Curso de Vôo Por Instrumentos Nos ?· O giro direcional permite ao piloto terminar as curvas e manter…

  • View
    212

  • Download
    0

Embed Size (px)

Transcript

  • Curso de Vo Por Instrumentos NosSimuladores

    Paulo Marcelo Soares

  • Curso de Vo por Instrumentos nos SimuladoresFlight-Simuleteiros de todo o mundo UNI-VOS!!

    Ol a todos! Meu nome Paulo Marcelo Soares, tenho 26 anos, vo desde os 16 e atualmente trabalho comoco-piloto de Fokker-100 na TAM. Possuo cerca de 3000 horas de vo, sendo 1800 como comandante de bimotores,especialmente o E-810 Seneca II que pilotei para uma firma de engenharia de Belo Horizonte, MG, e o Cessna-310.Alm de 400 horas como co-piloto de F-100. Acessando a Internet, notei um grande interesse por parte de seusparticipantes em aprender os fundamentos do vo IFR. Creio que os simuladores de vo, especialmente o ATP daSublogic e o FS 5 da Microsoft podem ser timas ferramentas para o treinamento do vo IFR. Logicamente, apenas otreinamento nestes simuladores no suficiente para habilitar um piloto a voar em condies meteorolgicas IFRreais, porm, podem tornar-se muito teis para aqueles que j sabem voar IFR e desejam aperfeioar a indispensvelagilidade mental necessria para a operao em condies meteorolgicas adversas. Iniciarei um breve curso de vopor instrumentos para os Simuladores de Vo FS 5.X e ATP. Deve-se ter em mente que este um curso destinado amostrar apenas os aspectos bsicos do vo IFR, por isso, alguns pontos podem ser tratados um tanto quantosuperficialmente. Para quem quiser se aprofundar no assunto, recomendo a leitura de livros especficos. Podemgeralmente ser encontrados nas livrarias dos aeroportos. Em So Paulo eu recomendo a Espao Areo, e a Go-Ahead's, ambas localizadas no Campo de Marte. No Rio e em Belo Horizonte, recomendo a Skyshop, nos aeroportosSantos Dumont e Pampulha, respectivamente. Em Goinia h tambm uma livraria muito boa no Aeroporto SantaGenoveva. Crticas e/ou comentrios sero bem recebidos no meu endereo Internet PMSoares@flyvba.com.br ouainda zordack@crewmembers.com ou ainda p.soares@net.em.com.br , que terei o maior prazer em resolv-la.Tambm posso ser encontrado na lista FSIM-BR. Para se inscrever na lista, mande um mail sem subject paralistproc@ecv.ufsc.br Na primeira linha da mensagem escreva apenas: subscribe fsim-br .

    No FS 5. X ser usado o Cessna 182 como avio padro. Para o pessoal do ATP ser criado um capitulo parte. Logicamente, todas as informaes aqui contidas se aplicam a qualquer outro simulador de vo.

    Devo ainda alertar a todos de que este curso tem carter informal, com informaes destinadas ao usoexclusivo em simuladores de vo e no deve encorajar o seu leitor a voar em condies IFR em aeronavesreais de qualquer tipo caso ele no seja habilitado. O autor no se responsabiliza por qualquer dano quevenha a ser causado pelas informaes contidas neste texto.

    Para fazer esse curso, contei com a valiosssima colaborao do Tenente-Coronel Aviador Francisco XavierSilva dos Santos, que fez a reviso geral do texto, acrescentando mais detalhes e colocando toda a sua experincia demais de 40 anos de vo, tanto na Fora Area Brasileira, quanto na Aviao Comercial, a fim de garantir a qualidadedesta obra. Outra colaborao valiosa foi do Cludio Henrique Fortes Flix, que contribuiu para a melhoria do lay-outdos textos. Ns gastamos muito tempo e esforo para preparar esse curso. Eu vejo a Internet como um meio dedivulgar conhecimento. Por isso esse curso est sendo distribudo de graa. Voc tem permisso para repassar esseprograma para quem quiser, desde que seja gratuitamente. O autor probe terminantemente a incluso deste materialem qualquer mdia (impressa ou eletrnica) destinada venda, bem como a publicao deste material em qualquertipo de mdia impressa ou eletrnica (incluindo sites na Internet) assim como a alterao do formato deste arquivo e/ouseu contedo sem prvia consulta ao autor. Para visualizar melhor as figuras do texto necessrio que o seu Windowsesteja operando no modo SVGA com 256 cores.

    O Que o vo por instrumentos (IFR): O vo por instrumentos quando temos que pilotar nossa aeronave sem as referncias visuais externas. Paraisso, so usados os instrumentos de Vo (Velocmetro, Altmetro, Climb, Turn and Bank e o HORIZONTE ARTIFICIAL,que o instrumento bsico para se voar IFR) e os instrumentos de navegao (VOR, ILS, ADF, e Giro Direcional). NoCessna 182 temos no painel de instrumentos o seguinte arranjo (Figura 1): Creio que todos j fazem alguma idia dasfunes do Velocmetro, Altmetro, Climb e Giro direcional, por isso no vou entrar em muitos detalhes. Mas, uma vezque este trabalho tambm dirigido a micreiros que ainda no so pilotos, seria bom dizer alguma coisa sobre o querealmente significa a indicao desses instrumentos em aviao:

    Os velocmetros dos avies, s podem ser interpretados diretamente quando o avio voa no nvel do mar e naatmosfera padro. Com o acrscimo de altitude e com as variaes da densidade do ar, certas compensaes devemser consideradas para obter a verdadeira velocidade do avio em relao ao solo. importante transmitir aos leigosque , por exemplo, 100 ns de velocidade indicada ao nvel do mar, correspondem a cerca de 121 ns de velocidadeaerodinmica a 10.000 ps de altitude numa ISA + 10 ( International Standard Atmosphere mais 10 graus centgradosao nvel do mar). Nos avies modernos o piloto dispe automaticamente das indicaes de trs velocidades: aindicada (VI, ou IAS em ingls); a aerodinmica verdadeira (VA ou TAS em ingls) e a VS (GS em ingls - que avelocidade em relao ao solo). Nos avies mais antigos o piloto usa computadores mecnicos, bacos e/ou tabelaspara calcular essas velocidades. Como regra geral admitimos que a VA aumenta 2% a cada 1000 ps.

    O climb outro instrumento importante e de utilizao pouco conhecida pelos leigos. Devo esclarecer que eleindica a velocidade vertical de subida ou descida do avio em ps por minuto. um instrumento muito sensvel,e que indica de imediato a tendncia de subir ou descer com maior presteza que o altmetro baromtrico.Antes que este ltimo comece a acusar as variaes, o climb j ter disparado para baixo ou para cima, advertindoao piloto de que ele ganhar ou perder altura imediatamente a seguir, se no compensar variando seu ngulo de

  • arfagem com presteza. Esse instrumento tem a mesma utilidade quando o piloto deseja manter uma razo fixa desubida e principalmente de descida nos procedimentos efetuados sob IMC (Instrument Meteorological Conditions).

  • O giro direcional permite ao piloto terminar as curvas e manter o curso desejado com preciso, o que no possvel usando somente a bssola magntica devido sua momentnea instabilidade direcional na complementaodas curvas para os rumos desejados. Devido precesso giroscpica, o giro direcional pode defasar, devendo entoser corrigido de acordo com o rumo indicado na bssola, principalmente aps curvas prolongadas. No FS 5 voc podeselecionar a opo do giro direcional no defasar.

    O Horizonte Artificial:

    Tambm conhecido como AI (Attitude Indicator) ele mostra ao piloto qual a posio da aeronave em relao aohorizonte. Tem 2 movimentos. Um lateral, que mostra a inclinao da aeronave no seu eixo de rolamento (BANK) e umque mostra a inclinao em relao ao seu eixo longitudinal (PITCH). O BANK variado usando-se os ailerons, e opitch usando-se os profundores e/ou o compensador ( 7 e 1 do teclado numrico ).

    Se voc olhar no topo do AI ver 8 traos radiais, sendo 6 relativamente prximos do topo e outros 2 maisafastados. So os indicadores de inclinao. Cada tracinho representa 10 graus de bank. Os outros dois maisafastados indicam que o avio est inclinado a 60 graus. Durante o vo IFR no se deve ultrapassar 30 graus deinclinao (fig. 2).

  • O Turn and bank:

    O Turn and Bank, divide-se em dois instrumentos. O Turn Coordinator, aquela bolinha que serve para indicar se acurva est coordenada. Como geralmente voamos com o Auto-Coordinator ligado, no falaremos sobre coordenao.O outro indicador o Rate of Turn. Aquele avio que inclina para o lado da curva que fazemos. Ele indica a razo decurva (em graus por segundo) que o avio est fazendo. Todos os procedimentos IFR usam uma razo padro de 3graus por segundo, que indicada por aquelas duas marcas brancas no meio do instrumento (fig. 3). Note que quantomais rpido estiver o avio, mais voc ter que inclin-lo para manter a razo de curva desejada.

    OS INSTRUMENTOS DE NAVEGAO:

    O Vo IFR no avio em causa, feito com a ajuda dos seguintes instrumentos de navegao: VOR/LOC eADF. Atualmente existem outros auxlios navegao, como o INS, o LORAN e o GPS, que ao que tudo indica, devetornar-se o mtodo de navegao do futuro. O ATP possui um sistema rudimentar de INS.

    Os VOR/LOC so aqueles instrumentos direita do Altmetro e do Climb. O ADF ativado no FS 5.Xapertando-se as teclas SHIFT+TAB. Veja a figura 4.

    O ADF:

    O mais simples instrumento de navegao o ADF (Automatic Direction Finder). Foi o primeiro auxlio-rdiopara o vo IFR. Surgiu por volta de 1923 e usado at hoje. Utiliza-se de sinais em AM de estaes transmissoraschamadas de NDB (Non Directional Beacon) ou radiofarol, ou ento de emissoras de rdio em AM comuns (Broadcasts).Consiste o ADF um receptor e de uma unidade receptora. Vamos primeiro analisar o seu mostrador. Eleconsiste de um ponteiro, que gira sobre um mostrador dividido em 360 graus. Veja a figura.

    Cada um dos nmeros indica uma Marcao Relativa. Se o ponteiroest apontando para o zero, significa que o NDB est na sua proa. Caso eleesteja apontando para o 3, porque o NDB est 30 graus direita. Se eleest apontando para o nmero 30, porque a estao est 60 graus esquerda, ou seja, MR de 300 graus. Apontando para o nmero 27 significaque o NDB est no travs esquerdo, ou seja, MR de 270 graus. Caso oponteiro esteja apontando para o nmero 18, porque o NDB estdiretamente na cauda da aeronave, ou seja, MR de 180 graus.

  • QDM e QDR (no cdigo Q) (Marcao magntica e Linha de Posio):

    O cdigo Q foi co