Edição 199

  • Published on
    16-Mar-2016

  • View
    214

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Edio 199

Transcript

<ul><li><p>Rio do Campo SC, sexta-feira, 11 de Janeiro de 2013 Ano X - Edio n 199 Valor: R$ 2,00</p><p>JO</p><p>RN</p><p>AL</p><p>ATRIBUNADO VALEwww.jatv.com.br "Por que voc me chama bom? ", respondeu Jesus. "No h ningum que seja bom, a no ser somente Deus. Lucas 18:19</p><p>3564 11753564 1175</p><p>RUA 29 DE DEZEMBRO, 218</p><p>89198. 000 - RIO DO CAMPO - SC</p><p>Rua 29 de Dezembro, 1037 - Sala 02 - Fone (47) 3564 - 1001/ (47) 8463 -9557</p><p>Prefeitura de Rio do Campo comunica </p><p>suspenso do contrato referente coleta de lixo</p><p>O que eu peo para a populao riocampense compreenso, porque eu acredito que todo cidado tem </p><p>uma conscincia ambiental e social naquilo que vem acontecendo em nosso municpio, ento eu espero </p><p>que a sociedade possa entender essa nossa dificuldade de primeiro momento.</p><p>Agora os prefeitos da regio j </p><p>tomaram posse e iniciaram os </p><p>compromissos assumidos durante a </p><p>campanha poltica realizada no ano </p><p>passado. Confira as solenidades </p><p>ocorridas nas cidades de Rio do </p><p>Campo, Santa Terezinha, Tai, </p><p>Salete e Mirim Doce.</p><p>Pg. 09</p><p>Pgs. 05 e 07</p><p>Prefeito Rodrigo Preis</p></li><li><p>JO</p><p>RN</p><p>AL</p><p>ATRIBUNADO VALE 02OpinioRio do Campo SC, sexta-feira, 11 de Janeiro de 2013JO</p><p>RN</p><p>AL</p><p>ATRIBUNADO VALERua Antnio Losi, 55 - Bairro Sulbrasil</p><p>CEP: 89198.000 - Rio do Campo - SC</p><p>CNPJ: 11.614.277/0001-20 - Insc. Estadual: Isento </p><p>- Inscr. Municipal: 5607</p><p>Diretor Presidente </p><p>Wagner Sorrilha Apodaca</p><p>E-mail: contato@jatv.com.br</p><p>Fone: (47) 3564-1414 / 8485-3484</p><p>Editora, Redao e Jornalista Responsvel</p><p>Chirlei Cristina da Silva Back</p><p>SC-02588-JP</p><p>E-mail: chirleicris@hotmail.com</p><p>Fone: (47) 8462-1920</p><p>DIAGRAMAO:</p><p>Wagner Sorrilha Apodaca e Elenice Weber</p><p>site: www.jatv.com.br</p><p>E-mail: contato@jatv.com.br</p><p>O Jornal no se responsabiliza por conceitos emitidos em artigos </p><p>assinados, por no constituir vnculo empregatcio. Sendo de total </p><p>responsabilidade de seus titulares.</p><p>Filiado</p><p>:</p><p>Circulao: Rio do Campo - Santa Terezinha - Salete - Tai - Mirim Doce</p><p>Editorial</p><p> Nesta primeira edio do </p><p>ano de 2013, quero deixar um </p><p>abrao a todos os leitores e desejar </p><p>que este ano seja o mais acentuado </p><p>em suas vidas.</p><p> Que o ano novo seja repleto </p><p>de realizaes inesquecveis, </p><p>momentos marcantes, que haja </p><p>mais fraternidade e solidariedade </p><p>entre os seres humanos.</p><p> Que os casais vivam </p><p>intensamente o amor, e seja regado </p><p>de alegrias diariamente...</p><p> No deixe que o ter </p><p>substitua o ser. </p><p>2013 ser um ano de utopia? Para </p><p>mim no... E para voc?</p><p> Amigo leitor, ainda hoje, </p><p>pense no que voc pode fazer para </p><p>melhorar.</p><p> Estou lendo um livro. Isso </p><p>mesmo! Frias tambm so para estas </p><p>coisas: lugares diferentes, mudana </p><p>de rotina, novas amizades e bons </p><p>livros. Tudo perfeito. Melhor ainda </p><p>quando o livro trata de tudo o que a </p><p>gente sente e percebe, mas no </p><p>consegue descrever com frases claras </p><p>e curtas. Graas a Deus existem </p><p>pessoas que tem esta sensibilidade; de </p><p>colocar no papel aquilo que seus olhos </p><p>conseguem ver e o corao consegue </p><p>depurar com palavras.</p><p> Bem, o livro foi um presente </p><p>do pai de um amigo meu. Eu o recebi </p><p>quando fui visit-lo. O nome do livro </p><p> O Poder da Bno, novas ideias </p><p>para a vida aqui na terra. Do autor </p><p>alemo Notker Wolf. O que desejo </p><p>partilhar est no captulo vinte e dois, </p><p>pgina cinquenta e trs e seguinte, </p><p>cujo ttulo o mesmo deste artigo. </p><p>Vou transcrev-lo nas linhas abaixo:</p><p> Voc tem uma pessoa que </p><p>sabe tudo sobre voc? Uma pessoa </p><p>que voc conhece h muito tempo, a </p><p>quem voc sempre confiou tudo, com </p><p>quem voc pode desabafar o seu </p><p>corao, em quem voc confia </p><p>totalmente? Voc tem um tal aliado? </p><p> Enfrenta-se melhor a vida </p><p>com uma pessoa assim ao seu lado. </p><p>muito gratificante no ter que </p><p>dissimular nada, poder falar </p><p>abertamente, e poder s vezes </p><p>confessar alguma coisa. Pode ser que </p><p>no se encontre tudo o que constitui </p><p>um aliado em uma pessoa s; </p><p>frequentemente, so diversas pessoas </p><p>em diferentes situaes da vida que </p><p>entram em jogo. Mas, suposto que </p><p>nosso aliado seja uma nica pessoa, </p><p>que qualidades ele deveria ter?</p><p>Compreenso: eis certamente uma </p><p>c o n d i o f u n d a m e n t a l . </p><p> Compreenso significa que </p><p>ele ou ela nos poupa de condenao </p><p>moral, mas tem critrios morais. </p><p>Alm disso, importante que ele ou </p><p>ela tenha inteligncia e experincia de </p><p>vida, porque precisamos de vez em </p><p>quando de conselhos. Nosso aliado </p><p>deveria ter tambm bom humor, pois </p><p>muito do que nos oprime se dissolve </p><p>no ar to logo a gente fala sobre isso </p><p>com uma pessoa espirituosa. [...]</p><p> O aliado , portanto, aquele </p><p>que melhor nos conhece. Ele poderia </p><p>escrever nossa biografia: ns nos </p><p>sentiramos bem com isso porque </p><p>saberamos que a histria de nossa </p><p>vida estaria em excelentes mos. Se se </p><p>quisesse resumir todas as suas </p><p>qualidades, uma palavra se oferece </p><p>para isso; uma palavra muito bela, </p><p>mas, ainda assim, raramente </p><p>utilizada; esta palavra : fidelidade. </p><p> No estranho como a </p><p>fidelidade pouco valorizada e </p><p>quanta melanclica admirao ela, </p><p>entretanto, inspira? Como as pessoas </p><p>admiram e respeitam um casal que </p><p>est junto h trinta anos, porque </p><p>ambos se mantiveram fieis?</p><p> Ela nos toca bastante, essa </p><p>estabilidade. E o mais belo que </p><p>podemos esper-la tambm de Deus </p><p>[...]. O pensamento do autor </p><p>p r o s s e g u e p o r m a i s a l g u n s </p><p>pargrafos; o que no posso fazer aqui </p><p> me estender, mas j o suficiente </p><p>para nos inspirar nas nossas relaes </p><p>familiares, fraternas, afetivas e </p><p>sociais: encontrar algum que seja um </p><p>verdadeiro aliado para realizar uma </p><p>tima caminhada de vida durante este </p><p>novo ano. </p><p> Que Deus, atravs da sua </p><p>criatura, o ser humano, possa inspirar </p><p>a compreenso, inteligncia e a </p><p>experincia, bom humor e a </p><p>espiritualidade, e principalmente a </p><p>fidelidade. </p><p> Um feliz ano novo pra cada </p><p>um de ns e que o Deus fiel e justo nos </p><p>una cada vez mais para prepararmos </p><p>j e aqui o Seu Reino de Amor!</p><p>Padre Saule Dias</p><p>Procura-se: um aliado para a vida</p><p> Ol, caro eleitor, mais um </p><p>ano acaba de iniciar e com ele vem as </p><p>promessas de mudana de estilo de </p><p>vida. Agora vou comear a dieta </p><p>alimentar, fazer exerccio fsico, </p><p>p a r a r d e f u m a r e a s s i m </p><p>sucessivamente, so infinitas as </p><p>promessas de uma vida mais regrada </p><p>e saudvel.</p><p> A mudana de vida no </p><p>nada fcil, pois batemos de frente </p><p>com a questo cultural que muito </p><p>forte em nossas vidas. Dizem os </p><p>educadores e especialistas que a </p><p>pessoa pode mudar os hbitos at os </p><p>30 anos, a partir dessa idade se torna </p><p>difcil, mas eu discordo, pois a </p><p>mudana pode ocorrer a qualquer </p><p>momento da vida , nunca tarde para </p><p>melhorar. Insisto em dizer que os </p><p>hbitos saudveis vm de bero que </p><p>quanto antes a gente aprender, mas </p><p>fcil ficar para mant-los .</p><p> Outra questo a social, pois </p><p>todos os dias nos deparamos com </p><p>situaes comuns como: festas de </p><p>aniversrios, casamentos, batizados, </p><p>coquetis, entre outros. Tudo sempre </p><p>regado de bebidas e comidas, e nem </p><p>sempre conseguimos evitar, e nem </p><p>devemos, pois geralmente esses </p><p>eventos tm sempre um lado afetivo </p><p>e indispensvel a nossas vidas. O que </p><p>precisamos ter controle.</p><p> Ento a minha dica </p><p>reeducao alimentar sempre, no </p><p>comece o ano acreditando em </p><p>promessas milagrosas, chs que </p><p>emagrecem, remdios mirabolantes </p><p>que fazem perder 10 quilos em um </p><p>ms. Tudo isso iluso. Mais </p><p>verdadeiro e comprovado uma </p><p>alimentao saudvel, praticar </p><p>exerccios fsicos, tomar muita gua. </p><p>E acima de tudo ter objetivos na vida.</p><p>Feliz 2013 .... Que todos os seus </p><p>objetivos sejam alcanados.</p><p>Chegou 2013!</p><p>Marlia Donadeli </p><p>Nutricionista </p><p>CRN 1549 </p></li><li><p>JO</p><p>RN</p><p>AL</p><p>ATRIBUNADO VALE 03GeralRio do Campo SC, sexta-feira, 11 de Janeiro de 2013</p><p>Financiamento de R$ 650 milhes assinado pelo governador permitir dar </p><p>incio imediato a 10 obras em rodovias catarinenses, SC - 427 uma delas</p><p> O contrato assinado entre o </p><p>Governo de Santa Catarina e o Banco </p><p>Interamericano de Desenvolvimento </p><p>(BID), nesta quarta-feira, 9, pelo </p><p>governador Raimundo Colombo, em </p><p>Braslia, o maior j realizado entre o </p><p>Estado e a instituio: US$ 250 </p><p>milhes. Somada a contrapartida do </p><p>Estado, o montante de R$ 650 milhes, </p><p>que integra o programa Pacto por Santa </p><p>Catarina, ser aplicado imediatamente </p><p>em melhorias na malha rodoviria </p><p>estadual. "Nos adiantamos na </p><p>elaborao dos projetos para podemos </p><p>dar incio a vrias dessas obras agora </p><p>em janeiro", explicou o governador. </p><p>Nesta quinta-feira, 10, o governador </p><p>tambm assinar a ordem de servio </p><p>para incio das obras na SC-114, entre </p><p>Painel e So Joaquim.</p><p> S o m a d o s o s r e c u r s o s </p><p>economizados nessas primeiras </p><p>licitaes e a contrapartida do Estado, </p><p>cerca de R$ 150 milhes, foi elaborado </p><p>um segundo pacote de obras. Nele, est </p><p>a duplicao da rodovia Antnio Heil e </p><p>a interseo com a BR-101, no trecho </p><p>entre Brusque e Itaja, e implantao </p><p>do novo acesso norte de Blumenau, </p><p>com 20 quilmetros de extenso.</p><p> A primeira etapa de obras do </p><p>novo programa prev a aplicao de R$ </p><p>333,5 milhes em dez obras, ou 222 </p><p>quilmetros de estradas novas, </p><p>asfaltadas ou recuperadas (veja no final </p><p>desta matria a tabela com a relao </p><p>d a s o b r a s ) . O c o n t r a t o d e </p><p>financiamento tambm foi assinado </p><p>pelo representante do BID encarregado </p><p>no Brasil, Juan Carlos de Lahoz, pelo </p><p>secretrio da Infraestrutura, Valdir </p><p>Cobalchini, e a representante da Unio, </p><p>procuradora Ana Rachel Silva.</p><p> A obra na rodovia Antnio </p><p>Heil ter seu edital de licitao lanado </p><p>ainda este ms. J o novo acesso norte </p><p>de Blumenau est com o projeto em </p><p>elaborao, que deve estar concludo </p><p>at o final do primeiro semestre deste </p><p>ano. "Assinamos o financiamento com </p><p>10 das 12 obras j licitadas. Isso um </p><p>e x e m p l o d e p a c t o p a r a o </p><p>desenvolvimento de Santa Catarina", </p><p>disse Cobalchini.</p><p> O prazo de pagamento de 25 </p><p>anos com carncia de 66 meses. Como </p><p>u m t o d o , i n c l u i n d o o u t r o s </p><p>financiamentos e recursos prprios do </p><p>Estado, o Pacto por Santa Catarina </p><p>prev aplicao de R$ 2,8 bilhes na </p><p>implantao e na recuperao de 30% </p><p>da malha rodoviria pavimentada </p><p>catarinense.</p><p> O novo financiamento com o </p><p>BID tambm consolida uma parceria </p><p>de 32 anos com o Governo do Estado. </p><p>Em dezembro de 1980, foi assinado o </p><p>Primeiro Programa de Estradas </p><p>Alimentadoras de Santa Catarina BID </p><p>I. Na poca, o Estado contava com 937 </p><p>q u i l m e t r o s d e r o d o v i a s </p><p>pavimentadas. Hoje so 4,7 mil </p><p>quilmetros de estradas asfaltadas e </p><p>outros 1,7 mil quilmetros sem </p><p>cobertura asfltica.</p><p> Desde a primeira edio, at a </p><p>quinta, foram U$ 664,5 milhes </p><p>emprestados pelo BID, que ajudaram o </p><p>Estado a asfaltar 2314 quilmetros das </p><p>rodovias catarinenses.</p></li><li><p>JO</p><p>RN</p><p>AL</p><p>ATRIBUNADO VALE 04PublicidadeRio do Campo SC, sexta-feira, 11 de Janeiro de 2013</p></li><li><p>JO</p><p>RN</p><p>AL</p><p>ATRIBUNADO VALE 05PolticaRio do Campo SC, sexta-feira, 11 de Janeiro de 2013</p><p> Ocorreu na manh de 1 de </p><p>janeiro de 2013, no ptio da prefeitura </p><p>municipal de Rio do Campo, a sesso </p><p>solene de posse do executivo e </p><p>legislativo municipal. Conforme </p><p>determina a lei, a cerimnia foi </p><p>presidida pelo vereador Alex Losi, </p><p>sendo o vereador mais votado, eleito </p><p>em 07 de outubro de 2012, o qual, no </p><p>decorrer da mesma sesso, foi eleito </p><p>po r vo tao , pe los co l egas </p><p>vereadores empossados, Presidente </p><p>da Cmara de Vereadores para o </p><p>pleito 2013/2016. </p><p> Momentos antes do incio da </p><p>sesso o prefeito Rodrigo Preis, </p><p>concedeu entrevista ao JATV e </p><p>expressou sua satisfao em assumir </p><p>a prefeitura municipal de Rio do </p><p>Campo uma grande alegria para </p><p>m i m , n e s t e d i a , a s s u m i r a </p><p>administrao do municpio. </p><p>Agradeo a Deus pela oportunidade </p><p>que Ele me concede e agradeo a </p><p>populao pela confiana. Vamos </p><p>trabalhar altura para retribuir cada </p><p>voto que a sociedade riocampense </p><p>nos confiou, realizando um trabalho </p><p>transparente onde a comunidade </p><p>possa participar nas decises, </p><p>ajudando a administrar. A populao </p><p>ser sempre muito ouvida na </p><p>administrao de Rodrigo e Mario </p><p>Henrique para que realmente </p><p>possamos atender todos os anseios </p><p>dos riocampenses. Agradeo ao meu </p><p>vice-prefeito, Mario Henrique, que </p><p>me ajudou, atravs da coligao PT, </p><p>PSDB e PMDB, chegar a esta vitria. </p><p>F o m o s c o m p a n h e i r o s c o m o </p><p>vereadores, sempre com muita </p><p>harmonia, assim hoje, chegamos </p><p>juntos ao executivo municipal. Mario </p><p>Henrique um homem honesto e </p><p>sincero, a ele o meu muito obrigado.</p><p> Na mesma entrevista Mario </p><p>Henrique agradece a Deus pela </p><p>vitria maravilhosa, Juntos: </p><p>Rodrigo, Mario Henrique, Cmara de </p><p>Vereadores, seremos parceiros, e com </p><p>certeza faremos uma grande </p><p>administrao, sempre de mos dadas </p><p>com o povo, administrando para </p><p>todos. Muito obrigado e um Feliz Ano </p><p>N o v o a t o d a s a s f a m l i a s </p><p>riocampenses. </p><p> No ato da posse do prefeito e </p><p>vereadores, foram nomeados os </p><p>seguintes secretrios: Nilson Janning </p><p>(PMDB) Secretrio da Sade, </p><p>Marinho Meurer (PSDB) Secretrio </p><p>de Educao, Joseanir Hermes (PT) </p><p>Secretria da Administrao e </p><p>Norberto Leite (PMDB) Secretrio </p><p>de Transportes e Obras. </p><p> R o d r i g o e x p l i c a E m </p><p>princpio, ser concedido perodo de </p><p>frias a todos os funcionrios que </p><p>possuem frias vencidas, ser feito </p><p>um rodzio para o gozo das mesmas, </p><p>considerando o direito de todo </p><p>servidor pblico em usufruir deste </p><p>perodo de frias. Devido este </p><p>p e r o d o , e t a m b m p a r a </p><p>conhecimento da situao atual da </p><p>prefeitura, os trabalhos, no primeiro </p><p>trimestre, sero em ritmo um pouco </p><p>mais reduzido. Os setores da Sade, </p><p>Educao, Administrao e Obras </p><p>no podem parar, por isso, a partir de </p><p>amanh estaremos reunidos para </p><p>desenvolvemos os trabalhos, com os </p><p>secretrios acima citados. Os demais </p><p>setores e devidos secretrios, sero </p><p>r e c o m p o s t o s c o n f o r m e a s </p><p>necessidades e condies financeiras </p><p>da prefeitura.</p><p> O ex-prefei to Antonio </p><p>Pereira, deixa uma palavra ao prefeito </p><p>Rodrigo Preis e populao </p><p>riocampense Desejo sucesso ao </p><p>Prefeito Rodrigo, toda sua equipe e </p><p>vereadores. Do meu corao digo, na </p><p>verdade no sei se estou feliz ou se </p><p>estou triste. Feliz, pois acredito que </p><p>minha meta eu cumpri. Estou </p><p>tranquilo, na paz de Deus, de cabea </p><p>erguida e consciente. Triste, </p><p>considerando que sou humano, pelos </p><p>erros que cometi, e pelos mesmos </p><p>peo perdo e compreenso, bem </p><p>como pelos acertos peo a mesma </p><p>compreenso. Procuramos sempre </p><p>tratar as famlias riocampenses com </p><p>igualdade e respeito, assim, </p><p>a c r e d i t a m o s q u e a a t u a l </p><p>administrao tambm proceder, </p><p>conforme todas as fam l ias </p><p>merecem. </p><p>Solenidade de posse do prefeito e vereadores de Rio do Campo</p><p> A transmisso de cargo da </p><p>administrao municipal de Santa </p><p>Terezinha ocorreu na manh do dia </p><p>primeiro de janeiro, nas dependncias </p><p>da Cmara Municipal de Vereadores. </p><p> A sesso solene organizada e </p><p>conduzida com muita elegncia </p><p>marcou a hegemonia do PMDB em </p><p>Santa Terezinha. Genir Junckes </p><p>passou a chave da nova prefeitura </p><p>municipal s mos de Nego Ferens, </p><p>seu vice at 2012, pelo perodo de oito </p><p>anos. Na oportunidade, foi eleito com </p><p>nove votos o presidente da Cmara de </p><p>Vereadores, Hamilton Manoel </p><p>Zeferino...</p></li></ul>