Click here to load reader

dr pedrosa

  • View
    540

  • Download
    13

Embed Size (px)

Text of dr pedrosa

30/03/2010

FATO 65 - NATAL A FESTA DE ADO

FATO 65 - NATAL A FESTA DE ADORAO AO DEUS SOL Avaliao do Usurio: /0 Pior Melhor Avaliar Matrias em WORD - Dr Jos Renato Pedroza Escrito por JRPedroza Sb, 12 de Dezembro de 2009 22:15 FATO 65 - NATAL A FESTA DE ADORAO AO DEUS SOL (SOLSTCIO DE INVERNO). PAPAI NOEL O BISPO CATLICO SO NICOLAU de MITHRA. PAPAI NOEL O PRIMEIRO VIGILANTE DA LOJA MANICA. Est escrito: Glatas 4: 16 Fiz-me acaso vosso inimigo, dizendo a verdade? Apesar de ser um resumo, este artigo um dos estudos mais completo sobre o natal, pois busca todas as origens e conseqncias, desde aquelas ditas inocentes at as explcitas contra Jesus Cristo e a Sua Igreja. Este mais um trabalho de f, coragem, respeito e amor s vtimas do engano e da falta de conhecimento, so as vtimas de falsos profetas. Est escrito: Jeremias 8: 5 Por que, pois, se desvia este povo de Jerusalm com uma APOSTASIA to contnua? Persiste no engano, no quer voltar. A Festa de Natal uma festa pag ao deus SOL, comemorada h milnios antes do nascimento de Jesus Cristo. Em nenhum momento Jesus Cristo pede que se comemore o seu nascimento e, pelo contrrio, pede que celebremos a Ceia do Senhor at que Ele volte, relembrando a sua morte e ressurreio. No existe relato dos cristos comemorando esta data. Aps vrios anos enganando os cristos despreparados, o paganismo assume a adorao nica e exclusiva de papai Noel. D uma passeio pelos shoppings. O cenrio montado em torno do Natal outra situao fora da nossa realidade. Guirlandas, neve e frio, chamins, e tantos outros objetos tpicos que no tm nenhuma relao com o Oriente Mdio onde Jesus nasceu, mas com a Europa, lugar onde So Nicolau ganhou status de "santo". Chega a ser ridculo ver brasileiros vestidos em roupas de inverno europeu, sob o intenso calor do vero tropical. As Palavras de Deus condenam tais comemoraes Est escrito: Timteo 1:4 Nem se dem a fbulas ou a genealogias interminveis, que mais produzem questes do que edificao de Deus, que consiste na f; assim o fao agora. 1 Timteo 4:7 Mas rejeita as fbulas profanas e de velhas e exercita-te a ti mesmo em piedade. 2 Timteo 4:4 E desviaro os ouvidos da verdade, voltando s fbulas. Tito 1:14 No dando ouvidos s fbulas judaicas, nem aos mandamentos de homens que se desviam da verdade. 2 Pedro 1:16 Porque no vos fizemos saber a virtude e a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, seguindo fbulas artificialmente compostas, mas ns mesmos vimos a sua majestade. Deuteronmio 18:9 Quando entrares na terra que o Senhor teu Deus te d, nohttp://www.simceros.org/index.php?v 1/31

30/03/2010

FATO 65 - NATAL A FESTA DE ADO

aprenders a fazer conforme as abominaes daqueles povos. 1- INTRODUO A histria do natal comea na verdade pelo menos h alguns milnios antes do nascimento de Jesus. to antiga quanto civilizao Babilnica e Persa.

BABILNIA - Aps o dilvio, um descendente amaldioado de No chamado Co, gerou Cuche que gerou Ninrode que foi um rei que queria unificar o mundo entorno de uma torre chamada de BABEL (Babilnia). NINRODE era celebrado como deus SOL, a quem foi dado o ttulo de Baal (Meu Senhor). A sua esposa SEMRAMIS foi consagrada como deusa LUA, a quem foi dado o ttulo de Baali (Minha ou Nossa Senhora). O filho deles era o deus THAMUZ, que aps a morte do pai Ninrode, veio se casar com sua me. O economista Armindo Abreu, nas diversas fontes citadas na sua obra O PODER SECRETO, editora Kraniom, edio 2005, destacam-se no captulo 15, paginas 297-363 - A misteriosa Fraternidade Babilnica QUE NADA MAIS SERIA QUE O EMBRIO DAS ANTIGAS E MSTICAS SOCIEDADES SECRETAS ATUAIS. Vejam agora algumas identidades alternativas para o deus SOL NINRODE: Adad; Adam; Ado; Adnis; Alcides; Amen-Ra; Anu; tis ou Atts; Baal; Bacchus; Baco; Bali; Beddru; Bell; Bremhillahm; Cadmos; Caos (maonaria usa muito a expresso: ORDO AB CHAO); Cronos; Deoius; Deva Tat; Dionsio; Eannus; El-Khidir; Enlil; Eros; Fohi; Gentaut; Hrcules; Hermes; Hesus; Hrus; Ischi; Indra; Iswara; Ixion; Jano; Janus; Jao; Jesus e Joo Batista (introduzidos pelo catolicismo quando paganizaram o cristianismo); Krisna; Krst; Mammom; Mercrio; Meu Senhor; Micado; MITRA; Mitras; Moloch; ninus;Odnio; Osiris; Prometeus; Quetzalcoatl; Quirinus; Salivahana; Sammonocadam; So Jorge; Saturno; Senhor da Vida e da Morte; SOL; Thamuz; Taut; Thor; Tien; Virisana; Xamolxis; Zoar; Zoroastro. Armindo Abreu cita uma ampla gama de NOMES E EXPRESSES QUE IDENTIFICA a deusa da religio babilnica SEMRAMIS, a deusa LUA. Entre os vrios encontrados ou identificados nesta obra, destacam-se (em ordem alfabtica): Afrodite; Anahita; Anat; Angerona; Antu; Artemsia; Ashera (Azera); Asherah; Asherat; Ashtar; Ashtart; Ashtoteth; Asit; Astart; Astarte; Astoreth; Astorga; Attar;http://www.simceros.org/index.php?v 2/31

30/03/2010

FATO 65 - NATAL A FESTA DE ADO

Arthena; Attoret; Auset; Baali; Baalat; Baalath; Baalatt-Gebal; Baphomet; Barati; Ceres; Cibele; Demter; Diana; Esttua da Liberdade; Estrela Brilhante da Manh; Estrela da Manh; Eulogia; Eva; Freija; Frigg; Gaia; Grande Me Terra; Hamalieil; Hathor; Hecate; Hera; Inanna; Innin; Io; Ishara; Ishtar; Isis; Istar; Juno; Kali; Lilith; Lua; Lucifera; Luna; Mari; Maria; Maria Betnia; Maria Madalena; Madona; Madonna; Matrona; Minha Senhora; Minerva; Mistrio da Babilnia; Mulher Escarlate; Mut; Nana; Ninkharsa; Noiva do Homem Verde; Nossa Querida Senhora; Nossa Senhora da Luz; Nut; Ostara (deusa da pscoa com os seus coelhinhos); Rainha do Cu; Rainha do Mar (Iemanj); Rainha do Mundo; Rainha do Submundo; Rhea; Sachat; Salem; Sara Kali; Sekhemet; Semi-Rama-Isis; Semi-Ramis; Semiramis; Semiramis A VIUVA (os maons se identificam como filhos da viva); Shachat; Shalem; A Me de Todas as Prostitutas e Abominaes da Terra, e sobre sua testa estava escrito um nome: Mistrio, A Grande da Babilnia (apocalipse 17); Sophia; Stella Maris; Uarchet; Uatchet; Ua Zit; Umm Attar; Vnus; Virgem Celestial; Virgem do Lago; Virgem Me dos Deuses; Virgem Negra; Virgem que Chora; Virgo OBS: Muitos destes deuses so andrginos, existindo os seus nomes como masculino e feminino como nos casos de Baal, Baphomet, etc... Est escrito: Isaias 42: 8 - Eu sou o SENHOR; este o meu nome; a minha glria, pois, a outrem no darei, nem o meu louvor s imagens de escultura Os PERSAS comemoravam o nascimento do deus MITHRA que representava o SOL e, ao longo do sculo 2, tornou-se uma das divindades mais respeitadas entre os romanos. O natal para eles tem um sentido bem prtico: CELEBRAR O SOLSTCIO DE INVERNO, a noite mais longa do ano no hemisfrio norte, que acontece no final de dezembro. Dessa madrugada em diante, o SOL fica cada vez mais tempo no cu, at o auge do vero. o ponto de virada DAS TREVAS PARA A LUZ. (a mesma expresso usada na maonaria, quando se pergunta: de onde vens?). Na MESOPOTNIA a celebrao durava 12 dias e o deus SOL era o deus Marduk. Na GRCIA aproveitavam o solstcio para cultuar deus Dionsio, o deus do vinho e da vida mansa. No EGITO relembravam a passagem do deus SOL, On ou Osris para ohttp://www.simceros.org/index.php?v 3/31

30/03/2010

FATO 65 - NATAL A FESTA DE ADO

mundo dos mortos. Alguns JUDEUS pagos abandonaram o Deus verdadeiro de seus pais (Abrao, Isaac e Jac) e passaram a adorar o deus SOL que chamavam de BAAL, que era o deus principal na rea em torno de Judia. Na SIA MENOR o deus SOL era Attis. Na SRIA o deus SOL era o deus Adonis. Na GR-BRETANHA, os povos antigos comemoravam o forrobod em volta do Stonehenge (3100 a.C.) para marcar a trajetria do SOL ao longo do ano, portanto mais uma festa de adorao ao deus SOL. Os NRDICOS faziam uma festa ao solstcio Yule. O presunto, a ceia, a decorao colorida das casas e a rvore de natal foram tradies que nos deixaram. Em ROMA adoravam o deus MITHRA dos persas, realizando uma semana de farras e orgias chamadas de SATURNLIA. Neste momento surge o CATOLICISMO para tentar confundir os verdadeiros cristos. OBS: No hemisfrio norte, o solstcio de inverno ocorre entre os dias 21 e 22 de dezembro, quando o sol atinge o seu afastamento mximo da linha do Equador, tornando as noites mais longas e marcando o inicio do inverno. Os mitrastas estabeleceram o dia 25 de dezembro como a data do Natalis Solis Invicti, ou Nascimento do Sol Invencvel, festividade esta que coincidia com SATURNLIA, uma orgia em homenagem a Saturno, que, mais tarde, deu origem ao CARNAVAL. A Origem do Natal - "25 de Dezembro" - Daniel Borges 11/04/03 - Igreja Batista de Catanduva. Conclumos que a festa de NATAL uma festa pag como o CARNAVAL2- PAPAI NOEL O BISPO SO NICOLAU, O DEUS SOL MITHRA DA IGREJA CATLICA, QUE EST SUBSTITUINDO JESUS CRISTO.

Alguns autores tm levantado a possibilidade do cristianismo ter plagiado o deus MITHRA. A historiadora Acharya no apresentou nenhum exemplo convincente de que o cristianismo plagiou qualquer coisa do Mithrasmo. Ou as supostas evidncias so muito recentes, no estando em conformidade com as concluses dos modernos eruditos Mithraicos, ou simplesmente elas no existem. Acharya ir precisar de uma quantidadehttp://www.simceros.org/index.php?v 4/31

30/03/2010

FATO 65 - NATAL A FESTA DE ADO

imensa de documentao muito mais slida, antes que qualquer de suas reivindicaes possa ser levada a srio. O primeiro registro remanescente de um deus chamado Mithra aparece na forma de uma divindade invocada em um tratado datado de 1.400 aC [Hinn.MS, ix]; dali em diante ele aparece como um dos vrios deuses INDO-IRANIANOS. O deus MITHRA originalmente IRANIANO. Porm, logo aps o surgimento do ZOROASTRISMO, Mithra sofreu uma espcie de rebaixamento, pois se tornou membro de um grupo de sete inferiores yazatas que serviam os deuses dos nveis superiores [Cum . MM, 5], tendo-lhe sido atribudas algumas funes especiais de escolta: levar demnios para o inferno, e almas ao Paraso. J no primeiro sculo aC, Mithra ainda associado ao SOL, juntamente com Apolo e Hermes. [MS.129] Mais uma vez ROMA adaptou um deus pago SO

Search related