Determinantes da estrutura de capital das startups portuguesas Utilizou-se como base metodol£³gica de

  • View
    0

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Determinantes da estrutura de capital das startups portuguesas Utilizou-se como base...

  • UNIVERSIDADE DO ALGARVE

    Faculdade de Economia

    Determinantes da Estrutura de Capital

    das Startups Portuguesas

    Ana Carolina Coutinho Baptista Gual

    Dissertação

    Mestrado em Finanças Empresariais

    Trabalho Efetuado sob a orientação da:

    Professora Doutora Celísia Isabel Domingues Baptista

    2014

  • UNIVERSIDADE DO ALGARVE

    Faculdade de Economia

    Determinantes da Estrutura de Capital

    das Startups Portuguesas

    Ana Carolina Coutinho Baptista Gual

    Dissertação

    Mestrado em Finanças Empresariais

    Trabalho Efetuado sob a orientação da:

    Professora Doutora Celísia Isabel Domingues Baptista

    2014

  • Determinantes da Estrutura de Capital das Startups Portuguesas

    Declaração de Autoria do Trabalho

    Declaro ser a autora deste trabalho, que é original e inédito. Autores e trabalhos

    consultados estão devidamente citados no texto e constam da listagem de referências

    incluída.

    Ana Carolina Coutinho Baptista Gual

    __________________________________________________

    Direitos de cópia ou Copyright

    © Copyright: (Ana Carolina Coutinho Baptista Gual).

    A Universidade do Algarve tem o direito, perpétuo e sem limites geográficos, de arquivar

    e publicitar este trabalho através de exemplares impressos reproduzidos em papel ou de

    forma digital, ou por qualquer outro meio conhecido ou que venha a ser inventado, de o

    divulgar através de repositórios científicos e de admitir a sua cópia e distribuição com

    objetivos educacionais ou de investigação, não comerciais, desde que seja dado crédito

    ao autor e editor.

  • I

    ÍNDICE GERAL ÍNDICE GERAL ............................................................................................................................ I

    ÍNDICE DE QUADROS ............................................................................................................. III

    ÍNDICE DE FIGURAS ............................................................................................................... IV

    LISTA DE ABREVIATURAS .................................................................................................... V

    AGRADECIMENTOS ................................................................................................................ VI

    RESUMO ................................................................................................................................... VII

    ABSTRACT ............................................................................................................................. VIII

    CAPÍTULO 1 - INTRODUÇÃO …………………………...………………………..….1

    1.1. Relevância do Tema .................................................................................................. 1

    1.2. Objetivos .................................................................................................................... 2

    1.3. Estrutura do Estudo ................................................................................................... 3

    PARTE I - REVISÃO DA LITERATURA: ESTRUTURA DE CAPITAL

    E STARTUP ………...…….……………………….……………….…………...….….4

    CAPÍTULO 2 - ESTRUTURA DE CAPITAL….…….……………………………..….5

    2.1. Visão Tradicional ...................................................................................................... 6

    2.2. Modelo de Modigliani e Miller ................................................................................. 7

    2.3. Teoria do Efeito Fiscal ............................................................................................ 11

    2.4. Teoria dos Custos de Falência ................................................................................. 16

    2.5. Teoria dos Custos de Agência ................................................................................. 19

    2.6. Teoria da Informação Assimétrica .......................................................................... 24

    CAPÍTULO 3 - STARTUPS …….……….……..…………………………......…..…...28

    3.1. Empreendedorismo .................................................................................................. 28

    3.2. Empresas Startups ................................................................................................... 29

  • II

    3.3. Empresas Startups em Portugal ............................................................................... 31

    PARTE II - ESTUDO EMPÍRICO………………...………………..………….. 35

    CAPÍTULO 4 - METODOLOGIA DE INVESTIGAÇÃO….…….……………….….36

    4.1. Formulação do Problema ......................................................................................... 36

    4.2. Recolha de Dados e Amostra................................................................................... 36

    4.3. Formulação de Hipóteses......................................................................................... 41

    4.4. Definição de Variáveis ............................................................................................ 44

    4.5. Modelo de Regressão Linear Múltipla .................................................................... 48

    4.5.1. Multicolinearidade .................................................................................... 50

    4.5.2. Heteroscedasticidade ................................................................................ 51

    4.5.3. Autocorrelação .......................................................................................... 52

    CAPÍTULO 5 - APRESENTAÇÃO E DISCUSSÃO DOS RESULTADOS…......…...53

    5.1. Análise de Correlações ................................................................................ 53

    5.2. Estatísticas Descritivas ................................................................................ 54

    5.3. Discussão dos Resultados ............................................................................ 56

    CAPÍTULO 6 - CONCLUSÃO …….……….…...………………………………….....60

    BIBLIOGRAFIA……………………….…………………………..………..………....63

    APÊNDICES…………………………………………………………………………...66

    APÊNDICE 1 - Lista de Centros Tecnológicos, Centros Empresariais e

    Incubadoras de Empresas………………………………………………………67

    APÊNDICE 2 - Rácios Financeiros e Económicos…………………………….68

    APÊNDICE 3 - Matriz de Correlações….………………………….……….…69

  • III

    ÍNDICE DE QUADROS

    Quadro 2.1 - Descrição do Ganho Fiscal……………………………………………….15

    Quadro 4.1 - Distribuição da Forma Jurídica das Empresas da Amostra……………... 37

    Quadro 4.2 - Distribuição dos CAE's das Empresas da Amostra………………………38

    Quadro 4.3 - Distribuição Geográfica das Empresas da Amostra………………….…. 39

    Quadro 4.4 - Balanço Médio da Amostra em 2010, 2011 e 2012……………….……..39

    Quadro 4.5 - Resultados dos Testes de Hausman e de Breush-Pagan……………..…...50

    Quadro 4.6 - Resultados do Teste VIF………………………………………...……….51

    Quadro 4.7 - Resultados do Teste de Breush-Pagan/Cook Weisberg…………..…...…52

    Quadro 4.8 - Resultados do Teste de Wooldridge…………………………………...…52

    Quadro 5.1 - Estatísticas Descritivas das Variáveis………………………………........54

    Quadro 5.2 - Resultados das Regressões dos Modelos…………………………...…....56

    Quadro 5.3 - Síntese dos Resultados Obtidos……………………………………….....59

    Quadro A.2.1 - Média dos Rácios Financeiros e Económicos em 2010……………….68

    Quadro A.2.2 - Média dos Rácios Financeiros e Económicos em 2011……………….68

    Quadro A.2.3 - Média dos Rácios Financeiros e Económicos em 2012……………….68

    Quadro A.3.1 - Matriz de Correlações…………………………………………………69

  • IV

    ÍNDICE DE FIGURAS

    Figura 2.1 - Estrutura Ótima de Capital Segundo a Visão Tradicional……………….7

    Figura 2.2 - Valor de Mercado da Empresa Segundo a Visão Tradicional…………...7

  • V

    LISTA DE ABREVIATURAS

    BEN Benefícios Fiscais não Associados à Dívida

    CAE Código de Atividade Económica

    CP Curto Prazo

    CRES Crescimento

    D&B Dun and Bradstreet

    DIM Dimensão

    EBIT Earnings Before Interest and Taxes

    END Endividamento

    END CP Endividamento a Curto Prazo

    END MLP Endividamento a Médio e Longo Prazo

    EUA Estados Unidos da América

    FGLS Feasible Generalized Least Squares

    GEM Global Entrepreneurship Monitor

    I&D