Curso Tcnico de Nvel Mdio Subseqente em PRTICAS PEDAGGICAS ... mquinas e instalaes mecnicas atravs de tcnicas e mtodos de ensaios ... manuteno mecnica, aplicando mtodos

  • View
    213

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Curso Tcnico de Nvel Mdio Subseqente em PRTICAS PEDAGGICAS ... mquinas e instalaes mecnicas atravs...

  • Curso Tcnico de Nvel Mdio em Mecnica CEFET-RN 2007

    CENTRO FEDERAL DE EDUCAO TECNOLGICA

    CCuurrssoo TTccnniiccoo ddee NNvveell MMddiioo SSuubbsseeqqeennttee eemm

    MMeeccnniiccaa

    PPllaannoo ddee CCuurrssoo Aprovado atravs da Resoluo n 05/2007-CD, de 12/03/07

    IInnddssttrriiaa

  • Curso Tcnico de Nvel Mdio em Mecnica CEFET-RN 2007

    Francisco das Chagas de Mariz Fernandes DIRETOR GERAL

    Belchior de Oliveira Rocha DIRETOR DE ENSINO

    Adjair Ferreira Barros CHEFE DE DEPARTAMENTO ACADMICO DE INDSTRIA / UNIDADE SEDE

    Caubi Ferreira de Souza Jnior COORDENADOR DO CURSO TCNICO DE MECNICA

    Raimundo Nonato Tnia Costa

    SISTEMATIZAO DO PLANO DE CURSO

    Dante Henrique Moura COORDENAO GERAL

    Maria das Graas Baracho CONSULTORA

    Leonor de Arajo Bezerra Oliveira REVISO LINGSTICA

  • Curso Tcnico de Nvel Mdio em Mecnica CEFET-RN 2007

    Sumrio 1. Apresentao ............................................................................................................................................. 4

    2. Justificativa ................................................................................................................................................ 4

    3. Objetivos..................................................................................................................................................... 5

    OBJETIVO GERAL............................................................................................................................................. 5

    OBJETIVOS ESPECFICOS ................................................................................................................................. 5

    5. Perfil profissional de concluso do curso .............................................................................................. 6

    6. Organizao curricular.............................................................................................................................. 7

    6.1 MATRIZ CURRICULAR ................................................................................................................................. 7

    6.2 PRTICAS PEDAGGICAS PREVISTAS .......................................................................................................... 9

    6.3 PRTICA PROFISSIONAL ............................................................................................................................. 9

    7. Critrios de aproveitamento de estudos e certificao de conhecimentos ........................................ 9

    8. Critrios de avaliao da aprendizagem ................................................................................................. 9

    9. Instalaes, equipamentos e biblioteca ................................................................................................ 10

    9.1 INSTALAES, EQUIPAMENTOS E BIBLIOTECA DA UNIDADE SEDE ................................................................ 10

    10. Pessoal docente e tcnico administrativo .......................................................................................... 10

    11. Certificados e diplomas ........................................................................................................................ 12

    Anexo I programas das disciplinas ................................................................................................................... 13

  • Curso Tcnico de Nvel Mdio em Mecnica CEFET-RN 2007

    4

    1. APRESENTAO

    O presente documento trata da estrutura curricular do Curso Tcnico de Nvel Mdio Subseqente em Mecnica, na rea de Indstria, na forma de Plano de Curso. Este projeto de curso est fundamentado nas bases legais e nos princpios norteadores destes nveis explicitados na LDB n 9394/96 e no conjunto de leis, decretos, pareceres e referenciais curriculares que normatizam a Educao Profissional Tcnica de Nvel Mdio no sistema educacional brasileiro. Esto presentes tambm, como marco orientador desta proposta, as decises institucionais traduzidas nos objetivos desta instituio e na compreenso da educao como uma prtica social, os quais se materializam na funo social do CEFET-RN de promover educao cientfico-tecnolgico-humanstica, visando formao do profissional-cidado crtico-reflexivo, competente tcnica e eticamente e comprometido efetivamente com as transformaes sociais, polticas e culturais e em condies de atuar no mundo do trabalho, na perspectiva da edificao de uma sociedade mais justa e igualitria, atravs da formao inicial e continuada de trabalhadores; da educao profissional tcnica de nvel mdio; da educao profissional tecnolgica de graduao e ps-graduao; e da formao de professores fundamentadas na construo, reconstruo e transmisso do conhecimento. 2. Justificativa A realidade atual, dado aos avanos cientficos e a implementao de novas tecnologias aplicadas ao processo produtivo, apresenta-se de forma dinmica e complexa. Nessa perspectiva, o CEFET-RN est redirecionando sua prtica educativa para se adequar ao novo contexto, visando ao desenvolvimento de conhecimentos e atitudes que auxiliem aos alunos a melhor se relacionarem com as exigncias presentes hoje na sociedade, condio bsica para favorecer a convivncia social responsvel, crtica, humanizadora e ao mesmo tempo, poderem engajar-se no mundo do trabalho. Nesse cenrio, considerando-se as pesquisas do mercado de trabalho no setor industrial e potencialidades de desenvolvimento no Estado do Rio Grande do Norte realizada pela Fundao Sistema Estadual de Anlise de Dados; as potencialidades de desenvolvimento do setor industrial do Estado do RN pelo CEFET-RN e SENAI-RN e o Plano de desenvolvimento sustentvel do Rio Grande do Norte pelo IDEC/SEPLAN dentre outros, constata-se que o profissional da rea de Indstria, em especial os tcnicos em mecnica, encontraro espao de ocupao em todos os setores da economia do Estado. O Rio Grande do Norte vem se firmando nos setores ligados rea de indstria como podemos constatar atravs dos chamados complexos industriais que comeam a ser instalados no Estado, dentre eles os mais significativos so: o da fruticultura para consumo e exportao, o da indstria txtil, o de petrleo, o da cacinicultura e das termoeltricas, onde os tcnicos em mecnica podero atuar nas atividades de operao de mquinas, na montagem e manuteno de mquinas, equipamentos e sistemas mecnicos, e na manuteno de instalaes industriais. O Estado tem se destacado no setor industrial, em especial no setor de produo mineral. Neste setor, o petrleo o mais significativo com uma produo superior a 100 mil barris/dia. O gs natural atinge 75 milhes m3/ano e supre as demandas de quatro Estados atravs do uso do Gasoduto Nordesto, constituindo um fator atrativo para a ampliao do parque industrial. O parque de produo txtil, j consolidado no Estado, tem demonstrado ser o que mais se renova em termos de aquisio de novas tecnologias de automao e melhoria da qualidade da produo, requisitando, a cada dia, profissionais mais qualificados para a execuo e manuteno da produo. O setor automotivo tem sido responsvel pelo surgimento de novas oportunidades de negcios e servios na rea de Indstria. No Estado, encontram-se registrados cerca de 300.000 veculos e existem empresas concessionrias de todas as montadoras nacionais nos municpios de maior porte (Natal, Mossor, Caic, Currais Novos e Pau dos Ferros) e diversas concessionrias de montadoras de outros pases em Natal e Mossor. O setor eltrico estadual distribui energia eltrica a todos os municpios, constituindo 1.100 km de linhas de transmisso em 69 kv, suprindo 34 subestaes, 13.100 km de linhas de distribuio de 13.8 kv e 7.500 km de baixa tenso (380/220v). A capacidade instalada do sistema eltrico do Estado de 670 MVA para uma demanda mxima de 433 MVA. Acrescendo-se a isto a instalao de duas termoeltricas com o intuito de aumentar a capacidade instalada de fornecimento de energia eltrica.

  • Curso Tcnico de Nvel Mdio em Mecnica CEFET-RN 2007

    5

    Formar o tcnico em mecnica, atravs de um processo de apropriao e de produo de conhecimentos cientficos e tecnolgicos, capaz de impulsionar o desenvolvimento econmico da Regio tem sido um dos objetivos do CEFET-RN. O tcnico em Mecnica encontra espao privilegiado no mercado de trabalho, principalmente na indstria metal-mecnica e empresas de prestao de servios, por se tratar de um profissional importante para o funcionamento desses setores da economia. 3. Objetivos OBJETIVO GERAL

    Formar profissionais para atuarem na indstria e na prestao de servios em atividades relacionadas operao e manuteno de mquinas, equipamentos e instalaes industriais, na fabricao de componentes mecnicos e no gerenciamento de atividades.

    OBJETIVOS ESPECFICOS

    Desenhar leiautes, diagramas, componentes e sistemas mecnicos correlacionando-os com as normas tcnicas de desenho;

    Identificar, classificar e caracterizar os materiais aplicados na construo de componentes, mquinas e instalaes mecnicas atravs de tcnicas e mtodos de ensaios mecnicos;

    Aplicar conhecimentos da eletro-eletrnica na instalao de mquinas e equipamentos; Aplicar os princpios tcnicos da transmisso de calor no dimensionamento, na instalao e

    manuteno de condicionadores de ar e geradores de vapor; Fabricar peas e componentes mecnicos aplicando os fundamentos cientficos e tecnolgicos

    da fabricao convencional e automatizada; Dominar os princpios cientficos e tecnolgicos a serem aplicados na manuteno mecnica de

    mquinas, equipamentos e instalaes mecnicas; Realizar a manuteno automotiva de forma preventiva, corretiva e preditiva, aplicando os

    conhecimentos cientficos e tecnolgicos; Compreender os fundamentos da automao, especificando os componentes de um