Cu r so de Especiali z aç ão em A t en ç ão Bási c a em ... ?· Foi realizada uma revisão bibliográfica…

Embed Size (px)

Text of Cu r so de Especiali z aç ão em A t en ç ão Bási c a em ... ?· Foi realizada uma revisão...

  • Curso de Especializao em Ateno Bsica em Sade da Famlia

    Ministrio do

    Desenvolvimento, Industria

    e Comrcio Exterior

    Ministrio da

    Educao

    cido acetilsaliclico em baixa dose: indicao para preveno primria de

    doena cardiovascular em idosos e anemia associada

    Tatiana Corra Ornelas *; Marlene Azevedo Magalhes Monteiro**

    *Mdica do PSF de Caldas Contato: tornelas21@yahoo.com.br ** Orientadora

    INTRODUO

    A doena cardiovascular (DCV), incluindo a doena

    coronariana e cerebrovascular so importantes causas de

    morte no Brasil, no mundo e na populao idosa

    (CHAIMOWICZ, 2009). O cido acetilsaliclico (AAS) em baixas

    doses tem sido cada vez mais usado como antiagregante

    plaquetrio (GASKELL et al, 2010). A preveno e o

    tratamento de DCV tm grande importncia clnica e em

    sade pblica todo o mundo (HENNEKENS, 2002).

    OBJETIVO

    Estudar o uso de cido acetilsaliclico para preveno

    primria de doenas cardiovasculares em idosos e sua

    correlao com anemia ferropriva.

    METODOLOGIA

    Foi realizada uma reviso bibliogrfica sobre o uso de cido

    acetilsaliclico para preveno primria de doenas

    cardiovasculares em idosos e sua correlao com anemia

    ferropriva. Consultaram-se as bases de dados Lilacs, Pubmed,

    Medline e Google Scholar. Foram utilizados os unitermos

    aspirina, cido acetilsaliclico, idoso, preveno, anemia no

    perodo de 1998 a 2011.

    RESULTADOS

    O AAS indicado em homens de 45 a 79 anos quando o risco

    de infarto agudo do miocrdio supera o risco de hemorragia

    gastrintestinal. O AAS reduz o risco de acidente vascular

    cerebral em mulheres de 55 a 79 anos. O AAS reduz o risco

    de AVC em idosos com fibrilao atrial crnica com contra-

    indicao para uso de anticoagulante oral. O uso de AAS

    aumenta o risco de lcera pptica e sangramento

    gastrintestinal, sendo maior em idosos. No est claro se o

    uso de AAS para preveno de DCV em idosos sem

    hemorragia manifesta causa anemia em idosos.

    CONCLUSO

    Ainda no est claro se o uso de cido acetilsaliclico para

    preveno de DCV em idosos sem hemorragia manifesta

    causa anemia, sendo necessrios mais estudos sobre este

    tema.

    REFERNCIAS BIBLIOGRFICAS CHAIMOWICZ F. et al. Mortalidade de idosos. In: Sade do Idoso. Belo Horizonte: Coopmed, 2009; p. 34-39. GASKEL H. et al. Is there an association between low dose aspirin and anemia (without overt bleeding)?: narrative review. BMC Geriatrics v.10, n. 71, p.-1-7,2010.Disponvel em: . Acesso em 4 ago. 2011. HENNEKENS C.H. Update on Aspirin in the Treatment and Prevention Cardiovascular Disease. The American Journal of Managed Care, v. 8, n.22, p.S691-S700, 2002. Disponvel em:< http://www.ajmc.com/media/pdf/A48%20_2002decHennekensS691.pdf >. Acesso em 21 ago. 2011.

    Plo Campos Gerais

    mailto:tornelas21@yahoo.com.brmailto:tornelas21@yahoo.com.brmailto:tornelas21@yahoo.com.brmailto:tornelas21@yahoo.com.brmailto:tornelas21@yahoo.com.brmailto:tornelas21@yahoo.com.brmailto:tornelas21@yahoo.com.brhttp://www.ajmc.com/media/pdf/A48 _2002decHennekensS691.pdf