    cada letra tem nome e som; as letras tem valores sonoros fixos; existem diacrticos, como o til, a cedilha e os acentos grficos; a ordem em que as letras aparecem na escrita corresponde

    ordem em que os sons so pronunciados na fala; todas as slabas contm uma vogal; h diversas formas de combinar consoantes e vogais; h um nmero finito de letras; o cdigo oral diferente do escrito; e, as regras de correspondncia grafofnicas so ortogrficas.

    MORAIS, Artur. Sistema de escrita alfabtica:como eu ensino. Melhoramentos,2012

  • marostega.ro@gmail.com

    Metalinguagem

    Conscincia Fonolgica

    ConscinciaSemntica

    Conscincia Pragmtica

    ConscinciaSilbica

    ConscinciaIntrassilbica Conscincia

    Segmental

    Conscincia Fonoarticulatria

    ConscinciaFonmica

    Metacognio

    Cdigo Alfabtico

    Conscinciamorfolgica

    Conscincia Sinttica

    Componentes da CF proposto por Rueda (1995) adaptado por Santos e Lamprecht (2008) modificado por

    Santos (2012)

  • marostega.ro@gmail.com

    Conscincia fonolgica

    Envolve a manipulao oral dos sons da lngua (Chard & Dickson, 1999), independente do seu significado.

    Um grande conjunto ou uma grande constelao de habilidades de refletir sobre os segmentos sonoros das palavras (Morais, 2012).

  • marostega.ro@gmail.com

    Conscincia fonolgica

    Permite criana reconhecer que as palavras so formadas de fonemas e ajuda a construir relaes grafemas-fonemasnecessrias ao reconhecimento das palavras (Godard,2007 ).

    No resultado do desenvolvimento natural, mas um processo de aprendizagem artificial(Linuesa, 2008)

  • marostega.ro@gmail.com

    Capacidade de o indivduo refletir sobre os sons da fala (fones) e os gestos motores orais (Santos, 2009).

    [s]

    Conscincia Fonoarticulatria

  • marostega.ro@gmail.com

    Conscincia Fonoarticulatria

    Parte da Conscincia fonolgica que permite refletir de forma consciente sobre as caractersticas articulatrias dos fonemas.

    Habilidade para perceber que os sons so modificados de acordo com seus articuladores.

    (Santos, 2009)

    Ajuda a consolidar os conhecimentos fonmicos (Wise, Ring & Olson, 1999)

  • marostega.ro@gmail.com

    O raciocnio fonoarticulatrio pode ser desencadeado com a simples pergunta:

    O que sua boca, lngua e voz faz para

    produzir o som [...] ?

  • marostega.ro@gmail.com

    ouQuando voc faz o som [s], o que acontece com:

    1. os lbios?

    2. os dentes?

    Conscincia Fonoarticulatria

  • marostega.ro@gmail.com

    Quando voc faz o som [s], o que acontece com:

    3. a lngua?

    4. a sua garganta?

    Conscincia Fonoarticulatria

  • marostega.ro@gmail.com

    Quando voc faz o som [s], o que acontece com:

    5. O ar que sai da suaboca?

    6. O som que voc escutase parece com o que?

    Conscincia Fonoarticulatria

  • marostega.ro@gmail.com

    Quando voc faz o som [s], o que acontece com:

    7. um som ...

    Conscincia Fonoarticulatria

    com paradinhas

    ( descontnuo)

    sem

    paradinhas

    (contnuo)

    .....

  • marostega.ro@gmail.com

    Escala de complexidade da Conscincia

    Fonoarticulatria (Santos,2014)

    I. Identificao no nvel do

    segmento sonoro

    II.Produo no nvel do segmento sonoro

    III.Identificao no nvel da palavra

    IV.Produo no nvel da palavra

    Natureza Puramente

    Fonoarticulatria

    Natureza Fonmica-

    fonoarticulatria

  • marostega.ro@gmail.com

    TAREFAS

    1. IDENTIFICAO :

    nvel do segmento sonoro

    nvel da palavra

    2. PRODUO:

    nvel do segmento sonoro

    nvel da palavra

    Conscincia Fonoarticulatria

  • marostega.ro@gmail.com

    Conscincia Fonoarticulatria

    1.Qual destes bonecos estfazendo o som [l]?

    Identificao em nvel do segmento sonoro

  • marostega.ro@gmail.com

    2. Quem no comea com este movimento de boca?

    Identificao em nvel da palavra

    Conscincia Fonoarticulatria

  • marostega.ro@gmail.com

    Conscincia Fonoarticulatria

    3. Olhe para estas fotos de boca. Qual delas est

    se preparando para falar o nome deste desenho?

    Identificao em nvel da palavra

  • marostega.ro@gmail.com

    Conscincia

    Fonoarticulatria

    4. Que som esta boca est fazendo?

    Produo em nvel de segmento sonoro

  • marostega.ro@gmail.com

    5. Diga uma palavra que comea com este movimento de boca.

    Produo em nvel da palavra

    Conscincia Fonoarticulatria

  • marostega.ro@gmail.com

    Linguagem

    Oral

    Linguagem

    Escrita

    Conscincia fonolgica

  • marostega.ro@gmail.com

    Correlaes entre as Hipteses de Escrita e Conscincia Fonolgica

    ESTGIOS

    DE

    ESCRITA

    Pr-silbico

    Alfabtico

    Ortogrfico

    cons. da palavra,

    conscincia da slaba e das unidades intrassilbicas

    Conscincia do fonema + fonoarticulatria

    NVEIS

    DE

    CF

    Silbico e

    Silbico-alfabtico

    Relao ainda mais explcita entre sons/letras

    Costa e Santos, 2008

  • marostega.ro@gmail.com

    .

    No pode mais haver dvida de que a Conscincia fonolgica a chave para aprender a ler lnguas com ortografias alfabticas

    No pode mais haver dvida de que a Conscincia fonolgica a chave para aprender a ler lnguas com ortografias alfabticas

    As evidncias cientficas mostram que:

    CARDOSO-MARTINS, 1991.

    Sensibilidade fonolgica e a aprendizagem inicial da leitura e

    da escrita.

    Cadernos de Pesquisa, v. 76

  • marostega.ro@gmail.com

    Crianas com alto nvel de Conscincia Fonolgica (CF)

    na pr-escola, apresentam melhor desempenho na escrita.

    Crianas com alto nvel de Conscincia Fonolgica (CF)

    na pr-escola, apresentam melhor desempenho na escrita.

    Costa, 2002.Conscincia fonolgica: relao entre

    desenvolvimento e escrita..

    Crianas com desempenho inferior de CF na pr-escola,

    apesar de se alfabetizarem, mostraram alta incidncia de

    trocas fonolgicas na escrita.

    Crianas com desempenho inferior de CF na pr-escola,

    apesar de se alfabetizarem, mostraram alta incidncia de

    trocas fonolgicas na escrita.

  • marostega.ro@gmail.com

    As crianas se apiam em pistas articulatrias como estratgia inicial para segmentar slabas em fonemas.

    As crianas se apiam em pistas articulatrias como estratgia inicial para segmentar slabas em fonemas.

    Valente; Martins,2004.Competncias Metalingsticas e Aprendizagem da Leitura em duas Turmas do 1 Ano de Escolaridade

    com Mtodos de Ensino Diferentes. Anlise Psicolgica. v. 1.

  • marostega.ro@gmail.com

    Quanto mais a criana est vontade para manipular conscientemente o fonema, mais depressa aprende a ler.

    Quanto mais a criana est vontade para manipular conscientemente o fonema, mais depressa aprende a ler.

    Dehaene, 2012Os neurnios da leitura.

    Artmed.

  • marostega.ro@gmail.com

    As crianas em processo de alfabetizao usam o aparelho articulatrio quando aprendem a associar os gestos fonticos com as representaes visuais.

    As crianas em processo de alfabetizao usam o aparelho articulatrio quando aprendem a associar os gestos fonticos com as representaes visuais.

    Heilman e cols. 1996Developmental Dyslexia: A Motor Articulatory

    Feedback Hypothesis. Annals of Neurology, v. 39

  • marostega.ro@gmail.com

    A utilizao de pistas sonoras e fonoarticulatrias auxilia a aprendizagem da leitura e da escrita.

    A utilizao de pistas sonoras e fonoarticulatrias auxilia a aprendizagem da leitura e da escrita.

    Vieira e Santos, 2010.

    Conscincia fonolgica e fonoarticulatria na aquisio da leitura e da escrita

    Nonada

  • marostega.ro@gmail.com

    A adio das imagens da articulao ao treino da segmentao fonmica, melhora a capacidade de ler palavras comparativamente com o treino apenas com letras.

    A adio das imagens da articulao ao treino da segmentao fonmica, melhora a capacidade de ler palavras comparativamente com o treino apenas com letras.

    Boyer; Ehri, 2011Contribuition of phonemic

    segmentation Instruction with lettersand articulation pictures to word

    reading and spelling in Beginners.Scientific studies of Reading,15

  • marostega.ro@gmail.com

    A conscincia fonmica uma habilidade necessria (e est fortemente relacionada) aprendizagem da leitura e escrita alfabtica.

    A conscincia fonmica uma habilidade necessria (e est fortemente relacionada) aprendizagem da leitura e escrita alfabtica.

    Godoy, 2008Por que ensinar as relaes grafema-fonema?

    Rev. psicopeda