of 24/24
ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DAS PROVAS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR – CLASSE E PORTUGUÊS (Todos os cargos) Compreensão e interpretação de textos: habilidade de ler, compreender e interpretar textos de diversos tipos em língua portuguesa: verbais, não-verbais e mistos. Objetivos: O candidato deverá ser capaz de atribuir sentidos coerentes aos textos apresentados, demonstrando habilidade de: 1. Decodificar e inter-relacionar informações. 2. Perceber as relações do texto com o seu mundo exterior. 3. Demonstrar atitude crítica frente às questões enfocadas nos textos. 4. Reconhecer as modalidades linguísticas que refletem diferenças sociais, culturais e regionais dos falantes da língua portuguesa. 5. Apresentar domínio gramatical da variedade padrão da língua portuguesa, como: 5.1. Regência nominal e verbal. 5.2. O nome, o artigo, o pronome, o adjetivo, o advérbio, a preposição, a conjunção, a interjeição e os seus respectivos empregos. 5.3. O verbo: emprego de tempos e modos. 5.4. Sintaxe: período, orações e seus termos. 5.5. Domínio da ortografia e da pontuação. 5.6. Relações semântico- lexicais, como metáfora, metonímia, analogia, polissemia, antonímia, sinonímia, hiperonímia, hiponímia, reiteração, redundância e outras. ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA (Todos os cargos) 1. Administração Pública Federal: Disposições Gerais (Constituição Federal, Título III, Capítulo VII). 2. Agente Público: função pública, atendimento ao cidadão. 3. Regime Jurídico dos Servidores Públicos Federais – Direitos, deveres, proibições e responsabilidades. (Lei nº 8.112, de 11/12/90). 4. Ética na Administração Pública Federal (Decreto nº 1.171, de 22/06/1994) e sanções aplicáveis aos agentes públicos nos casos de enriquecimento ilícito (Lei nº 8429, de 02/06/1992). 5. Estatuto e Regimento Geral da UFBA, disponível em www.ufba.br . 6. Processo Administrativo: normas básicas no âmbito da Administração Federal. (Lei nº 9.784, de 29/01/99). 7. Administração Pública: acadêmica e financeira, de recursos humanos, de material e patrimônio. 8. Licitação: conceito, finalidades, princípios e objeto; obrigatoriedade, dispensa, inexigibilidade e vedação; modalidades e tipos, revogação e anulação; sanções. (Lei nº 8.666, de 21/06/93 e Lei nº 10.520, de 17/07/2002). 9. Controle Interno e Controle Externo na Administração Pública: conceito e abrangência. 10. Sistema Tributário Nacional e Finanças Públicas. INFORMÁTICA BÁSICA (Todos os cargos, exceto para Analista de Tecnologia da Informação) 1. Conceitos básicos: Hardware e Software; sistema operacional; programas aplicativos; redes de computadores; Internet; email; transferência de arquivos; World Wide Web (WWW); dispositivos móveis; profissões ligadas à informática. 2. Noções Básicas de microcomputador – componentes, dispositivos de entrada e saída, periféricos, processadores, tipos de memória, dispositivos externos. 3. Ambiente MS-Windows – Uso do ambiente gráfico; execução de aplicativos e acessórios; manipulação de arquivos e pastas; execução de aplicativos básicos; lixeira; tipos de arquivos; configuração, manutenção, instalação e atualização do MS-Windows. 4. MS-WORD – Utilização de janelas e menus; barras de ferramentas; operações com arquivos; impressão de documentos e configuração da impressora; edição de textos; formatação

Conteúdo Programático - Concurso UFBA

  • View
    35

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Conteúdo Programático - Concurso UFBA

  • ANEXO II

    CONTEDO PROGRAMTICO DAS PROVAS

    CARGOS DE NVEL SUPERIOR CLASSE E

    PORTUGUS (Todos os cargos) Compreenso e interpretao de textos: habilidade de ler, compreender e interpretar textos de diversos tipos em lngua portuguesa: verbais, no-verbais e mistos. Objetivos: O candidato dever ser capaz de atribuir sentidos coerentes aos textos apresentados, demonstrando habilidade de: 1. Decodificar e inter-relacionar informaes. 2. Perceber as relaes do texto com o seu mundo exterior. 3. Demonstrar atitude crtica frente s questes enfocadas nos textos. 4. Reconhecer as modalidades lingusticas que refletem diferenas sociais, culturais e regionais dos falantes da lngua portuguesa. 5. Apresentar domnio gramatical da variedade padro da lngua portuguesa, como: 5.1. Regncia nominal e verbal. 5.2. O nome, o artigo, o pronome, o adjetivo, o advrbio, a preposio, a conjuno, a interjeio e os seus respectivos empregos. 5.3. O verbo: emprego de tempos e modos. 5.4. Sintaxe: perodo, oraes e seus termos. 5.5. Domnio da ortografia e da pontuao. 5.6. Relaes semntico-lexicais, como metfora, metonmia, analogia, polissemia, antonmia, sinonmia, hiperonmia, hiponmia, reiterao, redundncia e outras. ADMINISTRAO PBLICA (Todos os cargos) 1. Administrao Pblica Federal: Disposies Gerais (Constituio Federal, Ttulo III, Captulo VII). 2. Agente Pblico: funo pblica, atendimento ao cidado. 3. Regime Jurdico dos Servidores Pblicos Federais Direitos, deveres, proibies e responsabilidades. (Lei n 8.112, de 11/12/90). 4. tica na Administrao Pblica Federal (Decreto n 1.171, de 22/06/1994) e sanes aplicveis aos agentes pblicos nos casos de enriquecimento ilcito (Lei n 8429, de 02/06/1992). 5. Estatuto e Regimento Geral da UFBA, disponvel em www.ufba.br. 6. Processo Administrativo: normas bsicas no mbito da Administrao Federal. (Lei n 9.784, de 29/01/99). 7. Administrao Pblica: acadmica e financeira, de recursos humanos, de material e patrimnio. 8. Licitao: conceito, finalidades, princpios e objeto; obrigatoriedade, dispensa, inexigibilidade e vedao; modalidades e tipos, revogao e anulao; sanes. (Lei n 8.666, de 21/06/93 e Lei n 10.520, de 17/07/2002). 9. Controle Interno e Controle Externo na Administrao Pblica: conceito e abrangncia. 10. Sistema Tributrio Nacional e Finanas Pblicas.

    INFORMTICA BSICA (Todos os cargos, exceto para Analista de Tecnologia da Informao) 1. Conceitos bsicos: Hardware e Software; sistema operacional; programas aplicativos; redes de computadores; Internet; email; transferncia de arquivos; World Wide Web (WWW); dispositivos mveis; profisses ligadas informtica. 2. Noes Bsicas de microcomputador componentes, dispositivos de entrada e sada, perifricos, processadores, tipos de memria, dispositivos externos. 3. Ambiente MS-Windows Uso do ambiente grfico; execuo de aplicativos e acessrios; manipulao de arquivos e pastas; execuo de aplicativos bsicos; lixeira; tipos de arquivos; configurao, manuteno, instalao e atualizao do MS-Windows. 4. MS-WORD Utilizao de janelas e menus; barras de ferramentas; operaes com arquivos; impresso de documentos e configurao da impressora; edio de textos; formatao

  • no Word; criao e manipulao de tabelas; operaes com documentos. 5. MS-EXCEL Fundamentos da planilha; editando e formatando planilhas; formatando clulas; alterando opes de impresso; organizando planilhas e exibio de janela; trabalhando com grficos; executando clculos; usando funes lgicas e financeiras; usando Excel com a Internet; operaes com planilhas. 6. Noes de Utilizao do MS-Internet Explorer e Firefox Manuteno dos endereos favoritos; utilizao de histrico; noes de navegao em hipertexto; baixando arquivos; segurana; configurao e atualizao. 7. Noes de Utilizao do MS-Outlook Envio e recebimento de mensagens incluindo a utilizao de arquivos anexos; localizao de mensagens nas pastas; organizao das mensagens em pastas e subpastas; manuteno do catlogo de endereos; configurao e atualizao. 8. Noes de utilizao e configurao de aplicaes web para acesso a mensagens Servios gratuitos de correio eletrnico, Hotmail e Gmail: Envio e recebimento de mensagens, incluindo a utilizao de arquivos anexos. 9. Vrus de computador Definio e programas antivrus; tipos de vrus. Nota sobre as verses dos softwares: MS-Windows: verses XP ou posterior. MS-Word, MS-Excel, MS-Outlook: verses constantes dos pacotes Office 2003 ou posterior. MS-Internet Explorer: verso 6.0 ou posterior. MOZILLA-Firefox: verso 2.0 ou posterior.

    RACIOCNIO LGICO-QUANTITATIVO (apenas para os cargos de Analista de Tecnologia da Informao) 1. Raciocnio lgico envolvendo problemas aritmticos, geomtricos e matriciais. 2. Operaes com conjuntos. 3. Princpios de contagem e probabilidade. 4. Estruturas lgicas. 5. Lgica sentencial (ou proposicional): proposies simples e compostas; tabelas-verdade; equivalncias; leis de De Morgan; diagramas lgicos. 6. Lgica de primeira ordem. 7. Lgica de argumentao: analogias, inferncias, dedues e concluses. ADMINISTRADOR 1. Aspectos histricos da Administrao. 2. Abordagens tericas da Administrao: clssica, humanista, sistmica e contempornea. 3. Ciclo da Administrao: planejamento, organizao, direo e controle. 4. Sistemas ou funes administrativas: recursos humanos; financeiro; patrimonial; tecnolgico; material; informacional, administrativos. 5. Organizao racional do trabalho; rotinas e fluxo do trabalho; manuais; formulrios, apoio, assessoria, consultoria interna. 6. Elaborao de projetos; natureza; dimenso; fases; ferramentas para acompanhamento e avaliao. 7. Sistemas de informaes gerenciais; planejamento, acompanhamento, alimentao, controle e avaliao. 8. Cultura, aprendizagem e mudana organizacional. 9. Poder, hierarquia, conflito, comunicao e mediao. 10. tica e Responsabilidade socioambiental. ANALISTA DE TECNOLOGIA DA INFORMAO/ANALISTA DE PROCESSOS E NEGCIOS COM NFASE EM LEVANTAMENTO DE REQUISITOS 1. Modelagem de Processos de Negcio: Indicadores de desempenho de processos; Conceitos de gesto de processos integrados de negcios (BPM); Modelagem do processo atual (as is) e futuro (to be); Processos, subprocessos e atividades. 2. Engenharia de software: Engenharia de Requisitos: Levantamento, anlise e gerenciamento; Modelagem de software usando UML (Unified Modelling Language); O

  • processo de software e o produto de software; Ciclo de vida de sistemas e seus paradigmas; Uso de modelos, metodologias, tcnicas e ferramentas de anlise e projeto de sistemas; Mtricas de software (Ponto de Funo); Mtodos geis. 3. Gerncia de projetos: Gerenciamento do ciclo de vida do sistema: determinao dos requisitos, projeto lgico, projeto fsico, teste, implementao; Diagrama de Rede, Caminho Crtico, Folgas, Estrutura Analtica do Projeto; Abertura e definio do escopo de um projeto; Planejamento de um projeto; Execuo, acompanhamento e controle de um projeto; Reviso e avaliao de um projeto; Fechamento de um projeto; Metodologias, tcnicas e ferramentas da gerncia de projetos. 4. Sistemas de Informao: Conceitos de "workflow"; Conceitos de Sistemas Integrados de Gesto (ERP); Conceitos de Arquitetura Orientada a Servios (SOA); Classificao dos sistemas; Modelagem de Sistemas; Os conceitos, objetivos, funes e componentes dos Sistemas de Informao; As dimenses tecnolgica, organizacional e humana dos Sistemas de Informao; Os tipos de Sistemas de Informao. 5. Sistemas de Informaes Gerenciais e de Apoio a Deciso: Banco de Dados relacionais versus Banco de Dados multidimensionais; Conceitos de OLTP, OLAP, MOLAP, ROLAP; Definies: fatos, dimenses; Modelagem multidimensional; Conceitos de Data Warehouse. 6. Bancos de Dados: Modelo relacional: Conceitos; Dependncia funcional; Formas normais; lgebra relacional e SQL; Modelagem e Projeto de Bancos de Dados; Sistemas de Gerenciamento de Bancos de Dados (SGBD). 7. Conceitos e tecnologias de Internet: Princpios e arquitetura da internet e de sistemas web; Usabilidade, Acessibilidade, Interoperabilidade em sistemas web. ANALISTA DE TECNOLOGIA DA INFORMAO/ANALISTA DE TECNOLOGIA E INFRAESTRUTURA COM NFASE EM LICITAO 1. Contratao de Solues de TI: MPOG/SLTI IN 04/2010 (Instruo Normativa para Contratao de Solues de Tecnologia da Informao), Lei n 8666 de 21 de junho de 1993. 2. Gerenciamento de projetos de TI - PMBOK V.5: conceitos de gerenciamento de projetos, ciclo de vida de projeto, conceitos bsicos e estrutura. 3. Fundamentos da ITIL V.3: conceitos bsicos de operao de servios, desenho de servios, transio de servios e melhoria contnua de servios. 4. Governana de TI Cobit 4.1: aspectos gerais, estrutura, conceitos, finalidade, modelo de maturidade, objetivos de controle, objetivos de negcios e objetivos de TI, domnios e processos. 5. Fundamentos de sistemas operacionais: conceitos, funes, caractersticas, componentes e classificao; sistemas de arquivos: facilidades esperadas, diretrios e direitos de acesso, compartilhamento e segurana, integridade; interoperao de sistemas operacionais. 6. Redes de computadores: tipos e meios de transmisso e de cabeamento; tecnologias de redes locais e de longa distncia (LAN, MAN e WAN); caractersticas dos principais protocolos de comunicao; topologias; elementos de interconexo de redes de computadores (gateways, hubs, repetidores, bridges, switches e roteadores); modelo de referncia OSI; redes Locais Virtuais (VLAN); arquitetura TCP/IP: protocolos, segmentao e endereamento, servio DNS e entidades de registros. conceitos do MultiProtocol Label Switching (MPLS); conceitos de roteamento IP na Internet; conceitos do protocolo IPv6; arquitetura cliente/servidor; redes sem fio (Wireless); voz sobre IP (VoIP). princpios e protocolos dos seguintes servios: e-mail, DNS, DHCP, Web e Proxy. 7. Fundamentos de computao: organizao e arquitetura de computadores; componentes de um computador (hardware e software); sistemas de entrada, sada e armazenamento; princpios de sistemas operacionais; caractersticas dos principais processadores do mercado; processadores de mltiplos ncleos; tecnologias de virtualizao de plataformas: emuladores, mquinas virtuais, para virtualizao;

  • RAID: tipos, caractersticas e aplicaes; sistemas de arquivos NTFS, FAT12, FAT16, FAT32, EXT2, EXT3: caractersticas, metadados e organizao fsica. 8. Segurana da Informao: conceitos de backup e recuperao de dados; vrus de computador e outros malwares (cavalos de troia, adware, spyware, backdoors, keyloggers, worms, bots, botnets, rootkits); cartilha de segurana para internet do CERT.BR; segurana de redes: Firewall, sistemas de deteco de intruso (IDS), antivrus, NAT, VPN, monitoramento e anlise de trfego; uso de sniffers; traffic shaping; trfego de dados de servios e programas usados na Internet; segurana contra ataques e ameaas da Internet a redes sem fio; conceitos bsicos de criptografia. ARQUELOGO 1. Arqueologia pr-colonial no Brasil e pr-colombiana nas Amricas. 2. Arqueologia colonial, arqueologia histrica, urbana e arqueologia contempornea. 3. Culturas arqueolgicas e stios arqueolgicos: tipos, caractersticas, ameaas e conservao. 4. Arqueologia martima, costeira e de outros ambientes aquticos e subaquticos. 5. Datao de materiais arqueolgicos: mtodos, tcnicas e processos. 6. Legislao e regulao do acesso ao patrimnio arqueolgico, rgos e agncias executoras da poltica de patrimnio arqueolgico. 7. Trabalho de campo em arqueologia e legislao regulatria. 8. Relatrios e laudos arqueolgicos: etapas da pesquisa arqueolgica. 9. Museus de arqueologia e arqueologia em museus: registro, documentao, guarda, conservao e extroverso de acervos. 10. Arqueologia e paisagens: paisagens arqueolgicas e arqueologia da paisagem. ARQUITETO E URBANISTA 1. Projeto de arquitetura: Linguagem e teoria do projeto de arquitetura; Domnios Pblico e Privado; Aspectos Psicossociais do Meio Ambiente; Aspectos Ambientais Ecolgicos e de Conforto, Sustentabilidade e suas aplicaes projetuais na arquitetura; Estratgias de Projeto em Desenho Sustentvel; Estruturas e a Ordenao do Espao Edificado na Paisagem Urbana; Programa de necessidades fsicas das atividades e dimensionamento bsico; Layout; Antropometria e Ergonomia aplicadas Arquitetura; Fundamentos de Desenho Universal e Acessibilidade aplicveis ao projeto de Edificaes e Equipamentos Urbanos; Elementos de Projeto Executivo Arquitetnico de edifcios residenciais, institucionais e industriais; Crtica e ensino/aprendizagem de projeto em arquitetura. 2. Tecnologia das edificaes e prtica profissional: Materiais e Tcnicas de Construo; Sistemas Construtivos; Tcnicas Retrospectivas; Resistncia dos Materiais; Estruturas: Sistemas Estruturais de Concreto e Metlicos; Fundaes; Planejamento e Oramento de Obras; composio de custos. Topografia; Projetos complementares: especificao de materiais e servios e dimensionamento bsico; Instalaes eltricas, telefnicas, de dados e hidro-sanitrias; elevadores; refrigerao; exausto; Controle Ambiental das edificaes: Conforto Trmico: Desempenho de Materiais e Ventilao Natural; Acstica arquitetnica; Conforto lumnico, Iluminao Natural e Artificial; Eficincia Energtica e Automao Predial. 3. Urbanismo e meio ambiente: Stio Natural; Paisagismo; Estrutura Urbana; Zoneamento e Diversidade; Densidade Urbana; Trfego e Hierarquia Viria; Imagem Urbana; Uso e Ocupao do Solo; Legislao Urbanstica; Legislao ambiental e urbanstica, estadual e federal: Estatuto da Cidade - diretrizes gerais da poltica urbana - PDDU e LOUOS; Mercado Imobilirio e Poltica de Distribuio dos Usos Urbanos; Sustentabilidade e suas aplicaes projetuais no urbanismo e no paisagismo (Agenda 21 e Agenda Habitat); Crtica e ensino/aprendizagem de projeto em urbanismo. 4. Histria e anlise crtica da arquitetura: Arquitetura sua evoluo histrica no Brasil e no mundo; Noes de

  • Preservao, Conservao e Restaurao de bens culturais e do patrimnio histrico; Cartas Patrimoniais e recomendaes internacionais aplicadas restaurao de edifcios e conjuntos histricos. Conservao e restaurao; Metodologias das intervenes; Tcnicas de conservao e restaurao; Histria e Teoria do Urbanismo e do Paisagismo. 5. Representao grfica e informtica aplicada arquitetura: Fundamentos de Desenho Geomtrico e de Geometria Descritiva; Sistemas de representao grfica: ortogonais e em perspectiva paralela e cnica; Conceitos fundamentais e normas de desenho tcnico; Desenho Arquitetnico; Conhecimentos em Computao Grfica aplicados arquitetura, ao Urbanismo, ao Paisagismo e Comunicao Visual; Conhecimentos bsicos sobre softwares para desenho e projeto; Fundamentos de edio de textos, imagens, planilhas eletrnicas, modelagem tridimensional e apresentao. Uso de ferramentas CAD e BIM. 6. Regulamentao e prtica profissional: Legislao regulamentadora e a tica do exerccio profissional, o sistema CONFEA/CREA e o CAU, ART e RRT. O papel do IAB, da ASBEA e do Sindicato dos Arquitetos. Cdigo de Proteo e Defesa do Consumidor e a atividade do arquiteto. Responsabilidade tcnica, civil, penal criminal, administrativa e trabalhista; Oramento; Viabilidade Econmica; Licitao na administrao pblica; Planejamento, assessoria e fiscalizao de obras. ASSISTENTE SOCIAL 1. Os fundamentos histricos, tericos, metodolgicos e ticos do Servio Social no Brasil; o significado social da profisso na reproduo das relaes sociais capitalistas; os desafios ao Servio Social na contemporaneidade e os diferentes espaos scio-ocupacionais. 2. Questo social, direitos e a trajetria das polticas sociais no Brasil; a Poltica de Seguridade Social Brasileira; desigualdades, diversidade e os marcos histricos e legais das Polticas de Ao Afirmativa no Brasil. 3. O Projeto tico-Poltico do Servio Social e o trabalho profissional; a Lei de Regulamentao da Profisso, o Cdigo de tica do Assistente Social e as Resolues do CFESS sobre o trabalho profissional; a dimenso investigativa do trabalho do assistente social e o instrumental tcnico-operativo. BIBLIOTECRIO / DOCUMENTALISTA 1. Biblioteconomia, documentao e cincia da informao: conceituao, princpios e evoluo. 2. A biblioteca no contexto acadmico: conceito e funes, misso, estrutura organizacional e operacional. Planejamento, gesto, organizao, controle e avaliao. Projetos, relatrios, manuais de servio e procedimento. Princpios, mtodos e processos de qualidade aplicados gesto da biblioteca e seus servios. Comunicao: produtos de divulgao. Marketing em unidades de informao. Ambiente tecnolgico: tecnologias da informao aplicadas gesto de acervos bibliogrfico e documental. (web.2, bibliotecas digitais/virtuais, Repositrios digitais, redes sociais, bases de dados, webQualis, Sistema Eletrnico de Editorao de Revistas (SEER), D-Space - Sistema para criao e implementao de repositrios digitais. etc). Sistemas eletrnicos de emprstimo de documentos e preparo do documento para emprstimo. Usurio: caracterizao, polticas e processos de insero no ambiente informacional; capacitao e desenvolvimento de competncia informacional do usurio. O profissional bibliotecrio, regulamentao do exerccio profissional e a tica profissional. Meios e processos de comunicao cientfica. Ao cultural. Direitos autorais. Creative commons.Copyleft. 3. Desenvolvimento de coleo: recursos impressos e eletrnicos. Polticas de seleo, aquisio e avaliao de colees. Conservao e preservao de documentos. Sistemas de Segurana do acervo. 4. Organizao, tratamento e

  • recuperao da informao em suportes diversos: Catalogao descritiva. AACR2; formato MARC. ISBDs. Aplicao de metadados no registro da informao. RDA Resource: Description and Access (Recursos: descrio e acesso), a norma de catalogao para o ambiente digital. FRBR Functional Requirements for Bibliographic Records (Requisitos Funcionais para Registros Bibliogrficos) e FRAD Functional Requirements for Authority Data (Requisitos Funcionais para Dados de Autoridade) e demais modelos de representao de dados. Classificao: CDD e CDU. Tabela de notao de autor (Cutter e PHA). Indexao de documentos. Linguagens de indexao. Web semntica: ontologias e taxonomias. 5. Servio de Referncia: funes, fontes de informao, estratgia de busca e recuperao da informao. Usurios: meios, mtodos e modelos de busca e recuperao da informao e de disseminao da informao. Comutao bibliogrfica. 6. Normalizao de trabalhos acadmicos. ISSN, ISBN, DOI. 7. Noes de bibliometria, infometria e cienciometria. 8. Acesso informao pblica. BILOGO / BIODIVERSIDADE 1. Origem e diversidade dos seres vivos: os trs Domnios e suas caractersticas. Sistemas taxonmicos e nomenclatura dos seres vivos. 2. O estabelecimento de relaes trficas e o equilbrio na natureza. 3. O sistema gentico origem, manuteno e continuidade do sistema vivo. 4. A clula procaritica aspectos funcionais e metablicos. 5. Evoluo celular a clula eucaritica, diversidade e especializao. 6. Genes e desenvolvimento; as clulas-tronco e seu potencial de aplicao. 7. Hereditariedade e Ambiente o binmio na expresso da vida. 8. Intervenes da Biotecnologia aspectos ticos e impacto ambiental. 9. O ser humano no contexto evolutivo da Biosfera. 10. Relaes ecolgicas implicaes na sade de indivduos e na manuteno das espcies. 11. Importncia de micro-organismos para a sade humana. 12. Crescimento de culturas bacterianas e de fungos: fatores intrnsecos e extrnsecos. 13. Vrus organizao molecular e relaes com os sistemas vivos. 14. Mtodos de anlise biolgica em diferentes nveis de organizao. 15. Princpios de organizao e manuteno de colees e bancos de material biolgico. 16. Diagnsticos biolgicos, considerando diversos nveis e organismos. 17. Manejo de recursos naturais. 18. Educao ambiental: referenciais tericos e metodolgicos. BILOGO / GENTICA 1. Origem e diversidade dos seres vivos: os trs Domnios e suas caractersticas. Sistemas taxonmicos e nomenclatura dos seres vivos. 2. O estabelecimento de relaes trficas e o equilbrio na natureza. 3. O sistema gentico origem, manuteno e continuidade do sistema vivo. 4. A clula procaritica aspectos funcionais e metablicos. 5. Evoluo celular a clula eucaritica, diversidade e especializao. 6. Genes e desenvolvimento; as clulas-tronco e seu potencial de aplicao. 7. Hereditariedade e Ambiente o binmio na expresso da vida. 8. Intervenes da Biotecnologia aspectos ticos e impacto ambiental. 9. O ser humano no contexto evolutivo da Biosfera. 10. Relaes ecolgicas implicaes na sade de indivduos e na manuteno das espcies. 11. Importncia de micro-organismos para a sade humana. 12. Crescimento de culturas bacterianas e de fungos: fatores intrnsecos e extrnsecos. 13. Vrus organizao molecular e relaes com os sistemas vivos. 14. Mtodos de anlise biolgica em diferentes nveis de organizao. 15. Princpios de organizao e manuteno de colees e bancos de material biolgico. 16. Diagnsticos biolgicos, considerando diversos nveis e organismos. 17. Manejo de recursos naturais. 18. Educao ambiental: referenciais tericos e metodolgicos.

  • BILOGO / MICROBIOLOGIA 1. Micro-organismos: 1.1. aspectos estruturais; 1.2. aspectos metablicos; 1.3. caractersticas da relao hospedeiro-parasita; 1.4. funes da microbiota normal; 1.5. postulados de Koch. 2. Crescimento bacteriano: 2.1. exigncias nutricionais e o meio microbiolgico; 2.2. caracterizao de micro-organismos; 2.3. tcnicas de cultura pura. 3. Mtodos de controle de micro-organismos: 3.1. agentes qumicos; 3.2. agentes fsicos. 4. Importncia dos micro-organismos no contexto da sade pblica. 5. Identificao bioqumica de micro-organismos. 6. Biologia molecular: 6.1. estrutura do DNA; 6.2. fluxo da informao gnica; 6.3. tcnicas moleculares para diagnsticos clnicos. 7. Biologia celular: 7.1. membranas; 7.2. transporte atravs da membrana plasmtica; 7.3. receptores e sinalizao intracelular; 7.4. secreo celular. 8. Microbiologia de alimentos e microbiologia clnica animal: 8.1. meios de cultura; 8.2. tcnicas de semeadura; 8.3. morfologia colonial; 8.4. mtodos para observao microscpica de bactrias; 8.5. mecanismos de agresso microbiana; 8.6. fundamentos dos testes de sensibilidade a antimicrobianos; 8.7. Enterobactrias e outros patgenos veiculados por alimentos. 9. Biossegurana em laboratrios: 9.1. princpios de biossegurana; 9.2. nveis de biossegurana laboratorial. 10. Imunologia: 10.1. princpios dos testes imunolgicos. BIOMDICO 1. Preparo das lminas para imuno-histoqumica. 2. Fixaco tecidual; Processamento laboratorial de material parafinado. 3. Imuno-histoqumica: 3.1. princpios; 3.2. aplicao; 3.3. dilemas; 3.4. padronizao. 4. Bloqueio de marcao inespecfica (background). 5. Anticorpos como reagentes de imunomarcao especficos. 6. Sistemas de recuperao antignica para imuno-histoqumica. 7. Sistemas de deteco imuno-histoqumica. 8. Imuno-histoqumica em tecidos duros; 8.1 mtodos de descalcificao; 8.2 mtodos de imunomarcao. CONTADOR 1. Oramento Pblico: Viso geral do processo de alocao de recursos no Brasil. Evoluo histrica do oramento e sua correlao com o planejamento e os modelos de administrao pblica. Princpios oramentrios. Classificao do oramento: oramento tradicional, oramento-programa e oramento base zero; caractersticas do oramento tradicional, do oramento base-zero e do oramento-programa; Tipos de oramento, princpios oramentrios e aspectos do oramento. Contedo e forma dos instrumentos oramentrios. O processo de elaborao da proposta oramentria. Recursos para execuo dos programas: exerccio financeiro, crditos oramentrios e adicionais, remanejamento, transposies e transferncias, endividamento e operaes de crdito, reserva de contingncia e passivos contingentes. Conta nica do Tesouro Nacional: conceito e previso legal. Execuo do oramento-programa: programao financeira de desembolso e ciclo oramentrio; programao e controle de recursos oramentrios e financeiros; empenho, liquidao e pagamento da despesa; controle e pagamento de Restos e Pagar e de Despesas de Exerccios Anteriores. Receitas pblicas: definio, classificao, classificao legal e estgios da receita; registros contbeis da previso e arrecadao de Receitas Oramentrias. Registro de Receitas Extra-oramentrias. Despesas pblicas: definio, gerao de despesas e sua continuidade, classificao, classificao legal e estgios da despesa. Licitaes: lei n 8.666/93 e suas alteraes. Despesas no submetidas ao processo normal de realizao: conceitos, adiantamentos e suprimento de fundos. O Plano Plurianual, a Lei de Diretrizes Oramentria e a Lei Oramentria Anual: prazos e competncias para elaborao, aprovao e execuo. Tpicos da lei de Responsabilidade Fiscal - (LC n

  • 101/2000) - princpios, objetivos e efeitos no planejamento e no processo oramentrio, regra de ouro, limites para despesa de pessoal; limites para a dvida pblica e mecanismos de transparncia fiscal. Crditos Adicionais: finalidades, espcies, abertura, fontes de recursos para cobertura; registros contbeis. 2. Contabilidade Pblica: Conceito, diviso e campo de aplicao. Gesto organizacional da Contabilidade Pblica no Brasil. Papeis da Secretaria do Tesouro Nacional- STN e dos rgos Setoriais de Contabilidade (lei n 10.180/2001). Estrutura da contabilidade pblica: estrutura do plano de contas e tabela de eventos, natureza das contas patrimoniais, natureza das contas de resultado modelo do plano de contas e codificao do plano de contas, sistemas de contas (oramentrio, financeiro, patrimonial e compensao). Sistema Integrado de Administrao Financeira (SIAFI): conceito, objetivos, histrico, viso geral do sistema e macrofunes. Escriturao contbil no setor pblico: registro das principais operaes tpicas. Patrimnio na administrao pblica. Variaes patrimoniais: interferncias, mutaes, supervenincias e insubsistncias patrimoniais. Inventrio: material permanente e de consumo. Dvida Ativa: inscrio, cobrana e baixas. Restos a pagar: inscrio, condies gerais, pagamentos, cancelamentos e relao dos restos a pagar com a dvida pblica. Dvida pblica: classificao, escriturao da constituio, ajustamento e resgate da dvida pblica. Registro contbil das operaes de crdito e respectivos resgates. Demonstraes contbeis e Levantamento de Contas: Balancetes, caractersticas, contedo e forma; Balanos oramentrio, financeiro, patrimonial e demonstrao das variaes patrimoniais de acordo com a lei n 4.320/64; Anlise dos balanos pblicos. Prestao de contas e Tomada de contas: responsveis, processos, tipos, prazos e tomada de contas especial. Normas Brasileiras de Contabilidade aplicadas ao Setor Pblico - NBC T 16 ou NBCT SP. Procedimentos contbeis patrimoniais aplicadas ao Setor Pblico. Demonstraes contbeis aplicadas ao Setor Pblico. ENGENHEIRO CIVIL 1. Projeto e execuo de obras civis: sondagens; instalaes provisrias; canteiro de obras; escavaes; escoramento; execuo de fundaes rasas e profundas. 2. Execuo de estruturas em concreto armado, ao, madeira e alvenaria estrutural. 3. Revestimentos de pisos e paredes. 4. Impermeabilizao das fundaes, paredes, pisos, tanques, piscinas e coberturas. 5. Pintura. 6. Principais patologias: fundaes, pisos, paredes, estruturas e revestimentos. 7. Mecnica dos solos: ndices fsicos; caracterizao, propriedades e presses dos solos; compactao, compressibilidade e adensamento nos solos; resistncia ao cisalhamento; empuxos de terra; estimativa de recalques; estabilidade de taludes; estruturas de arrimo; empuxos de terra. 8. Instalaes prediais: instalaes eltricas; instalaes hidro-sanitrias; telefonia e instalaes especiais. 9. Fiscalizao e acompanhamento de obras civis. 10. Engenharia de custos: planejamento de obras, cronogramas (Gant, Pert, Linha de Balano), oramentos, levantamento de quantitativos, custos unitrios. 11. Segurana e higiene no trabalho; segurana na construo civil, proteo coletiva e individual; ergonomia; acessibilidade universal; riscos ambientais (qumicos, fsicos, biolgicos, mecnicos); riscos em eletricidade, em transporte e em movimentao de materiais. 12. Conhecimento de legislaes referentes aos servios de engenharia, inclusive sobre a que se refere a licitaes pblicas e contratos. 13. Representao de projetos: arquitetura; instalaes, fundaes e estruturas, com o auxlio de softwares (AutoCAD). 14. Noes de gesto de pessoas; liderana de equipe.

  • ENGENHEIRO ELETRICISTA 1. Circuitos eltricos polifsicos: modelos e impedncias de equipamentos, em regimes permanente e transitrio; valores em por unidade; circuitos eltricos desequilibrados; componentes simtricos; diagramas de sequncia; faltas simtricas e assimtricas. 2. Medio de grandezas eltricas: medio de corrente; medio de tenso; medio de potncia ativa; medio de potncia reativa; medio de frequncia; medio de demanda; medio de energia; medio de resistividade; medio de isolao; instrumentos de medio; transformadores de corrente e de potencial. 3. Dispositivos de converso eletromecnica de energia: Sistemas e circuitos eletromagnticos: induo de tenso, fora eletromagntica, circuito equivalente magntico, energia armazenada no campo magntico, indutncia, excitao senoidal. Converso eletromecnica da energia: fora e torque eletromagntico; tenses induzidas; sistemas eletromagnticos lineares. Transformadores: transformador ideal e real; circuito equivalente; regulao de tenso e rendimento; paralelismo de transformadores; ensaio de curto-circuito e de circuito aberto; auto-transformador, transformadores trifsicos; transformadores de 3 enrolamentos; sistema por unidade. Mquinas de corrente contnua: aspectos construtivos; equacionamento matemtico em regime permanente; curva de magnetizao; geradores com excitao em separado e auto-excitado; motores shunt e em srie, partida. Mquinas sncronas: aspectos construtivos; geradores e motores; circuito equivalente; caractersticas de torque e de potncia; paralelismo de geradores; curva de capacidade; controle de fator de potncia. Mquinas de induo monofsicas: circuito equivalente, projeto da partida. Mquinas de induo trifsicas: circuito equivalente, campo magntico girante, tenses induzidas, modos de operao, caractersticas de desempenho, efeito da resistncia do rotor. 4. Instalaes eltricas em baixa tenso: elementos do projeto; interferncias e definies; distribuio de tomadas; noes de luminotcnica; distribuio de iluminao; alimentao de cargas; circuitos de motores; dimensionamento de condutores dos circuitos; dimensionamentos de condutos; proteo dos circuitos; dimensionamento de quadros; entrada de energia; norma NBR 5410. 5. Instalaes eltricas em mdia tenso: padres e normas tcnicas relativos a instalaes em mdia tenso (comerciais, industriais e subestaes); tecnologia e especificao de transformadores, disjuntores, chaves, reatores, pra-raios, bancos de capacitores, reatores, compensadores estticos; noes quanto a arranjo de subestaes, coordenao de isolamento. 6. Qualidade da energia eltrica: aspectos regulatrios; continuidade do servio; nveis de tenso; cintilao, desequilbrio e flutuao de tenso; variaes transitrias e momentneas; harmnicos; controle de frequncia; cargas perturbadoras. 7. Engenharia econmica: matemtica financeira; viabilidade econmica de investimento; comparao econmica de alternativas de investimento; depreciao. 8. Eficincia energtica: introduo dos conceitos de eficincia energtica e gerenciamento energtico; levantamentos em sistemas comerciais e industriais, com nfase em iluminao, ar condicionado e motores; diagnstico de perdas e desperdcios e proposio de sistemas mais eficientes; noes de eficincia em acoplamento de mquinas motrizes, sistemas de bombeamento, ventilao, compressores, transportadoras e outros. 9. Acionamentos eltricos: sistemas de acionamentos e componentes; acionamentos mecnicos e transmisso de potncia mecnica; variaes mecnicas e oscilaes torcionais; acionamentos eltricos, partida, acelerao e controle de velocidade; ciclos de trabalho, dimensionamento, volantes e estudo dinmico; conversores estticos, controle de velocidade, aplicaes e seleo. Partida, frenagem e inverso. 10. Distribuio de energia eltrica: sistemas de subtransmisso; subestaes de distribuio; sistemas de distribuio primria; estaes

  • transformadoras; redes de distribuio secundria; classificao das cargas; fatores tpicos utilizados em distribuio; conceitos gerais de tarifao; PRODIST Procedimentos de Distribuio de Energia Eltrica no Sistema Eltrico Nacional. ENGENHEIRO MECNICO 1. Sistemas Mecnicos: 1.1 Esttica. 1.1.1 Foras do plano. 1.1.2 Foras do Espao. 1.1.3 Corpo Rgido. 1.1.4 Foras Distribudas. 1.1.5 Momentos de Inrcia. 1.2 Dinmica. 1.2.1 Cinemtica de partculas. 1.2.2 Dinmica de partculas. 1.2.3 Mtodos de trabalho e energia e impulso e quantidade de movimento.1.3 Elementos de Mquinas. 1.3.1 Engrenagens de dentes retos, helicoidais e cnicas. 1.3.2 Estudo da transmisso do movimento circular por contato direto. 1.3.3 Perfis conjugados, estudo do perfil envolvente e dimenses normalizadas. 1.3.4 Processos de fabricao de engrenagens cilndricas, interferncia e recorte. 1.3.5 Engrenagens com perfis deslocados. Tipos de engrenamentos. 1.3.6 Cinemtica de engrenagens helicoidais. 1.3.7 Anlise de foras em engrenagens cilndricas. 1.3.8 Clculo de tenses de contato em engrenagens cilndricas. 1.3.9 Clculo de tenses de flexo em engrenagens cilndricas. 1.3.10 Recomendaes de projeto para redutores e multiplicadores. 1.3.11 Eixos e rvores. 1.3.12 Acoplamentos. Tipos de acoplamentos. Comportamento dinmico de acoplamentos 1.3.13 Mancais de rolamento: Radiais, axiais e de contato angular. 1.3.14 Lubrificao e mancais de deslizamento radial e axial. 1.3.15 Projeto: Definies, morfologia, projeto bsico e detalhado, viabilidade tcnica e econmica. Fatores humanos. 1.3.16 Tolerncia e Ajustes. 1.3.17 Unies por parafusos. 1.3.18 Parafusos como sistema de acionamento. 1.3.19 Ligaes Soldadas. Introduo ao processo. Dimensionamento Esttico. Dimensionamento Dinmico. Projeto de Ligaes. 1.3.20 Flambagem. Comparao da Teoria de Euler x Johnson. Aplicaes voltadas para mquinas. 1.3.21 Molas. Tipos. Tenses em molas. Materiais. Dimensionamento. 1.3.22 Ligaes entre cubos e eixos. Dimensionamento de cubos. 1.3.23 Vedaes estticas e dinmicas. 1.3.24 Correias planas e em V. O sistema V-plana. Correntes. Cabos de ao. 1.3.25 Freios. 1.3.26 Embreagens. 1.3.27 Volantes. 1.4 Cincia dos Materiais. 1.4.1 Propriedades e comportamento dos materiais. 1.4.2 Teoria do eltron livre. Ligaes qumicas. Distncia Interatmica e nmero de coordenao. 1.4.3 Ordenao atmica dos slidos. 1.4.4 Estrutura dos slidos cristalinos. 1.4.5 Difraes de raios-X. 1.4.6 Leis de Fick. 1.4.7 Ligas monofsicas. 1.4.8 Diagramas de equilbrio. 1.4.9 Diagramas TTT isotrmicos e contnuos. 1.4.10 Tratamentos trmicos. 1.4.11 Endurecimento superficial dos aos. 1.4.12 Tratamento termoqumico dos aos. 1.4.13 Ensaios destrutivos. 1.4.14 Ensaios metalogrficos. 1.4.15 Ensaios no destrutivos. 1.4.16 Materiais polifsicos e suas microestruturas. 1.4.17 Fases moleculares. 1.4.18 Polmeros lineares e tridimensionais. 1.4.19 Deformao e estabilidade dos polmeros. 1.4.20 Materiais cermicos. 1.4.21 Cristais cermicos tipos: AX, AMPX, AMXPZQ e silicatos. 1.4.22 Comportamento mecnico dos materiais cermicos. 1.4.23 Materiais compsitos. 1.4.24 Cobre e suas ligas. 2. Sistemas Trmicos: 2.1 Termodinmica. 2.1.1 Sistemas termodinmicos. 2.1.2 Estado e propriedade de uma substncia. 2.1.3 Processos e ciclos. 2.1.4 Lei zero da termodinmica. 2.1.5 Equilbrio de fase de uma substancia pura. 2.1.6 Equaes de estado. 2.1.7 Trabalho e Calor. 2.1.8 Trabalho realizado devido ao movimento de fronteira de um sistema compressvel simples. 2.1.9 Primeira Lei da Termodinmica. 2.1.10 Energia Interna. 2.1.11 Entalpia. 2.1.12 Calores Especficos. 2.1.13 Conservao da massa. 2.1.14 Segunda Lei da Termodinmica. 2.1.15 Motores trmicos e refrigeradores. 2.1.16 Processos Reversveis. 2.1.17 Irreversibilidade. 2.1.18 Entropia. 2.1.19 Desigualdade de Clausius. 2.1.20 Entropia para a substncia

  • pura. 2.1.21 Variao de entropia em processos reversveis. 2.1.22 Eficincia. 2.1.23 Irreversibilidade e disponibilidade. 2.1.24 Ciclos, Motores e Refrigerao. 2.1.25 Ciclo a vapor. 2.1.26 Ciclo de Refrigerao a vapor. 2.1.27 Ciclos motores padres de ar. 2.1.28 Misturas e Solues. 2.1.29 Misturas e gases perfeitos. 2.1.30 Ar atmosfrico. 2.1.31 Carta psicomtrica. 2.1.32 Reaes Qumicas. 2.1.33 Combustveis. 2.1.34 Processo de combusto. 2.1.35 Entalpia de formao. 2.1.36 Temperatura adiabtica da chama. 2.1.37 Escoamento Compressvel. 2.2 Refrigerao e Ar Condicionado. 2.2.1 Ciclos de refrigerao. 2.2.2 Calor sensvel e calor latente. 2.2.3 Psicrometria. 2.2.4 Transferncia de calor por Conveco, Conduo e Irradiao. 2.2.5 Ciclos de refrigerao: Compresso de vapor. Absoro. Ejetor e outros. 2.2.6 Refrigerantes e salmouras. 2.2.7 Trocadores de calor: Condensadores, Evaporadores e Torres de resfriamento. 2.2.8 Equipamentos de refrigerao: Vlvulas de expanso; Tubo capilar; compressores. 2.2.9 Ventilao: Ventilao geral diluidora e local exaustora. Rede de dutos. Ventiladores. 2.2.10 Sistemas de refrigerao: Expanso direta. Expanso indireta. 2.2.11 Clculo de carga trmica: Comercial para frigorficos. Para conforto trmico. 2.2.12 Instalaes frigorficas: Projeto. 2.2.13 Conforto trmico. 2.2.14 Ar condicionado para conforto e industrial. 3. Sistemas Fluidomecnicos: 3.1 Dinmica dos Fluidos. 3.1.1 Propriedades dos fluidos. 3.1.2 Esttica dos fluidos. 3.1.3 Escoamento de fluidos perfeitos e de fluidos compressveis e equaes fundamentais. 3.1.4 Equao de Bernoulli. 3.1.5 Anlise dimensional e semelhana dinmica. 3.1.6 Teorema de Buckingham. 3.1.7 Efeitos da viscosidade. Fluido Newtoniano. FARMACUTICO 1. Assistncia Farmacutica: bases legais e diretrizes tcnicas. 2. Farmcia Comunitria: Boas Prticas Farmacuticas em Farmcias e Drogarias, Boas Prticas de Manipulao de Medicamentos para Uso Humano em Farmcias. 3. Controle de qualidade fsico-qumico de medicamentos, cosmticos e alimentos. 4. Identificao microbiana de patgenos em amostras clnicas, cosmticas e de alimentos. MDICO / GINECOLOGIA E OBSTETRCIA I. Temas de Obstetrcia: 1. Embriologia e desenvolvimento fetal. 2. Modificaes fisiolgicas da gestao. 3. Abortamento espontneo, habitual, sptico e recorrente. 4. Infeces e choque sptico (de causa obsttrica). 5. Emergncias Obsttricas. 6. tica e Biotica ligadas ao Gnero em Ginecologia e Obstetrcia. 7. Gestao ectpica. 8. Doena trofoblstica gestacional. 9. Assistncia pr-natal normal e alto risco. 10. Assistncia ao parto. 11. Avaliao da idade gestacional e maturidade fetal. 12. Avaliao da vitalidade fetal e conduta nas intercorrncias. 13. Induo e conduo ao parto. 14. Assistncia ao puerprio. 15. Puerprio patalgico. 16. Distocias mecnicas, discinesias e apresentaes anmalas. 17. Prematuridade. 18. Gestao prolongada. 19. Gemelidade. 20. Doena Hemoltica Perinatal. 21. Ruptura prematura das membranas ovulares. 22. Hemorragias da segunda metade da gestao. 23. Sndromes hipertensivas na gestao. 24. Avaliao do crescimento fetal e restrio de crescimento intra-uterino. 25. Coagulopatias e distrbios tromboemblicos. 26. Morte fetal intra-tero. 27. Diabetes na gestao. 28. Infeces congnitas. 29. Interrupo legal da Gestao. 30. Infecco do trato urinrio. 31. Doenas e intercorrncias clnicas na gravidez. 32. Teraputica medicamentosa na gestao. 33. Malformaes fetais e aconselhamento em Medicina Fetal. 34. Noes gerais (indicaes e interpretao): cardiotocografia, ultrassonografia e dopplervelocimetria.

  • II. Temas de Ginecologia: 1. Embriologia e anatomia do aparelho urogenital feminino. 2. Fisiologia menstrual controle neuroendcrino. 3. Esteroidognese. 4. Semiologia ginecolgica. 5. Desenvolvimento puberal normal e anormal. 6. Malformaes genitais e ginatresias. 7. Planejamento reprodutivo e contracepo. 8. Amenorrias. 9. Sangramento genital. 10. Hemorragia uterina anormal. 11. Vulvovaginites. 12. Doenas sexualmente transmissveis. 13. Doena inflamatria plvica. 14. Dor plvica crnica. 15. Incontinncia urinria e defeitos dos assoalho plvico. 16. Mioma uterino. 17. Endometriose. 18. Dismenorria. 19. Sndrome Pr-Menstrual. 20. Climatrio. 21. Doenas Benignas da Mama. 22. Infertilidade conjugal e Reproduo Assistida. 23. Emergncias Ginecolgicas. 24. Doenas malgnas da mama. 25. Propedutica mamria. 26. Cncer de colo uterino. 27. Cncer de endomtrio. 28. Tumores anexiais. 29. Cncer de ovrio. 30. Cncer de vulva. 31. Outros tumores ginecolgicos. 32. Bases e Tcnica da Cirurgia Ginecolgica. 33. Complicaes ps-operatrias. 34. Procedimentos cirrgicos minimamente invasivos. 35. Endoscopia ginecolgica procedimentos histeroscpicos. 36. Endoscopia ginecolgica procedimentos laparoscpicos. 37. Tcnicas diagnsticas e teraputicas em uroginecologia. MDICO / TRABALHO 1. Conhecimentos gerais aplicados medicina do trabalho. 1.1 Biotica e deontologia mdica. 1.2 Sade pblica e modelo de organizao do Sistema nico de Sade - SUS. 1.3 Clnica. 1.3.1 Usos de exames de rastreamento precoce das doenas. 1.3.2 Doenas de relevncia epidemiolgica na realidade brasileira. 2. Fundamentos da medicina do trabalho. 2.1 Aspectos histricos das doenas do trabalho e da medicina do trabalho. 2.2 Histria ocupacional e diagnstico da doena do trabalho. 2.2.1 Nexos clnico e epidemiolgico. 2.2.2 Exames mdicos para preveno, acompanhamento e diagnstico das doenas do trabalho. 2.2.3 Monitoramento biolgico. 2.3 Epidemiologia ocupacional. 2.3.1 Diferentes tipos de estudos epidemiolgicos. 2.3.2 Riscos ocupacionais, conceito e aplicao na medicina do trabalho. 2.3.3 Noes bsicas de bioestatstica. 2.4 Toxicologia ocupacional. 2.5 Ergonomia. 2.5.1 Conceitos e metodologia da anlise ergonmica do trabalho. 2.5.2 Organizao do trabalho. 2.5.3 Cargas de trabalho. 2.5.4 Trabalho noturno e de turno. 2.5.5 Ritmos, esforos repetitivos e excessivos. 2.6 Noes de higiene do trabalho. 2.6.1 Definio e classificao de riscos e estratgias de avaliao. 2.6.2 Indicadores de exposio ocupacional. 2.7 Psicodinmica do trabalho, principais conceitos. 2.8 Organizao e gesto do servio de medicina e sade relacionada ao trabalho. 2.9 Emergncia e urgncia em medicina do trabalho. 3. Doenas, distrbios e acidentes relacionados ao trabalho. 3.1 Doenas e distrbios ocupacionais decorrentes da exposio aos agentes qumicos, fsicos, ergonmicos, mecnicos, biolgicos e psicossociais. 3.2 Acidentes do trabalho: definies, preveno e aspectos previdencirios. 4. Bases legais para as prticas de medicina do trabalho, sade do trabalhador e sade do servidor. 4.1 Constituio Federal de 1988 e Artigos 7, 37, 38, 39, 40, 41, 196, 197, 198, 199, 200, 201 e 202. 4.2 Portaria N 3.214/78 - Normas Regulamentadoras NR1; NR3; NR4; NR5; NR7; NR9; NR15 e anexos 1, 2, 3, e 11 (caput); NR17; NR32. 4.3 Portaria N 1.823, de 23 de agosto de 2012 que institui a Poltica Nacional de Sade do Trabalhador e Trabalhadora. 4.4 Sobre o Servidor Pblico Federal e Sade: Decreto N 6.856, de 25 de maio de 2009; Decreto N. 6.833 de 29 de abril de 2009; Portaria Normativa N 3, de 07 de maio de 2010; Portaria Normativa N 4, de 15 de setembro de 2009. 4.5 Lei N 8.213, de 1991, que regula os benefcios previdencirios. 5. Pesquisa aplicada medicina do trabalho. 5.1 Reviso bibliogrfica e principais bases de dados

  • para investigao cientfica em medicina do trabalho. 5.2 Principais fontes de dados de interesse em toxicologia e higiene ocupacional como OIT (Organizao Internacional do Trabalho), NIOSH (National Institute for Occupatinal Safety and Health), ATSDR (Agency for Toxic Sustances and Disease Registry), TOXNET (Toxicolgy Data Network). 6. Orientao Normativa N 6 do Ministrio do Planejamento, de 18 de maro de 2013, que estabelece a orientao sobre a concesso dos adicionais de insalubridade, periculosidade, irradiao ionizante e gratificao por trabalhos com raios-x ou substncias radioativas. MDICO VETERINRIO / ANESTESIOLOGIA VETERINRIA 1. Avaliao pr-anestsica. 2. Medicao pr-anestsica. 3. Anestesia injetvel: frmacos e tcnicas. 4. Anestesia Inalatria: frmacos e equipamentos. 5. Anestesia e analgesia local e regional: frmacos e tcnicas. 6. Anestesia e analgesia em pacientes com doenas ou em condies especficas. 7. Abordagem de emergncias durante a anestesia e ressuscitao crdio-crebro-pulmonar. 8. Monitorao anestsica. MDICO VETERINRIO / CIRURGIA DE GRANDES ANIMAIS 1. Tcnica Cirrgica - Princpios da assepsia cirrgica. 2. Fases fundamentais da Tcnica Cirrgica Direse, hemostasia e sntese. 3. Cuidados pr-operatrios, diagnstico e controle da dor. 4. Avaliao do paciente cirrgico. 5. Stios de inciso abdominal. 6. Cirurgias obsttricas e glndula mamria. 7. Sistema msculo esqueltico (locomotor). 8. Sistema Digestivo. 9. Sistema Reprodutor. 10. Ortopedia e traumatologia. MDICO VETERINRIO / CLNICA DE RUMINANTES 1. Exame clnico em ruminantes. 2. Doenas da pele dos ruminantes. 3. Doenas do sistema circulatrio dos ruminantes. 4. Doenas do sistema digestrio dos ruminantes. 5. Doenas do sistema respiratrio dos ruminantes. 6. Enfermidades das glndulas mamrias dos ruminantes. 7. Doenas do sistema urogenital dos ruminantes. 8. Doenas do sistema locomotor dos ruminantes. 9. Doenas metablicas em ruminantes. 10. Doenas do sistema nervoso dos ruminantes. 11. Plantas txicas e intoxicaes em ruminantes. 12. Doenas dos bezerros recm-nascidos. 13. Tcnicas de necrpsia e colheita de material em ruminantes. 14. Tcnica de colheita e conservao de material biolgico (sangue, fezes, urina, efuses orgnicas e lquor) em ruminantes. 15. Interpretao de exames laboratoriais aplicados a clnica de ruminantes: hemograma, proteinograma e protenas de fase aguda, provas de funo renal e heptica, urinlise, exame coproparasitolgico, leite (avaliao das caractersticas fsico-qumicas, microbiolgicas e celulares e interpretao dos resultados de provas para diagnstico de mastite), lquidos cavitrios e lquor, hemogasometria. 16. Preparo de solues e reagentes. MDICO VETERINRIO / CLNICA DE PEQUENOS ANIMAIS 1. Equilbrio eletroltico. 2. Geriatria. 3. Endocrinologia. 4. Dermatologia. 5. Oftalmologia. 6. Neurologia. 7. Sistema msculo esqueltico. 8. Cardiologia. 9. Sistema urinrio. 10. Sistema respiratrio. MDICO VETERINRIO / PATOLOGIA CLNICA VETERINRIA 1. Introduo, objetivos, colheita e remessa de material ao laboratrio: 1.1 Colheitas de sangue total, urina, lquido cfalo-raquideano, raspado cutneo, derrames cavitrios, citologia aspirativa. 1.2 Acondicionamento de amostras biolgicas. 1.3 Conservadores de amostras biolgicas. 2. Exame de urina: 2.1 Exames fsico,

  • qumico e microscpico do sedimento urinrio. 2.2 Interpretao do sumrio de urina. 2.3 Doenas do sistema urinrio. 2.4 Interpretao. 3. Hematologia clnica: 3.1 Hematopoiese: Funes do sangue, anti-coagulantes. 3.1.1 Eritrograma: contagem de hemcias, determinao da concentrao de hemoglobina, hematcrito. 3.1.2 Classificao morfolgica das anemias; policitemias; interpretaes. 3.1.3 Anemias regenerativas e arregenerativas: contagem de reticulcitos. 3.2 Leucograma: contagem global e diferencial de leuccitos. 3.2.1 Confeco e colorao de esfregaos sanguneos. 3.2.2 Identificao de leuccitos; interpretao do leucograma. 3.2.3 Resposta leucocitria nas espcies domsticas. 3.2.4 Anlise morfolgica do esfregao sanguneo. 3.2.5 Pesquisa e identificao de hematozarios. 4. Hemostasia e coagulao sangunea: 4.1 Noes essenciais sobre hemostasia primria e secundria e cascata da coagulao; Avaliao das vias intrnsica, extrnisica e comum da cascata da coagulao. 4.2 Perfil hemosttico: contagem de plaquetas, tempo de protrombina (TP), tempo de coagulao ativada (TCA), tempo de tromboplastina parcial ativada (TTPA). 5. Derrames cavitrios: 5.1 Caractersticas e composio dos derrames cavitrios. 5.2 Exame fsico e exame qumico. 5.3 Caractersticas citolgicas: contagem global, citomorfologia e diferenciao de clulas; Exame bioqumico. 5.4 Classificao: Transudatos, transudatos modificados e Exsudatos. 5.5 Interpretao. 6. Exame de lquido cfalo-raquideano: 6.1 Secreo e local de formao; Barreira hematoenceflica. 6.2 Composio do LCR; caractersticas fsico-qumicas do LCR. 6.3 Exames fsico-qumico e citolgico do LCR; Determinao de glicose e protena no LCR. 6.4 Interpretao. 7. Provas de funo heptica: 7.1 Indicao e testes para deteco de leso de hepatcitos: alanina aminotransferase (ALT), aspartato aminotransferase (AST), sorbitol desidrogenase (SDH), glutamato desidrogenase (GLDH); testes para deteco de colestase: fosfatase alcalina (FA), gama glutamiltransferase (GGT); testes de funo heptica: bilirrubinas, cidos biliares, teste de tolerncia amnia. 7.2 Interpretao. 8. Testes de funo renal: 8.1 Testes de filtrao/depurao glomerular: determinao de uria e creatinina sricas. 8.2 Testes de reabsoro tubular: indicao para teste de concentrao urinria. 8.3 Teste de secreo tubular; Excreo de fenolsulfoftalena. 8.4 Interpretao. 9. Testes de funo pancretica: 9.1 Fisiologia do pncreas: pncreas endcrino e excrino. 9.2 Enzimas pancreticas: determinao de amilase e lpase sricas. 9.3 Doenas pancreticas: pancreatite aguda e crnica. 9.4 Insuficincia pancretica. 9.5 Interpretao. 10. Citologia aspirativa: 10.1 Obteno e manuseio de amostras para exame citolgico. 10.2 Consideraes sobre locais especficos de colheita. 10.3 Classificao geral das alteraes citolgicas. 10.4 Diagnstico citolgico das neoplasias. NUTRICIONISTA 1. SUS (Sistema nico de Sade); promoo da sade e segurana alimentar e nutricional. 2. tica profissional e Biotica. 3. Cincia dos alimentos: composio e bioqumica dos alimentos; Tcnica diettica; o estudo dos principais grupos alimentares. 4. Nutrio Humana: metabolismo energtico e dos nutrientes. 5. Avaliao e diagnstico do estado nutricional. 6. Educao e sade: Educao alimentar e nutricional. 7. Prescrio diettica e terapia nutricional nas doenas crnicas no transmissveis. 8. Ateno alimentar e nutricional para indivduos sadios e enfermos nos diferentes ciclos da vida. 9. Vigilncia sanitria. 10. Planejamento e gerenciamento em servios de alimentao e nutrio.

  • PROGRAMADOR VISUAL 1. Conceituao do design. 2. Importncia do design. 3. Introduo histrica da escrita e da tipografia. 4. Princpios bsicos da diagramao e conceitos de simetria e assimetria. 5. O Processo criativo: o layout, o projeto grfico. 6. Tipologia fontes e famlias. Caractersticas das diversas famlias. Adequao dos tipos bold, itlico, light, mdio aos diversos contedos: jornais, cartazes, outdoor etc. 7. Fotografia e os seus diversos usos. As ilustraes. 8. As cores, suas especificidades. Relao figura fundo. 9. Vinhetas, infogrficos e sinais grficos. 10. Papel tipos, formatos e papis especiais e o seu uso. 11. Projeto grfico para jornais, livros, revistas, peridicos cientficos, folders, convites, banners, dentre outros. 12. Processos grficos: impresso e acabamento. 13. Produo grfica. 14. Uso de softwares especficos para a rea do design. 15. Editorao eletrnica para livros e revistas, usando sistemas eletrnicos especficos para a rea. 16. Livro eletrnico. PSICLOGO 1. O Psiclogo nas organizaes: configurao do campo e das possibilidades de atuao profissional. 2. Organizaes e Instituies como contextos de trabalho para o psiclogo. 2.1. Organizaes: tipos e estrutura. 2.2. A dinmica dos processos macro-organizacionais: cultura e poder organizacionais. 2.3. A dinmica dos processos micro-organizacionais: clima, motivao, liderana e interao. 2.4. Grupos e equipes de trabalho; Conceito, funcionamento; A questo da diversidade humana. 3. Prticas psicolgicas e psicossociais em contextos de instituies de ensino. 3.1. Avaliao Psicolgica: conceitos, instrumentos; Documentos e laudos. 3.2. A ateno psicolgica; Aconselhamento psicolgico; Psicoterapia e outras formas de atendimento individual e grupal. 3.3. Perspectivas tericas sobre o desenvolvimento e aprendizagem; Fatores cognitivos e afetivos da aprendizagem e de conduta na escola. 3.4. Teorias do desenvolvimento vocacional; O mundo do trabalho e transio escola-trabalho. Projetos de vida e carreira. 3.5. O estudante universitrio hoje; Fatores que afetam o desempenho e a evaso. 3.6. O ensino superior brasileiro: caractersticas e polticas atuais. 3.7. O trabalho do psiclogo em equipes multiprofissionais no campo da educao e do ensino superior. 4. Prticas de gesto e o papel desempenhado pelo psiclogo. 4.4. Noes bsicas de Planejamento Estratgico em Recursos Humanos. 4.5. Orientao, acompanhamento e readaptao profissionais: avaliao no perodo de experincia; entrevista de acompanhamento; recolocao em outro cargo; readaptao e reabilitao. 4.6. Avaliao de desempenho: objetivos, mtodos e aplicaes; principais erros envolvidos na avaliao; implantao e acompanhamento. 4.7. Treinamento e desenvolvimento de pessoas: papel e objetivos; levantamento de necessidades, planejamento, mtodos e tcnicas, execuo e avaliao. 4.8. Gesto por competncias: conceito, objetivos e sua relao com as aes prticas profissionais no campo da gesto de pessoas. 4.9. Sade, bem-estar e qualidade de vida no trabalho. 5. tica profissional; O cdigo de tica do Psiclogo. SECRETRIO EXECUTIVO 1. Principais funes da administrao. 2. Relao entre eficincia e eficcia. 3. Abordagem sistmica das organizaes: organizao e estrutura. 4. Critrios de departamentalizao. 5. Histrico, evoluo, legislao, regulamentao do profissional de secretariado. 6. Cdigo de tica Profissional. 7. O Profissional de secretariado executivo e a organizao. 8. Funes de Assessoria. 9. Perspectivas do profissional de secretariado no Brasil. 10. Competncias tcnicas, gerenciais e comportamentais do Secretrio. 11. Comportamento Organizacional. 12. Multifuncionalidade e Polivalncia.

  • 13. Organizao do ambiente de trabalho. 14. Administrao de tempo. 15. Assertividade. 16. Marketing pessoal. 17. Apresentao pessoal e profissional. 18. Etiqueta e Netiqueta nas relaes empresariais e sociais (nacionais e internacionais). 19. Relacionamento interpessoal. 20. Trabalho em equipe. 21. Administrao de Conflito. 22. Inteligncia Emocional. 23. Empreendedorismo na organizao. 24. Gerenciamento das tcnicas secretariais e rotinas Administrativas. 25. Gesto dos ncleos de servios administrativos. 26. Atendimento ao pblico interno e externo. 27. Gesto de arquivos: impressos e eletrnicos; organizao, mtodos, classificao e conservao de documentos. 28. Comunicao Oral e Escrita. 29. Agenda. 30. Follow-up. 31. Aspectos gerais da redao comercial e oficial: definio e finalidade, forma e estrutura. 32. Linguagem dos atos e comunicaes oficiais. 33. Tratamento dos documentos e correspondncias na organizao. 34. Planejamento de Viagens nacionais e internacionais. 35. Planejamento e Organizao de Reunio. 36. Planejamento e Organizao de eventos pblicos e empresarias. 37. Tipologia de eventos. 38. Cerimonial e Protocolo Pblicos e Empresariais. 39. Tecnologias de informao e comunicao: dado, informao e conhecimento. 40. Internet, intranet, o correio e agenda eletrnicos, o computador porttil e softwares. 41. Gesto eletrnica de documentos. 42. Ferramentas da qualidade aplicadas realidade do Secretrio Executivo. 43. Processo decisrio. 44. Tcnicas de negociao. TCNICO EM ASSUNTOS EDUCACIONAIS 1. Histrico da educao superior no Brasil e suas matrizes europeias. 2. Organizao e Gesto da educao superior no Brasil. 3. A Universidade Federal da Bahia histria e organizao atual. 4. Bases tericas e tendncias atuais na organizao curricular dos cursos de graduao. 5. Projeto de Lei do Plano Nacional de Educao 2011-2020. 6. Prticas e teorias de ensino e aprendizagem na educao bsica e superior. 7. Avaliao educacional: aspectos macro-institucionais e da aprendizagem.

    CONTEDO PROGRAMTICO DAS PROVAS

    CARGOS DE NVEL INTERMEDIRIO CLASSE D

    PORTUGUS (Todos os cargos) 1. Compreenso e interpretao de textos de diferentes gneros (literrios, jornalsticos, tiras, charges, entre outros): 1.1 Lngua, linguagem, norma (padro e no padro), fala e desvio de norma; 1.2 A pluralidade de normas: regionais, sociais, etrias e estilsticas

    flaviaRealce

  • (registros); 1.3 Caractersticas das modalidades da lngua: oral e escrita. 2. O processo de comunicao e as funes da linguagem. 3. Recursos expressivos: a linguagem figurada. 4. Norma ortogrfica. 5. Pontuao. 6. Morfossintaxe das classes de palavras: substantivo, adjetivo, etc. 7. Concordncia nominal e verbal. 8. Regncia nominal e verbal. 9. Conectivos: valores lgico-semnticos. 10. Frase, pargrafo e perodo. 11. Processos de coordenao e subordinao. 12. Composio do texto escrito: dissertao fato e demonstrao / argumento e inferncia / relaes lgicas; narrao sequenciao de fatos / temporalidade; descrio ordenao de elementos descritivos. ADMINISTRAO PBLICA (Todos os cargos) 1. Administrao Pblica Federal: Disposies Gerais (Constituio Federal, Ttulo III, Captulo VII). 2. Agente Pblico: funo pblica, atendimento ao cidado. 3. Regime Jurdico dos Servidores Pblicos Federais Direitos, deveres, proibies e responsabilidades. (Lei n 8.112, de 11/12/90). 4. tica na Administrao Pblica Federal (Decreto n 1.171, de 22/06/1994) e sanes aplicveis aos agentes pblicos nos casos de enriquecimento ilcito (Lei n. 8.429, de 02/06/1992). 5. Estatuto e Regimento Geral da UFBA disponvel em www.ufba.br. 6. Processo Administrativo: normas bsicas no mbito da Administrao Federal. (Lei n 9.784, de 29/01/99). 7. Noes de Administrao: acadmica e financeira, de recursos humanos, de material e patrimnio. 8. Licitao: conceito, finalidades, princpios e objeto; obrigatoriedade, dispensa, inexigibilidade e vedao; modalidades e tipos, revogao e anulao; sanes. (Lei n 8.666, de 21/06/93 e Lei no 10.520, de 17/07/2002). 9. Controle Interno e Controle Externo na Administrao Pblica: conceito e abrangncia. INFORMTICA BSICA (Todos os cargos, exceto para Tcnico de Tecnologia da Informao) 1. Conceitos bsicos: Hardware e Software; sistema operacional; programas aplicativos; redes de computadores; Internet; email; transferncia de arquivos; World Wide Web (WWW); dispositivos mveis; profisses ligadas informtica. 2. Noes Bsicas de microcomputador: Componentes, dispositivos de entrada e sada, perifricos, memria, processador, dispositivos externos. 3. Ambiente MS-Windows Uso do ambiente grfico; execuo de aplicativos e acessrios; manipulao de arquivos e pastas; execuo de aplicativos bsicos; lixeira; tipos de arquivos; configurao e atualizao do MS-Windows. 4. MS-WORD Utilizao de janelas e menus; barras de ferramentas; operaes com arquivos; impresso de documentos e configurao da impressora; edio de textos; formatao no Word; criao e manipulao de tabelas; operaes com documentos. 5. MS-Internet Explorer e Firefox Manuteno dos endereos favoritos; utilizao de histrico; noes de navegao em hipertexto; baixando arquivos; configurao e atualizao. 6. MS-Outlook Envio e recebimento de mensagens incluindo a utilizao de arquivos anexos; localizao de mensagens nas pastas; organizao das mensagens em pastas e subpastas; manuteno do catlogo de endereos; configurao e atualizao. 7. Vrus de computador: Definio e programas antivrus; Tipos de Vrus. Nota sobre as verses dos softwares: MS-Windows: verses XP ou posterior. MS-Word, MS-Outlook: verses constantes dos pacotes Office 2003 ou posterior. MS-Internet Explorer: verso 6.0 ou posterior. MOZILLA Firefox: verso 2.0 ou posterior.

    flaviaRealce

    flaviaRealce

    flaviaRealce

  • RACIOCNIO LGICO-QUANTITATIVO (apenas para o cargo de Tcnico de Tecnologia da Informao) 1. Raciocnio lgico envolvendo problemas aritmticos, geomtricos e matriciais. 2. Operaes com conjuntos. 3. Princpios de contagem e probabilidade. 4. Estruturas lgicas. 5. Lgica sentencial (ou proposicional): proposies simples e compostas; tabelas-verdade; equivalncias; leis de De Morgan; diagramas lgicos. 6. Lgica de primeira ordem. 7. Lgica de argumentao: analogias, inferncias, dedues e concluses. ASSISTENTE EM ADMINISTRAO 1. Funes Administrativas: planejamento, organizao, direo e controle. 2. Comunicao Interpessoal: barreiras, uso construtivo, comunicao formal e informal, trabalho em equipe. 3. Gesto por competncias: conceito, polticas e diretrizes para o desenvolvimento de pessoal da Administrao Pblica Federal (Decreto n 5.707/2006). 4. Legislao na Administrao Pblica: Constituio da Repblica Federativa do Brasil de 1988; Regime Jurdico dos Servidores Pblicos Federais (Lei n 8.112, de 11/12/90); Cdigo de tica Profissional do Servidor Pblico Civil do Poder Executivo Federal na Administrao Pblica Federal (Decreto n 1.171, de 22/06/1994); Noes de Licitao (Lei n 8.666, de 21/06/93 e Lei no. 10.520, de 17/07/2002); Processo Administrativo no mbito da Administrao Pblica Federal (Lei n 9.784, de 29/01/99). 5. Relaes institucionais: Autoridade e Poder, Liderana. 6. tica na Administrao Pblica Federal (Decreto n 1.171, de 22/06/1994) e sanes aplicveis aos agentes pblicos nos casos de enriquecimento ilcito (Lei no. 8429 de 02/06/1992). 7. Noes de documentao e arquivologia: Mtodos de arquivamento. 8. Noes de Administrao Pblica: acadmica e financeira, de recursos humanos, de material e patrimnio. TCNICO DE LABORATRIO /ANLISES CLNICAS 1. Boas prticas de laboratrio e biossegurana. 2. Esterilizao e desinfeco em laboratrio clnico. 3. Coleta, manipulao, transporte e conservao de amostras biolgicas para o laboratrio clnico. 4. Preparo de corantes e tcnicas de colorao para amostras microbiolgicas, parasitolgicas e hematolgicas. 5. Meios de cultura na rotina de laboratrio: preparo, conservao e estocagem. 6. Preparo de reagentes e solues: pesagem e diluio. 7. Anticoagulantes usados no laboratrio clnico. 8. Exames laboratoriais automatizados ou tcnicas clssicas necessrios ao diagnstico nas reas de parasitologia humana, microbiologia mdica, imunologia, hematologia, bioqumica e uroanlise. TCNICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAO 1. Programao: Algoritmos e estruturas de dados. 2. Engenharia de software: Noes bsicas. 3. Linguagem de marcao: HTML e XML. 4. Noes de programao em Java (JEE, Servelets, JSP e EJB). Depurao de cdigo. 5. Infraestrutura: Segurana fsica e lgica; Firewall e proxies; Criptografia; VPN; Softwares maliciosos (Vrus, Spywares, Rootkit, etc); Sistemas de deteco de intruso; Certificao Digital; Noes de Polticas Segurana da Informao (ISO 27001:2005). 6. Noes de gerenciamento de Servios (ITIL verso 3, COBIT). 7. Arquitetura de Computadores: Arquiteturas RISC e CISC; Organizao do processador; Organizao de memria; Conceitos de concorrncia, paralelismo e computao distribuda; Taxonomia de Flynn; Arquiteturas de sistemas distribudos: SMP e MPP; Conceitos bsicos de computao em aglomerados (Cluster) e de computao em grades (Grids); Balanceamento de carga;

    flaviaRealce

    flaviaNotaConhecimentos Especficos

  • Avaliao de desempenho. Sistemas Operacionais: Estrutura do SO; Gerncia do processador; Gerencia de memria; Sistemas de arquivos; Entrada e sada. 8. Redes de Computadores: Arquiteturas de rede; Topologias; Equipamentos de conexo e transmisso; QOS; Modelo OSI da ISO; Arquitetura e protocolos TCP/IP; Nvel de aplicao TCP/IP: DNS, FTP, NFS, TELNET, SMTP, HTTP, LDAP, DHCP, IPSEC, SSH, SNMP e NAT; Noes bsicas de IPv6; Conceitos de Storage (NAS e SAN). Ambiente UNIX: Instalao e suporte a TCP/IP, DHCP, DNS, NIS, CIFS, NFS, servios de impresso em rede; Instalao e configurao do Servidor Apache; Integrao com ambiente Windows, Linguagens de Script. 9. Ambiente Microsoft Windows 2000/2003: Instalao e suporte de TCP/IP, DHCP, DNS; Active Directory, IIS, Terminal Services; Servios de arquivo e impresso em rede; Integrao com ambiente Unix; Linguagens de Script. Conceitos de virtualizao. TCNICO DE LABORATRIO / QUMICA 1. Qumica: 1.1. Qumica geral e inorgnica. 1.1.1. Tabela Peridica. 1.1.2. funes qumicas. 1.1.3. estequiometria. 1.1.4. estudo dos gases. 1.2. Fsico-qumica. 1.2.1. reaes de oxirreduo. 1.2.2. cintica e equilbrio qumico. 1.2.3. eletroqumica. 1.3. Qumica orgnica. 1.3.1. hidrocarbonetos. 1.3.2. polmeros. 2. Noes bsicas de segurana no laboratrio e de anlise de risco de processos: 2.1. Estocagem de reagentes qumicos. 2.2. Riscos de incndios em solventes inflamveis. 2.3. Misturas explosivas. 2.4. Reagentes perigosos pela toxidade e/ou reatividade. 2.5. Equipamentos de proteo individual e coletivo. 2.6. Noes de primeiros socorros. 2.7. Biossegurana em laboratrio qumico. 2.7.1. exposio ocupacional a riscos qumicos e fsicos. 3. Tcnicas bsicas de laboratrio: 3.1. Uso e conservao de aparelhagem comum de um laboratrio. 3.2. Vidraria aferida. 3.2.1. identificao, uso e limpeza de vidraria aferida usada nas diversas operaes em um laboratrio. 3.2.2. identificao, uso e calibrao de aparelhagem volumtrica e graduada. 3.3. Preparao de amostras e de materiais. 3.4. Preparo de solues. 3.5. Mtodos de separao. 3.5.1. filtrao. 3.5.2. decantao. 3.5.3. centrifugao. 3.5.4. extrao por solvente. 3.5.5. cristalizao. 3.5.6. precipitao. 3.5.7. destilao. 3.6. Sistemas de aquecimento e refrigerao: 3.6.1. secagem de substncias. 3.6.2. manuseio e pesagem de substncias. 4. Tcnicas de amostragem e manuseio das amostras: 4.1. Preservao de amostras. 4.2. Amostragem de slidos, lquidos e gases. 4.3. Cuidados. 5. Anlise qumica: 5.1. Definio. 5.2. Anlise qumica qualitativa e quantitativa. 5.3. Etapas de uma anlise qumica. 5.4. Escolha de mtodo de anlise para uma amostra. 5.5. Aplicaes. 6. Anlises quantitativas clssicas: 6.1. Volumetria. 6.2. Gravimetria. 7. Anlises instrumentais: 7.1. Tcnicas eletroanalticas. 7.2. Tcnicas espectroanalticas. 7.3. Cromatografias lquidas e gasosas. 8. Estatstica aplicada qumica: 8.1. Algarismos significativos. 8.2. Arredondamento. 8.3. Erros em qumica analtica. 8.4. Mdia, desvio padro, intervalo de confiana, exatido e preciso. 8.5. Testes de significncia. TCNICO EM AGROPECURIA 1. Gerenciamento rural: tomada de decises e aes sobre alocao, organizao e utilizao de recursos na propriedade rural; registro de dados das atividades rurais e de ndices zootcnicos e produtivos; gesto de recursos humanos. 2. Forragicultura: produo, manejo e adubao de pastagens; conservao de forragens. 3. Produo animal: bovinocultura, ovinocaprinocultura, equideocultura, avicultura e suinocultura. 4. Produo vegetal: conhecimentos bsicos a respeito de integrao lavoura-pecuria; utilizao de sistemas de irrigao; preparo, utilizao e conservao do solo;

  • aproveitamento de dejetos lquidos e slidos como fertilizante. 5. Mecanizao e construes rurais: noes bsicas sobre utilizao e manuteno de mquinas agrcolas em geral; projeo e execuo de instalaes rurais. TCNICO EM CONTABILIDADE Contabilidade Geral: 1. Esttica patrimonial. 2. Plano de contas. 3. Procedimentos contbeis bsicos: mtodo das partidas dobradas; atos e fatos contbeis; frmulas de lanamento. 4. As variaes do patrimnio lquido. 5. Registro das operaes tpicas de uma empresa. 6. Operaes com mercadorias. 7. Balano patrimonial. 8. Demonstrao do Resultado do Exerccio. 9. Outras demonstraes contbeis segundo a Lei 6.404/76, a Lei 11.638/07 e demais atualizaes. 10. Problemas contbeis diversos: proviso para devedores duvidosos; operaes financeiras (desconto de nota promissria, emprstimos pr-fixados, descontos de duplicatas a receber, aplicaes financeiras); reservas e provises; depreciao, amortizao e exausto. Contabilidade Pblica: 1. Contabilidade Pblica: sistema oramentrio; sistema financeiro; sistema patrimonial; sistema de compensao e campo de atuao, noes gerais. 2. Oramento pblico. 3. Receita pblica: classificao legal da receita oramentria; receita extra-oramentria; receitas intra-oramentrias; estgios da receita pblica; quitaes; resduos ativos ou restos a arrecadar; dvida ativa; restituies de receitas. 4. Despesa pblica: classificao legal da despesa oramentria; despesa extra-oramentria; estgios da despesa; restos a pagar ou resduos passivos; dvida pblica; despesas de exerccios anteriores. 5. Regimes contbeis: regime de Caixa, regime de competncia (princpio da competncia) e escriturao na Contabilidade Pblica. 6. Regime de adiantamento. 7. Patrimnio pblico. 8. Crditos adicionais. 9. Levantamento de balanos: balano oramentrio; balano financeiro; balano patrimonial e demonstrao das variaes patrimoniais. 10. Estrutura do rgo de controle contbil na administrao pblica: tipos de estrutura; evoluo do sistema de controle no Brasil; controle interno integrado e a controladoria e a lei 4.320/64. TCNICO EM EDIFICAES 1. Desenho: nomenclatura, especificaes, indicaes em plantas baixas, cortes e fachadas. 2. Escalas apropriadas para tipo de desenhos e transformaes de escala. 3. Legendas, convenes, planilhas, selos, carimbos e margens. 4. Normas brasileiras para desenho tcnico e desenho arquitetnico. 5. Representao normatizada para eixo, corte, madeira, concreto e ao. 6. Equipamentos para desenho e seu uso caracterstico, formato de papel. 7. Noes sobre: estruturas metlicas, estruturas de madeira, estruturas de concreto armado, restaurao de edificaes, instalaes domiciliares, topografia. 8. Desenho de construo civil. 9. Projeto arquitetnico. 10. Desenhos e esboos tcnicos estruturais, com auxlio de softhwares. 11. Especificaes e inspees de materiais. 12. Programas de trabalho e fiscalizao de obras. 13. Inspees tcnicas e relatrios tcnicos. 14. Especificao de materiais. 15. Oramento: especificao tcnica; medies e quantificaes. 16. Segurana e sade no trabalho. 17. NR-08 Edificaes. 18. NR-18 Condies e MEIO Ambiente de Trabalho na Indstria da Construo. TCNICO EM EQUIPAMENTO MDICO-ODONTOLGICO 1. Classificao dos equipamentos mdicos e odontolgicos; Conceitos de ergonomia; Equipamentos de um consultrio odontolgico: conceitos de funcionamento. 2. Conceitos de motores eltricos: classificao geral, motores trifsicos e motores monofsicos; Instalaes eltricas de baixa tenso: sistemas de condutores e seu

  • dimensionamento, comando e proteo de motores. 3. Elementos de mquinas: elementos de fixao, de apoio, elsticos, de transmisso e de vedao. 4. Equipamentos mecnicos: conceitos de hidrosttica e hidrodinmica, eletrnica e eletromagnetismo; Noes bsicas de instalaes hidrulicas, eltricas e pneumticas. 5. Conhecimento e habilidades com as ferramentas usadas no reparo e na manuteno de equipamentos odontolgicos. 6. Conhecimento e habilidades na interpretao de desenhos e projetos mecnicos, eletromecnicos e eletrnicos. 7. Orientao dos usurios quanto utilizao adequada de aparelhos e equipamentos mdico-odontolgicos; Dimensionamento de equipamentos e espao de trabalho; Conservao e limpeza de equipamentos. 8. Biossegurana. TCNICO EM NUTRIO E DIETTICA 1. Metabolismo energtico. Macro e micronutrientes. gua, eletrlitos e equilbrio cido-bsico. 2. Alimentao saudvel nos ciclos de vida. 3. Dietoterapia: Dietas modificadas para condies especiais; deficincias nutricionais. Nutrio e doenas crnicas no transmissveis. 4. Produo de refeies para coletividade sadia e enfermas: Manual de boas prticas. 5. Anlise dos pontos crticos de controle. Resto ingesto. 6. Higiene de Alimentos: Noes bsicas de microbiologia de alimentos e doenas transmitidas por alimentos. Recebimento, armazenamento, conservao e controle de alimentos. 7. Procedimentos de higiene e sanitizao (pessoal, ambiente). 8. Tcnica Diettica: Fator de correo, coco e desidratao. Grupos alimentares: seleo, pr-preparo, preparo e apresentao. Tcnicas de congelamento e descongelamento. 9. Tcnicas de conservao e armazenamento racional. 10. tica profissional e Legislao Profissional. TCNICO EM SEGURANA DO TRABALHO Normas Regulamentadoras de Segurana e Sade no Trabalho Ministrio do Trabalho e Emprego 1. Norma Regulamentadora N 04 - Servios Especializados em Engenharia de Segurana e em Medicina do Trabalho. 2. Norma Regulamentadora N 05 - Comisso Interna de Preveno de Acidentes. 3. Norma Regulamentadora N 06 - Equipamentos de Proteo Individual EPI. 4. Norma Regulamentadora N 08 Edificaes. 5. Norma Regulamentadora N 09 - Programas de Preveno de Riscos Ambientais. 6. Norma Regulamentadora N 10 - Segurana em Instalaes e Servios em Eletricidade. 7. Norma Regulamentadora N 11 - Transporte, Movimentao, Armazenagem e Manuseio de Materiais. 8. Norma Regulamentadora N 15 - Atividades e Operaes Insalubres. 9. Norma Regulamentadora N 16 Atividades e Operaes Perigosas. 10. Norma Regulamentadora N 17 Ergonomia. 11. Norma Regulamentadora N 18 - Condies e Meio Ambiente de Trabalho na Indstria da Construo. 12. Norma Regulamentadora N 23 - Proteo Contra Incndios. 13. Norma Regulamentadora N 24 - Condies Sanitrias e de Conforto nos Locais de Trabalho. 14. Norma Regulamentadora N 25 Resduos Industriais. 15. Norma Regulamentadora N 26 - Sinalizao de Segurana. 16. Norma Regulamentadora N 35 - Trabalho em Altura. TRADUTOR E INTRPRETE DE LINGUAGEM DE SINAIS-LIBRAS 1. Aspectos lingusticos da Libras: soletrao manual ou datilologia; fontica e fonologia dos sinais; estrutura morfolgica; estrutura sinttica; relaes semnticas; referenciao e pragmtica; escritas de sinais. 2. Cdigo de tica do tradutor e intrprete de Lngua de Sinais. 3. Legislao nacional referente LIBRAS e ao tradutor e

  • intrprete de LIBRAS. 4. Tipos e modos de traduo e interpretao. 5. Histria da Educao de Surdos da antiguidade contemporaneidade; o desenvolvimento escolar do surdo. 6. Atuao do tradutor e intrprete educacional. 7. Competncias e habilidades do profissional tradutor e intrprete. 8. Teorias dos Estudos da Traduo e Estudos da Interpretao. 9. Cultura e identidades surdas. 10. Polticas lingusticas e surdez.

    CONTEDO PROGRAMTICO DA PROVA

    CARGOS DE NVEL INTERMEDIRIO CLASSE C PORTUGUS Compreenso e interpretao de textos literrios, no literrios, verbais e no verbais: habilidade de ler, compreender e interpretar textos de diversos tipos e gneros em lngua portuguesa.

  • Objetivos: O candidato dever ser capaz de atribuir sentidos coerentes aos textos apresentados, demonstrando habilidade de: 1. Depreender as ideias principais e secundrias de um texto. 2. Interrelacionar ideias e informaes no texto. 3. Perceber as relaes entre o texto e o mundo exterior. 4. Reconhecer as modalidades lingusticas que refletem diferenas sociais, culturais e regionais dos falantes da lngua portuguesa. 5. Apresentar domnio gramatical compatvel com a modalidade padro da lngua portuguesa escrita: 5.1. Regncia e concordncia: nominal e verbal. 5.2. Substantivo, adjetivo, pronome, advrbio, artigos, preposio, conjuno, interjeio e seus respectivos empregos. 5.3. Verbo: tempos e modos. 5.4. Sintaxe: perodos, oraes e seus termos. 5.5. Pontuao, ortografia. 5.6. Linguagem figurada. ADMINISTRAO PBLICA 1. Administrao Pblica Federal: Disposies Gerais (Constituio Federal, Ttulo III, Captulo VII). 2. Agente Pblico: funo pblica, atendimento ao cidado. 3. Regime Jurdico dos Servidores Pblicos Federais Direitos, deveres, proibies e responsabilidades (Lei n 8.112, de 11/12/90). 4. tica na Administrao Pblica Federal (Decreto n 1.171, de 22/06/1994) e sanes aplicveis aos agentes pblicos nos casos de enriquecimento ilcito (Lei n. 8.429, de 02/06/1992). 5. Estatuto e Regimento Geral da UFBA, disponvel em www.ufba.br. INFORMTICA BSICA 1. Conceitos bsicos: Hardware e Software; sistema operacional; programas aplicativos; redes de computadores; Internet; email; transferncia de arquivos; World Wide Web (WWW); dispositivos mveis; profisses ligadas informtica. 2. Noes Bsicas de microcomputador Componentes, dispositivos de entrada e sada, perifricos, processadores, tipos de memria, dispositivos externos. 3. Ambiente MS-Windows Uso do ambiente grfico; execuo de aplicativos e acessrios; manipulao de arquivos e pastas; execuo de aplicativos bsicos; lixeira; tipos de arquivos. 4. MS -WORD Utilizao de janelas e menus; barras de ferramentas; operaes com arquivos; impresso de documentos e configurao da impressora; edio de textos; formatao no Word; criao e manipulao de tabelas; operaes com documentos. 5. Noes de utilizao do MS-Internet Explorer Manuteno dos endereos favoritos; utilizao de histrico; noes de navegao em hipertexto; baixando arquivos; segurana. 6. Vrus de computador Definio e programas antivrus; Tipos de vrus. Nota sobre as verses dos softwares: MS-Windows: verses XP ou posterior MS-Word: verso constante no pacote Office 2003 ou posterior MS-Internet Explorer: verso 6.0 ou posterior AUXILIAR EM ADMINISTRAO 1. Noes de administrao geral: conceitos, objetivos, nveis hierrquicos e competncias gerenciais. 2. Noes de documentao e arquivo. 3. Relaes institucionais: Autoridade e Poder, Liderana. 4. Noes de Administrao Pblica: acadmica e financeira, de recursos humanos, de material e patrimnio. 5. Trabalho em equipe: personalidade e relacionamento; eficcia no comportamento interpessoal. 6. Noes das Funes Administrativas: planejamento, organizao, direo e controle. 7. Regimento e Estatuto da UFBA (disponvel em www.ufba.br). 8. tica na Administrao Pblica Federal (Decreto n 1.171, de 22/06/1994) e sanes aplicveis aos agentes pblicos nos casos de enriquecimento ilcito (Lei n 8429, de 02/06/1992).