DEPARTAMENTO DE CIأٹNCIAS EXATAS E ENGENHARIAS - DEPARTAMENTO DE CIأٹNCIAS EXATAS E ENGENHARIAS - DCEEng

Embed Size (px)

Text of DEPARTAMENTO DE CIأٹNCIAS EXATAS E ENGENHARIAS - DEPARTAMENTO DE CIأٹNCIAS EXATAS E ENGENHARIAS...

  • DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS E ENGENHARIAS - DCEEng

    1. DIMENSÃO DA GESTÃO

    CHEFE: Julio Cezar Oliveira Bolacell

    Chefe Substituto: Peterson Cleyton Avi

    Coordenadores de Cursos:

    Ciência da Computação – Câmpus Ijuí - Rogério Samuel de Moura Martins

    Ciência da Computação – Câmpus Santa Rosa - Gerson Battisti

    Design - Fabiane Volkmer Grossmann

    Engenharia Civil – Câmpus Ijuí - Cristina Eliza Pozzobon

    Engenharia Civil – Câmpus Santa Rosa - Eder Claro Pedrozo

    Engenharia Elétrica – Câmpus Ijuí – Mauricio de Campos

    Engenharia Elétrica – Câmpus Santa Rosa – Taciana Paula Enderle

    Engenharia Química - Fernanda da Cunha Pereira

    Engenharia Mecânica – Roger Schildt Hoffmann

    Física – Nelson Adelar Toniazzo

    Matemática – Claudia Piva

    Coordenadores de NDEs:

    Ciência da Computação - Sandro Sawicki

    Design - José Paulo Medeiros da Silva

    Engenharia Civil – Paulo Cesar Rodrigues

    Engenharia Elétrica – Mateus Felzke Schonardie

    Engenharia Química - Ilaine Teresinha Seibel Gehrke

    Engenharia Mecânica – Gil Eduardo Guimarães

    Matemática – Ângela Patricia Grajales Spilimbergo

    Resultados da gestão do Departamento (em itens):

     Incremento nas ações de pesquisa, extensão e produção científica;

     Reestruturação na logística das secretarias de curso para melhoria dos processos de trabalho e atendimento aos alunos;

     Acréscimo significativo no número de alunos no Vestibular dos Cursos do Departamento;

     Análises feitas pelo NDE dos cursos contribuíram para o planejamento do Departamento;

     Aumento do quadro docente em virtude da grande demanda de alunos nos cursos;

     Oferta do curso de graduação em Engenharia Química, avanço na semestralização do curso de Engenharia Elétrica em Santa Rosa e integralização do currículo de Engenharia Civil Santa Rosa;

     Aprovação dos Projetos dos Cursos de Graduação em Arquitetura e Urbanismo e Engenharia de Produção;

     Aprovação do Curso de Doutorado em Modelagem Matemática.

  • Breve descrição e Autoavaliação da gestão do Departamento, com base no restante das dimensões.

    O Departamento de Ciências Exatas e Engenharias - DCEEng encontra-se atualmente com 105 professores, sendo que destes, 39 professores são contratados em regime de tempo integral, 11 professores em tempo parcial, 50 professores horistas e cinco na categoria sênior, distribuídos nos câmpus Ijuí, Panambi e Santa Rosa.

    Com relação ao quadro de funcionários, o departamento possui 16 técnicos administrativos e de apoio e um jovem aprendiz. Possui também sete vagas ocupadas com estagiários CIEE.

    Sob o ponto de vista da formação continuada, foram ofertados dois cursos de pós-graduação lato sensu, quais sejam: 8ª edição do Curso de Engenharia de Segurança do Trabalho e 4ª edição do Curso

    de Engenharia Industrial. Também houve o envolvimento de professores em capacitações diversas nas escolas da Rede Estadual de Educação.

    Importante destacar que neste ano de 2014 foi ofertado o curso novo de graduação em Engenharia Química no câmpus Ijuí, além de terem sido aprovados para 2015 mais dois novos cursos: Arquitetura e Urbanismo – câmpus Ijuí e Engenharia de Produção – câmpus Panambi, que estão aguardando autorização do MEC. Já o curso de Física – Licenciatura encerrou suas atividades no 2º/2014.

    O curso de Engenharia Elétrica – Câmpus Santa Rosa passou por processo de avaliação de reconhecimento do MEC obtendo conceito 3.

    No campo da extensão e da pesquisa foram desenvolvidos diversos projetos aprovados via edital institucional e também com recursos externos, que possibilitaram a compra de equipamentos para os laboratórios de Design e Grupo de Automação e Controle Industrial – GAIC. O departamento possui também o grupo PET Engenharia Civil que conta com 12 alunos bolsistas.

    Como perspectivas e desafios para o próximo ano têm-se a implantação dos cursos de graduação em Engenharia de Produção – Câmpus Panambi e Arquitetura e Urbanismo – Câmpus Ijuí, bem como do Doutorado em Modelagem Matemática – Câmpus Ijuí; organização do processo de reconhecimento e avaliação do curso de graduação em Engenharia Química; implantação dos laboratórios dos cursos de Engenharia Química – Câmpus Ijuí e Engenharia Elétrica – Câmpus Santa Rosa.

    O Departamento em termos gerais atingiu as metas propostas para o Ensino, a Pesquisa e a Extensão.

    2. DIMENSÃO ENSINO

    2.1. ENSINO DE GRADUAÇÃO

    CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

    COORDENADORES: ROGÉRIO SAMUEL DE MOURA MARTINS – Câmpus Ijuí e GERSON BATTISTI – Câmpus Santa Rosa

    RESUMO:

    O Curso de Ciência da Computação tem 3.020 horas aula, correspondendo a 188 créditos e as disciplinas estão organizadas em 10 semestres no período noturno, com 13,5% ofertadas na modalidade EaD, nos câmpus de Ijuí e Santa Rosa. A estrutura curricular consiste em quatro áreas, devidamente articuladas entre si: Formação Básica, Formação Tecnológica, Formação Complementar e Formação Humanística. O curso criou sua identidade nos eixos da Engenharia de Software, Programação e Eletrônica Digital. Este diferencial possibilita que o egresso possa ser um empreendedor, que possa projetar sistemas de qualidade com competência para implementá-los tanto

  • em nível comercial, como na automação industrial, ou seja, está preparado para buscar melhores posições no mercado de trabalho. As disciplinas do curso de Ciência da Computação estão organizadas em cinco núcleos para atender ao perfil do egresso, sendo: Fundamentos da Computação, Tecnologias da Computação, Sistemas de Informação, Lógica e Matemática, Formação Humanística e Social. O aluno, ao concluir o curso, recebe o título de bacharel em Ciência da Computação. A área de Informática completou 25 anos de atuação no câmpus Ijuí e 17 anos no câmpus Santa Rosa.

    OBJETIVOS:

    - A formação de recursos humanos qualificados para dar sustentação ao desenvolvimento tecnológico desta área com vistas a atender as necessidades da sociedade quer sejam elas o desenvolvimento e a utilização de produtos, serviços e sistemas computacionais.

    - Estabelecer uma organização curricular em que a complementaridade e a interdisciplinaridade sejam elementos constantes, fortemente sustentados por novas metodologias e tecnologias de ensino e aprendizagem.

    - Formar profissionais capazes de serem agentes transformadores da sociedade, em sintonia com as necessidades e demandas regionais, através da geração e exploração de novas tecnologias.

    - Formar profissionais com capacidade para a análise de problemas organizacionais e para usar, de forma adequada e econômica, hardware e software na sua solução.

    - Formar profissionais de nível superior capacitados a utilizar tecnologias modernas da área da computação, interagindo com as demais áreas, na orientação sobre a sua melhor aplicação.

    - Formar profissionais capazes de contribuir para o desenvolvimento científico e tecnológico da área da computação, através da busca constante da inovação e evolução tecnológica.

    - Capacitar tecnicamente o profissional para o projeto e desenvolvimento de produtos, serviços e sistemas computacionais, sempre visando a excelência técnica.

    RESULTADOS:

    As coordenações dos Câmpus Ijuí e Santa Rosa, em movimento conjunto, obtiveram os seguintes resultados no ano de 2014 em relação:

    - Às ações de coordenação:

    - Obtenção do 8º lugar no Ranking Universitário da Folha de São Paulo;

    - Aumento da participação dos alunos no processo de avaliação das disciplinas no segundo semestre, alcançando o percentual de 83,33% no Câmpus Santa Rosa e 74,32% no Câmpus Ijuí;

    - O Curso de Ciência da Computação da UNIJUÍ – Câmpus Santa Rosa, conforme publicado no Diário Oficial da União, da Portaria do MEC nº 281/2014 com o ato de reconhecimento do curso recebeu conceito final 4 (quatro).

    - Ao processo pedagógico:

    - A aprovação do novo PPC ampliando a duração do curso de 4 para 5 anos;

    - Elaboração dos conteúdos programáticos das disciplinas da matriz curricular 2013 do Curso e adição de disciplinas no rol de Formação Complementar;

    - Diversos processos internos foram aperfeiçoados e implantados visando à organização e qualificação do atendimento aos alunos.

    - Às atividades de formação e integração acadêmica:

    - Foram desenvolvidas ações de incentivo a participação nos seguintes eventos: Maratona de Programação, Latinoware e InteropDay, Semana Acadêmica. Além disso, foi incentivada a integração com outras instituições como IFs, SENAC, Escola 25 de Julho, Prefeitura Municipal;

    - Execução da Semana Acadêmica – de 14 a 17 de abril – Câmpus Ijuí e Santa Rosa. A

  • programação contemplou diferentes atividades com intuito de proporcionar aos acadêmicos uma formação complementar qualificada, ao mesmo tempo em que oportuniza um espaço de integração entre os acadêmicos;

    - Profissional do Futuro nos Câmpus Ijuí e Santa Rosa com o tema Inteligência Artificial Aplicada a Jogos;

    - A Maratona de Programação é um evento da Sociedade Brasi