De Cartas e Mapas. Livro, Viagem e Paisagem em Bernardo .2018-02-28  Tese especialmente elaborada

  • View
    221

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of De Cartas e Mapas. Livro, Viagem e Paisagem em Bernardo .2018-02-28  Tese especialmente...

  • UNIVERSIDADE DE LISBOA

    FACULDADE DE LETRAS

    De Cartas e Mapas.

    Livro, Viagem e Paisagem em Bernardo Carvalho e Ruy Duarte de Carvalho

    Sonia Aurora Miceli

    Orientador(es): Prof.ra Doutora Clara Maria Abreu Rowland

    Prof. Doutor Gustavo Maximiliano Florncio Rubim

    Tese especialmente elaborada para obteno do grau de Doutor no ramo Estudos de Literatura e de

    Cultura, na especialidade de Estudos Comparatistas

    2016

  • UNIVERSIDADE DE LISBOA

    FACULDADE DE LETRAS

    De Cartas e Mapas.

    Livro, Viagem e Paisagem em Bernardo Carvalho e Ruy Duarte de Carvalho.

    Sonia Aurora Miceli

    Orientador(es): Prof.ra Doutora Clara Maria Abreu Rowland

    Prof. Doutor Gustavo Maximiliano Florncio Rubim

    Tese especialmente elaborada para obteno do grau de Doutor no ramo de Estudos de Literatura

    e de Cultura, na especialidade de Estudos Comparatistas

    Jri:

    Presidente: Maria Cristina de Castro Maia de Sousa Pimentel, Professora Catedrtica e Membro

    do Conselho Cientfico da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa

    Vogais:

    Doutora Doris Wieser, wissenschaftliche Mitarbeiterin (professora auxiliar)

    Seminar fr Romanische Philologie, Georg-August-Universitt Gttingen, Alemanha;

    Doutor Osvaldo Manuel Alves Pereira Silvestre, Professor Auxiliar

    Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra;

    Doutor Lus Fernando Gomes da Silva Quintais, Professor Auxiliar

    Faculdade de Cincia e Tecnologia da Universidade de Coimbra;

    Doutora Adriana Conceio Guimares Verssimo Serro, Professora Associada com Agregao

    Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa;

    Doutora Clara Maria Abreu Rowland, Professora Associada

    Faculdade de Cincias Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, orientadora;

    Alva Martinez Teixeiro, Professora Auxiliar

    Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

    Com o apoio da

    Bolsa SFRH/BD/79689/2011

    2016

  • ndice

    Resumo .7

    Abstract 9

    Agradecimentos .....11

    Introduo . 13

    Parte I. A antropologia como cincia do excntrico ..... 25

    Captulo 1. Escrever o humano 26

    Casos anmalos ...... 35

    O debate nas cincias sociais ...41

    Os segundos livros de Ruy Duarte de Carvalho ......55

    Autocolocaes .. 66

    Captulo 2. De cartas, papis e tesouros .... 81

    O fracasso do etngrafo .. 81

    Cartas .. 86

    Dos papis aos tesouros .. 90

    Cartas na posta-restante .110

    De cartas e papis: promessa e testemunho ...130

    Parte II. Da viagem paisagem ...137

    Viagens . 138

    Mapas ....150

    A paisagem para alm da representao 158

    As imagens da paisagem ...176

    Fotografar o deserto .. 182

    Algum lugar .. 201

    Coda: paisagens para o futuro... 214

    Concluses ... 222

    Anexos . 226

    Bibliografia . 231

  • 7

    Resumo

    Este trabalho desenvolve um percurso atravs de um conjunto de obras de

    Bernardo Carvalho e de Ruy Duarte de Carvalho, articulando dois eixos principais: o da

    literatura epistolar e o da literatura de viagens. A dimenso reflexiva do livro lida luz

    dos problemas que a escrita literria partilha com a escrita etnogrfica, discutidos na

    primeira parte, onde ganha relevo a figura da carta e, mais especificamente, da carta

    extraviada. As questes que os romances examinados Os Papis do Ingls e Nove

    Noites levantam so abordadas em funo da problematizao do livro e da noo de

    responsabilidade do autor que neles se perfila. Na segunda parte, dedicada s Paisagens

    Propcias e a Monglia, estas problemticas so articuladas com a temtica da viagem e

    com a reflexo sobre o espao e a paisagem. Ao livro-carta acrescenta-se, assim, a

    figura do livro-mapa. Estas duas figuraes da escrita pretendem colocar uma questo

    central: a da relao entre projecto de escrita e resultado, ou seja, entre livro imaginado

    e livro escrito. Propor-se- que este problema, particularmente visvel no final de cada

    um dos romances examinados, reflexo de um problema geral, o da relao entre teoria

    e caso, da inadequao deste quela e da sua complementaridade.

    Palavras-chave: Carta; Mapa; Literatura de viagens; Antropologia; Projecto; Livro;

    Paisagem; Teoria; Caso; Bernardo Carvalho; Ruy Duarte de Carvalho.

  • 8

  • 9

    Abstract

    This thesis develops a path through a set of works by Bernardo Carvalho and

    Ruy Duarte de Carvalho, articulating two main axes: epistolary literature and travel

    literature. The reflexive dimension of the book is read in the light of the problems that

    literary writing shares with ethnographic writing, discussed in the first part. In this

    discussion, the figure of the letter and, more specifically, of the lost letter, becomes

    prominent. The issues raised by the examined novels Os Papis do Ingls and Nove

    Noites are examined on the basis of a questioning of the book and of the notion of

    authorial responsibility that they outline. In the second part, devoted to As Paisagens

    Propcias and Monglia, these issues are articulated with the topic of travel and with the

    reflection on space and landscape. Thus, the figure of the map-book is added to the

    letter-book. These two figurations of writing aim at addressing a central issue: the

    relationship between writing project and result, that is, between imagined book and

    written book. I will propose that this issue, particularly evident at the end of each of the

    examined novels, reflects a general problem, i.d., the relationship between theory and

    case, the inadequacy of the latter to the former and their complementarity.

    Key-words: Letter; Map; Travel literature; Anthropology; Project; Book; Landscape;

    Theory; Case; Bernardo Carvalho; Ruy Duarte de Carvalho.

  • 10

  • 11

    Agradecimentos

    Com esta tese, termina um longo percurso comeado h exactamente nove anos:

    em Setembro de 2007, vinha, pela primeira vez, a Lisboa fazer um semestre atravs do

    programa Erasmus. A estadia viria a prolongar-se por mais um semestre, mas um ano

    no foi suficiente para descobrir tudo o que esta cidade tinha para me oferecer: assim,

    um ano depois, em Setembro de 2008, inscrevi-me no Mestrado em Estudos

    Comparatistas e, posteriormente, no Doutoramento, que agora estou prestes a concluir.

    Neste processo, foi fundamental o encontro com a Professora Doutora Clara Rowland,

    ainda no ano de Erasmus: foi por sugesto dela que decidi entrar no Programa em

    Estudos Comparatistas, e foi graas ao seu constante e firme mas, ao mesmo tempo,

    leve apoio que consegui completar este percurso. As aulas inspiradoras, as leituras

    atentas e as indicaes sagazes que sempre me proporcionou marcaram de forma

    decisiva o meu desenvolvimento acadmico.

    Ao meu co-orientador, o Professor Doutor Gustavo Rubim, agradeo as

    estimulantes conversas sobre mapas e paisagens.

    Os anos de tese foram, tambm, anos de investigao no Centro de Estudos

    Comparatistas. Agradeo por isso s directoras que se sucederam nestes cinco anos a

    Professora Doutora Helena Buescu e a Professora Doutora Manuela Ribeiro Sanches a

    oportunidade que me foi dada de participar nas actividades do Centro. Deixo igualmente

    um agradecimento especial aos colegas do Projecto DIIA e, especialmente,

    coordenadora, a Professora Doutora ngela Fernandes. A participao nas actividades

    desenvolvidas no mbito do Projecto foi fundamental para a minha formao como

    investigadora, alm de me ter feito sentir mais em casa no Centro.

  • 12

    Durante estes anos houve aulas que se revelaram fundamentais, e algumas delas

    abriram caminhos que, mais tarde, viriam a tomar rumos prprios. Entre estas, no

    posso deixar de mencionar as aulas de Filosofia da Paisagem que tive com a Professora

    Doutora Adriana Verssimo Serro. O contributo decisivo que deram para o

    desenvolvimento deste projecto dispensa comentrios, pois mais do que evidente nas

    pginas que se seguem.

    Em 2013, tive a oportunidade de passar quatro meses no Brasil, para

    desenvolver parte da minha investigao l. Para isso, foi fundamental o apoio de Anita

    Moraes, amiga e colega que me ajudou a ser acolhida na Universidade Federal

    Fluminense, onde lecciona. Agradeo-lhe isto e muito mais as longas conversas sobre

    Ruy Duarte de Carvalho (e no s), a hospitalidade em Niteri, a sincera amizade.

    Resta agradecer s pessoas que me acompanharam ao longo destes anos e

    algumas h muito mais tempo: a minha famlia, sempre prxima, apesar da distncia; os

    amigos, sobretudo aqueles que acabaram por se tornar, tambm, famlia: o Igor, o

    Dilson, a Gianira. E o Otvio, que tornou um ano que se anunciava difcil muito mais

    leve e alegre.

    Naturalmente, o contributo da Fundao para a Cincia e a Tecnologia foi

    fundamental para o desenvolvimento deste projecto; a Bolsa (SFRH/BD/79689/2011)

    que me foi atribuda por esta instituio providenciou o apoio financeiro necessrio para

    que a minha investigao pudesse chegar a bom porto.

  • 13

    Introduo

    Num ensaio em que se dedica a ilustrar as relaes entre literatura e etnografia,

    mostrando como esta tenha tido origem naquela, mais precisamente, nos relatos de

    viajantes, que, a partir do sculo XVI, introduziram na Europa, de forma indita, um

    conhecimento notvel sobre outras terras e, sobre