Click here to load reader

E x e c u t e - s e

  • View
    336

  • Download
    5

Embed Size (px)

DESCRIPTION

E x e c u t e - s e , Criciúma, 28 de agosto a 27 de Setembro de 2013

Text of E x e c u t e - s e

  • 1. E X E C U T E - S E

2. E X E C U T E S E Robs esto presentes h tempos na fico cientfica. Na minha infncia, tive bastante contato com desenhos em que o protagonista contava com o auxlio de robs. Para alm do auxlio, esses robs e mquinas possuam autonomia... e isso era o que mais me instigava. Adorava Super Mquina (seriado), Pole Position (desenho), entre tantos outros contedos que envolviam robtica. Mas, afora essa influncia, eu queria saber como as coisas funcionavam, a parte eltrica, a mecnica, enfim... e meus primeiros brinquedos foram fonte dessa curiosidade, sendo que isso desencadeou o processo de criar meus prprios brinquedos. A partir da fui desenvolvendo tcnicas e aprendendo sobre o funcionamento das coisas sem manuais de instrues. Eram brinquedos quebrados, motores queimados e planos frustrados at comear a ter os primeiros resultados. Toda essa experincia adquirida foi se unindo a novos e retomando antigos projetos por uma busca de autonomia das coisas, tendo ainda como fator, talvez, a procura por preencher uma ausncia... Jonas, em conversa com Claudia Zimmer 3. Caderno de Registros 4. Caderno de Registros Um caderno que teve seus primeiros esboos em 2010, funciona como um manual de instrues de projetos que existem e podem a vir existir. Entre ideias, desenhos e textos temos um pouco do ficcional que esconde o intimo pela paixo nas maquinas. Caderno de Registros 2010 a 2013, reprodues individuais de 65 desenhos. 5. Mquina do Tempo 6. Mquina do Tempo Video de um mecanismo aberto mostrando todas as engrenagens e o seu funcionamento. Video, 2013, 1:02 minutos 7. Acompanhante Dirio 8. Acompanhante Dirio Acompanhante Dirio mix de muitos projetos do caderno de registro. O projeto consiste em um rob que acompanha o seu dono, usurio durante todo o dia. Durante o dia ele vai capturando registros, fotos, rastros para depois ser executado em um corpo robtico. Acompanhante Dirio, 2013, Desenho direto na parede. 9. Rob Companhia 1.0 10. Rob Companhia 1.0 Foi um dos primeiro esboos do Caderno de Registro. Com a inteno de ser um acompanhante uma companhia para o dia-a-dia, nessa primeira etapa executa apenas movimentaes basicas. um rob que vai receber ao longo do tempo diversos upgrades com a inteno de ser cada vez mais autonomo. Rob Companhia, 2013, Lego, Motor, Arduino e hack. 11. Jonas Esteves Bacharel em Artes Visuais. Mostra coletiva Pretexto SESC Curadoria Fabiana Wielewicki - 09 Junho de 2009 Cricima-SC; Salo dos Novos de Joinville - 03 Maro 2010 Joinville; Coletiva Pretexto Cidade SESC - Curadoria Charles Narloch - 07 Abril 2010 Cricima-SC; Mimesis Mlleriana - Curadoria: Yara Guasque - 30 Junho 2010 Joinville-SC; Mostra coletiva ASCAV - 05 Janeiro 2011 Cricima-SC; Bastidor - Curadoria Fernando Boppr - 13 Maro 2011 Cricima-SC; Convergncias - ASCAV - 08 Maio 2011 Cricima-SC. Pretexto Arte Contempornea - Curadoria: Josu Mattos - 29 Setembro 2011 Cricima-SC; Mostra coletiva "O Eu um Outro" - Curadoria: Fernando Boppr - 21 Abril 2012 Cricima-SC; Mostra Coletiva "Arte Agora" - Curadoria: Fernando Lindote - 25 de Outubro 2012 Cricima-SC;

Search related