CURRICULUM VITAE - Reposit³rio Digital de Publica§µes ... A elabora§£o do Curriculum Vitae

  • View
    214

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of CURRICULUM VITAE - Reposit³rio Digital de Publica§µes ... A elabora§£o do...

Ana Paula Figueira Banza de Figueiredo Santos

CURRICULUM VITAE

Universidade de vora

2014

2

3

Ana Paula Figueira Banza de Figueiredo Santos

CURRICULUM VITAE

Para admisso a provas de Agregao na Universidadede vora,

em conformidade com o estabelecido no artigo 8 do

Decreto-Lei n 239/2007, de 19 de Junho de 2007.

Universidade de vora

2014

4

5

ndice

Nota prvia 7

1. Dados pessoais 11

2. Formao acadmica 11

3. Actividade profissional 11

4. Actividade pedaggica 12

4.1. Licenciaturas/1 Ciclo 12

4.2. Mestrados/2 Ciclo 15

4.3. Doutoramentos/3 Ciclo 15

5. Orientao de trabalhos acadmicos 16

5.1. Estgios 16

5.2. Teses 17

5.2.1. Doutoramento 17

5.2.2. Mestrado 17

5.2.3. Outras orientaes 18

6. Participao em jris 18

6.1. Participao em jris de doutoramento e de mestrado como Arguente 18

6.2. Participao em jris de doutoramento e de mestrado como membro

do jri 18

7. Actividade cientfica 20

7.1. Participao em projectos e contratos de investigao 20

7.2. Organizao de eventos cientficos (participao em comisses

cientficas e/ou organizadoras) 23

7.3. Participao em eventos cientficos (com comunicao) 25

7.4. Membro de organizaes cientficas e centros de investigao 28

7.5. Membro de conselhos editoriais ou avaliador de publicaes

cientficas 29

7.6. Actividades de difuso e de divulgao da cincia 29

8. Bibliografia 30

8.1. Livros 30

8.2. Livros coord. 31

8.3. Artigos e recenses inseridos em publicaes cientficas peridicas 32

6

8.4. Captulos e prefcios de livros e artigos inseridos em obras colectivas 35

8.5. Teses 40

9. Exerccio de cargos e funes acadmicas 40

10. Participao em rgos colegiais 41

11. Actividades de formao 42

12. Jris de prmios e de concursos 42

Anexo: Trabalhos apresentados (Decreto-Lei n.o 239/2007, de 19 de Junho,

Artigo 8, alnea d)) 43

7

Curriculum Vitae

de

Ana Paula Figueira Banza de Figueiredo Santos

Nota prvia:

A elaborao do Curriculum Vitae no contexto de provas de Agregao constitui

um momento de auto-reflexo, um balano, do percurso cientfico, pedaggico e

acadmico do candidato, que se reflecte, em princpio, na(s) rea(s) em que as provas

so requeridas. E assim deve ser, porquanto, em meu entender, a coerncia deve ser um

princpio norteador em qualquer percurso, profissional ou pessoal. No meu caso, ao

requerer provas de Agregao em Lingustica, nas reas da Histria da Lngua

Portuguesa e Crtica Textual, foi nessa perspectiva que elaborei o curriculum que

abaixo se apresenta.

Docente da Universidade de vora desde 1991 ano em que, ainda mestranda

em Lingustica Portuguesa Histrica na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa,

fui seleccionada num concurso aberto pela Universidade de vora para preenchimento

de uma vaga em Introduo aos Estudos Lingusticos o meu percurso profissional tem

sido absolutamente linear, uma vez que, licenciada apenas em 1988, com vinte e dois

anos, no tinha ainda, ao ingressar como docente na Universidade de vora, outra

experincia profissional, alm da bolsa de investigao no mbito da qual, entre 1989 e

1991, tive uma primeira experincia de trabalho com os investigadores do Grupo de

Dialectologia do Centro de Lingustica da Universidade de Lisboa (CLUL); experincia,

a todos os ttulos, to enriquecedora como gratificante.

, pois, enquanto docente da Universidade de vora que tenho construdo

praticamente todo o meu percurso. E, enquanto docente desta Universidade, desde o ano

lectivo de 1991/92, tenho sido responsvel e/ou leccionado vrias disciplinas da rea da

Lngua e Lingustica portuguesas a vrios cursos de primeiro ciclo de diferentes

departamentos. Ainda que, devido especificidade das diferentes formaes e

respectivos planos curriculares, tenha havido necessidade de adaptar contedos e

metodologias, todas as disciplinas leccionadas se situam no meu domnio de formao:

8

Licenciatura em Lnguas e Literaturas Modernas Estudos Portugueses e Franceses,

Mestrado em Lingustica Histrica e Doutoramento em Histria da Lngua Portuguesa.

Por contingncias internas de distribuio de servio docente, no tem sido possvel

assegurar regularmente disciplinas especficas na rea da Histria da Lngua Portuguesa

e, no domnio dos segundos e terceiros ciclos, muito recentes no Departamento de

Lingustica e Literaturas da Universidade de vora e, infelizmente, com poucos alunos,

tm tambm sido poucas as oportunidades para leccionar, em nvel ps-graduado,

disciplinas mais especficas de cariz histrico e de Crtica Textual, apesar de ser

responsvel e/ou docente em vrias. Pelas mesmas razes, escasso o nmero de

orientandos e de teses defendidas.

O meu percurso cientfico, em particular no ps-doutoramento, tem seguido,

tambm ele, sem desvios de maior, um fio condutor com origem: por um lado, na

extensa investigao desenvolvida para a elaborao da tese de doutoramento, projecto

pr-Bolonha, de longo curso e largo flego, na rea da Histria da Lngua Portuguesa

Crtica Textual; e, por outro, no meu interesse e trabalho j desde os tempos em que

era bolseira de investigao no grupo de Dialectologia do CLUL e aluna de mestrado no

Seminrio de Dialectologia leccionado pelo saudoso Professor Lindley Cintra na rea

da Variao Dialectal. Tm, pois, sido sempre as instncias de variao, diacrnica e

sincrnica (diatpica), os objectos do meu interesse e do meu trabalho no domnio da

investigao, ainda que nem sempre, por contingncias da Instituio, no domnio do

ensino.

Reflectem as linhas condutoras deste percurso, antes de mais, os Centros e

outras organizaes cientficas de que sou membro e, em particular, os projectos em que

venho trabalhando: Edies Digitais para a Histria da Lngua Portuguesa (scs.

XVI-XIX) e Sermes, do Padre Antnio Vieira Edio Crtica, nas reas da

Histria da Lngua Portuguesa e Crtica Textual, e Preservao e valorizao do falar

Barranquenho, na rea da Variao diatpica. Nesta ltima rea, situam-se tambm as

teses de mestrado e doutoramento que venho orientando, sobre variedades dialectais

e/ou nacionais do Portugus. Da mesma forma, os jris em que tenho participado, os

diversos eventos que tenho organizado (enquanto membro de comisses cientficas e/ou

organizadoras), as comunicaes proferidas e os textos, de diferentes naturezas,

constantes da Bibliografia, produzidos ou em elaborao at ao momento, inserem-se no

mbito destes projectos e/ou das respectivas reas cientficas.

9

Finalmente, no