Edição número 1802 - 24 de julho de 2013

  • View
    243

  • Download
    9

Embed Size (px)

DESCRIPTION

tribunaindependenteediodigitaltribunahoje

Transcript

  • POUPANA: 0,4706%

    DLAR COMERCIALR$ 2,22 R$ 2,22

    DOLAR PARALELOR$ 2,24 R$ 2,39

    OURO:R$ 98,00

    Bom a parcialmente nublado com possiblidades de chuvas

    em reas isoladas

    Mnima

    20Mxima

    29

    Mars

    FINANAS

    TEMPO

    QUARTA-FEIRAMACEI - ALAGOAS

    24 DE JULHO DE 2013 N0 1802

    R$ 1,50 tribunahoje.comTRIBUNAINDEPENDENTE

    EXEMPLAR DOASSINANTE

    04:36 2.4 11:00 0.0 17:08 2.2 23:13 0.2

    SANDRO LIMA

    SECOM AL

    MPB DE LUTO

    CANTOR DOMINGUINHOS MORRE AOS 72 ANOS EM HOSPITAL DE SO PAULOPGINA 8

    INVESTIMENTOS NO ESTALEIRO EISA SOBEM PARA R$ 2,2 BILHESO presidente do Synergy Group, German Efromovich - responsvel pelo Estaleiro Eisa Alagoas -, anunciou ontem ao governador

    Teotonio Vilela Filho e ao secretrio Luiz Otvio, do Desenvolvimento Econmico, durante reunio em So Paulo, a ampliao dos investimentos para no projeto, que passaro de R$ 1,5 bilho para R$ 2,2 bilhes.

    PGINA 11

    INSS QUER SEM-TETO FORA PARA VENDER O PRDIO

    O INSS quer desocupar os edifcios dos Palmares e Humberto Santa Cruz, invadidos por dezenas de famlias sem-teto, para vend-los. Para isso, at

    j pediu ao procurador do rgo que encaminhe Justia Federal pedido de reintegrao de posse.

    PGINA 11

    ALAGOAS 2 COM MENOR ADESO AO MAIS MDICOS

    Alagoas o segundo Estado com menor ndice de adeso ao Programa Mais Mdicos, do go-verno federal, perdendo apenas para Roraima.

    At segunda-feira noite, apenas 13 municpios alagoanos tinham aderido ao programa, .

    PGINA 3

    JOAQUIM BARBOSAAPARTAMENTO DE R$ 1 MILHO CUSTOU APENAS 10 DLARESAsas JB. Este o nome da empresa do ministro Joaquim Barbosa, com a qual adquiriu por apenas US$ 10 um apar-tamento em Miami avaliado em R$ 1 milho, com artifcios para se livrar de impostos. A denncia, no blog Cafezinho, lembra que como membro da magistratura Barbosa no pode ser dono de empresa. PGINA 7

    Na mira do trficoDescoberto plano

    para matar delegados e oficiais da PM

    ALVOS DOS TRAFICANTES ERAM OS DELEGADOS JOBSON

    CABRAL E VALDIR DE CARVALHO, ALM DE DOIS

    OFICIAIS MILITARES CUJOS NOMES NO FORAM

    REVELADOS. ESQUEMA FOI MONTADO DENTRO DE

    PRESDIOS E DESCOBERTO PELA POLCIA FEDERAL

    PGINA 9

  • PolticaPRTB prepara-se para a proporcional, mas evita comentar eleio majoritriaEmbora o PRTB, de Ccero Almeida, esteja articulando as candidaturas ao Legislativo para o prximo ano, ainda no se sabe o sentido que o partido deve tomar em relao ao Executivo. Para Adeilson Bezerra, que tem um papel muito importante no diretrio estadual, diz que o partido j est com as decises quase tomadas, mas se esquiva sobre o Executivo. J temos vrios nomes fortes e j estamos com a chapa proporcional quase definida. Sobre o executivo s quem pode falar o Almeida, limitou-se.

    MACEI - QUARTA-FEIRA, 24 DE JULHO DE 2013POLTICA2

    Arrasto do PRTB promete 40 diretriosSegundo Adelson Bezerra, entrada de Almeida foi uma revoluo no partido

    Mesmo com grandes pretenses para a eleio que vai acontecer no pr-ximo ano, Ccero Almeida ainda prefere fazer mist-rio sobre os nomes que de-vem integrar os quadros do partido, mesmo sem combi-nar isso com os correligio-nrios.

    Desde que assumiu o partido, ele faz questo de anunciar que vrios nomes de peso sero seus colegas sobre a bandeira da agre-miao, mas no anunciou ningum.

    J Adeson Bezerra no faz tanto mistrio assim. Ele s no disse mais por que no estava com as fi-chas de filiao em mos, quando a reportagem falou com ele por telefone.

    Temos bons nomes, como Joo Beltro; Arnon Amlio; Jairzinho Lira; Ed-son Magalhes, o ex-secre-trio do governo Almeida; Francisco Arajo e o Pastor Barbozinha, da Assembleia de Deus, elencou Bezerra.

    NOMESNo entanto, h nomes

    que chegam a surpreen-der, tanto pelos partidos que deixam, quanto pelo ostracismo em que se en-contravam. Estes so, res-pectivamente, os casos de Omar Coelho (DEM), ex--presidente da OAB, e Ne-noi Pinto, ex-deputado es-tadual.

    Com o Nenoi, ns j conversamos. Mas o Omar, ns s iremos conversar amanh [25], quando deve-mos fechar questo sobre sua filiao, surpreendeu Bezerra. (EM)

    SANDRO LIMA/ARQUIVO

    SANDRO LIMA/ARQUIVO

    Com a entrada de Almeida, PRTB turbinou suas adeses e no interior o partido s cresce

    O ex-presidente da OAB/AL, Omar Coelho, hoje filiado ao Democratas, mas Bezerra o quer no PRTB

    ASSEMBLEIA

    Com farta procura, sigla quer 5 vagas

    Com a expectativa da cria-o de mais de 40 diretrios municipais, o presidente do partido, Ccero Almeida, j estabeleceu uma prioridade pensando nas prximas elei-es, as convenes munici-pais.

    De acordo com Almeida, a partir da primeira quinzena de agosto o partido deve reali-zar esses eventos para definir estratgias de participao do partido, na eleio do prximo ano.

    Essa primeira quinzena vai ser fundamental a nossa estratgia, ns devemos ir a Feira Grande e Lagoa da Canoa, onde participaremos das convenes municipais e deveremos gravar nossas pro-postas para o guia eleitoral, de rdio e televiso, anteci-pou Almeida.

    O ex-prefeito de Macei espera, a partir dessas con-venes, pr-definir os nomes do PRTB que devem concor-rer ao Legislativo, estadual e federal, em Alagoas.

    J para Adelson Bezerra, devido a grande procura para integrar os quadros do partido a expectativa de que a agre-miao consiga mais vagas do que o esperado inicialmente. Num primeiro momento, ns pretendamos fazer dois fe-derais e trs estaduais; mas agora, com a procura, ns esperamos aumentar nossa expectativa. Acreditamos que possvel fazer de quatro a cinco deputados estaduais, torce. (EM)

    NOMES

    Omar Coelho e Nenoi Pinto so assediados pelos peerretebistas

    ERIK MAIAREPRTER

    A entrada de Ccero Almeida no PRTB , sem dvida, um mar-co na histria poltica re-cente do estado, j que cerca de 40 comisses provisrias - que antecedem a criao de um diretrio estadual - foram criadas aps o ex-prefeito de Macei assum-ir o partido, em um ms.

    Segundo o Adelson Be-zerra, vice-presidente da legenda, em Alagoas, neste novo momento poltico h cerca de 70 comisses provi-srias institudas. Ele espera que cerca de 80% delas se tor-nem diretrios municipais.

    A vinda de Ccero para o PRTB trouxe a ateno de muita gente pra c. Ento, ns estamos concluindo o processo de criao de co-misses para a partir do dia 10 de agosto, darmos incio a realizao das convenes municipais, e ento deixar as comisses formalmente insti-tudas para que se criem os diretrios, explicou Bezerra.

    Conforme o vice-presiden-te, a sigla chegou a um pata-mar que pode escolher quem sero os novos filiados, mas h critrios para isso.

    Ns estamos selecionan-do quem vem para o partido.

    At porque, qualquer pessoa bem vinda desde que tenha compromisso com o cresci-mento do PRTB, esclereceu Bezerra.

    H apenas um ponto que pode ser questionado no dis-curso de Almeida e Bezerra, a fidelidade ao partido. O vice

    alega que quem vem para o PRTB diz no ato da filiao qual a sua inteno nas ur-nas.

    Assim ns podemos ga-rantir o compromisso, at porque, caso, no futuro, essa pessoa venha propor uma candidatura a outro cargo,

    Relatrio Figueiredo

    Documento dado como perdido por 45 anos e reencontrado em 2012 no antigo Museu do ndio, no Rio, ser utilizado pela Comis-so Nacional da Verdade para revelar atrocidades contra ndios nos anos 60 e buscar reparao histrica. As revelaes do Relatrio Figueiredo sobre a atuao de agentes do Estado para massacrar comunidades, roubar terras da Unio e vender os ttulos a fazendeiros so novo trunfo de ongs e da Funai para pressionar ruralistas e acelerar processos para demarcao de terras.

    Paralelo 11Relatrio de 1967 detalha o Massacre do Paralelo 11, quando jagunos e agentes do SPI massacraram com bombas e veneno 3,5 mil Cintas--Largas entre MT, RO e PA.

    Pau de araraDeputados Janete Capiberibe (PSB-AP), Chico Alencar (PSOL-RJ) e Ivan Valente (PSOL-SP) defendem reparao e indenizao s vtimas indgenas da ditadura militar.

    Nova CPIBancada pr-indgena na Cmara promete abrir CPI para apurar fraudes em ttulos e punir responsveis por torturas e massacres contra indge-nas tambm na Bahia e Paran.

    Engatilhado Em campanha contra novo referendo, Associao de Fabricantes de Armas sustenta que 81% dos criminosos ouvidos em pesquisa procura-ram saber se vtima est armada; 74% afirmam evitar entrar em casas de pessoas armadas; 57% afirmaram ter mais medo do cidado armado do que da polcia; e 56% disseram que evitar este tipo de abordagem.

    CotasDeputado Salvador Zimbaldi (PDT-SP) quer proibir casais gays em comerciais voltados ao pblico infantil. Para no derrubar o texto, lder da bancada GLBT Jean Wyllys (PSOL- RJ) apresentou emenda que impede exclusividade a casais heterossexuais.

    Inrcia Autor de projeto sobre privacidade na internet, deputado Eduardo Aze-redo (PSDB-SP) critica inrcia do governo no combate a crimes ciber-nticos. Aes de espionagem evidenciam que o ciberespao brasileiro no tem qualquer tipo de segurana.

    Sem farraDilma foi a primeira a dar exemplo sobre a farra de voos da FAB. H muito no volta a Porto Alegre, para onde ia pelo menos duas vezes por ms. A ltima ida foi em maio.

    Recesso Em tempo de recesso nem tudo fica parado no Congresso. O pessoal da limpeza e manuteno trabalha duro em reformas de salas, e limpe-za de carpetes e paredes.

    Novos tempos O ex-guerrilheiro esquerdista Pepe Mujica se entregou de vez ao capitalismo como j fizera o ex-colega Lula. Far sua primeira PPP para um presdio de segurana mdia para dois mil presos. Cinco grupos entraram na licitao, entre eles quatro estrangeiros.

    que venha a ser um empec