Cooperativas Palestrante: Prof. Dr. Denis DallAsta Prof. Dr. Denis Dall Asta

  • View
    103

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Cooperativas Palestrante: Prof. Dr. Denis DallAsta Prof. Dr. Denis Dall Asta

  • Slide 1
  • Cooperativas Palestrante: Prof. Dr. Denis DallAsta Prof. Dr. Denis Dall Asta
  • Slide 2
  • O que uma a Cooperativa? As cooperativas tm finalidade essencialmente econmica. Seu principal objetivo o de viabilizar o negcio produtivo de seus associados junto ao mercado.
  • Slide 3
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta O que uma a Cooperativa? uma associao autnoma de pessoas que se unem, voluntariamente, para satisfazer aspiraes e necessidades econmicas, sociais e culturais comuns, por meio de um empreendimento de propriedade coletiva e democraticamente gerido.
  • Slide 4
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Armazenagem Novas Tecnologias FertilizantesSementesDefensivosComercializao Industrializao da Produo
  • Slide 5
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Problemas Comuns Rentabilidade Fertilizantes Defensivos Armazenagem Custos de Comercializao Baixa Tecnologia Sementes
  • Slide 6
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Objetivos da Cooperativa Agregar valor produo do Cooperado Reduzir ou eliminar gastos que no agregam valor produo do cooperado
  • Slide 7
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Gastos que no agregam valor Aquisio de Insumos
  • Slide 8
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Gastos que no agregam valor Comercializao da Produo
  • Slide 9
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Aes que agregam valor Comercializao da Produo
  • Slide 10
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Fonte: tese Sandra Rufino
  • Slide 11
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Fonte: tese Sandra Rufino
  • Slide 12
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Passos para a Abertura Reunir o grupo de pessoas interessadas em constituir a cooperativa para determinar os objetivos especficos da futura cooperativa e se existe possibilidade do grupo operar nesta forma societria, levando em conta os aspectos estruturais, associativos, mercadolgicos e sociais.
  • Slide 13
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Passos para a Abertura Escolher uma comisso para tratar das providncias necessrias constituio da cooperativa, com indicao de um coordenador dos trabalhos.
  • Slide 14
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Passos para a Abertura Elaborar estudo de viabilidade econmico-financeira da Cooperativa no qual constar o planejamento da futura cooperativa.
  • Slide 15
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Estudo de Viabilidade I - Objetivos da cooperativa; II Nmero de cooperados e capital social; III Informaes sobre o mercado IV Previso financeira anual V Prestao de servios aos cooperados VI Inverses da cooperativa: ativo fixo e capital de giro VII Fontes de capital
  • Slide 16
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Estudo de Viabilidade VIII Recursos humanos (empregados e custo anual) IX Custos operacionais para o 1 ano de funcionamento: custos fixos, variveis e totais. X Resultado operacional para o 1 ano de funcionamento XI Fluxo de caixa XII Ponto de Equilbrio XIII Benefcios com a implantao da cooperativa
  • Slide 17
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Fonte: artigo Welton do Nascimento
  • Slide 18
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Fonte: tese Sandra Rufino Elaborao e discusso do projeto e Estatuto Social O Estatuto Social um conjunto de regras norteadoras da sociedade que estabelece os direitos e deveres de seus cooperados, alm de descrever uma srie de determinaes legais.
  • Slide 19
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Fonte: tese Sandra Rufino Elaborao e discusso do projeto e Estatuto Social Na sua elaborao deve-se observar regras pertinentes a formulaes de qualquer ato legal tais como: linguagem correta e precisa, idias coordenadas concisas e claras e etc.
  • Slide 20
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Fonte: tese Sandra Rufino Elaborao e discusso do projeto e Estatuto Social Para a confeco do Estatuto Social, devero ser observados alguns itens que a Lei Cooperativista exige. O Estatuto Social dever indicar nos Captulos, citando ao lado dos tpicos o artigo da Lei 5.764/71 que corresponde ao assunto tratado.
  • Slide 21
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Fonte: tese Sandra Rufino I. DENOMINAO DA COOPERATIVA a) denominao da Sociedade (nome e sigla); b) endereo e municpio da sede; c) foro jurdico; (mesmo municpio que a sede) d) rea de ao, para efeito de admisso de associados; e) ano social; (poder coincidir ou no com o ano civil)
  • Slide 22
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Fonte: tese Sandra Rufino II. OBJETO SOCIAL E SEUS OBJETIVOS descrio das operaes, servios e atividades que a cooperativa se prope a realizar ou desempenhar; - Art. 21, I; Art. 15 1)o objeto social, ou seja, a descrio dos negcios externos da sociedade dever estar de acordo com o ramo da cooperativa. O objetivo de toda e qualquer sociedade cooperativa a prestao de servios aos seus associados; 2)a atividade da cooperativa dever estar clara aos scios, para que na transcrio destas atividades fique claro ao leitor; 3)a congregao de profissionais de uma determinada rea, no define o objeto social;
  • Slide 23
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Fonte: OCB III. ASSOCIADOS DIREITOS, DEVERES E RESPONSABILIDADES os direitos e deveres dos associados; natureza da responsabilidade dos associados; condies de admisso, demisso, eliminao e excluso; normas para sua representao nas assemblias gerais, quando for o caso;
  • Slide 24
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Fonte: OCB V. CAPITAL SOCIAL capital social mnimo expresso em moeda corrente nacional; valor da quota-parte, o mnimo de quotas-partes a ser subscrito pelo associado, o modo de integralizao das quotas-partes, bem como as condies de sua retirada nos casos de demisso, eliminao ou excluso do associado;
  • Slide 25
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Fonte: OCB V. CAPITAL SOCIAL fundos obrigatrios e demais fundos que porventura forem criados; forma de devoluo das sobras registradas aos associados, ou do rateio das perdas apuradas por insuficincia de contribuio para cobertura das despesas da sociedade;
  • Slide 26
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Fonte: OCB VI. RGOS SOCIAIS ASSEMBLIA GERAL modo de administrao e fiscalizao, estabelecendo os respectivos rgos, com definio de suas atribuies, poderes e funcionamento, a representao ativa e passiva da sociedade em juzo ou fora dele, o prazo de mandato, bem como o processo de substituio dos administradores e conselheiros fiscais;
  • Slide 27
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Fonte: OCB VI. RGOS SOCIAIS ASSEMBLIA GERAL Formalidades de convocao das assemblias gerais e a maioria requerida para a sua instalao e validade de suas deliberaes, vedado o direito de voto aos que nela tiverem interesse particular sem priv-los da participao nos debates;
  • Slide 28
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Fonte: OCB VI. RGOS SOCIAIS ASSEMBLIA GERAL Formas de dissoluo, fuso, incorporao e desmembramento da sociedade; Modo e o processo de alienao ou onerao de bens imveis da sociedade; Modo de reforma do estatuto; Nmero mnimo de associados.
  • Slide 29
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Fonte: OCB Procedimentos para Assemblia -Realizar reunies com todos os interessados para discusso de todos os itens da proposta do estatuto e do estudo de viabilidade econmica.
  • Slide 30
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Fonte: OCB Procedimentos para Assemblia -Fazer a pesquisa do nome da cooperativa e de sua sigla, junto a Junta Comercial do Paran, para verificao se no existe empresa j operante com a mesma denominao.
  • Slide 31
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Fonte: OCB Procedimentos para Assemblia -Fazer pesquisa dos nomes dos futuros cooperados junto Receita Federal e Receita Estadual verificando se no existe inadimplncia dos mesmos junto aos rgos arrecadadores, para evitar problemas futuros.
  • Slide 32
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Fonte: OCB Procedimentos para Assemblia -Convocar todas as pessoas interessadas para a realizao da Assemblia Geral de Constituio da Cooperativa, em local e hora determinados, com bastante antecedncia.
  • Slide 33
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Fonte: OCB Realizao da Assemblia a) O Coordenador da Comisso de organizao da cooperativa faz a abertura da Assemblia e solicita aos presentes que escolham o presidente dos trabalhos. Este indicado escolhe um secretrio, que redige a Ata em livro prprio.
  • Slide 34
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Fonte: OCB Realizao da Assemblia b) Apresentao dos objetivos, do projeto de viabilidade econmica financeira e da forma de atuao da futura cooperativa.
  • Slide 35
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Fonte: OCB Realizao da Assemblia c) Expresso do desejo dos presentes em constituir a cooperativa e verificao da qualificao dos interessados.
  • Slide 36
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Fonte: OCB Realizao da Assemblia d) Leitura do Estatuto, debater artigo por artigo, apresentao e debate de possveis emendas. e) Aprovao do Estatuto pelos presentes.
  • Slide 37
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Fonte: OCB Realizao da Assemblia f) Eleio dos componentes para o Conselho de Administrao ou Diretoria e para o Conselho Fiscal. g) Declarao de desimpedimento todos os administradores e conselheiros eleitos
  • Slide 38
  • Prof. Dr. Denis Dall Asta Fonte: OCB Realizao da Assemblia h) Declarao de inexistncia