of 26/26
GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DO ESTADO DA BAHIA - SECOM INSTITUTO DE RADIODIFUSÃO EDUCATIVA DA BAHIA - IRDEB EDITAL nº 02/2014 PREÂMBULO NOME DO EDITAL: Edital de Fomento à Produção Audiovisual Baiana 2014 VALIDADE ATÉ: 30/12/2015 UNIDADE EXECUTORA: INSTITUTO DE RADIODIFUSÃO EDUCATIVA DA BAHIA - IRDEB FORMAS DE CONTATO: ENDEREÇO ELETRÔNICO (SITE) www.irdeb.ba.gov.br Telefone: (71) 3116-7425 E-mail: [email protected] PERÍODO DE APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS: Pelos Correios: Início: 07/07/2014 Fim: 21/08/2014 Presencialmente: Início: 07/07/2014 Fim: 21/08/2014 ENDEREÇO PARA ENVIO DE PROPOSTAS PELOS CORREIOS: Rua Pedro Gama, 413-E, Alto do Sobradinho - Federação - Salvador - Bahia - CEP 40.231.000 PRESENCIALMENTE: No PROTOCOLO DO IRDEB, a Rua Pedro Gama, 413-E, Alto do Sobradinho - Federação - Salvador - Bahia - das 09h00 às 12h00 e das 14h00 às 17h30m de segunda a sexta-feira DATA MÍNIMA DE INÍCIO DO PROJETO, PARA INSCRIÇÃO DA PROPOSTA: Só serão aceitas propostas cujo cronograma tenha início a partir de 28/11/2014. O Estado da Bahia, através da Secretaria de Comunicação Social do Estado da Bahia - SECOM e da Unidade Executora acima identificada, torna pública a abertura de apresentação de propostas com vistas à seleção de projetos de produção independente de obras audiovisuais brasileiras de documentários, telefilme de ficção, de séries de ficção, documental e animação, com destinação e exibição inicial em televisão nos termos do presente Edital e seus Anexos e com observância das disposições da Lei Estadual 9.433/05 e do Decreto estadual nº 9.266/2004 e 9.683/05, bem como das disposições da Lei Federal nº 11.437/06, do Decreto nº 6.299/07 e pelo Regulamento Geral do Programa de Apoio ao Desenvolvimento da Indústria Audiovisual - PRODAV, disponível no portal da ANCINE (www.ancine.gov.br). 1. OBJETO 1.1 Constitui objeto do presente Edital a seleção de projetos inéditos de obras audiovisuais, não publicitárias, captadas em alta definição que tenham como finalidade a exploração comercial, na(s) categorias(s) indicada(s) no Anexo I. 1.2 Os recursos financeiros disponíveis para este Edital, indicados no Anexo I, serão provenientes do Fundo Setorial do Audiovisual - FSA, através de Termo de Suplementação a ser concedido pela ANCINE ao IRDEB e de orçamento do IRDEB. Edital de FOMENTO À PRODUÇÃO AUDIOVISUAL 2014 1 / 26

Edital de Fomento à Produção Audiovisual Baiana 2014

  • View
    220

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Edital de Fomento à Produção Audiovisual Baiana 2014

  • GOVERNO DO ESTADO DA BAHIASECRETARIA DE COMUNICAO SOCIAL DO ESTADO DA BAHIA - SECOMINSTITUTO DE RADIODIFUSO EDUCATIVA DA BAHIA - IRDEB

    EDITAL n 02/2014

    PREMBULO

    NOME DO EDITAL:Edital de Fomento Produo Audiovisual Baiana 2014

    VALIDADE AT:30/12/2015

    UNIDADE EXECUTORA:INSTITUTO DE RADIODIFUSO EDUCATIVA DA BAHIA - IRDEB

    FORMAS DE CONTATO:

    ENDEREO ELETRNICO (SITE)www.irdeb.ba.gov.br

    Telefone:(71) 3116-7425

    E-mail:[email protected]

    PERODO DE APRESENTAO DE PROPOSTAS:Pelos Correios:

    Incio: 07/07/2014Fim: 21/08/2014

    Presencialmente:

    Incio: 07/07/2014Fim: 21/08/2014

    ENDEREO PARA ENVIO DE PROPOSTAS PELOS CORREIOS:Rua Pedro Gama, 413-E, Alto do Sobradinho - Federao - Salvador - Bahia - CEP 40.231.000PRESENCIALMENTE:No PROTOCOLO DO IRDEB, a Rua Pedro Gama, 413-E, Alto do Sobradinho - Federao - Salvador - Bahia - das 09h00 s 12h00 e das 14h00 s 17h30m de segunda a sexta-feira

    DATA MNIMA DE INCIO DO PROJETO, PARA INSCRIO DA PROPOSTA:

    S sero aceitas propostas cujo cronograma tenha incio a partir de 28/11/2014.

    O Estado da Bahia, atravs da Secretaria de Comunicao Social do Estado da Bahia - SECOM e da Unidade Executora acima identificada, torna pblica a abertura de apresentao de propostas com vistas seleo de projetos de produo independente de obras audiovisuais brasileiras de documentrios, telefilme de fico, de sries de fico, documental e animao, com destinao e exibio inicial em televiso nos termos do presente Edital e seus Anexos e com observncia das disposies da Lei Estadual 9.433/05 e do Decreto estadual n 9.266/2004 e 9.683/05, bem como das disposies da Lei Federal n 11.437/06, do Decreto n 6.299/07 e pelo Regulamento Geral do Programa de Apoio ao Desenvolvimento da Indstria Audiovisual - PRODAV, disponvel no portal da ANCINE (www.ancine.gov.br).

    1. OBJETO

    1.1 Constitui objeto do presente Edital a seleo de projetos inditos de obras audiovisuais, no publicitrias, captadas em alta definio que tenham como finalidade a explorao comercial, na(s) categorias(s) indicada(s) no Anexo I.

    1.2 Os recursos financeiros disponveis para este Edital, indicados no Anexo I, sero provenientes do Fundo Setorial do Audiovisual - FSA, atravs de Termo de Suplementao a ser concedido pela ANCINE ao IRDEB e de oramento do IRDEB.

    Edital de FOMENTO PRODUO AUDIOVISUAL 2014 1 / 26

  • 2. PRAZOS

    2.1 Os prazos para realizao desta seleo so os estabelecidos no Anexo II.

    2.2 Os prazos previstos podero ser prorrogados por ato do Diretor Geral do IRDEB, mediante justificativa fundamentada e/ou das comisses de seleo.

    2.3 O prazo de validade deste edital poder ser prorrogado por ato do Diretor Geral do IRDEB, mediante justificativa fundamentada.

    3. PROPONENTE

    3.1 Podero encaminhar propostas para esta seleo:a) Pessoas Jurdicas de Direito Privado que tenham como finalidade legal principal, o exerccio de

    atividades de produo cinematogrfica, de vdeos e de programas de televiso - CNAE 59.11-1/99; e

    b) Tenham registro na ANCINE como empresa produtora brasileira independente.

    3.1.1 Estaro permitidas associaes de empresas produtoras baianas com outras empresas produtoras independentes brasileiras para efeitos de participao nos editais, desde que esteja resguardada a participao majoritria das empresas baianas na diviso dos direitos patrimoniais sobre as obras.

    3.2 No sero apoiadas propostas de proponentes que no possuam domiclio ou estabelecimento no Estado da Bahia h, pelo menos, 02 (dois) anos, tendo como referncia a data de encerramento da apresentao de propostas.

    3.3 Ser exigido para contratao dos recursos do FSA o pr-licenciamento oneroso de exibio da OBRA por emissora ou programadora de televiso, com todas as especificaes pertinentes, de acordo com os valores e propores mnimas em relao aos itens financiveis e condies contratuais exigidas pelo FSA definidas nos itens 63 a 65 do Captulo IV do Regulamento Geral do PRODAV, observando-se que o prazo da primeira licena se iniciar com a data do requerimento do seu Certificado de Produto Brasileiro (CPB) e valer por at 3 (trs) anos a contar da sua emisso.

    3.3.1 - Obrigatoriamente a primeira licena dever ser feita, sem exclusividade, pelo IRDEB para exibio na TV Educativa de Salvador, este tambm dever ter o carter oneroso, com todas as especificaes pertinentes do item acima.

    3.4 No caso de projetos realizados em coproduo internacional, devero ser observados os termos do inciso V do artigo 1 da Medida Provisria internacional n 2228-1/2001, alm das seguintes disposies:

    a) A coproduo dever ser comprovada por meio de contrato ou pr-contrato com empresa estrangeira, redigido em lngua portuguesa, consularizado e com traduo juramentada, dispondo sobre as obrigaes das partes no empreendimento, os valores e aportes financeiros envolvidos e a diviso de direitos sobre a obra.

    b) Os recursos a serem investidos, assim como o clculo da participao do FSA, tero como base o total de itens financiveis de responsabilidade da parte brasileira. Da mesma forma, o FSA ter participao sobre as receitas proporcionais parte brasileira na diviso dos territrios em todos e quaisquer segmentos de mercado e janelas de explorao, existentes ou que venham a ser criados, observando as condies sobre retorno do investimento dispostas no Regulamento Geral do PRODAV. c) No momento da contratao do investimento, ser exigido o reconhecimento provisrio da coproduo internacional pela ANCINE, nos termos da Instruo Normativa n 106, de 24 de julho de 2012, que dispe sobre o reconhecimento do regime de coproduo internacional de obras audiovisuais no-publicitrias brasileiras, ou norma equivalente que a substitua.

    Edital de FOMENTO PRODUO AUDIOVISUAL 2014 2 / 26

  • d) Coprodues internacionais estabelecidas aps a deciso final de investimento no projeto estaro sujeitas anlise do FSA para reviso das condies de retorno do investimento, desde que exista o reconhecimento provisrio da coproduo pela ANCINE.

    4. VEDAES

    a) vedada a participao de projetos de obras audiovisuais cujos diretores da obra ou scios, gerentes e administradores das empresas proponentes ou respectivos cnjuges ou companheiros ou parentes em linha reta, colateral ou por afinidade at o 2 grau, sejam servidores ou ocupantes de cargo em comisso da Agncia Nacional do Cinema (ANCINE), bem como servidores do BRDE lotados em unidade responsvel pela operao do FSA ou ocupantes de cargo em comisso, e membros do Comit de Investimento;

    b) vedada a alterao de empresa produtora proponente, salvo nos casos de ciso, fuso ou incorporao, quando poder ser admitida a troca da proponente pela nova empresa resultante de um desses processos de reorganizao empresarial, desde que haja anuncia do BRDE e do IRDEB com a alterao subjetiva, e seja observado o limite financeiro previsto neste edital, bem como preservadas as condies para a contratao;

    c) vedada a participao de proponente que esteja inadimplente com a Fazenda Pblica Estadual; esteja inadimplente com o IRDEB; e tenha, na composio de sua diretoria e, no caso de ONGs, tambm no conselho fiscal, servidor pblico lotado no IRDEB. As vedaes previstas neste artigo estendem-se aos parentes at o segundo grau, bem como aos cnjuges ou companheiros, quer na qualidade de pessoa fsica, quer por intermdio de pessoa jurdica da qual sejam scios, no que se refere a proposta que envolva ou beneficie diretamente a pessoa impedida;

    d) vedada a contratao de projeto que j tenha recebido recursos do Fundo Setorial do Audiovisual FSA e/ou do Fundo de Cultura da Bahia. No caso de projetos j selecionados e/ou contratados em outras linhas do Fundo Setorial do Audiovisual FSA e/ou do Fundo de Cultura da Bahia, esta vedao ser afastada, desde que ainda no tenha havido liberao de recursos por parte dos agentes financeiros desses Fundos e haja desistncia do proponente/contratado em relao seleo/contratao anterior.

    5. DIREITOS SOBRE OS CONTEDOS AUDIOVISUAIS

    5.1 Os direitos sobre as obras audiovisuais, objeto do investimento do FSA, devero observar o captulo VI do Regulamento Geral do PRODAV.

    6. APRESENTAO DA PROPOSTA

    6.1. A proposta dever ser apresentada atravs de formulrio disponvel no site indicado no prembulo deste Edital e enviada unicamente:

    6.1.1. Atravs de formulrio disponvel no site indicado no prembulo deste Edital, em envelope lacrado e identificado (destinatrio, nome do edital e nome da proposta), enviado por SEDEX dos Correios, ou servio similar ou protocolado no endereo constante no prembulo deste Edital, constando:

    a) 01 (uma) via impressa do formulrio de apresentao de propostas disponvel no site indicado no prembulo deste Edital;

    b) 01 (uma) via impressa da planilha oramentria disponvel no(s) site(s) indicado(s) no prembulo deste Edital;

    c) 01 (uma) via impressa do currculo do proponente; e

    Edital de FOMENTO PRODUO AUDIOVISUAL 2014 3 / 26

  • d) CD ou DVD gravado com os arquivos digitais iguais aos impressos, dos documentos a, b, e c acima indicados, bem como da documentao indicada no item 6.1.2.

    6.1.2 Documentao complementar obrigatria, para:

    Categoria A - OBRA SERIADA DE ANIMAO de 130" (um minuto e trinta segundos): Storyline, Sinopse com, no mximo, 10 linhas, Argumento com, no mximo, 2 laudas, Perfil dos Personagens, Model Sheet dos Personagens, Concepo dos Principais Cenrios, e Storyboard com, no mnimo, 9 quadros de cada um dos 26 (vinte e seis) episdios.

    Categoria B - OBRA SERIADA DE FICO de 3 (trs) minutos - Storyline, Argumento e Perfil dos Personagens da Srie e Sinopse e Roteiros com estrutura, diviso por sequencia e dilogos desenvolvidos de todos os 13 (treze) episdios da srie.

    Categoria C - OBRA SERIADA DE FICO - PBLICO INFANTIL de 13 (treze) minutos: Storyline, Argumento e Perfil dos Personagens da srie. Roteiro com estrutura, diviso por sequencia e dilogos desenvolvidos do primeiro episdio e Sinopse de todos os 26 (vinte e seis) episdios da srie.

    Categoria D - OBRA SERIADA DOCUMENTAL de 26 (vinte e seis) minutos: Storyline, Sinopse com, no mximo, 10 linhas e Pr-roteiro com previso de estrutura, sustentao terico-prtica da ideia que se pretende comunicar; listagem e breve perfil dos possveis depoentes, dos 05 (cinco) episdios.

    Categoria E - DOCUMENTRIO Storyline, Sinopse e pr-roteiro com previso de estrutura, sustentao terico-prtica da ideia que se pretende comunicar; listagem e perfil de possveis depoentes, e informao da durao da obra.

    Categoria F - TELEFILME DE FICO: Storyline, Sinopse, Argumento, Perfil dos Personagens e Roteiro com estrutura, diviso por sequencia, dilogos desenvolvidos e informao da durao da obra.

    6.1.2.1 - A documentao complementar obrigatria dever ser enviada impressa juntamente com a documentao do item 6.1.1.

    6.2 Recomenda-se o envio de qualquer outra documentao adicional que o proponente considere importante para enriquecer a avaliao da proposta.

    6.2.1 A documentao adicional dever ser enviada preferencialmente em formato digital, gravados em CD ou DVD.

    6.3 No envelope lacrado dever estar registrado:a) o endereo para envio da proposta, constante do prembulo deste edital;b) o nome deste Edital, constante do prembulo deste edital;c) nome da proposta apresentada.

    6.4 Cada envelope poder conter apenas 1 (uma) proposta, sendo descartados os envelopes que contenham 2 (duas) ou mais propostas.

    6.5. O oramento fsico-financeiro dos recursos a serem financiados, integrante da proposta a ser apresentada, dever ser preenchido de forma detalhada, expressando com clareza a descrio, as quantidades e os custos dos servios e materiais necessrios realizao do projeto.

    6.5.1. Devero ser observados no oramento fsico-financeiro:

    a) o valor limite de apoio por proposta, indicado no Anexo I;b) todas as despesas relativas produo da obra, incluindo o desenvolvimento do projeto e as

    despesas de gerenciamento e de execuo do projeto;

    Edital de FOMENTO PRODUO AUDIOVISUAL 2014 4 / 26

  • c) proponente no optante do Simples Nacional ou Super Simples e havendo contratao de pessoa fsica, poder ser includo valor de contribuio previdenciria patronal (INSS), acompanhado de memria de clculo em campo especfico;

    d) conforme natureza da proposta, atentar para pagamento destinado a direitos autorais de execuo ou representao pblica; e

    e) podero ser pagos com recurso de edital servios de contabilidade, desde que tenham como objetivo apoiar a execuo e prestao de contas da proposta.

    6.5.2. No sero aceitas despesas incompatveis com a legislao pertinente, tais como:

    a) pagamento de gratificao, consultoria, assistncia tcnica ou qualquer espcie de remunerao a servidor ou empregado pblico ativo, integrante de quadro de pessoal de qualquer rgo ou entidade pblica da administrao estadual direta ou indireta;

    b) pagamento ao representante legal da pessoa jurdica, salvo se no exerccio de funo especfica tcnica ou artstico-cultural na proposta;

    c) taxas de administrao, gerncia, captao de recursos ou similar;d) trespasse, cesso ou transferncia a terceiros da execuo do objeto da proposta;e) taxas bancrias, multas, juros ou correo monetria, inclusive referente a recolhimentos

    fora do prazo;f) custos administrativos no condizentes com a natureza da proposta cultural;g) aquisio de material permanente por proponente pessoa jurdica que no possua

    declarao de utilidade pblica;h) coquetel, confraternizao, recepo social, passeio ou congneres, salvo despesas com

    abastecimento de camarim que no incluam bebidas alcolicas; ei) despesas de agenciamento, colocao e coordenao, divulgao, distribuio e

    comercializao e despesas gerais de custeio da empresa proponente.

    6.6. Durante o perodo de inscries o proponente poder cancelar uma proposta j entregue, mediante comunicao Unidade Executora unicamente atravs do e-mail constante do prembulo deste edital.

    6.7. Poder ser enviada at 02 (duas) propostas por proponente, desde que, enviadas em envelopes separados.

    a) Caso identificado o envio de 2 (duas) propostas iguais, ser considerada a proposta enviada por ltimo, dentro do perodo de inscries.

    6.8. A apresentao de propostas implicar na aceitao integral e irrestrita das condies estabelecidas neste Edital.

    6.9. O acompanhamento de todas as etapas do processo seletivo e a observncia quanto a eventuais prazos para atendimento de solicitaes da Unidade Executora sero de inteira responsabilidade dos proponentes.

    6.10. No ser aceito envio de qualquer documento ou material fora do prazo, forma e demais condies estabelecidas neste Edital e em seus Anexos.

    6.11. Todas as informaes prestadas pelo proponente estaro sujeitas comprovao.

    6.12. Sero de responsabilidade do proponente:a) todas as despesas decorrentes de sua participao neste Edital;b) a veracidade das informaes e dos documentos apresentados, bem como sua

    comprovao, quando solicitada;c) a guarda de cpia da proposta, documentos e de todos os anexos; ed) o gerenciamento de recursos de restrio de recebimento de e-mails (filtros, anti-spam, etc.)

    que impeam o recebimento de e-mails enviados pela Unidade Executora.

    Edital de FOMENTO PRODUO AUDIOVISUAL 2014 5 / 26

  • 7. ANLISE PRVIA

    7.1 As propostas enviadas no perodo indicado no prembulo deste Edital sero submetidas anlise prvia.

    7.1.1. A anlise prvia ser realizada por comisso designada pelo Diretor Geral do IRDEB e consistir na avaliao da pertinncia de enquadramento da proposta e do proponente em relao a este Edital e legislao aplicvel.

    7.1.2 No sero habilitadas em anlise prvia propostas:

    a) que tenham incio previsto antes da data indicada no prembulo deste edital, sendo considerada a indicao da data no campo 11.1 do Formulrio de Apresentao de Propostas;

    b) projetos com valor superior ao limite de apoio por proposta, indicado no Anexo I, sendo considerada a indicao no total na Planilha Oramentria de recursos;

    c) enviadas em postagens/embalagens que contenham 2 (duas) propostas ou mais, no mesmo envelope;

    d) que tenham sido enviadas para endereo distinto do indicado no prembulo deste edital;

    e) que no cumpram o estabelecido no item 6.1 e seus subitens;

    f) que apresentem proposta em formulrios diversos aos anexados a este edital; e

    g) que no preencham os campos obrigatrios assinalados no formulrio.

    7.2 O resultado da anlise prvia com a relao das propostas inscritas ser divulgado no Dirio Oficial do Estado e no site indicado no prembulo deste Edital.

    8. SELEO DA PROPOSTA

    8.1 A seleo da proposta ser realizada por Comisso designada pelo Diretor Geral do IRDEB formada por, no mnimo, 5 (cinco) integrantes, podendo ser ampliada de acordo com o nmero de propostas inscritas, composta por membros da Sociedade Civil, do Poder Pblico Estadual e Federal, podendo ter representantes da ANCINE e/ou BRDE, mantendo-se como princpio o nmero mpar e maioria de membros da sociedade civil. Na formao da comisso, ser considerada a atuao na rea deste Edital e experincia em projetos audiovisuais.

    8.1.1. Caso a Comisso julgue necessria defesa oral, o convite ser realizado ao proponente, atravs de correio eletrnico, no qual dever constar o local, a data e o horrio de seu comparecimento, no prazo indicado no Anexo II, quando ser permitida a participao do responsvel tcnico da proposta, se houver.

    8.2 Sero utilizados para a avaliao das propostas os critrios indicados no Anexo III deste Edital.

    8.3 Caso seja identificado que membro da Comisso deste edital integre a Ficha Tcnica do projeto, o projeto ser, em qualquer etapa, automaticamente desclassificado.

    8.4 Cada proponente s poder ter selecionada 01 (uma) proposta neste edital.

    8.5 As propostas selecionadas, bem como a indicao dos suplentes em ordem de classificao, sero publicadas no Dirio Oficial do Estado e no endereo eletrnico indicado no prembulo deste edital.

    8.6 A homologao da seleo da proposta est condicionada ao atendimento realizao dos ajustes indicados pela Unidade Executora, referentes apresentao de documentos, adequao de itens oramentrios, entre outros, visando o atendimento legislao estadual.

    Edital de FOMENTO PRODUO AUDIOVISUAL 2014 6 / 26

  • 8.6.1 Os proponentes sero convocados, por meio eletrnico, para envio dos ajustes indicados e entrega da documentao necessria assinatura do Contrato, no prazo indicado no Anexo II.

    8.6.2 O proponente selecionado que no atender ao solicitado dentro do prazo estabelecido no Anexo II ser desclassificado.

    9. ASSINATURA DO CONTRATO COM O IRDEB

    9.1 Para a assinatura do contrato dos recursos aportados pelo IRDEB (Anexo V), disponvel no site indicado no prembulo deste Edital, o proponente selecionado ser convocado para apresentar no prazo estabelecido no Anexo II os seguintes documentos:

    a) Proposta impressa, com as adequaes solicitadas visando ao atendimento legislao de referncia e com todas as folhas rubricadas;

    b) Cpia de CNPJ da pessoa jurdica proponente;c) Cpia de RG e CPF do(s) representante(s) legal(is);d) Cpia de Contrato Social ou Estatuto, devidamente registrados (JUCEB ou cartrio), e

    demais alteraes, incluindo Ata de designao do(s) representante(s) legal(is), no caso de pessoa jurdica sem fins lucrativos;

    e) Cpia do registro comercial para empresas individuais;f) Declarao de estabelecimento na Bahia nos ltimos 02 (dois) anos;g) Comprovante de regularidade junto ao INSS / Certido Negativa de Dbito (CND),

    podendo ser impressa a partir do site www.previdenciasocial.gov.br;h) Comprovante de regularidade junto ao FGTS / Certido de Regularidade Fiscal (CRF),

    podendo ser impressa a partir do site www.caixa.gov.br;i) Comprovantes de regularidade com as Fazendas Federal, Estadual e Municipal,

    podendo ser impressos a partir dos sites www.receita.fazenda.gov.br, www.sefaz.ba.gov.br e, se houver, do site do Municpio de sede do proponente;

    j) Comprovao de regularidade com o TST Tribunal Superior do Trabalho/ Certido Negativa de Dbitos Trabalhistas - CNDT, podendo ser impressa a partir do site www.tst.jus.br/certidao;

    k) Comprovante de abertura de conta corrente especfica, contendo nome do proponente, CNPJ, banco, nmero da agncia e da conta e data de abertura, que deve ser posterior data da publicao do resultado deste Edital no DOE;

    l) Cpia do balano patrimonial e das demonstraes contbeis do ltimo exerccio, assinados pelo contador responsvel, j exigveis e apresentados na forma da lei podendo ser atualizados por ndices oficiais, quando encerrados h mais de 03 (trs) meses da data da apresentao da proposta, vedada sua substituio por balancetes ou balanos provisrios;

    m) Declaraes obrigatrias indicadas no formulrio de apresentao de propostas assinadas pelo proponente; e

    n) CD ou DVD com formulrios de apresentao de propostas, caso sejam solicitadas alteraes.

    9.2 A documentao dever ser entregue pessoalmente ou enviada por SEDEX dos Correios, ou servio similar, na sede da Unidade Executora indicada no prembulo deste Edital.

    9.3 O proponente selecionado que no apresentar os documentos listados dentro do prazo estabelecido no Anexo II ser desclassificado.

    9.4. Os proponentes vencedores do concurso devero fazer cadastro no COMPRASNET, no site: (www.comprasnet.ba.gov.br).

    10. ASSINATURA DO CONTRATO COM O FSA

    Edital de FOMENTO PRODUO AUDIOVISUAL 2014 7 / 26

  • 10.1 Para cada projeto selecionado ser assinado contrato de investimento entre a empresa proponente e o agente financeiro do FSA, o BRDE, contendo as condies estipuladas na minuta de contrato disponibilizada no seu stio eletrnico, tendo como objeto o investimento para a produo da obra audiovisual e a correspondente participao do FSA nas receitas.

    10.2 A proponente dever apresentar para contratao dos recursos do FSA os documentos relacionados nos Anexos A e B disponveis no site indicado no prembulo deste Edital.

    10.3 A contratao do investimento suplementar do FSA somente ser realizada aps o desembolso pelo IRDEB, condicionada comprovao pela proponente do financiamento, incluindo os recursos do FSA de, no mnimo, 80% (oitenta por cento) da parte brasileira dos itens financiveis, conforme documentao prevista no Anexo B.

    10.4 As proponentes devero estar, ainda, adimplentes perante a ANCINE, o FSA e o BRDE, alm de comprovar regularidade fiscal, previdenciria, trabalhista, para com o Fundo de Garantia do Tempo de Servio FGTS e no CADIN (Cadastro Informativo dos Crditos no Quitados de rgos e Entidades Federais).

    10.5 Ser exigida para a contratao a anlise tcnica da compatibilidade entre o oramento e o roteiro, a ser realizada pelo Instituto de Radiodifuso Educativa da Bahia - IRDEB, salvo se o projeto j estiver aprovado para captao de recursos incentivados pela ANCINE.

    10.6 Ser verificado ainda para contratao dos recursos do FSA a observncia das regras relativas aos direitos sobre os contedos audiovisuais prevista no Captulo VI do Regulamento Geral do PRODAV.

    10.7 Para projetos aprovados pela ANCINE a partir da vigncia do novo Sistema de Aprovao de Projetos estabelecido aps a publicao da Instruo Normativa n 99, de 29 de maio de 2012, a aprovao da etapa de anlise complementar dispensa as anlises de oramento e de direitos previstas nos itens 10.5 e 10.6.

    10.8 As proponentes participaro do contrato de investimento na condio de responsveis pela execuo operacional, gerencial e financeira do projeto e pelas obrigaes relativas ao repasse das receitas decorrentes da explorao comercial da obra.

    10.9 A empresa produtora, no que lhe couber, dever observar, nos contratos e acordos com terceiros, a participao do FSA na Receita Lquida do Produtor (RLP) auferida na comercializao da obra.

    10.10 A cpia final da obra audiovisual entregue para fins de Depsito Legal, em sistema digital de alta definio, dever conter necessariamente dispositivos de legendagem descritiva e audiodescrio que assegurem a acessibilidade por deficientes auditivos e visuais.

    10.11 Para fins de cumprimento da previso normativa relativa logomarca, devero ser observadas as disposies previstas no Manual de Aplicao da Logomarca da ANCINE e as do BRDE, bem como do Governo do Estado e do IRDEB.

    10.12 A proponente ter prazo mximo de at 120 (cento e vinte) dias para apresentar as condies para a contratao do investimento do FSA, contados a partir do desembolso dos recursos pelo IRDEB.

    11. RETORNO DO INVESTIMENTO DO FSA

    11.1 O retorno dos valores investidos pelo FSA ser definido de acordo com as normas dispostas na seo VIII, do captulo IV do Regulamento Geral do PRODAV.

    12. DISPOSIES FINAIS

    12.1.Para todos os efeitos integram o presente Edital o Formulrio de Apresentao de Propostas e os Anexos abaixo especificados, todos disponveis no site indicado no prembulo deste Edital:

    I Especificao do financiamento, objeto, quantidade, valores, prazo para concluso das obras e definies do Edital;

    II Prazos das etapas do Edital;

    Edital de FOMENTO PRODUO AUDIOVISUAL 2014 8 / 26

  • III Critrios para seleo das propostas;IV Orientaes especficas, documentos recomendveis e obrigatrios; V Minuta do Contrato com o IRDEB;A - (FSA) - Documentao exigida para contratao pelo agente financeiro do Fundo Setorial do

    Audiovisual; eB - (FSA) - Documentao exigida para contratao pelo agente financeiro do Fundo Setorial do

    Audiovisual comprovantes de captao dos recursos.

    12.2. As obrigaes a serem assumidas pelo proponente selecionado esto previstas em clusula das OBRIGAES do Contrato.

    12.3. Os recursos financeiros para a proposta selecionada sero repassados conforme clusula da LIBERAAO DOS RECURSOS FINANCEIROS do Contrato a ser celebrado com o IRDEB, bem como no contrato a ser firmado com o FSA.

    12.4 O proponente selecionado dever prestar contas dos recursos na forma indicada no Contrato a ser celebrado com o IRDEB, bem como no contrato a ser firmado com o FSA.

    12.5. A Unidade Executora ser responsvel pela gesto dos procedimentos desta seleo, bem como pelo acompanhamento e fiscalizao da execuo do projeto, deliberao sobre alteraes solicitadas e pela emisso de parecer tcnico sobre prestaes de contas parciais e final apresentadas pelo proponente.

    12.6. Cabe ao IRDEB, alm de disponibilizar os recursos para apoio financeiro proposta selecionada, a emisso de deliberao final sobre as prestaes de contas apresentadas.

    12.7 A prestao de contas dos recursos investidos pelo FSA, dever ser feita pelo proponente diretamente ao BRDE, mediante o conjunto de documentos que proporcionem a aferio do cumprimento do objeto e da finalidade do projeto e a correta aplicao dos recursos, at o dia 15 do quinto ms seguinte data de concluso da obra.

    a) a prestao de contas dos recursos do FSA ser analisada pelo BRDE de acordo com as normas do banco e as especficas do FSA e, subsidiariamente, as regras da ANCINE.

    b) apenas sero admitidos documentos fiscais que comprovem despesas realizadas no prazo compreendido entre a data de encerramento das inscries de projetos e at 4 meses aps a data de concluso da obra, entendida como a data e liberao do CPB, excluindo o dia do comeo e incluindo o do vencimento.

    12.8. O proponente selecionado dever manter seus dados atualizados at a aprovao da prestao de contas final do projeto.

    12.9. A Unidade Executora exercer o dever de, a qualquer tempo, eliminar eventuais erros processuais comprovados, bem como dispor do direito de excluir deste Edital proponentes que:a) se enquadrem nas vedaes indicadas neste Edital e na legislao aplicvel;b) no tenham comprovada a veracidade das informaes e dos documentos apresentados,

    quando solicitado; ec) no atendam em tempo hbil s diligncias solicitadas durante o processo seletivo.

    12.10.Os projetos no selecionados ficaro disposio dos proponentes para retirada na sede da Unidade Executora, no prazo de at 60 (sessenta) dias aps a publicao da divulgao do resultado, podendo ser, a partir de ento, inutilizados.

    12.11.S sero aceitos recursos em relao a decises desta seleo, relativos a erros formais ou de procedimento, caso identificados, e devero ser objetivamente fundamentados e enviados via correio eletrnico, unicamente para o endereo constante do prembulo deste edital, no prazo indicado no Anexo II.

    a) Os recursos sero decididos pelo dirigente mximo da Unidade Executora da seleo indicada no prembulo deste Edital.

    Edital de FOMENTO PRODUO AUDIOVISUAL 2014 9 / 26

  • 12.12.As sanes decorrentes da incorreta execuo fsica e financeira do projeto sero aquelas dispostas na minuta do contrato de investimento do FSA disponvel no stio eletrnico do BRDE, bem como as disponveis na minuta do contrato - Anexo V, para os recursos aportados pelo IRDEB.

    12.13 A eventual revogao deste Edital, por motivos de interesse pblico, ou sua anulao, no todo ou em parte, no implicar direito a indenizao ou reclamao de qualquer natureza.

    12.14 Os casos omissos e as excepcionalidades do processo de seleo deste Edital sero analisados pelo IRDEB e, conforme o caso, pela Secretaria Executiva do FSA e pelo agente financeiro do FSA.

    12.15 Informaes e esclarecimentos adicionais podero ser obtidos atravs do telefone ou do e-mail citado no prembulo deste Edital, fazendo constar, no campo assunto, a citao deste Edital e o Nome da Proposta.

    Salvador (BA), 03 de julho de 2014.

    Instituto de Radiodifuso Educativa da Bahia IRDEBJos Araripe Cavalcante JniorDiretor Geral

    Edital de FOMENTO PRODUO AUDIOVISUAL 2014 10 / 26

  • ANEXO I ESPECIFICAO DO FINANCIAMENTO, OBJETO, QUANTIDADE, VALORES, PRAZOS PARA CONCLUSO DAS OBRAS E DEFINIES DO EDITAL

    FINANCIAMENTO

    Sero disponibilizados neste Edital recursos financeiros no valor total de R$ 6.300.000,00 (seis milhes e trezentos mil de reais).

    Os projetos contemplados no presente Edital, tero aporte de recursos das seguintes fontes:

    a) Oramento do Instituto de Radiodifuso Educativa da Bahia - IRDEB, aportados na modalidade de fomento produo, mediante contrato a ser celebrado entre o IRDEB e o proponente contemplado no Edital, com investimento proporcional a 1/3 (um tero) do valor aprovado para produo de cada projeto; aquisio de direitos de primeira licena das obras para exibio na TV Educativa, sem exclusividade, bem como gesto do Edital; e

    b) Recursos do Fundo Setorial do Audiovisual - FSA, aportados na modalidade de investimento, com participao nos resultados comerciais do projeto, mediante contrato a ser celebrado entre o agente financeiro do FSA e o proponente contemplado no Edital e ser proporcional a 2/3 (dois teros) do valor aprovado para produo de cada projeto.

    Os recursos sero distribudos da seguinte:

    a) R$ 2.200.000,00 (dois milhes e duzentos mil reais) para produo de documentrios e telefilmes de fico, com durao mnima de 50 (cinquenta) minutos e mxima de 120 (cento e vinte) minutos; e

    b) R$ 4.100.000,00 (quatro milhes e cem mil reais) para produo de obras seriadas.

    OBJETO, QUANTIDADE, VALORES E PRAZOS PARA EXECUO

    OBJETO: Seleo de projetos inditos de obras audiovisuais, no publicitrias, captadas em alta definio que tenham como finalidade a explorao comercial, nas categorias e formatos indicados no quadro abaixo:

    QUADRO RESUMO

    CATEGORIA OBJETO - PRODUO DE

    CONTEDO

    TOTAL DE

    OBRASVERBA POR

    OBRATOTAL DA

    VERBAPRAZO DE EXECUO

    A

    Obra seriada de ANIMAO, contemplando 26 episdios de 130 (um minuto e trinta segundos) de durao cada

    2 400.000,00 800.000,00 18 meses

    BObra seriada de FICO, contemplando 13 episdios de 3 (trs) minutos de durao cada

    2 200.000,00 400.000,00 18 meses

    C

    Obra seriada de FICO para PBLICO INFANTIL contemplando 13 episdios de 26 (vinte e seis) minutos de durao cada

    1 2.400.000,00 2.400.000,00 18 meses

    DObra seriada DOCUMENTAL, contemplado 5 episdios de 26 (vinte e seis) minutos de durao cada

    2 250.000,00 500.000,00 12 meses

    EDOCUMENTRIO com durao mnima de 50 (cinquenta) minutos e mxima de 120 (cento e vinte) minutos

    2 300.000,00 600.000,00 12 meses

    FTELEFIME de FICO, com durao mnima de 50 (cinquenta) minutos e mxima de 120 (cento e vinte) minutos

    2 800.000,00 1.600.000,00 12 meses

    TOTAL 6.300.000,00

    Edital de Fomento Produo Audiovisual Baiana 2014 11 / 26

  • DEFINIES

    Entende-se por obra audiovisual de produo independente, no mbito deste edital, aquela cuja empresa produtora detentora majoritria dos direitos patrimoniais sobre a obra, no tenha qualquer associao ou vnculo, direto ou indireto, com empresas de servios de radiodifuso de sons e imagens ou operadoras de comunicao eletrnica de massa por assinatura.

    Entende-se como projeto indito, aquele que no esteja em fase de produo ou de finalizao at a data de assinatura do Contrato.

    Entende-se por obra audiovisual captada em alta definio, aquela que tenha, no mnimo, resoluo em full HD (1920 x 1080).

    Entende-se por obra audiovisual no publicitria, no mbito deste edital, a obra cuja destinao no seja a publicidade e propaganda, exposio ou oferta de produtos, servios, empresas, instituies pblicas ou privadas, partidos polticos, associaes, administrao pblica, assim como de bens materiais e imateriais de qualquer natureza.

    Entende-se por obra audiovisual brasileira, no mbito deste edital, a obra que atenda os seguintes requisitos:

    a) ser produzida por empresa produtora brasileira, sediada na Bahia h mais de 2 (dois) anos e registrada na ANCINE; e

    b) ser dirigida por diretor baiano ou estrangeiro, residente na Bahia h mais de 3 (trs) anos, e utilizar para sua produo, no mnimo, 2/3 (dois teros) de artistas e tcnicos baianos ou residentes na Bahia h mais de 5 (cinco) anos.

    Entende-se por obra audiovisual seriada, no mbito deste edital, a obra que, sob o mesmo ttulo, seja produzida em captulos (ou episdios).

    Entende-se por obra audiovisual do tipo animao, no mbito deste edital, aquela produzida em tcnicas convencionais experimentais, mistas ou computao grfica em 2D e/ou 3D.

    Edital de Fomento Produo Audiovisual Baiana 2014 12 / 26

  • ANEXO II PRAZOS DAS ETAPAS DO EDITAL*

    ETAPA DATAS / PRAZOS

    Apresentao de propostas 21/08/2014

    (ltima data vlida para postagem)Resultado da anlise prvia / publicao de propostas inscritas

    At 15 dias aps prazo final de apresentao de propostas

    Recebimento de recurso da anlise prviaAt 05 dias teis aps publicao de propostas

    inscritasDefesa oral da proposta (caso a Comisso julgue necessria).

    At 35 dias aps publicao de propostas inscritas

    Publicao de propostas selecionadasAt 40 dias aps publicao de propostas

    inscritas

    Recebimento de recurso de seleoAt 05 dias teis aps publicao de propostas

    selecionadasEntrega da proposta ajustada para homologao da seleo e documentos obrigatrios para assinatura de Contrato

    At 10 dias aps recebimento de comunicado

    Data aproximada para celebrao do contrato At 21/11/2014

    *Para efeito de contagem, todos os prazos so em dias corridos salvo onde indicado contrrio.

    Edital de Fomento Produo Audiovisual Baiana 2014 13 / 26

  • ANEXO III CRITRIOS PARA SELEO DAS PROPOSTAS

    A seleo tem como parmetro as diretrizes da Poltica Estadual de Cultura e Comunicao e a descentralizao das aes no Estado.

    As propostas sero avaliadas a partir dos critrios a seguir relacionados, sendo que do conjunto destes resultar a nota final da proposta:

    a) Valor cultural, priorizando-se:i. Mrito e qualidade artstico-cultural;ii. Relevncia do projeto no contexto sociocultural de sua realizao;iii. Criatividade, inovao e singularidade; eiv. Estmulo diversidade cultural.

    b) Consonncia com as polticas estaduais de cultura e comunicao, priorizando-se:i. Harmonia com os princpios do Plano Nacional de Cultura e da Lei Orgnica da Cultura (12.365/2011);ii. Capacidade estruturante e efeito multiplicador do projeto;iii. Estratgias de democratizao e acessibilidade; iv. Contribuio do projeto para a qualificao do setor.

    c) Qualificao do proponente e/ou da equipe executora do projeto, priorizando-se:i. Experincia e qualificao do proponente e equipe em relao ao objeto do projeto; ii. Relevncia da atuao local e/ou regional dos agentes envolvidos na realizao do projeto; eiii. Articulaes e/ou parcerias integrantes do projeto.

    d) Viabilidade e qualidade tcnica do projeto, priorizando-se: i. Clareza, consistncia das informaes e coerncia na composio do projeto; ii. Coerncia entre as aes da proposta e os custos apresentados;iii. Razoabilidade dos itens de despesas e seus custos; eiv. Condies para execuo satisfatria do projeto.

    Pontuao mxima:

    0 a 5 - No atende satisfatoriamente6 a 15 - Atende parcialmente16 a 20 - Atende satisfatoriamente

    Cada obra ser avaliada individualmente pelos membros da Comisso, sendo atribuda pontuao espec-fica para cada critrio. Da soma total das notas atribudas por cada membro da Comisso, obter-se-, por meio de mdia aritmtica simples, a nota final da proposta, totalizando no mximo 80 (oitenta pontos).

    Sero classificados os proponentes que atenderem s disposies deste Edital e seus anexos e cujas as obras alcanarem a pontuao mnima de 60 (sessenta) pontos, no sendo o julgamento da Comisso passvel de impugnao pelos Proponentes, no que diz respeito s notas concedidas.

    As obras que obtiverem a mesma pontuao final, o desempate ser realizado em observncia maior pontuao no item "a" e, persistindo o empate, ser decidido atravs de sorteio pblico.

    Edital de Fomento Produo Audiovisual Baiana 2014 14 / 26

  • ANEXO IV - ORIENTAES ESPECFICAS, DOCUMENTOS RECOMENDVEIS E OBRIGATRIOS

    Os itens abaixo esto classificados como Informaes e documentos recomendveis para inscrio e Documentos obrigatrios para assinatura do Contrato.

    A no apresentao das informaes e documentos recomendveis para inscrio no implica na no inscrio da proposta.

    Contudo, recomendvel que seja enviado todo e qualquer documento que contribua para a avaliao da proposta, o que dever ocorrer no momento da apresentao da proposta, enviado no mesmo envelope com os documentos necessrios para inscrio (item 6.1) preferencialmente em CD ou DVD.

    Quanto aos documentos obrigatrios para inscrio do projeto, o proponente deve observar os itens 6.1.1 e 6.1.2. A no apresentao dos documentos implicar na no inscrio da proposta.

    Com relao aos documentos obrigatrios para assinatura do Contrato, o proponente, caso seja selecionado, ter 10 dias para apresent-los. Importante observar que, alm dos itens listados abaixo, tambm devem ser enviados aqueles indicados na alnea 9 deste edital. A no apresentao implicar na desclassificao do projeto e na convocao do prximo classificado.

    Importante: informaes sobre locais de realizao, estratgias de mobilizao e de acesso da populao obra devem ser inseridas nos campos especficos indicados no formulrio.

    Informaes e documentos recomendveis para inscrio em todas as CATEGORIAS:

    a) informaes e/ou outros esclarecimentos julgados convenientes que possam acrescentar dados sobre a proposta;

    b) currculo dos responsveis pela identidade do projeto; ec) cartas de anuncia dos profissionais responsveis pela identidade do projeto consideradas impor-

    tantes para avaliao.

    Documentos obrigatrios para assinatura do Contrato em todas as CATEGORIAS:

    a) declarao ou oramento de cesso de direitos do autor do roteiro ou argumento, no caso de do-cumentrio, com autorizao expressa para produo de obra audiovisual, caso o roteiro ou argu-mento no seja de autoria do proponente;

    b) comprovante de registro do roteiro ou argumento, no caso de documentrio, junto representao regional da Biblioteca Nacional ou cpia do protocolo de inscrio. Ser aceito, tambm, como protocolo, o comprovante de envio do projeto Biblioteca Nacional acrescido do comprovante de depsito da taxa de registro; e

    c) cpia do registro de inscrio da empresa produtora junto Agncia Nacional do Cinema ANCI-NE, contendo a classificao de empresa brasileira de produo independente.

    Edital de Fomento Produo Audiovisual Baiana 2014 15 / 26

  • ANEXO V MINUTA DE CONTRATO

    QUALIFICAO DO PROJETO

    NOME DO PROJETO:

    DADOS DO PROJETO:PROCESSO N:

    PROCESSO SELETIVO:

    VIGNCIA __/__/____ a __/__/____ PRAZO PARA APRESENTAO DE PRESTAO DE CONTAS FINAL: ___/____/_________

    QUALIFICAO DOS PARTCIPES

    CONTRATANTE

    INSTITUTO DE RADIODIFUSO EDUCATIVA DA BAHIA - IRDEB

    CNPJ/MF: ENDEREO:

    TITULAR DO IRDEB:

    Identidade:

    Expedidor:

    CPF:

    Decreto Autorizativo:

    Data Dirio Oficial:

    PROPONENTE

    RAZO SOCIAL

    NOME FANTASIA

    CNPJ/MF ou CPF:

    ENDEREO:CEP:

    REPRESETANTE(S) LEGAL(IS) [incluir o quanto for necessrio em caso de pessoa jurdica]

    Nome 1: Cargo:

    Identidade: Expedidor: CPF:

    Nome 2: Cargo:

    Identidade: Expedidor: CPF:

    O INSTITUTO DE RADIODIFUSO EDUCATIVA DA BAHIA - IRDEB e PROPONENTE acima qualificado, resolvem celebrar o presente contrato, sujeitando-se, no que couber, aos Contratos da Lei Estadual n 9.433, de 01/03/2005, e do Decreto estadual n 9.266/2004 e suas alteraes n 9.683/05, mediante as clusulas e condies abaixo.

    CLUSULA PRIMEIRA DO OBJETO E PLANO DE TRABALHO

    O presente Contrato tem como objeto a cooperao tcnica e financeira entre a CONTRATANTE e o PROPONENTE para a execuo do projeto, conforme plano de trabalho aprovado no processo seletivo indicado no campo Qualificao do Projeto no prembulo deste documento, que passa a integrar o presente Contrato como se nele estivesse transcrito.

    CLUSULA SEGUNDA DOS RECURSOS FINANCEIROS E DA CLASSIFICAO ORAMENTRIA

    Os recursos financeiros para a execuo deste Contrato, cujo valor total e dotao oramentria constam do Anexo I deste contrato, sero custeados pela CONTRATANTE e utilizados em estrita conformidade com o plano de trabalho.

    1 Os recursos de que trata a presente clusula destinam-se exclusivamente realizao do projeto, conforme plano de trabalho aprovado no processo seletivo indicado no campo Qualificao do Projeto no prembulo deste documento, sendo vedado o seu emprego, ainda que transitoriamente, em outras

    Edital de Fomento Produo Audiovisual Baiana 2014 16 / 26

  • despesas ou quaisquer atividades que no estejam plenamente vinculadas ao perfeito atendimento do objeto deste contrato.

    2 Os recursos transferidos pela CONTRATANTE no podero ser utilizados, ainda que em carter de emergncia, em finalidade diversa da estabelecida neste instrumento e para, especialmente:

    a) pagamento de gratificao, consultoria, assistncia tcnica ou qualquer espcie de remunerao adicional a servidor ou empregado pblico ativo, integrante de quadro de pessoal de qualquer rgo ou entidade pblica da administrao estadual direta ou indireta;

    b) pagamento ao representante legal de pessoa jurdica, salvo se no exerccio de funo especfica na proposta;

    c) trespasse, cesso ou transferncia a terceiros da execuo do objeto do contrato;d) taxas de administrao do projeto, gerncia ou similar;e) taxas bancrias, multas, juros ou correo monetria, inclusive referente a recolhimentos fora

    do prazo;f) custos administrativos no condizentes com a natureza do projeto;g) aquisio de material permanente por proponente pessoa jurdica que no possua declarao

    de utilidade pblica;;h) coquetel, confraternizao, recepo social, passeio ou congneres, salvo despesas com

    abastecimento de camarim que no incluam bebidas alcolicas; ei) despesas de agenciamento, colocao e coordenao, divulgao, distribuio e

    comercializao e despesas gerais de custeio da empresa proponente.

    3 O PROPONENTE responsabilizar-se- pelo cumprimento dos objetivos, metas e prazos de execuo constantes no plano de trabalho, conforme aprovado pela CONTRATANTE, cabendo-lhe o gerenciamento dos recursos financeiros, indissociavelmente vinculados ao objeto deste Contrato.

    4 Compromissos que excederem ao valor total destinado ao projeto conforme Anexo I, ser de inteira e exclusiva responsabilidade do PROPONENTE, que prover os recursos necessrios sua cobertura.

    CLUSULA TERCEIRA DA LIBERAO DO RECURSO FINANCEIRO

    A liberao dos recursos financeiros ao PROPONENTE a cargo da CONTRATANTE, previstos na clusula segunda, ser realizada de acordo com o cronograma de desembolso constante do Anexo II deste contrato e observadas as condies a seguir.

    1 A primeira e nica parcela ser liberada em at 30 (trinta) dias aps a publicao do extrato deste Contrato no Dirio Oficial do Estado.

    2 O PROPONENTE movimentar os recursos em conta bancria especfica, vinculada a este Contrato, discriminada no Anexo I.

    3 Na aplicao dos recursos devero ser atendidos os princpios da economicidade e da eficincia, mediante, ao menos, 3 (trs) cotaes e/ou justificativa de preos dos materiais e servios adquiridos, devendo ser comprovadas na prestao de contas, sob pena de responsabilidade do PROPONENTE por atos de gesto antieconmica.

    4 Os recursos transferidos para a execuo do projeto e os saldos, enquanto no utilizados, devero ser obrigatoriamente alocados em aplicao financeira vinculada conta corrente do projeto.

    5 As receitas financeiras, auferidas na forma do pargrafo stimo, sero obrigatoriamente computadas a crdito do Contrato e aplicadas, exclusivamente, no seu objeto, devendo constar de um demonstrativo especfico que integrar as prestaes de contas a que se refere clusula sexta.

    CLUSULA QUARTA DAS OBRIGAES

    Alm dos compromissos gerais a que se submetem, por fora deste Contrato, os PARTCIPES se comprometem a:

    Edital de Fomento Produo Audiovisual Baiana 2014 17 / 26

  • I CONTRATANTE:

    a) transferir ao PROPONENTE os recursos estipulados referentes sua participao financeira, nos Contratos da clusula terceira;

    b) analisar as prestaes de contas parciais e final apresentadas pelo PROPONENTE;c) inscrever o PROPONENTE como inadimplente no SICON Sistema de Informaes Gerenciais

    de Convnios e Contratos nas hipteses previstas no Decreto estadual n 9.266/2004;d) prorrogar o cronograma de execuo automaticamente por igual perodo quando houver

    atualizao do plano de aplicao ou insuficincia de recursos ou, conforme previsto no 3, art. 168 da Lei 9.433/05, quando ocorrer impedimento, paralisao ou sustao deste contrato;

    e) comunicar formalmente ao PROPONENTE quando solicitado formalmente, os procedimentos necessrios para devoluo de recurso de que trata a clusula oitava da restituio de recursos.

    II PROPONENTE

    a) executar, conforme aprovado pelo CONTRATANTE, o Plano de Trabalho e suas reformulaes, zelando pela boa qualidade das aes e servios prestados, buscando alcanar eficincia e eficcia na sua consecuo;

    b) prestar contas dos recursos recebidos na forma prevista na clusula sexta;c) movimentar os recursos em conta bancria especfica;d) alocar os recursos transferidos para a execuo do projeto em aplicao financeira vinculada

    conta corrente do projeto, enquanto no forem utilizados;e) realizar, ao menos, 3 (trs) cotaes de preos previamente aquisio de bens e servios, ou na

    sua impossibilidade justificar os preos praticados, observando na aplicao dos recursos os princpios da economicidade e da eficincia, sob pena de responsabilidade por atos de gesto antieconmica, devendo apresentar as cotaes e/ou as justificativas na prestao de contas;

    f) aplicar os recursos liberados, bem assim os rendimentos auferidos na forma do pargrafo quarto da clusula terceira exclusivamente na execuo do objeto deste Contrato;

    g) divulgar, obrigatoriamente, de acordo com o Manual de Identidade Visual, a participao do Governo do Estado da Bahia, da Secretaria de Comunicao Social do Estado da Bahia, do Instituto de Radiodifuso Educativa da Bahia IRDEB, da TV Educativa da Bahia, da ANCINE, do FSA e do BRDE em toda e qualquer ao relacionada com a execuo do objeto, com os recursos desse edital, salvo as restries decorrentes da legislao eleitoral, sob pena de ser considerado inadimplente, respondendo pelas restries e sanes decorrentes;

    h) informar, em entrevistas concedidas e em todo material de divulgao, que o projeto foi executado com o apoio da ANCINE, do FSA, do BRDE, do Governo do Estado da Bahia, da Secretaria de Comunicao Social do Estado da Bahia, do Instituto de Radiodifuso Educativa da Bahia IRDEB e da TV Educativa da Bahia, salvo as restries decorrentes da legislao eleitoral;

    i) apresentar, para aprovao da CONTRATANTE, a aplicao das marcas nos crditos das obras, antes de sua finalizao;

    j) autorizar a CONTRATANTE a realizar o registro audiovisual, fotogrfico e em udio, das atividades do projeto e a utilizao do material produzido, para fins de divulgao institucional;

    k) autorizar a ANCINE, o FSA, o BRDE, o Governo do Estado da Bahia, a Secretaria de Comunicao Social do Estado da Bahia, o Instituto de Radiodifuso Educativa da Bahia IRDEB e a TV Educativa da Bahia a usar fotos, imagens, vdeos, udio do projeto aprovado em publicidade, relatrios e materiais institucionais produzidos;

    l) atualizar, quando cabvel, o plano de aplicao e informar qualquer alterao em documentos apresentados, para anlise e aprovao da CONTRATANTE;

    m) manter seus dados atualizados at a aprovao da prestao de contas final do projeto;n) havendo necessidade de substituio de qualquer profissional indicado na ficha tcnica que

    integra o Plano de Trabalho, apresentar solicitao de alterao acompanhada de justificativa, currculo e carta de anuncia do substituto ao CONTRATANTE, para prvia aprovao;

    o) manter atualizada a escriturao contbil especfica dos recursos, atos e fatos relativos execuo deste contrato, identificando o Contrato e a especificao da despesa, bem como manter em arquivo os documentos comprobatrios da receita e despesa, em ordem cronolgica, para fins de fiscalizao, acompanhamento e avaliao dos resultados obtidos; adotar todas as medidas necessrias para evitar a depredao e, sempre que necessrio, promover a conservao do(s) bem(ns) adquirido(s), produzido(s) ou construdo(s) com recursos deste Contrato, quando for o caso;

    Edital de Fomento Produo Audiovisual Baiana 2014 18 / 26

  • p) manter, se for o caso, a totalidade do acervo patrimonial, adquirido com recursos transferidos pelo CONTRATANTE, na execuo das aes inerentes ao objeto deste Contrato, sendo vedados quaisquer tipos de remanejamento ou alienao, sem a prvia anuncia da CONTRATANTE, sob pena de seu recolhimento pela mesma, de conformidade com a legislao pertinente;

    q) possibilitar que a CONTRATANTE supervisione e fiscalize a execuo do objeto, permitindo-lhe efetuar acompanhamento in loco e fornecendo, sempre que solicitado, informaes e documentos relacionados com a execuo do objeto, especialmente no que se refere ao exame da documentao jurdico-contbil;

    r) sempre que possvel, promover registro fotogrfico, audiovisual e/ou em udio comprovando a realizao do plano de trabalho;

    s) participar de oficinas ou outras atividades de capacitao vinculadas ao processo da seleo do projeto, caso venham ser promovidas pela CONTRATANTE;

    t) restituir eventual saldo de recursos, inclusive de rendimentos em aplicao financeira, existente na data de concluso ou extino do Contrato;

    u) assumir por sua conta e risco as despesas referentes s taxas bancrias, multas, juros ou correo monetria, despesas referentes a atrasos nos pagamentos, bem como arcar com o pagamento de toda e qualquer despesa excedente aos recursos financeiros aprovados e transferidos pela CONTRATANTE;

    v) assumir, sob sua nica e exclusiva responsabilidade os encargos tributrios, trabalhista e previdencirios de todo o pessoal envolvido na execuo do objeto deste Contrato, que no tero qualquer vnculo empregatcio ou relao de trabalho com a CONTRATANTE;

    w) responsabilizar-se pela utilizao de obras de titularidade de terceiros, protegidas pela legislao referente aos direitos autorais;

    x) cumprir quaisquer exigncias feitas por rgos de fiscalizao e controle, tais como ECAD (quanto utilizao de msicas), Juizado de Infncia e Adolescncia (quanto participao de menores no projeto), Secretaria de Segurana Pblica ou Defesa Civil (quanto ao uso de espaos pblicos), etc;

    y) Entregar, para efeitos de Depsito Legal e exibio, a cpia final da obra audiovisual, nos seguintes suportes: disco XDcam ou HD externo, bem como matriz autorada em DVD. Em ambos os suportes, a obra dever conter audiodescrio e legenda descritiva (closed caption) para fins de acessibilidade por parte de pessoas com deficincia;

    z) Comprovar a concluso da obra, mediante apresentao de Certificado de Produto Brasileiro - CPB emitido pela ANCINE, classificando a OBRA na categoria "Brasileira independente constituinte de espao qualificado"; e

    aa) responsabilizar-se por eventuais danos s obras ou espaos nos quais o projeto seja realizado.

    CLUSULA QUINTA DO ACOMPANHAMENTO E DA FISCALIZAO

    O IRDEB juntamente com a ANCINE exercer as atribuies de acompanhamento, fiscalizao e avaliao da execuo deste Contrato, alm do exame das despesas, com a avaliao tcnica relativa aplicao dos recursos repassados, a fim de verificar sua correta utilizao.

    1 Fica assegurado a CONTRATANTE e a ANCINE o livre acesso de seus tcnicos credenciados para acompanhar, a qualquer tempo e lugar, a todos os atos e fatos praticados, relacionados direta ou indiretamente a este Contrato, quando em misso fiscalizadora e ou de auditoria.

    2 O acompanhamento, fiscalizao e avaliao da execuo deste Contrato sero executados pelo servidor indicado no Anexo III deste contrato.

    3 Em caso de afastamento, impedimento ou desligamento do servidor indicado no Anexo III dos quadros da Administrao Estadual, ser imediatamente designado substituto mediante registro em apostila.

    4 O acompanhamento e a fiscalizao exercidos no excluem e nem reduzem as responsabilidades do PROPONENTE de acompanhar e supervisionar a equipe e as aes desenvolvidas para execuo do objeto deste Contrato.

    CLUSULA SEXTA DA PRESTAO DE CONTAS

    Edital de Fomento Produo Audiovisual Baiana 2014 19 / 26

  • O PROPONENTE dever encaminhar a CONTRATANTE prestaes de contas de todos os recursos recebidos.

    1. Os relatrios Parciais e Final de Prestao de Contas devero ser elaborados com o maior detalhamento possvel da execuo do projeto, e tendo como base o oramento apresentado no projeto.

    2 - A prestao de contas parcial ser exigida a cada 03 (trs) meses, a partir da data do recebimento da parcela nica e dever conter os seguintes documentos:

    a) ofcio de encaminhamento;

    b) formulrio de prestao de contas, disponvel no site indicado no prembulo deste Edital, devidamente preenchido, constando:

    I - relatrio de execuo fsico-financeira;II - demonstrativo da execuo da receita e despesa, evidenciando os recursos recebidos em

    transferncia, os rendimentos auferidos da aplicao dos recursos e os saldos;III - relao de pagamentos efetuados;IV - relao de bens adquiridos, produzidos ou construdos com recursos deste Contrato, quando

    for o caso;V - conciliao bancria, acompanhada de cpia do extrato da conta corrente especfica contendo

    toda a movimentao dos recursos, apresentando encerramento e conciliao do saldo bancrio, quando for o caso;

    c) originais das faturas, recibos, notas fiscais e quaisquer outros documentos comprobatrios das despesas realizadas;

    d) no caso de despesas com hospedagens em estabelecimento hoteleiro ou similar e com aquisies de passagens de qualquer meio de transporte, evidenciar em demonstrativo parte e de forma correlacionada aos valores parciais e totais dessas despesas da seguinte forma:

    I - no caso de despesas com aquisies de passagens: respectivos bilhetes utilizados, relao com o nome completo do usurio do bilhete, sua condio de participante no projeto, o trecho utilizado e as datas de embarque e desembarque, conforme indicadas no bilhete utilizado;

    II - no caso de despesas com hospedagens: o nome completo do hspede, sua condio de participante no projeto.

    3 - A prestao de contas final ser apresentada no prazo de 30 (trinta) dias do trmino da vigncia do Contrato, acompanhada dos documentos acima listados, acrescidos de comprovante do recolhimento do saldo de recursos conta corrente indicada na Clusula Oitava.

    4. Os relatrios Parciais e Final de Execuo de Atividades devero conter, tambm, as seguintes informaes:

    a) Descrio das etapas realizadas, indicando principais dificuldades e possveis solues;b) Cronograma real de execuo;c) Datas e locais das atividades realizadas, incluindo nmero de participantes e de pblico, se

    houver;d) Profissionais envolvidos, indicando as funes desempenhadas;e) Registro fotogrfico e audiovisual, se houver;f) Cpia de matrias veiculadas nas mdias impressa e eletrnica se houver; eg) Avaliao dos resultados de acordo com a metodologia prevista no projeto.

    5 - Na prestao de contas final ser dispensada a apresentao de documentos j apresentados nas prestaes de contas parciais.

    6 - Transcorrido o perodo previsto no cronograma de execuo para cumprimento da(s) etapas(s) e/ou fase(s) de execuo correspondente ao montante dos recursos j recebidos sem que tenha sido apresentada a prestao de contas respectiva, o PROPONENTE ser registrado como inadimplente no Sistema de Informaes Gerenciais de Convnios e Contratos SICON.

    7 A aprovao da prestao de contas final fica condicionada verificao da regularidade dos documentos apresentados, conforme previsto nesta clusula, bem assim certificao do cumprimento da

    Edital de Fomento Produo Audiovisual Baiana 2014 20 / 26

  • etapa(s) e/ou fase(s) de execuo correspondente, mediante parecer do servidor responsvel pela fiscalizao do Contrato.

    8 - A prestao de contas de que trata esta clusula no exime o PROPONENTE de comprovar a regular aplicao dos recursos ao Tribunal de Contas do Estado e a outros rgos de controle interno e externo da Administrao, nos Contratos da legislao especfica vigente.

    9. A omisso na apresentao da Prestao de Contas ou a sua no aprovao pelo CONTRATANTE, implicaro na devoluo dos recursos liberados e inscrio da PROPONENTE no Sistema de Gerenciamento de Gastos Pblicos - SIGAP e no SICON, como inadimplente.

    10. A CONTRATANTE poder solicitar o encaminhamento de cpias dos comprovantes de despesas, ou de outros documentos, a qualquer momento, sempre que julgar necessrio.

    CLUSULA STIMA DOS DOCUMENTOS E DA CONTABILIZAO

    Obriga-se a PROPONENTE a registrar, em sua contabilidade analtica, os recursos recebidos do CONTRATANTE, identificando o Contrato e a especificao da despesa, bem como manter em arquivo cpia dos documentos comprobatrios da receita e despesa, em ordem cronolgica, onde ficaro disposio dos rgos de controle interno e externo da Administrao Pblica Estadual, por cinco anos.

    PARGRAFO NICO As faturas, recibos, notas fiscais e quaisquer outros documentos comprobatrios das despesas sero emitidos em nome do PROPONENTE, constando o nmero deste Contrato, devendo ser apresentados os originais.

    CLUSULA OITAVA DA RESTITUIO DE RECURSOS

    Quando da concluso do objeto pactuado, da denncia, resciso ou extino deste Instrumento, o PROPONENTE, no prazo improrrogvel de 30 (trinta) dias, contados da data da ocorrncia, sob pena de imediata instaurao de Tomada de Contas Especial, obrigado a recolher ao errio do Estado conforme orientao a ser definida pela CONTRATANTE, conforme legislao vigente, de que trata a letra f, do item II, da Clusula Quarta, o que se segue:a) o eventual saldo remanescente dos recursos financeiros repassados, informando o nmero e a

    data de assinatura do Contrato;b) o valor total transferido atualizado monetariamente, acrescido de juros legais, na forma da

    legislao aplicvel aos dbitos para com a Fazenda Estadual, a partir da data de recebimento, nos seguintes casos:i. quando no for executado o objeto da avena;ii. quando no for(em) apresentada(s), no prazo exigido, a(s) prestao(es) de conta(s)

    parciais ou final; eiii. quando os recursos forem utilizados em finalidade diversa da estabelecida neste

    Contrato;c) o valor correspondente s despesas comprovadas com documentos inidneos ou impugnados,

    atualizado monetariamente e acrescido de juros legais; ed) o valor correspondente aos rendimentos de aplicao no mercado financeiro, referente ao perodo

    compreendido entre a liberao do recurso e sua utilizao, quando no comprovar o seu emprego na consecuo do objeto.

    CLUSULA NONA DA ALTERAO DO CONTRATO

    vedada a alterao do objeto do Contrato, salvo para a sua ampliao, desde que aprovado plano de trabalho adicional avaliado pela Contratante.

    PARGRAFO NICO - A ampliao do objeto do Contrato ser formalizada mediante Contrato aditivo, desde que solicitado, com as devidas justificativas e aprovado novo plano de trabalho adicional pela CONTRATANTE.

    CLUSULA DCIMA DA EXTINO DO CONTRATO

    A extino do Contrato se dar mediante o cumprimento do seu objeto ou nas demais hipteses previstas nos pargrafos seguintes.

    Edital de Fomento Produo Audiovisual Baiana 2014 21 / 26

  • 1 O Contrato poder ser rescindido mediante notificao escrita, com antecedncia de pelo menos 30 (trinta) dias, por convenincia de qualquer dos partcipes, hiptese em que o PROPONENTE fica obrigado a restituir integralmente os recursos recebidos e no aplicados no objeto do Contrato, acrescidos do valor correspondente s aplicaes financeiras.

    2 O descumprimento de qualquer das clusulas do Contrato causa para sua resoluo, especialmente quando verificadas as seguintes situaes:

    a) utilizao dos recursos em desacordo com o plano de trabalho;b) falta de apresentao de prestao de contas parciais, conforme prazo estabelecido no 2 da

    clusula sexta; ec) aplicao dos recursos no mercado financeiro em desacordo com as autorizaes legais.

    3 A nulidade do Contrato ou da seleo pblica que o antecedeu poder acarretar a sua resciso.

    4 Extinto o Contrato, os recursos financeiros ainda no aplicados na sua execuo sero devolvidos a CONTRATANTE na forma do disposto na clusula oitava, sem prejuzo da necessria prestao de contas.

    5 A resciso deste Contrato, na forma do pargrafo segundo desta Clusula, enseja a instaurao da competente Tomada de Contas Especial.

    CLUSULA DCIMA PRIMEIRA DO PESSOAL

    O PROPONENTE se responsabiliza por todo o pessoal utilizado na execuo do objeto deste Contrato, que no ter relao jurdica de qualquer natureza com a CONTRATANTE.

    CLUSULA DCIMA SEGUNDA DA VIGNCIA

    O presente Contrato ter a vigncia indicada no campo de Qualificao do projeto, podendo ser prorrogado, mediante a formalizao de Contrato aditivo, desde que solicitado ainda no prazo de vigncia do presente Contrato, com justificao escrita, e autorizado pela CONTRATANTE.

    PARAGRFO NICO - A CONTRATANTE tem a prerrogativa de prorrogar de ofcio a vigncia do Contrato, sempre que der causa a atraso na liberao dos recursos, limitada a prorrogao ao exato perodo do atraso verificado.

    CLUSULA DCIMA TERCEIRA - DA PUBLICAO

    A CONTRATANTE providenciar a publicao do extrato deste Contrato no Dirio Oficial do Estado, nos termos do artigo 131, 3, da Lei estadual n 9.433/2005.

    CLUSULA DCIMA QUARTA DO FORO

    Fica eleito o Foro da Comarca de Salvador, Capital do Estado da Bahia, como competente para dirimir as questes decorrentes deste instrumento que no possam ser resolvidas administrativamente.

    E por estarem de acordo, as partes firmam o presente Contrato em 03 (trs) vias de igual teor e forma, na presena de duas testemunhas que tambm o subscrevem, para que produza seus jurdicos e legais efeitos.

    Salvador, [___] de [________] de 20[__].

    Instituto de Radiodifuso Educativa da Bahia IRDEBJos Araripe Cavalcante JniorDiretor Geral

    PROPONENTE

    TESTEMUNHAS:Nome: Nome: CPF: CPF:

    Edital de Fomento Produo Audiovisual Baiana 2014 22 / 26

  • ANEXOS CONTRATO____/______

    NOME DO PROJETO:_______________________________

    ANEXO I RECURSO FINANCEIRO APROVADO (valor numrico e extenso): R$

    CLASSIFICAO ORAMENTRIA:

    Especificao Cdigos Descries

    Unidade Gestora 36.201.0001 IRDEB

    Fonte de Recurso 0.324/0.315 BIRD - PROINCLUSO/BID-PROCONFIS

    Projeto / Atividade 24.392.138.6373 Dinamizao da Programao dos Meios de Comunicao do IRDEB

    Elemento de Despesa 3.3.90.3900 Outros servios terceiros - Pessoa Jurdica

    CONTA CORRENTE PARA MOVIMENTAO DO RECURSO PELO PROPONENTE

    Especificao Cdigo / Nmero Denominao

    Banco

    Agncia

    Conta Corrente

    ANEXO IICRONOGRAMA DE DESEMBOLSO

    PARCELA MS DE DESEMBOLSO VALOR MARCO PARA DESEMBOLSO

    1a parcela e nica

    1/3 (um tero) do valor aprovado para produo do projeto, em at 30 dias aps publicao do contrato

    Assinatura do Contrato

    ANEXO IIIACOMPANHAMENTO E SUPERVISO

    Nome do Servidor Joo Luiz Esteves Bolatti

    Matrcula do Servidor 63 446032-7

    Lotao Diretoria de Programao e Contedos

    ________________________________________________Instituto de Radiodifuso Educativa da Bahia IRDEB

    Jos Araripe Cavalcante JniorDiretor Geral

    Pelo Proponente

    Edital de Fomento Produo Audiovisual Baiana 2014 23 / 26

  • ANEXO A - FSA

    DOCUMENTAO EXIGIDA PARA CONTRATAO PELO AGENTE FINANCEIRO DO FUNDO SETORIAL DO

    AUDIOVISUAL

    Para fazer jus ao investimento suplementar do FSA ao aporte de recursos, do projeto selecionado no Edital de Fomento Produo Audiovisual Baiana, correspondente a 2/3 do total do projeto, as proponentes dos projetos selecionados pelo presente edital devero cadastrar as informaes da empresa e do projeto no mdulo de inscrio do sistema eletrnico disponvel no stio eletrnico do BRDE na internet www.brde.com.br/fsa, encaminhando a seguinte documentao para contratao do investimento, em uma via em envelope lacrado, entregues por portador ou por servio de encomenda expressa com aviso de recebimento (AR), para o endereo disposto abaixo e com a seguinte identificao no seu exterior:

    Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul BRDE Rua Uruguai, n 155 - 4 andar Porto Alegre RS CEP: 90.010-140

    Assunto: FSA - SUPLEMENTAO REGIONAL 2014 (razo social proponente) / (ttulo projeto)

    a) Ata de homologao do resultado final de seleo do projeto nos termos do edital Local;

    b) Comprovao de regularidade fiscal: Certido Conjunta de Dbitos Relativos a Tributos Federais e Dvida Ativa da Unio, emitida pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, em plena validade, disponvel no stio da Receita Federal;

    c) Comprovao de regularidade previdenciria: Certido Negativa de Dbitos e Contribuies Previdencirias do Instituto Nacional do Seguro Social INSS, em plena validade, disponvel no stio da Receita Federal;

    d) Comprovao de regularidade relativa ao FGTS: Certido de Regularidade de Fornecedor CRF, emitida pela Caixa Econmica Federal, em plena validade, disponvel no stio da Caixa Econmica Federal;

    e) Comprovao de regularidade trabalhista: Prova de inexistncia de dbitos perante a Justia do Trabalho mediante a apresentao da Certido Negativa de Dbitos Trabalhistas - CNDT, nos termos da Consolidao das Leis do Trabalho - CLT (Decreto-Lei n 5.452, de 1 de maio de 1943), artigo 642-A (acrescido pela Lei n 12.440, de 7 de julho de 2011), que poder ser obtida no stio http://www.tst.jus.br/certidao;

    f) Balano Patrimonial e Demonstrativo de Resultado de Exerccio (DRE) relativos ao ltimo exerccio, assinados pelo contador da empresa;

    g) Cpia do contrato de pr-licenciamento firmado com empresa emissora ou programadora de televiso, no caso de obras seriadas e telefilmes;

    h) Apresentao do contrato definitivo de coproduo internacional, quando houver, caso este no tenha sido entregue anteriormente, sendo obrigatrio, em qualquer das hipteses, o reconhecimento provisrio do regime de coproduo internacional pela ANCINE;

    i) Cpias de contratos que envolvam participao na comisso de distribuio e/ou participao na recuperao das despesas de comercializao, quando houver;

    j) Formulrio autorizando o agente financeiro a consultar a situao no CADIN, conforme modelo disponibilizado pelo agente financeiro;

    k) Oramento analtico, impresso e em mdia tica (CD ou similar); (dispensada caso o projeto tenha sido aprovado pela ANCINE);

    l) Cpia do Certificado de Registro do Roteiro na Fundao Biblioteca Nacional; (dispensada caso o projeto tenha sido aprovado pela ANCINE);

    Edital de Fomento Produo Audiovisual Baiana 2014 24 / 26

  • m) Contrato de cesso de direitos de realizao de roteiro entre o detentor de direitos e a proponente; (dispensada caso o projeto tenha sido aprovado pela ANCINE);

    n) No caso de obra audiovisual derivada de criao intelectual pr-existente, contrato de cesso de direitos para constituio de obra derivada, contendo clusula especificando prazo mnimo de cesso dos direitos de 1 (um) ano e opo de renovao prioritria; (dispensada caso o projeto tenha sido aprovado pela ANCINE);

    o) No caso de obra que implique utilizao de formato de obra audiovisual pr-existente, autorizao ou cesso de uso do respectivo formato; (dispensada caso o projeto tenha sido aprovado pela ANCINE);

    p) Autorizao de uso de imagem da personalidade, quando couber; (dispensada caso o projeto tenha sido aprovado pela ANCINE);

    q) Comprovao pela PRODUTORA da captao de ao menos 80% (oitenta por cento) dos itens financiveis da parte brasileira, includos os recursos do FSA, por meio do envio dos documentos listados no ANEXO B.

    Edital de Fomento Produo Audiovisual Baiana 2014 25 / 26

  • ANEXO B - FSA

    DOCUMENTAO EXIGIDA PARA CONTRATAO PELO AGENTE FINANCEIRO DO FUNDO SETORIAL DO AUDIOVISUAL COMPROVANTES DE CAPTAO DOS RECURSOS

    a) contratos de patrocnio, nos termos do artigo 1-A da Lei n 8.685, de 20 de julho de 1993;

    b) recibos de captao, nos termos da Lei n. 8.313, de 23 de dezembro de 1991, e do artigo 1-A da Lei n 8.685/1993;

    c) contratos de coproduo nos termos dos artigos 3 e 3-A da Lei n 8.685/1993 e do art. 39, inciso X, da Medida Provisria n 2.228-1/2001;

    d) contratos de investimento firmados com Fundos de Financiamento da Indstria Cinematogrfica FUNCINES, nos termos do artigo 41 da Medida Provisria n 2.228-1/2001;

    e) contratos de patrocnio, investimento, financiamento ou emprstimo de instituies financeiras celebrados pelo proponente;

    f) contratos, convnios ou publicaes oficiais que comprovem patrocnios e apoios provenientes de entes pblicos federais, municipais ou estaduais;

    g) relao de pagamentos comprobatria dos recursos prprios ou de terceiros despendidos no projeto;

    h) documentos comprobatrios de crditos relativos a prmios e acordos internacionais;

    i) contratos de aquisio antecipada de licenas de exibio ou de explorao comercial, exceo da primeira licena de explorao celebrada com a emissora ou programadora de televiso;

    j) contrapartida de recursos prprios ou de terceiros, comprovada mediante depsito em conta corrente exclusiva vinculada ao projeto.

    k) aporte de recursos no-financeiros previstos em contratos de prestao de servios e/ou locao de equipamentos, a ttulo de contrapartida, observadas as seguintes condies:

    I. O valor integral objeto dos contratos previstos na alnea j desta Clusula deve ser igual ou inferior aos valores dos respectivos itens apresentados no oramento da proposta.

    II. Nos casos de servios de locao de equipamentos ou similares prestados pela PRODUTORA ou por coprodutores ao projeto, a ttulo de contrapartida, devero ser encaminhados 3 (trs) oramentos de tomadas de preos de produtos e/ou servios equivalentes do mercado para cada despesa. O valor efetivamente pago dever ser igual ou inferior ao menor dos trs oramentos apresentados.

    Edital de Fomento Produo Audiovisual Baiana 2014 26 / 26