Diأ،rio Recife pela conquista da Copa do Brasil em 2008. A iniciativa foi do lأ­der do Governo, deputado

  • View
    0

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Diأ،rio Recife pela conquista da Copa do Brasil em 2008. A iniciativa foi do lأ­der do Governo,...

  • Diário Oficial Estado de Pernambuco

    Ano LXXXV NO 104 Recife, quinta-feira, 19 de junho de 2008Poder Legislativo

    Com o Plenário lotado,a Assembléia reali-zou, na noite de on- tem, uma reunião solene para homenagear o Sport Club do Recife pela conquista da Copa do Brasil em 2008. A iniciativa foi do líder do Governo, deputado Isaltino Nascimento (PT). “A con- quista do título, na semana passada, é motivo de alegria, orgulho e celebração para os pernambucanos. O Sport é o primeiro clube brasileiro a se classificar para a Liberta- dores da América que será disputada em 2009”, disse o 2º secretário da Casa, depu- tado Raimundo Pimentel (PSDB), que presidiu a abertura da solenidade.

    Para o tucano, o time foi valente e técnico, proporcio- nando alegria imensurável aos torcedores e honrando os 103 anos de história. Entre os títulos de maior destaque acumulados pelo Leão, estão

    o Campeonato Brasileiro da série A, em 1987; da série B, em 1990, e 37 campeonatos estaduais – sendo, atualmen- te, tricampeão pernambuca- no.

    Isaltino, autor da homena- gem, afirmou que a quarta- feira, 11 de junho, vai ficar na memória dos rubro-ne- gros e de todos os que se uni- ram ao sentimento de per- nambucanidade para torcer pelo Leão. “Naquela partida histórica, além da raça da técnica e do esforço dos jogadores, também entrou em campo nosso orgulho de ser nordestino, de falar com sotaque arrastado, de viver em uma terra de homens e mulheres fortes. Demonstra- mos que estamos capacita- dos a conquistar campeona- tos nacionais, sem recorrer à mesquinhez, como fizeram aqueles que tentaram tirar o título de 1987 ”, ressaltou. Isaltino ainda é autor do

    projeto que institui 13 de maio como o Dia do Torce- dor Rubro-Negro.

    O vice-presidente do Sport, Sílvio Guimarães, re- cebeu uma placa come- morativa. “A força da nossa torcida é temida em todo o Brasil. Mais da metade desse título se deve aos torce- dores”, disse, representando o presidente do clube, Milton Bivar.

    Ainda compareceram ao evento os deputados Se- bastião Rufino (DEM), Es- meraldo Santos (PR), Teresa Leitão (PT), Edson Vieira (PSDC), Nadegi Queiroz (PMN), Sérgio Leite (PT), além do secretário de Ar- ticulação Parlamentar, Sileno Guedes, que representou o governador Eduardo Cam- pos (PSB). As Torcidas Jovem, Gang da Ilha, Bafo do Leão e Torcida Net tam- bém receberam placas co- memorativas.

    Parlamento exalta conquista do Sport

    RINALDO MARQUES

    ENTUSIASMO - Deputados, dirigentes do clube e torcedores gritaram em uníssono o brado de guerra do time : “casá, casá, casá, a turma é mesmo boa, é mesmo da fuzarca”

    Leão venceu Copa do Brasil 2008 goleando o Corinthians por 2 a 0

    A Casa JoaquimNabuco recebeu, na manhã de ontem, o comandante do 3º Distrito Naval da Marinha do Brasil – Rio Grande do Norte -, vice- almirante Edison Lawrence Mariath Dantas. Desde 17 de abril deste ano, Dantas tornou-se o responsável pelo 3° Distrito, cuja cobertura abrange os Estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas. O encontro com o primeiro vice-presidente da Assembléia Legislativa de Pernambuco, deputado Izaías Régis (PTB), faz parte de uma série de visitas aos Poderes pernambucanos. “Como assumi recentemente e vim a trabalho para o Recife, decidi me apresentar aos gestores do Estado”, justificou o comandante. “Por estar inspecionando as instalações da Marinha (Escola de Aprendizes Marinheiros, Hospital Naval e Capitania dos Portos), surgiu a oportunidade da visita”, comentou Régis. Durante o encontro, o vice- almirante recebeu do deputado dois livros: Artesanato de Pernambuco, que integra a coleção Ícones Pernambucanos, e Resgate de Pernambuco.

    Marinha MOISÉS BARBOSA

  • 2 Diário Oficial do Estado de Pernambuco – Poder Legislativo Recife, 19 de junho de 2008

    Preocupados com oalto índice de repro-vação no último con- curso para contratar pro- fessores da Educação Bá- sica da rede estadual de en- sino, realizado em março deste ano, parlamentares da Comissão de Educação e Cultura da Alepe discu- tiram, ontem, os motivos que teriam levado os pro- fissionais a obter esses re- sultados. O encontro reuniu representantes da Secreta- ria de Educação do Estado (Seduc), do Conselho Esta- dual de Educação (CEE), do Centro de Educação da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), do Sindicato dos Trabalhado- res em Educação (Sintepe), do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e da Comissão de Concursos da Universidade de Pernam- buco (Conupe).

    O número de questões maior que o dos últimos concursos, a média estabe- lecida para o ponto de corte em cada disciplina e o tem- po de prova foram os

    pontos mais questionados. Dados apresentados pela superintendente de Desen- volvimento de Pessoas da Seduc, Elizabeth Jales, atestam que apenas 6,1% dos candidatos foram apro- vados.

    A secretária executiva de Desenvolvimento da Educação, Aída Monteiro, elogiou a iniciativa da de- putada em promover o de- bate. Para ela, discutir o tema significa um avanço na melhoria da qualidade do ensino. “O processo de seleção foi cuidadosamente elaborado, preocupado com a lisura, tomando por base os princípios básicos. As questões formuladas visa- vam avaliar os conheci- mentos do professor”, ex- plicou. Aída reafirmou o compromisso do Governo do Estado com o processo seletivo e disse que o órgão realizará outro concurso. A representante do CEE, Cleidimar Barbosa, cha- mou a atenção para a im- portância de se definir o perfil do docente.

    A realização de concurso público é defendida pela MPPE desde 2004, segun- do a promotora da Educa- ção, Eleonora Rodrigues. “Estamos aguardando a realização de outro proces- so seletivo”, comentou. José Batista Neto, da UFPE, acredita que o pro- blema está na formação do profissional e disse ser ne- cessário mais fiscalização

    por parte dos órgãos com- petentes em relação às ins- tituições de ensino. “Atual- mente, existem muitas fa- culdades privadas funcio- nando e isso pode influen- ciar na qualidade da forma- ção do profissional em edu- cação”, ponderou.

    Representando o Sinte- pe, Heleno Araújo concor- dou que o grande número de faculdades privadas in-

    fluencia na qualidade do ensino e que os crítérios de avaliação adotados no pro- cesso seletivo contribuíram para a majoração do índice de reprovados. A represen- tante da Conupe, Dayse Ca- valcanti, defendeu que o Instituto de Recursos Hu- manos (IRH) trabalha para que o concurso aconteça de forma transparente e se- gura.

    Para a presidente da Co- missão de Educação, depu- tada Teresa Leitão (PT), o resultado reflete o acúmulo de deficiência na formação dos profissionais. Ela tam- bém destacou a necessi- dade de se definir o perfil do profissional em educa- ção. “Encaminharemos ao Ministério da Educação, ao Conselho Estadual de Edu- cação e ao Ministério Pú- blico um resumo do que foi discutido. Ficou claro que é preciso mais rigor por parte do Ministério da Educação e do Governo do Estado ao reconhecer ou autorizar o funcionamento de institui- ções de Ensino Superior”, observou.

    A deputada Terezinha Nunes (PSDB) classificou as deficiências como pro- blemas nacionais e cobrou mais controle por parte do Ministério da Educação na concessão de autorização para o funcionamento das instituições. O deputado Esmeraldo Santos (PR) também participou do en- contro.

    A iniciativa do vigi- lante Jorge Jerônimo da Silva, funcionário da Es- cola Municipal dos Coe- lhos, que decidiu instalar um curso pré-vestibular na comunidade do mesmo nome, foi parabenizada, ontem, pelo deputado Bar- reto (PMN). “Jorge Jerô- nimo é um exemplo. Mes- mo passando dificuldades, conseguiu ajudar um dos filhos a ingressar no curso de Educação Física, da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Em seguida, como queria tor- nar essa vitória uma rea- lidade para todos da co- munidade, decidiu pre- parar os jovens para o ves- tibular”, contou.

    O parlamentar ressal- tou que o sonho do funcio- nário em realizar o curso se concretizou quando a direção da Escola Mu- nicipal dos Coelhos doou uma sala para as aulas. Jerônimo também obteve a ajuda de professores voluntários. “Parabenizo Jorge Jerônimo, a diretora da Escola Municipal dos Coelhos, Viviane Mene- zes, a comunidade e todos os que contribuem de al- guma maneira com o projeto. São atitudes como essa que constroem um mundo mais igual”, obser- vou Barreto. No discurso, o deputado pediu ainda o apoio da Casa Joaquim Nabuco à atividade.

    Educação decide realizar novo concurso para professores

    Vigilante instala curso pré-vestibular no Coque

    Reprovação de maioria dos inscritos foi tema de audiência pública

    Atitude

    JOÃO BITA

    MOTIVOS - Qualidade das instituições de Ensino Superior foi questionada por deputados

    A Orquestra Criança Ci- dadã, formada por cem jovens do bairro do Coque, no Recife, foi uma das atra- ções do Programa Domingão do Faustão, na TV Globo, no último dia 15. A iniciativa, que surgiu há um ano e meio, após o assalto sofrido pelo maestro Cussy de Almeida na localidade, oferece a oportunidade de trocar as ruas pela música. A deputada Miriam Lacerda (DEM) solicitou, ontem, um Voto de Aplausos elogiando o de- sempenho do grupo durante a apresentação.

    O repertório das peque- nas estrelas pernambucanas contemplou Mozart, Vivaldi, Villa Lobos e a música Asa Branca, de Luiz Gonzaga, considerada por muitos um

    dos hinos nordestinos. Entre os músicos, um dos desta- ques é o menino Daniel Ber- nardino, 7 anos, que teve a