Dissertacoes Natureza Humana Liberdade Oratio Homini Dignitate Pico Della Mirandola

  • View
    14

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Dissertao sobre a Natureza humana e a liberdade segundo Pico Della Mirandola

Transcript

  • 1

    UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEAR - UECE

    DEPARTAMENTO DE FILOSOFIA

    PROGRAMA DE PS-GRADUAO EM FILOSOFIA

    CURSO DE MESTRADO ACADMICO EM FILOSOFIA - CMAF

    NATUREZA HUMANA E LIBERDADE NA ORATIO DE HOMINIS DIGNITATE

    DE PICO DELLA MIRANDOLA

    ELEANDRO FERNANDES DE AZEVEDO

    FORTALEZA

    2013

  • 2

    UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEAR - UECE

    ELEANDRO FERNANDES DE AZEVEDO

    NATUREZA HUMANA E LIBERDADE NA ORATIO DE HOMINIS DIGNITATE

    DE PICO DELLA MIRANDOLA

    Dissertao apresentada Banca

    Examinadora do programa de Ps-

    Graduao em Filosofia do Departamento

    de Filosofia da Universidade Estadual do

    Cear, como exigncia parcial para

    obteno do ttulo de Mestre em Filosofia,

    sob a orientao do Prof. Dr. Jos Expedito

    Passos Lima.

    rea de Concentrao: tica.

    FORTALEZA

    2013

  • 3

    Dados Internacionais de Catalogao na Publicao

    Universidade Estadual do Cear

    Biblioteca Central CENTRO DE HUMANIDADES

    Bibliotecrio Responsvel Doris Day Eliano Frana CRB-3/726

    A994n Azevedo, Eleandro Fernandes de. Natureza humana e liberdade na Oratio de Hominis Dignitate de Pico Della Mirandola / Eleandro Fernandes de Azevedo. 2013.

    CD-ROM. 136 f. ; 4 pol.

    CD-ROM contendo o arquivo no formato PDF do trabalho acadmico, acondicionado em caixa de DVD Slim (19 x 14 cm x 7 mm).

    Dissertao (mestrado) Universidade Estadual do Cear, Centro de Humanidades, Mestrado Acadmico em Filosofia, Fortaleza, 2013.

    Orientao: Profa. Dra. Antnia Dilamar Arajo. 1. Natureza humana. 2. Dignidade. 3. Arbtrio humano. 4.

    Liberdade. I. Ttulo.

    CDD: 100

  • 4

  • 5

  • 6

    A Deus, fonte de inspirao deste trabalho, a Quem dedico minha existncia.

  • 7

    Quem pois no admirar o homem? Que no por acaso nos

    sagrados textos moisaicos e cristos chamado ora com o nome

    de cada ser de carne, ora com o de cada criatura, precisamente

    porque se forja, modela e transforma a si mesmo segundo o

    aspecto de cada ser e a sua ndole segundo a natureza de cada

    criatura?

    Pico della Mirandola. Discurso sobre a dignidade do homem

  • 8

    AGRADECIMENTOS

    Universidade Estadual do Cear - UECE, em especial ao CMAF, pela oportunidade

    de realizar esta pesquisa.

    CAPES pela concesso de bolsa pelos ltimos 12 meses e que foram indispensveis

    na aquisio da Bibliografia e dedicao necessrias na composio desta pesquisa.

    A meu Orientador Dr. Jos Expedito Passos Lima, por sua total dedicao e

    disponibilidade. Sem essa valiosa orientao jamais seria possvel concretizar esta

    pesquisa.

    A Minha Me Franscisquinha Evangelista Alves, pelo amor e acompanhamento em

    todas as etapas da minha vida.

    Em especial a Renato Silva do Vale, que esteve me ajudando e incentivando durante

    todas as etapas deste Mestrado.

    A minha V Josefa Bento da Silva (In memoriam)

    Aos Professores convidados: Profa. Dra. Maria Celeste de Souza e ao Prof. Dr. Luis

    Carlos Silva de Sousa pela cordial generosidade em aceitar participar da banca de

    defesa desta dissertao. Obrigado pela disposio em ler, avaliar e sugerir.

    Ao Amigo Fran Alavina pela ajuda com as Obras, artigos e publicaes repassados com

    o intuito de ajudar a composio de minha pesquisa. Outrossim, aos Professores do

    CMAF, em especial: Dr. Eduardo Triandopolis e Profa. Dra. Maria Teresa Callado, que

    foram edificantes para os 2 anos no Mestrado.

    Assim como Secretrios do Mestrado: Rose Ramos, Jos Evandro da Costa, Igor

    Timb, que foram de grande ajuda nos momentos em que estive tratando de assuntos

    referentes ao mestrado.

    Como tambm o Grupo de Estudo: Metafsica e Esttica (UECE), nas pessoas de: Pablo

    Tahim pela ajuda nos ajustes finais do texto e Paula Trcia que sempre esteve pronta

    para ajudar no que lhes fosse possvel.

    Aos Amigos que estiveram comigo nesses dois anos: os mestrandos Andrea Dantas,

    Gleyciane Lobo e Jakson Medeiros, assim como Ktia Gardnia e Liliane Severiano,

    por terem estado comigo em todas as aulas do Mestrado, e dando os contributos

    necessrios aos quais me ajudavam a seguir adiante.

    Ao Casal Regina e Andr Haguette, pelo bons conselhos em prol da minha caminhada

    acadmica.

  • 9

    RESUMO

    Esta dissertao objetiva explicitar a orientao metafsica e tica presente na filosofia

    de Pico della Mirandola. Para tanto, adota-se como fonte de investigao a sua Oratio

    de hominis dignitate (1486). Nesse empreendimento preciso uma abordagem do

    universo cultural do Humanismo e da filosofia renascentista a fim de uma compreenso

    desse momento histrico e filosfico, no qual se inscreve o pensamento desse autor que

    expressou a riqueza cultural e filosfica de tal perodo. Trata-se, antes de qualquer

    coisa, de se pressupor a herana da enciclopdica dos saberes pertencentes ao

    humanismo renascentista e, ao mesmo tempo, a presena de certo ideal de concrdia

    entre doutrinas e culturas diversas na sua filosofia. Da se adotar a seguinte hiptese

    interpretativa para a orientao desta pesquisa: a Oratio realiza o ideal de Pico della

    Mirandola pensado nas Conclusiones Nongentae, ou seja, de uma concrdia entre

    orientaes filosficas, doutrinais e culturais diversas. Na efetivao desse ideal

    possvel identificar no s a pretenso metafsica ou teortica de seu procedimento, mas

    tambm o sentido de certa dimenso tica ou prtica, pois a liberdade pensada como

    responsabilidade absoluta do homem. No domnio das vrias doutrinas e culturas,

    presentes na erudio e na filosofia de Pico della Mirandola, se apresentam aqui: a

    qabbalah, a falsafa (escolstica rabe), a escolstica latina, a retrica, a magia, a

    astrologia, o hermetismo, o platonismo e o aristotelismo. Ademais, no seu ideal de

    concrdia se exprime tambm um dilogo entre as religies abramicas, ou seja,

    Judasmo, Cristianismo e Islamismo. Por isso a Oratio rene, em sua constituio, um

    universo mais amplo, quer no domnio do saber quer naquele da dignitas homini: a

    liberdade humana em Pico della Mirandola. Revela-se assim no procedimento e

    formulaes de tal filsofo a proposta da multiplicidade das vias: algo relevante no seu

    projeto filosfico, pois no se pode descurar em uma investigao sobre o seu

    pensamento.

    Palavras Chave: Natureza Humana. Dignidade. Arbtrio Humano. Liberdade.

  • 10

    ABSTRACT

    This dissertation focuses the metaphysical and ethical approach of the philosophy of

    Giovanni Pico della Mirandola. The source of this research therefore is his 1486 work:

    Oratio De hominis dignitate. This study approaches the humanist culture, and the

    philosophy of Renaissance in order to understand the historical and philosophical

    moment, in which Pico della Mirandolla's thought is situated expressing the

    philosophical and cultural riches of that period. Above all, this work presupposes the

    heritage of the knowledge within the Encyclopedia of the humanist Renaissance, as well

    as the existence of an ideal of harmony shared between different cultures and doctrines

    in Mirandola philosophy. Therefore this research encompasses the following

    hypothesis: that Oratio De hominis dignitate accomplishes Pico della Mirandolas ideal,

    as expressed in Conclusiones Nongentae, and fulfills the harmony shared between

    different philosophical approaches, doctrines and cultures. In fulfilling of this ideal of

    his, its is possible to identify not only the theoretical or metaphysical procedure, but

    also a practical and ethical sense, in which freedom is conceived as an absolute

    responsibility of man. Among the different doctrines and cultures in the erudition and

    philosophy of Pico della Mirandola, the following are presented here: the qabbalah, the

    falsafa (Arabic Scholasticism), the Latin Scholasticism, rhetoric, magic, astrology,

    hermeticism, Platonism and Aristotelianism. Moreover, his ideal of harmony also

    expresses a dialogue between the Abrahamic religions, namely Judaism, Christianism

    and Islam. That is the reason why the Oratio gathers in its constitution, a wider

    universe, both in the field of knowledge and in that of dignitas hominis: human freedom

    according to Pico della Mirandola. Thus in the thought and procedure of the Mirandola

    philosophy there is a proposal of a multiplicity of ways: something relevant in his

    philosophical project that cannot be forgotten in an investigation into his thought.

    Key-words: Human Nature. Dignity. Human Arbitrariness. Freedom.

  • 11

    SUMRIO

    INTRODUO...................................................................................................13

    CAPTULO I: PICO DELLA MIRANDOLA E A CULTURA DE SEU TEMPO:

    HUMANISMO E FILOSOFIA RENASCENTISTA:...............................................20

    1.1 Studia humanitis, dignitas hominis e imago Dei no Humanismo renascentista:

    pressupostos da Oratio de Pico della Mirandola.........................................................20

    1.2 Platonismo, aritotelismo, escolstica no Renascemento e o propsito de Pico della

    Mirandola na Oratio..................................................................................................33

    1.3 Magia, Astrologia e Qabbalah na cultura renascentista: herana no pensamento de

    Pico della Mirandola...................................