CTM - Course 4 - Portuguese

  • View
    216

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of CTM - Course 4 - Portuguese

  • 8/9/2019 CTM - Course 4 - Portuguese

    1/23

    Curso 4: Cultura para o Entendimento

    Compreendendo nossos Alunos

    Viso Geral

    Protegendo a Etnosfera: As culturas so mapas de significados pelos quais o mundo sefaz inteligvel.Peter Jackson

    Estamos vivendo um declnio alarmante da riqueza cultural num momento em que temosum acesso inigualvel na histria s ferramentas que permitem compartilhar nossasculturas. As culturas indgenas so reduzidas ou desaparecem, e com elas perdemostradies medicinais valiosas, solues a determinados problemas alm da riqueza desua arte. Perdemos a diversidade nos pontos de vista. Somos todos perdedores se acultura morre.Assim como buscamos preservar a biosfera para assegurar um planeta sustentvel,

    devemos preservar a etnosfera pela mesma razo. Portanto, imperativo que osprofessores consideram o aprendizado e a celebrao cultural como uma caractersticacentral de seu ensino. A educao multicultural a habilidade de entender todos osalunos. Todo lugar onde fazemos nosso trabalho diz o mesmo: devemos definir o termoeducao multiculturaldetalhadamente, e conhecer as caractersticas e a fora da culturapara sermos educadores para o novo milnio.

    Neste sentido, aqui est o que voc aprender:

    Discutiremos o propsito, a preparao e a prtica de nossa prpria competnciacultural na sala de aula.

    Aplicaremos o multiculturalismo para resolver problemas focando no uso da tecnologia(webquest a ser explicada mais alm). Daremos treinamento em aprendizagem-servio. Discutiremos como criar e manter ligaes com salas de aula de outras cidades e

    pases.

    Um currculo COMPLETO explorando a cultura pela arte. Arquivo PDF

    Mdulo 1: Educao Multicultural

    Definindo a Educao Multicultural

    Educao multicultural uma demonstrao de como as habilidades podem lidardiretamente com o pilar principal do aprendizado a cultura. Desde suas definiesiniciais nos anos 1960, a educao multicultural tem sido transformada, reordenada,reconceitualizada e num estado de evoluo constante tanto da teoria como da prtica. raro que dois educadores ou pesquisadores tenham a mesma definio de educaomulticultural. Como em qualquer dilogo na rea educativa, os indivduos tendem amoldar os conceitos de acordo com seu foco particular.Alguns discutem a educao multicultural como uma mudana de currculo, talvez to simples quanto adicionar

    materiais e perspectivas novas e diversas para ser mais inclusivo para as minorias tradicionais. Outros discutemo ambiente da sala de aula ou as formas de ensino que se ajustam a certos grupos eapresentam barreiras para outros. Outros ainda focalizam nas questes institucionais esistmicas como as discrepncias de acompanhamento, testes padronizados efinanciamento.Alguns vo mais alm, insistindo na mudana educacional com parte de uma

  • 8/9/2019 CTM - Course 4 - Portuguese

    2/23

    transformao social, onde criticamos e exploramos mais profundamente as basesopressivas da sociedade e como a educao serve para manter o status quo, como porexemplo, a supremacia branca, o capitalismo, as situaes socioeconmicas globais e aexplorao.Apesar da variedade de conceitos diferentes sobre educao multicultural (alguns dosquais sero tratados mais adiante), vrios ideais compartilhados fornecem uma base

    para seu entendimento. Enquanto alguns focalizam estudantes ou professores, e outrosso mais amplos nessa definio, estes ideais esto todos, em suas razes, ligados atransformao. Todo aluno deve ter uma oportunidade igual para alcanar totalmente seu potencial. Todo aluno deve estar preparado para participar competentemente de uma sociedade

    cada vez mais intercultural. Os professores devem estar preparados para facilitar eficientemente o aprendizado de

    cada aluno, no importando se sua cultura similar ou diferente. As escolas devem ser participantes ativas para eliminar a opresso de todas as

    formas; inicialmente eliminando-a internamente, e produzindo alunos critica esocialmente ativos.

    A educao deve focar cada vez mais no aluno inserindo suas vozes e experincias.Os educadores, ativistas e outros devem participar ativamente no reexame de todas asprticas educacionais e de como elas afetam o aprendizado dos alunos: mtodos detestagem, modelos de ensino, avaliao e classificao, psicologia escolar eaconselhamento, materiais educacionais, etc. (adaptado de Defining MulticulturalEducation de Paul Gorski e Bob Covert 1996, 2000 www.edchange.org)

    Identidades tnica, Nacional e Global

    Toda criana vai escola com uma identidade tnica sendo essa identificao conscienteou no. Essa identificao deve ser reconhecida e respeitada pelo professor. Deve ser a

    base para as atividades de aprendizagem na sala de aula. Este reconhecimento dasidentidades tnicas individuais so o ponto de partida, um ponto de conexo entre oprofessor e o aluno e os alunos entre si. a base da construo do processo deaprendizado, que requer saber se a criana se relaciona a este processo e o contedo aser dado. Esta identificao tnica um ponto focal contnuo pelo qual o processoeducacional e a base para o desenvolvimento do prximo nvel de identificao, que sera identidade nacional.A identidade nacional do indivduo requer seu entendimento e comprometimento com osideais democrticos como a dignidade humana, justia e igualdade. Neste caso o foco transformar o aluno em membro efetivo de uma sociedade democrtica. Uma identidadenacional forte essencial para o desenvolvimento de uma identidade global forte.

    Como nossa sociedade se torna cada vez mais dependente de outras sociedades, extremamente importante que as escolas trabalhem com os problemas mundiais deforma ampla. O desenvolvimento da identidade global permite que o aluno tenha aoportunidade de ver como nossa nao se enquadra na sociedade mundial. Isso faz comque o aluno entenda melhor que as aes de uma nao no podem ser vistas apenascom relao quela nao, mas sim em termos dos seus efeitos em todo o mundo.Crianas que desenvolveram tanto uma identidade tnica forte quanto uma identidadenacional tambm podero desenvolver uma identidade global, que dever torn-loscidados melhores para a comunidade mundial.Neste momento histrico, importante perceber que essas identidades so hierrquicas.Em outras palavras, o currculo e as necessidades de aprendizado devem procederreconhecendo inicialmente a identidade tnica, passando a identidade nacional efinalmente a identidade global. O desenvolvimento das identidades nacional e globaldepende do desenvolvimento da identidade tnica. Tambm importante notar que asidentidades individuais no so estticas, mas evoluem continuamente, e por isso

  • 8/9/2019 CTM - Course 4 - Portuguese

    3/23

    importante que o currculo d nfase a todas as trs identidades como progressos deaprendizagem. (adaptado de Multicultural Education: Issues and Perspectives, JamesBanks e Cherry Banks, 1997, 1989.)Suposies(Adaptado do trabalho de Hernandez, Multicultural Education: A teacher's guide tocontent and process , 1989.)

    1. Por razes polticas, educacionais, sociais e econmicas cada vez maisimportante reconhecer o pas como uma sociedade culturalmente variada.

    2. A educao multicultural deve ser para todos os alunos.3. A educao multicultural sinnimo de ensino efetivo.4. O ato de ensinar um encontro de culturas.5. O sistema educacional no tem servido igualmente todos os alunos.6. A educao multicultural deve ser sinnimo de inovao e reforma educacional.7. Aps os pais (ncleo primrio) os professores so o fator mais importante da vida

    das crianas.8. A interao na sala de aula entre aluno e professor constitui a parte mais

    importante do processo educacional para a maioria dos alunos.Objetivos1. Fazer todo aluno atingir seu potencial.2. Aprendercomo aprendere apensarcriticamente.3. Encorajar os estudantes a participar ativamente de sua prpria educao

    utilizando suas histrias e experincias no alcance do aprendizado.4. Lidar com estilos de aprendizado diversos.5. Reconhecer as contribuies dos diferentes grupos que ajudaram na constituio

    do conhecimento.6. Desenvolver atitudes positivas em relao aos grupos de pessoas diferentes.7. Tornar os alunos bons cidados da escola, da comunidade, do pas e do mundo.

    8. Aprender a avaliar o conhecimento de diferentes perspectivas.9. Desenvolver as identidades tnica, nacional e global10.Fornecer habilidades para tomada de deciso e anlise crtica para que os alunos

    possam fazer melhores escolhas na sua vida cotidiana.Princpios(Adaptado de: Gordon e Roberts, Report of social studies syllabus review anddevelopment committee, 1991)

    1. A seleo do contedo da matria deve ser culturalmente inclusiva, baseada empesquisa atualizada; Esta incluso dever incorporar opinies e interpretaesdiferentes.

    2. O contedo selecionado para incluso dever representar diversidade e unidade

    entre e dentro dos grupos.3. O contedo selecionado para incluso dever ser ajustado de acordo com seuperodo e local.

    4. O contedo selecionado para incluso dever priorizar a qualidade e no aquantidade.

    5. As perspectivas multiculturais devem disseminar todo o currculo desde aalfabetizao.

    6. O contedo da matria deve ser tratado como uma construo social e portantopassvel de experimentao, como todo o conhecimento.

    7. O ensino das matrias deve ser construdo a partir das experincias e doconhecimento que os estudantes trazem em suas vidas.

    8. A pedagogia deve incorporar uma gama de modos interativos de ensino eaprendizagem para nutrir o conhecimento (ao invs de uma aprendizagem pormemorizao), examinar as controvrsias e promover um aprendizado mtuo.

    Leitura requerida PDF: Refletindo sobre Multiculturalismo Pessoal

  • 8/9/2019 CTM - Course 4 - Portuguese

    4/23

    O que posso fazer?1) Posso escrever reflexes explorando meu prprio processo de

    desenvolvimento da identidad