Drenagem de T³rax © a introdu§£o de um dreno em uma das trs cavidades do t³rax (cavidade pleural, cavidade pericrdica ou mediastino)

  • View
    152

  • Download
    5

Embed Size (px)

Text of Drenagem de T³rax © a introdu§£o de um dreno em uma das trs cavidades do...

  • Slide 1
  • Drenagem de Trax a introduo de um dreno em uma das trs cavidades do trax (cavidade pleural, cavidade pericrdica ou mediastino)
  • Slide 2
  • Sistema de drenagem de trax fechada com selo dgua
  • Slide 3
  • Consiste em: - frasco coletor (adulto ou infantil) - gua (para fazer o selo dgua) - Extenso de drenagem (silicone ou ltex) - Suspiro - sifo (conectar a extenso de drenagem).
  • Slide 4
  • Sistema de drenagem torcica Manufaturada ainda bastante utilizada nas instituies; deve-se ter cuidado: com o tamanho do frasco, qualidade e espessura da extenso de ltex, borracha de vedao da boca do frasco, sifo e respiro.
  • Slide 5
  • Viso do posicionamento do dreno O dreno fixado com fio de sutura na pele do paciente e o restante do fio ao dreno, para fix-lo e tambm na retirada do dreno, fechar o orifcio.
  • Slide 6
  • Curativo da insero do dreno Colocar a gaze cortada ao meio ou dobrada envolta da insero do dreno.
  • Slide 7
  • Cont.. Exemplo de curativo com a gaze cortada ao meio.
  • Slide 8
  • Cont.. colocar tira larga de esparadrapo ao redor da insero, fixando por cima e por baixo do dreno, mantendo-o bem posicionado.
  • Slide 9
  • Cuidados na manuteno do sistema de drenagem Manter o frasco de drenagem abaixo do nvel do trax (60 a 90cm); Manter devidamente protegido para evitar quedas acidentais; a extenso que liga o dreno ao frasco de drenagem dever ser grande o suficiente para permitir movimentao do paciente, porm no em demasia, pois poder formar alas e prejudicar a drenagem;
  • Slide 10
  • Cont... Pinar o dreno somente no momento da troca do frasco coletor, rapidamente, evitando pneumotrax hipertensivo; se necessrio mobilizar o paciente; manter pinas cobertas com borracha, para pinamento em caso de urgncia, decorrente de algum acidente com o sistema. Trocar o sistema de drenagem diariamente ou se houver necessidade quando drenado grande volume;
  • Slide 11
  • Cont.. Evitar aumento do selo dgua, pois dificulta a drenagem devido ao aumento da resistncia; Anotar volume e aspecto do lquido drenado; Observar o padro respiratrio do paciente; examinar o dreno sempre que mobilizar o paciente no leito; orientar os pacientes para respiraes profundas, tossir frequentemente, para ajudar a expanso pulmonar.
  • Slide 12
  • Cont.. realizar ordenha do dreno quando indicada; observar sinais de obstruo do dreno; Observar oscilao do lquido na extenso de drenagem; Trocar curativo da insero diariamente; No prender a extenso na cama, evitando acidente na movimentao do paciente.
  • Slide 13
  • Complicaes relacionadas ao sistema de drenagem Evitar conexes de fino calibres;
  • Slide 14
  • Complicaes relacionadas ao sistema de drenagem Extenses intermedirias muito longas, determina maior resistncia ao fluxo e dificuldade de drenagem. As setas indicam as dobras ou guirlandas
  • Slide 15
  • Drenagem pleural com aspirao utilizado quando grandes volumes de ar ou lquido precisam ser drenados. nunca colocar a aspirao direta no dreno (pode provocar leses alveolares em decorrncia da presso negativa.
  • Slide 16
  • Drenagem pleural com aspirao (Cont...) Ao frasco coletor (A), liga-se um frasco (B), denominado selo dagua, ao qual ligado uma bomba de aspirao. O no funcionamento da bomba, um processo semelhante ao pinamento do dreno, da mesma forma, pode acarretar risco de pneumotrax hipertensivo.