Drogas No Emagrecimento

  • View
    224

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Drogas No Emagrecimento

  • 8/3/2019 Drogas No Emagrecimento

    1/16

  • 8/3/2019 Drogas No Emagrecimento

    2/16

    CENTRO UNIVERSITRIO DE BELOHORIZONTE UNI-BH

    Aline Reis AntunesCarla RenataJuliane Ketlei

    Prof.(a): Eliane de S Lopes

    Belo Horizonte2011

  • 8/3/2019 Drogas No Emagrecimento

    3/16

    Obesidade o acmulo excessivo de gordura no organismo

    acima de limites arbitrariamente estabelecidas como normais e

    que frequentemente resulta em prejuzos para sade atual e futurado individuo, resultado de desequilbrio na homeostase

    energtica, ou seja, no binmio ingesto alimentar (apetite) e

    gasto energtico (termognese).

    COLE et al., 2009

  • 8/3/2019 Drogas No Emagrecimento

    4/16

    um distrbio complexo e sua etiopatogenia engloba processos

    patolgicos, psicolgicos, genticos, socioculturais e ambientais

    que incluem o sedentarismo, hbitos alimentares inadequados,

    abandono do tabagismo.

    Desta forma, essa condio clnica necessita de tratamento

    adequado, objetivando a manuteno de um peso saudvel e

    reduo de fatores de risco para doenas cardiovasculares,

    Diabetes Mellitus e outros.

    COTA et al.,2008

  • 8/3/2019 Drogas No Emagrecimento

    5/16

    uma doena universal de prevalncia crescente e certamente

    hoje assume carter epidmico, como o principal problema desade pblica na sociedade moderna.

    A utilizao de medicamentos como auxiliares no

    tratamento do paciente obeso deve ser realizada com cuidado,no sendo em geral o aspecto mais importante

    das medidas empregadas.

    HALPERN & MANCINI, 2009

  • 8/3/2019 Drogas No Emagrecimento

    6/16

    O Consenso Latino- Americano em obesidade preconiza que otratamento medicamentoso pode ser administrado quando:

    - IMC for igual ou maior que 30- IMC for igual ou maior que 25, se acompanhado de outrosfatores de risco como Hipertenso Arterial, Diabetes Mellitus tipo2, hiperlipidemia, etc.

    - Quando o tratamento convencional (Dieta e Exerccio Fsico)no se obteve xito.

    Preconiza ainda, que as premissas fundamentais para a indicao dafarmacoterapia em obesidade:

    - A medicao no deve ser o nico meio de tratamento (associarDieta e Exerccio Fsico);

    - http://emagrecer.sarmento.org/medicamentos-para-emagrecer-indicacoes-opcoes-e-riscos/

  • 8/3/2019 Drogas No Emagrecimento

    7/16

    Atuam sobre o sistema nervoso central Catecolaminrgicos Serotoninrgicos Serotoninrgicos + Catecolaminrgicos

    Atuam sobre o metabolismo Termognicos

    Atuam sobre o sistema gastrointestinal Inibidores da Absoro Intestinal de gorduras

  • 8/3/2019 Drogas No Emagrecimento

    8/16

    Frmacos que diminuem a fome, so mais indicados em obesoscom hiperfagia prandial.

    Mecanismo de ao: Diminuem a ingesto alimentar pormecanismo noradrengicos

    Exemplos: Fentermina (Adipex, Zantril, Fastin)Anfepramona (Inibex, Moderine, Obesil)Fenproporex (Inobesin, Lipomax)

    Efeitos Colaterais: Boca seca, insnia, taquicardia, ansiedade

  • 8/3/2019 Drogas No Emagrecimento

    9/16

    Estes agentes diferem dos anorexgenos clssicos por promoveremsaciedade ao invs de inibirem a fome. So utilizados em

    pacientes com comportamento alimentar tipo Nibbling(beliscador) e em indivduos com compulses alimentares.

    Mecanismo de ao: Inibem a recaptao da serotonina

    Exemplos: Fluoxetina ( Prozac), Setralina.

    Efeitos Colaterais: Cefalia, insnia, ansiedade, sonolncia ediminuio do libido

  • 8/3/2019 Drogas No Emagrecimento

    10/16

    Mecanismo de ao: Age sobre a serotonina

    Exemplos: DexFenfluramina (Isomeride, Fluril)foi retiradodo mercado devido aos problemas causados nas vlvulas

    cardacas.

    Efeitos Colaterais: Sonolncia, cefalia, boca seca e aumento doritmo intestinal. Problemas nas vlvulas cardacas

  • 8/3/2019 Drogas No Emagrecimento

    11/16

    Serotoninrgicos e CatecolaminrgicosSacietgenos com duplo mecanismo de ao.

    Mecanismo de ao: Inibem a recaptao da serotonina e danoradrenalina, diminuindo o apetite e aumentando asaciedade.

  • 8/3/2019 Drogas No Emagrecimento

    12/16

    Exemplos: Sibutramina (Meridia, Reductil)Fenfluramina (Minifage AP e Lipese AP)Retirado do mercado

    devido a problemas nas vlvulas cardacas

    Efeitos Colaterais: Boca seca, constipao, taquicardia, sudorese,eventualmente aumento da presso arterial. Sonolncia, cefalia, e

    aumento do ritmo intestinal. Problemas nas vlvulas cardacas.

  • 8/3/2019 Drogas No Emagrecimento

    13/16

    Incrementam a perda calrica e tendem portanto a promover a perdade peso.

    Mecanismo de ao: Aumentam a ao da noradrenalina emterminaes nervosas potencializando o efeito da efedrina, umagonista adrenrgico que causa uma estimulao no sistemanervoso simptico, levando a aumento da termognese, resultandoem uma maior produo de calor e maior consumo de calorias.

    Exemplos:Efedrina, Cafena e Aminofilina.

    Efeitos Colaterais: Sudorese, taquicardia, eventualmente aumento, da presso arterial e gastrite

  • 8/3/2019 Drogas No Emagrecimento

    14/16

    Mecanismo e ao:Atua no lmen intestinal inibindo a lipasepancretica que uma enzima que promove a clivagem dostriglicrides em cidos graxos livres e monoglicrides que soabsorvidos no intestino delgado. A inibio da ao dessas

    enzimas provoca uma menor absoro de gordura em nvelintestinal, porm esta inibio no total, sendo deproximadamente de um tero da gordura ingerida.

    Exemplo: Orlistat (Xenical)Efeitos Colaterais: Esteatorria (diarria gordurosa), incontinncia

    fecal, interfere na absoro das vitaminas A, D, E e K,; necessitando de suplementao.

  • 8/3/2019 Drogas No Emagrecimento

    15/16

    O uso de medicamentos no tratamento da obesidade deve

    sempre visar auxiliar o processo de mudana de estilo de vidae facilitar as adaptaes s mudanas dietticas.

    Assim, a farmacoterapia deve servir apenas como auxlio aotratamento diettico e no com estrutura fundamental do

    tratamento da obesidade.

  • 8/3/2019 Drogas No Emagrecimento

    16/16

    COTA, et al., Uso de medicamentos inibidores do apetite a curto prazo: um estudodescritivo das discentes do curso de enfermagem do centro universitrio do lestede Minas GeraisUnileste-MG.Revista Enfermagem Integrada, Ipatinga, v.1,n.1, Nov./Dez. 2008.

    COLE et al., Terapia farmacolgica da obesidade: uma anlise crtica e reflexivadas prescries de catecolaminrgicos por uma farmcia de manipulao doMunicpio de vila velha, Esprito Santo.Revista Eletrnica de Farmcia. EspritoSanto, v.6, p.10-61.Nov. 2009.

    HALPERN, Alfredo; MANCINI, Mrcio C.; Endocrinologia obesidade.RevistaBrasileira de Medicina. V. 5, n.1, p. 68-82. Jan. 2009.

Search related