CURSO ETIQUETA EMPRESARIAL

  • View
    281

  • Download
    5

Embed Size (px)

Text of CURSO ETIQUETA EMPRESARIAL

ETIQUETA SOCIAL E E M P R E S A R I A LCom Alayde de Oliveira Santos

PESQUISA NOS E.U.A.Universidade de Harvard, Fundao Carnigie of Technology e Instituto de pesquisa de Stanford: A chave para conseguir se manter ou ser promovido no trabalho, depende 85% de habilidades pessoais, (comportamento, postura, atitudes, etc.) e somente 15% do conhecimento e qualificaes tcnicas .

OBJETIVO

Mostrar algumas estratgias de relacionamento mais produtivas, facilitando a convivncia social e tica com seus representantes e gestores. Melhorar a qualidade e produtividade do atendimento, atravs do encantamento dos Clientes. Divulgar uma boa imagem pessoal e da Empresa.

Portar-se com autoconfiana e desenvoltura, evitando a perda de negcios importantes e problemas de atendimento, por no observar as regras bsicas de conduta.

O QUE ETIQUETA?Etiqueta um cdigo de relacionamento que se permite viver em harmonia dentro de um ambiente social ou profissional.

HISTRICO DA ETIQUETA

ETIQUETA SOCIAL, EMPRESARIAL/PROFISSIONAL E CERIMONIAL / PROTOCOLONOES DE PROTOCOLO Precedncias Ex. no avio: A pessoa mais importante entra por ltimo e sai primeiro.

O convidado de honra deve ser o primeiro a entrar no carro e tem seu lugar cativo: no banco de trs, direita em relao ao motorista.

A ETIQUETA EMPRESARIAL COMO ALIADA PARA O SUCESSO PROFISSIONALA imagem de um profissional construda por suas capacidades, competncia (qualificaes tcnicas) e tambm por seus hbitos e atitudes : seu comportamento dentro da organizao.

O profissional que conhece e aplica as regras de etiqueta possui ferramentas poderosas que o levaro ao sucesso profissional.

MARKETING PESSOAL

Marketing Pessoal a ferramenta mais eficiente de fazer com que seus pensamentos e atitudes, sua apresentao e comunicao, trabalhem a seu favor no ambiente profissional. Alm desses detalhes, o cuidado com a tica, etiqueta, a capacidade de liderar, a habilidade de se automotivar e de motivar as pessoas a sua volta, tambm fazem parte do Marketing Pessoal.

MARKETING PESSOALO primeiro passo construir uma auto-imagem positiva e otimista. Como nos ensina as sucedidas estratgias do marketing tradicional, todo produto necessita de uma boa embalagem. Portanto, cuide da sua comunicao, educao e apresentao pessoal, pois so o seu carto de visitas. Demonstre iniciativa, persistncia e motivao em tudo que faz. Certamente isto atrair a ateno das pessoas, identificando-o como algum interessante e interessado.

MARKETING PESSOALFique atendo ao feedback. Saber o que as pessoas pensam a seu respeito pode ajudar a mudar pequenos hbitos e costumes. Muitas vezes pela presso do dia-a-dia, esquecemo-nos das pessoas consideradas "sem importncia", como o porteiro, a faxineira etc. Porm, imagine o mundo sem o trabalho e a dedicao destas pessoas? Lembre-se: todos so importantes e assim devemos nos sentir ! Outra estratgia interessante para o aprimoramento dirio utilizar a tcnica do benchmarking. Normalmente utilizado pelas empresas, ou seja, aprender com elas como desenvolver as caractersticas que as tornam to especiais.

MARKETING PESSOAL

Seja justo e pontual com seus compromissos. Atenda as pessoas rapidamente, se no for possvel pessoalmente, escreva, telefone, mas responda as chamadas depressa ! No seja egosta, saiba atender um pedido, auxilie, preste ajuda. Muitas vezes uma ajuda desinteressada pode transformar-se em uma grande amizade ou a conquista da admirao pelas demais pessoas. Tenha prazer no que faz e faa com prazer, pois se voc no fizer por voc, quem o far?

MARKETING PESSOAL

Tente sinceramente no dizer nada negativo ou de julgamento sobre outra pessoa durante todo um dia. A disciplina verbal pode se tornar um hbito e vale a pena. O networking um conjunto de tcnicas, cujo objetivo estimular um comportamento natural de ajuda recproca em todos aqueles que tomam conscincia de que estamos em interdependncia na rede de relacionamentos humanos. Venda corretamente sua imagem: ser competente e parecer competente.

Caractersticas de um bom profissional1. Afinidade com a empresa Partilha os objetivos da empresa, e por isso sente que o sucesso da empresa o seu prprio sucesso. 2. Ambio Um bom profissional ambiciona ir mais alm na sua atividade. 3. Auto-motivao No espera estmulos externos para desenvolver a sua atividade. No necessita de motivao contnua. 4. Autonomia Tem iniciativa prpria, no espera que as coisas aconteam. Para isso, planeja as suas atividades.

Caractersticas de um bom profissional5. Comunicao Um bom profissional sabe exprimir as suas idias. Tem a capacidade de se fazer entender. 6. Cumprimento de objetivos Estabelece e compromete-se com objetivos, e faz tudo o que pode para cumpri-los. orientado para os resultados. 7. Flexibilidade Procura adaptar-se a mudanas, que encara como oportunidades, no como ameaas. Est aberto a desafios. 8. Inovao Procura apresentar novas idias. Procura ser criativo e encontrar novos mtodos de trabalho.

Caractersticas de um bom profissional9. Integrao Procura integrar-se no esprito da empresa, procura assimilar a cultura e valores da mesma. 10. Trabalho em equipe Gosta de trabalhar em equipe. No se importa de ajudar os outros (embora no descuide de seu trabalho). 11. Sabe gerenciar o tempo Define prioridades, e no "perde" o seu tempo com questes pouco importantes.

IMAGEM

A primeira impresso a que fica.

Saiba que so necessrios apenas 30 segundos para formarmos uma primeira impresso a respeito de algum.

IMAGEMPersona. Apresentao pessoal: (aparncia fsica, higiene, trajes e postura). Como se vestir adequadamente: assunto no somente a indumentria correta, mas tambm as observaes do sensual, do vulgar e da elegncia. A sua roupa fala!

IMAGEM

Vesturio e tipo fsico importante tambm avaliar: - cor da pele, dos cabelos e dos olhos. - senso crtico. - bom gosto. E a vestimenta tambm muda de acordo com: - a situao. - o lugar. - o horrio.

IMAGEMA roupa est diretamente ligada aos fenmenos scio-culturais, polticos, econmicos e psicolgicos da pessoa, alm de oferecer bem-estar e satisfao interior.

Elegncia um conjunto harmonioso de gestos, atitudes, expresses, palavras, tom de voz, procedimentos civilizados, normas de conduta, postura fsica e de vida, bom gosto, senso, discrio.

IMAGEMGuarda-roupa bsico Para manter um guarda-roupa prtico, econmico e equilibrado: - um guarda-roupa bsico baseado numa cor bsica, neutra e deve ser complementado por echarpes, blusas e acessrios que realam e valorizam a roupa. - roupas de cores discretas. - roupas de cores escuras, que sujam bem menos do que as cores claras.

IMAGEMCores bsicas Cinza Em especial o cinza chumbo, que pode ser usado em todas as estaes do ano e facilmente transformado com o uso de acessrios. Preto A cor bsica e preferida pela maioria das pessoas. Combina com todas as cores e d a impresso de emagrecer a silhueta, aparentando certa elegncia.

IMAGEMCores bsicas Bege As peas dessa cor se sujam com muita facilidade, assim como todas as roupas de cores claras. a cor menos flexvel para a noite. Marrom a cor menos prtica das consideradas bsicas e no muito apropriada para a noite. De fcil combinao com o bege e o preto.

IMAGEMCores bsicas Azul marinho Cor sbria, clssica e preferida pela maioria dos homens e mulheres de negcios. Branco Cor bsica, alternativa e complementar. Os acessrios desta cor podem fazer um contraste perigoso, dando um efeito negativo a sua produo.

IMAGEMCores bsicas Voc pode:-

usar um vestido branco com uma bolsa preta.

Mas evite: - usar uma roupa preta com uma bolsa branca. - usar roupa preta com meias brancas - usar roupa preta com sapato branco ou marrom.

IMAGEMAlguns cuidados na hora de se produzir / Mulher

Use no mximo trs tons de cores diferentes. Estando com uns quilinhos a mais, evite roupas justas, coladas no corpo ou decotes extravagantes. Evite usar cala de cintura alta com top ou mini-blusa, pois essa combinao d a iluso de maior comprimento das pernas, diminuindo a parte superior do corpo. Abrigos de moletom s devem ser usados para a prtica de exerccios.

IMAGEMAlguns cuidados na hora de se produzir / MulherCuidado com estampas diferentes; tente manter o equilbrio usando um tom neutro para contrabalanar. No use sapatos brancos ou marrons com roupa preta. Roxo s combina com preto ou branco Com calas muito justas ou vestidos colados no corpo, evite o uso de lingerie marcante que chame muita ateno.

IMAGEMAlguns cuidados na hora de se produzir / HomemPrefira ternos escuros. Pesquise tecidos que melhor se adaptam sua regio e estilo pessoal. A meia uma extenso da cala. Evite gravatas de bichinhos, de croch ou frouxa no colarinho. A barba deve ser feita todos os dias. Cuidado com a combinao calado e cala.

LINGUAGEM CORPORALManeira de caminhar: Quando se caminha de ombros cados, a imagem que se passa a de uma pessoa cansada, desanimada e atormentada por algum problema. Quem confiante caminha com passos firmes e decididos e ombros no lugar certo.

LINGUAGEM CORPORALO olhar: Durante a conversa, devemos direcionar o nosso olhar para os olhos do interlocutor, estabelecendo uma espcie de tringulo imaginrio, cujo vrtice seria o nariz. Ampliando um pouco mais, nosso olhar pode percorrer um tringulo cujo vrtice seria o queixo. Postura em p: Braos cruzados, revelam que estamos na defensiva, querendo nos resguardar de algo; As mos sempre escondidas nos bolsos tambm revelam insegurana; Mos na cintura, tanto em homens como em mulheres, revelam falta de classe;

LINGUAGEM CORPORALPostura sentado:Pessoas elegantes no se jogam nos assentos; Tambm no emitem rudos e murmrios ao se levantar; Homens devem cruzar as pernas procurando no mostrar a sola do sapato; As pessoas que gostam de se sentar nas pontas das cadeiras do a entender que esto querendo fugir, que esto pouco vontade; No se balana o p demonstrando nervosismo.

LINGUAGEM CORPORALComportamentos profissionais inadequados:Coar a cabea com os dedos ou objetos; Examinar a pele ou dentes no espelho, em pblico; Arrastar os ps ao andar; Roer as unhas; Lixar as unhas em pblico; Colocar caneta ou outros materiais na boca; Mascar chiclete em pblico; Pentear os cabelos ou retocar a maquiagem em pblico; Tirar os sapatos em ambiente de trabalho; Espirrar, tossir ou bocejar sem colocar a mo na frente da boca.

COMUNICAOJamais imponha pontos de vista e opinies. Nunca se esquea da tolerncia. Busque sempre o dilogo e a troca de idias. Cuidado ao assumir o ar professoral. Seja humilde!

COMUNICAOSeja natural. Pronuncie bem as palavras. Fale com boa intensidade, velocidade e ritmo.

COMUNICAOElimine a ansiedade. No interrompa o interlocutor, demonstre que voc est ouvindo, faa perguntas. Controle seu tom de voz. Nunca gesticule exageradamente. Evite assuntos polmicos. Nunca deixe transparecer seus problemas pessoais no meio profissional. No trabalho, sempre estamos bem !

EDUCAOO uso de algumas palavras mgicas,como: por favor, por gentileza, com licena, obrigado... importante e elegante lembrar-se de datas de aniversrio, cumprimentar pela manh, desejar um bom dia, um bom final de semana... Evite fofocas e maledicncias no ambiente de trabalho.

EDUCAONunca use palavro, tampouco as grias, os jarges profissionais, o excesso de estrangeirismos, termos eruditos, informatiqus e erros gramaticais. Gerundismo - Pssima imagem tambm ostentam aqueles que s dizem coisas do tipo: Vou estar enviando ou Estaremos entrando em contato.... Procure captar a simpatia de seu interlocutor antes de emitir qualquer palavra.

CUMPRIMENTOSPor que apertos de mo so to importantes? Porque transmitem confiana, ajudam a melhorar o ambiente e a construir relacionamentos.

Apertar a mo com firmeza, mas sem rudeza; Sorria e olhe no olho do interlocutor; O aperto de mos deve partir da pessoa mais qualificada, mais idosa ou de maior cerimnia. Em lugares fechados e formais, cumprimenta-se com o aperto de mos. Em lugares abertos ou com grandes grupos, basta uma reverncia. No se deve recusar uma mo estendida; Evite tapinha nas costas, pois denota muita intimidade.

APRESENTAORegras de apresentaoA pessoa menos importante ser apresentada pessoa mais importante; O jovem ser apresentado pessoa mais velha; O homem ser apresentado mulher; A criana ser apresentada ao adulto; Qualquer pessoa ser apresentada uma autoridade; Quem chega ser apresentado pessoa que j est. Ex: Sra Pessoa Importante, gostaria de lhe apresentar a Sra Outra Pessoa.

Auto apresentao

COMO SE COMPORTAR EM AMBIENTE EMPRESARIAL

Evite falar alto ou rir escandalosamente. Respeite a privacidade dos outros. Cuidado com o palavreado. Obedea as regras da Empresa sobre o fumo.

COMO SE COMPORTAR EM AMBIENTE EMPRESARIALOrganize a papelada. Faa a poltica da boa vizinhana. Respeite os hbitos do colega.

COMO SE COMPORTAR EM AMBIENTE EMPRESARIALEm escritrios abertos ou com divisrias baixas, importante se manter o mximo de tempo concentrado no trabalho para no atrapalhar o vizinho. Se voc daqueles que vive pendurado ao telefone, tome cuidado. Como a linha fica constantemente ocupada, seu colega pode acabar se transformando em ''sua telefonista particular''. Picuinhas.

COMO SE COMPORTAR EM AMBIENTE EMPRESARIALCOMO SE FAZER CRTICAS Faz-la de forma particular. Utilizar a tcnica PNP (Positivo, Negativo, Positivo). Apresentar soluo. COMO RECEBER ELOGIOS Sempre com um muito obrigado(a).

COMO SE COMPORTAR EM AMBIENTE EMPRESARIALNO FAZER:

Ofensas demonstra falta de educao. Crtica destrutiva cria inimizades e denota indiscrio. Palpites se eu fosse voc... lembre-se que voc no o outro. Discusses podem gerar violncias e ofensas pessoais. Gracinhas - fazer-se de engraado no to fcil, pode-se cair no ridculo.

Qualidades e atitudes que devem ser valorizadasAuto-estima Sem ela, nossa tendncia ter um comportamento instvel e muitas vezes contraditrio, influenciado por nossas inseguranas e expectativas em relao s outras pessoas. Cultivar a auto-estima tambm saber cuidar da qualidade dos pensamentos e atitudes, do visual e das maneiras, para que sejam apropriados s circunstncias que vivemos. Respeito A considerao e o respeito ao prximo esto na base da etiqueta. Respeitar o espao e o tempo das pessoas fundamental para as relaes humanas. Mas de nada adianta querer respeitar os outros, se no tivermos esse sentimento em relao a ns e nos acomodarmos ante a falta de cortesia e o abuso que os outros eventualmente tenham para conosco. A considerao ao prximo uma extenso da que temos por ns mesmos.

Qualidades e atitudes que devem ser valorizadasIntegridade Ser ntegro viver de acordo com valores. ser autntico e verdadeiro consigo mesmo. A pessoa ntegra d mais importncia verdade do que ao fato de estar certa e, com isso, inspira a confiana dos outros, pois mostra ser capaz de ser leal, guardar confidncias e honrar compromissos. Disponibilidade para admitir e assumir erros A conscincia de que somos responsveis por nossos pensamentos, sentimentos e atitudes se expressa na disposio de corrigir nossos erros. Mostrarse ciente dos prprios atos e admiti-los um comportamento no s louvvel, mas tambm muito mais valorizado do que tentar neg-los e justificar-se com argumentos defensivos. Em vez de se considerar infalvel, admita que voc pode cometer erros e tem a capacidade de corrigi-los.

Qualidades e atitudes que devem ser valorizadasReciprocidade Quando colaboramos uns com os outros, criamos vnculos de troca que motivam reciprocidade, aproximao e confiana. A simples manifestao de atitudes de gentileza e cortesia gera retornos da mesma natureza. Tratar bem os outros, sem esperar respostas imediatas para as nossas atitudes, pode ser algo que fazemos simplesmente por satisfao, mas com certeza, receberemos essa energia de volta. Humildade A falta dessa virtude nos faz ser orgulhosos e nos leva a uma srie de atitudes que dificultam nossos relacionamentos. Quem tem orgulho no pede ajuda, no agradece, no elogia e muito menos se preocupa em ser gentil. Como poderamos seguir os princpios da etiqueta com um comportamento desses? preciso, portanto, que procuremos desenvolver a conscincia de que precisamos dos outros tanto quanto eles precisam de ns. Isso a humildade.

Qualidades e atitudes que devem ser valorizadasCriatividade No contexto das relaes humanas, a criatividade consiste em descobrir maneiras de ser agradvel e prestativo aos outros. Para algumas pessoas, isso significa desafiar a timidez e o receio de ser desaprovado, mas algo que vale a pena tentar. Evite que a autocrtica em excesso bloqueie sua criatividade. Empatia a capacidade de nos colocarmos no lugar do outro, tendo a sensibilidade de perceber como ele se sente e ver as questes a partir da perspectiva dele. A empatia fundamental para se evitarem conflitos, j que os mal entendidos geralmente acontecem porque as pessoas se limitam ao prprio ponto de vista e no se esforam em considerar o do outro. Precisamos nos acostumar a fazer perguntas a ns mesmos: O que o outro espera? O que eu gostaria ou sentiria no lugar dele? Que inteno positiva estar por trs de seu comportamento? Quais so as necessidades do outro ?

EXCELNCIA NO ATENDIMENTOO profissional de atendimento pea-chave dessa engrenagem e seu desempenho ser mais eficaz se ele considerar que: cliente bem tratado volta sempre; o primeiro atendimento possui 70% da responsabilidade sobre a satisfao do cliente; nem sempre se tem uma segunda chance de se causar uma boa impresso; relaes eficazes com os clientes, aliadas qualidade tcnica e ao preo justo, fortalecem a opinio pblica favorvel empresa;

EXCELNCIA NO ATENDIMENTOopinio pblica favorvel suscita lucros e boas profissionais geram produtividade; atender bem a arte da comunicao eficaz; ser comunicativo e integrador a alma do negcio; qualidade sinnimo de comprometimento e de aes eficazes no trato com o outro; o prazer no trabalho a mola propulsora do desenvolvimento; as atitudes so produtos da auto-imagem e da auto-estima;

EXCELNCIA NO ATENDIMENTOo medo acarreta a paralisao e o caos pessoal; o grande desafio superar as necessidades dos clientes mais exigentes; a conquista da sinergia promove sentimento de bem-estar e clima de confiana e amizade.

Por isso, ele necessitaEnquanto pessoa: realizar constante auto-anlise; treinar a criatividade e a agilidade mental; ser corts, cordial e simptico; investir na arte de ouvir atentamente, evitando o monlogo egosta, bem como julgamentos e avaliaes precipitadas; transmitir segurana e credibilidade, cuidando da harmonia entre gestos, atos e palavras; mobilizar-se para a correo e ajustamento dos bloqueios do processo comunicativo, dando e pedindo "feedback.

Por isso, ele necessitaEnquanto profissional: conhecer a filosofia que norteia a administrao da empresa, mantendo-se atualizado em relao aos produtos e servios que ela oferece; evitar que, ao buscar informaes e soluo para suas dvidas, o cliente se veja em um labirinto exasperante e, portanto, se sinta desrespeitado, confuso; dar informaes corretas, claras e seguras; realizar pesquisas sobre as formas de atuao que deram certo em outras empresas; prestar atendimento telefnico eficaz;

Por isso, ele necessitaEnquanto profissional: criar metas bem claras e definidas em relao ao retorno do atendimento ao cliente; comprometer-se com a resoluo de problemas pertinentes sua rea ou encaminhar o cliente ao setor competente; ter flexibilidade em situaes de conflito, munindo-se de pacincia e tolerncia; avaliar, satisfazer e superar as necessidades e expectativas dos clientes, de maneira que eles se sintam, em razo de um atendimento personalizado, vencedores e gratificados.

COMO ORGANIZAR REUNIESFaa um check-list das providncias. Elabore a pauta de reunio, (assunto, participantes..) Comunique por escrito. Solicite confirmao. Prepare a sala e materiais necessrios. Verifique a infra-estrutura. Convoque pessoal de apoio, (se necessrio). Faa vistoria aps o termine e providencie devoluo dos equipamentos.

CARTO DE VISITAO carto de visita se faz necessrio para pessoas que queiram causar uma boa impresso social / profissional.

Apresentar pessoas e empresas. Acompanhar o envio de flores e presentes ou agradec-los. Aceitar ou recusar convites escritos. Enviar condolncias, felicitaes e cumprimentos. Agradecer apoios recebidos. Substituir visitas. Lembrar um convite feito oralmente. Comunicar mudana de endereo.

ETIQUETA AO TELEFONE FIXOAo telefone, no devemos fazer uso de algumas expresses inadequadas, como chuchu, meu bem, querida, fofa,paixo, gatinha, bonitinha, bela... Procure ser solcito e resolver o problema de quem est ligando. Lembre-se: voc nunca sabe com quem est falando, portanto, capriche: seja gentil e simptico para deixar uma boa impresso sua e de sua empresa.

ETIQUETA AO CELULARProcure falar baixo. Seja discreto. Antes de atender uma ligao, caso esteja na presena de pessoas, pea licena e atenda discretamente. Quando for efetuar uma ligao, informe o seu nome e cumprimente o interlocutor e somente depois fale sobre o assunto desejado.

ETIQUETA AO CELULARQuando algum iniciar um dilogo muito longo para o qual voc no deseja escutar, pea licena, e exponha motivos ou combine outro horrio. Respeite os horrios: ligar depois das 8h e antes das 22h. Lembre-se de quando estiver com pessoa e atender a ligao do celular, no alongar a conversa pela inconvenincia em deixar algum por muito tempo esperando.

ETIQUETA AO CELULARNo atenda o celular quando estiver em audincia solicitada por voc. No carro em movimento. Em reunies, no teatro, cinemas, concertos. A regra diz que tambm no podemos atend-lo em mesa de restaurante, andando na rua e na praia.

ETIQUETA AO CELULAR

O celular pode ser atendido no trabalho, em casa de amigos, em cafs, em bares, no carro quando estiver parado, em salas de espera, lojas, em filas, em corredores, etc..

INTERNETRegras que o internauta deve adotar ao utilizar a Internet e trocar e-mail

Evite abreviaes. Coloque sempre uma saudao, um destinatrio (Prezado Sr. Fulano, Cara Sra.), uma despedida (atenciosamente, aguardo retorno) ou simplesmente o nome do remetente.

INTERNETDefina claramente o assunto da mensagem. Nunca use somente letras maisculas. No use emoticons, cones formados por parnteses, etc. bom deixar linhas em branco entre blocos de texto.

INTERNETNo demore muito para responder um e-mail. Nem todo assunto pode ser tratado por e-mail. Muitas vezes o telefone a melhor forma de contato. Tome cuidado com mensagens enormes, que possam atrasar a conexo.

INTERNETCuidado com as correntes de f, de amizade, e tantos outros temas. E-mail para diversas pessoas, a recomendao usar o cco (cpia oculta). No se deve remeter qualquer tipo de imagem para seus amigos.

NEGCIOS MESA: FINESSE O DIFERENCIAL!A conquista de uma boa imagem pessoal e profissional no se d sem cultivarmos um de seus mais valiosos atributos: a habilidade do correto manuseio dos talheres e a conseqente elegncia nos modos mesa.

COMPOSIO DA MESA (Mis-en-Place)

TIPOS DE SERVIOS Inglesa: Serve sempre a senhora que est direita do anfitrio, em seguida serve todos na seqncia, por ltimo servido o anfitrio.

Francesa: O garon apresenta a bandeja pela esquerda, comea pela convidada de honra, em seguida serve todas as mulheres, depois os homens, ficando por ltimo o anfitrio. Americano Franco Americano: Mistura francs e americano. Campons Brunch Coquetel

ROTEIRO DE UM JANTAR COMPLETO1 Entrada fria Carpaccio, foie gras, etc 2 Entrada quente Sopa cremes e consome, (no se assopra e nem se repete). 3 Massa 4 Peixe Sorbet 5 Prato principal Carne ou Ave 6 Salada (queijo) Pode vir acompanhada de queijo, croutons ou po. 7 Sobremesa Seqncia: doces, frutas e sorvetes. Caf (acompanhado de petit-four). / Licor

PERSONAGENS DO RESTAURANTEMatre (chefe dos garons) conduz mesa, sugere vinhos, resolve os problemas. Chef (responsvel pela cozinha). Cozinheiro (executa as tarefas do fogo). Sommelier (responsvel pelos vinhos), sugere, abre e serve. Garom (responsvel por servir). Cumin (ajudante do garom) serve gua, manteiga e troca os talheres. Comensal (a pessoa que est comendo).

ESQUEMA BSICO DE VINHOSVINHO Branco leve Branco encorpado Ros Tinto leve Tinto encorpado ALIMENTO Peixe Peixe, molho, salada Carne branca Carne vermelha Caa e carne vermelha TEMPERATURA 8 a 10C 10 a 12C 14 a 16C 14 a 16C Ambiente

Dicas sobre BebidasNo beba o vinho como gua (rpido demais). No encher a taa, o mximo metade ou 2/3 da mesma. Beba gua antes do vinho. No beba at o final. BRINDES O primeiro brinde do anfitrio da festa, (discurso rpido). Brindou tem que beber. No faa tilintar as taas.

Dicas ImportantesQuando entrar num restaurante, o homem deve estar sempre a frente da mulher para conversar com a maitre. A escolha do local deve ser conveniente para ambos. Na sada caber a ela sair frente. dispensado o uso do aperto de mos para cumprimentar. Um aceno com a mo ou com a cabea ser coerente. Quando for cumprimentar conhecidos, os cavalheiros tero a obrigao de erguer-se, porm a meno do gesto satisfatria. Para as mulheres, somente quando se tratar de uma mulher bem mais velha ou superior hierrquico.

Dicas ImportantesNo retoque a maquiagem. Nem use palitos e fio dental. O fumo e o perfume exagerado atrapalham. Coloque a bolsa, livros e pacotes numa cadeira junto mesa. No afaste os cotovelos do corpo, nem os coloque sobre a mesa no ato de levar o alimento boca. No corte todos os alimentos no prato de uma s vez. O garfo ser usado com a mo esquerda, exatamente do lado em que esto dispostos mesa (se no for canhoto).

Dicas ImportantesQuando no estiver utilizando a faca, coloque-a ao lado do prato, de modo transversal. O guardanapo deve ser pego, desdobrado e colocado no colo, levando-o sempre aos lbios, antes de utilizar a bebida. Os talheres so colocados de ambos os lados e acima do prato e so usados de fora para dentro. Os garfos ficam do lado esquerdo. As facas e a colher de sopa ficam do lado direito. O procedimento correto em todos os pases que adotam as maneiras europias, usar os talheres na posio em que so apresentados.

Dicas ImportantesMassas do tipo espaguete ou talharim devem ser enroladas no garfo, nesse caso estar na mo direita. Os talheres servem para levar a comida boca, no se deve portanto, levar a "boca" comida. Ao cortar a carne, o garfo fica com a parte cncava virada para baixo e o dedo indicador da mo direita serve para firmar a faca. Ajudar com a faca a colocar a comida no garfo a maneira mais elegante e prtica. a maneira europia (inglesa). A posio de descanso no admite apoiar os talheres na mesa. Facas ficam na borda direita do prato e garfo na borda esquerda.

Dicas ImportantesAo terminar, os talheres ficam dispostos numa linha perpendicular ao prato, sentido norte-sul ou leste-oeste. Nunca cruzados. No empurre o prato. A sopa deve ser tomada pelo lado da colher. Ao terminar ela fica no prato auxiliar. Mantenha os cotovelos sempre junto ao corpo. Guardanapos de tecido devem ser colocados no colo e usados para limpar os lbios antes de beber. Ao final da refeio no devem ser dobrados, mas colocados do lado esquerdo do prato. O po comido com as mos, no deve ser partido com faca.

GAFESGafe vem do francs Gaffeur. O feminino Gaffeuse. Algumas gafes observadas freqentemente em restaurantes: Cortar toda a carne ou peixe de uma s vez. Pousar a taa na mesa, aps o brinde, sem antes beber um pouco. Deixar a colher dentro da taa de sorvete ou dentro da xcara de caf. S no pires. Abrir os cotovelos como asas. Levar o corpo comida, inclinando-se sobre o prato. Devolver sementes, ossos ou espinhos ao garfo, sem fazer anteparo com as mos. Colocar sal ou pimenta antes de provar a comida.

ETIQUETA INTERNACIONAL NOS NEGCIOSA etiqueta no mundo dos negcios: Cultura faz a diferena!

O mundo dos negcios o mesmo em qualquer pas. A rotina de compra, venda, busca de parcerias, clientela e abertura de representaes ou filiais no exterior exige dos empresrios das mais diferentes nacionalidades polticas bem definidas de atuao. O que muda, no entanto, o comportamento de cada empresrio, dependendo do pas e da cultura qual ele pertence.

Como evitar gafes no ExteriorGestos em Pblico.

As roupas que usamos.

O cumprimento social.

Pontualidade.

Como evitar gafes no ExteriorSinais tradicionais no so universais. Assuntos polmicos: Religio, Poltica, Piadas e Esportes.

Como evitar gafes no ExteriorComportamento ente Homens e Mulheres. Cuidado com as fotografias. Bebidas em geral. Cigarros.

OBRIGADA A TODOS E SUCESSO!