Em coro a deus louvemos 281 299

Embed Size (px)

Text of Em coro a deus louvemos 281 299

  • Em coro a Deus louvemos

    281 Se as guas do mar da vida

  • Em coro a Deus louvemos

    281 Se as guas do mar da vida 2 parte

    Eb(E) (E7) Ab(A) Eb(E)

    1. Se as guas do mar da vida quiserem te afogar, Bb7(B7)

    segura na mo de Deus e vai! Eb(E) (E7) Ab(A) Eb(E)

    Se as tristezas desta lida quiserem te sufocar, Bb7(B7) Eb(E)

    segura na mo de Deus e vai!

    Eb (E7) Ab(A) Eb(E)

    Est.: Segura na mo de Deus, segura na mo de Deus, Bb7(E7)

    pois ela, ela, ela te sustentar. Eb(E) (E7) Ab(A) Eb(E)

    No temas, segue adiante, e no olhes para trs, Bb7(B7) Eb(E)

    segura na mo de Deus e vai!

    2. Se a jornada pesada e te cansas da caminhada,

    segura na mo de Deus e vai!

    Orando, jejuando confiando e confessando:

    segura na mo de Deus e vai!

    3. O Esprito do Senhor sempre te revestir;

    segura na mo de Deus e vai!

    Jesus Cristo prometeu que jamais te deixar:

    segura na mo de Deus e vai!

  • Em coro a Deus louvemos

    282 O Vento

    D A A7 D

    1. Vento que anima e faz viver,

    Bm A A7 D

    vento que empurra e faz mover,

    G D A7 D

    vento que d vida, vida de alegria,

    Bm A D

    sopra sobre ns dia e noite, noite e dia.

    2. Vento que Esprito de luz e amor,

    vento que acalma e consolador,

    vento que congrega todos neste dia,

    enche-nos de paz, de amor e de alegria.

  • Em coro a Deus louvemos

    283 Se sofrimento te causei

    Em D G

    1. Se sofrimento te causei, Senhor, Em D Em

    se a meu exemplo o fraco tropeou, D E

    se em teus caminhos eu no quis andar: perdo, Senhor!

    2. Se vo e ftil foi o meu falar,

    se a meu irmo no demonstrei amor,

    se ao sofredor no estendi a mo: perdo, Senhor!

    3. Se indiferente foi o meu viver,

    tranqilo e calmo, sem lutar por Ti,

    devendo estar bem firme no labor: perdo, Senhor!

    4. Escuta, Deus, a minha orao

    e vem livrar-me de incertezas mil;

    transforma a minha vida, entregue a Ti: amm, Senhor!

  • Em coro a Deus louvemos

    284 O profeta

    Dm C Dm

    1. Antes que te formasses dentro do seio da tua me, Gm Dm A7 Dm

    antes que tu nascesses te conhecia e te consagrei. Dm C Dm

    Para ser meu profeta entre as naes eu te escolhi. Gm Dm A7 Dm

    Irs onde enviar-te e o que te mando proclamars. F C F

    Est.: Tenho que gritar, tenho que arriscar. Ai de mim se no o fao! C F C Dm A7 Dm

    Como escapar de ti, como calar, se tua voz arde em meu peito? F C F

    Tenho que andar, tenho que lutar. Ai de mim se no o fao! C F C Dm A7 Dm

    Como escapar de ti, como calar, se tua voz arde em meu peito?

    2. No temas arriscar-te, porque contigo eu estarei. / No temas anunciar-me, em tua boca eu falarei.

    Entrego-te meu povo. Vai arrancar e derrubar, / para edificares, destruras e plantars.

  • Em coro a Deus louvemos

    285 Ouro e prata

    A D E A

    Ouro e prata no tenho, mas o que tenho te dou: D E7 A

    em nome de Jesus Cristo, levanta-te e anda! E

    Foi andando e saltando e louvando a Deus; A

    andando, saltando e louvando a Deus. D A7 A

    Em nome de Jesus Cristo, levante-te e anda!

  • Em coro a Deus louvemos

    286 Firme nas promessas

    G C G

    1. Firme nas promessas do meu Salvador, cantarei louvores ao meu Criador. D G

    Fico, pelos sculos do seu amor, firme nas promessas de Jesus. C D G C G

    Est.: Firme, firme, firme nas promessas de Jesus, meu mestre. C G D G Firme, firme, sim, firme nas promessas de Jesus.

    2. Firme nas promessas, no irei falhar, / vindo as tempestades a me consternar.

    Pelo verbo eterno hei de trabalhar / firmes nas promessas de Jesus.

    3. Firme nas promessas sempre vejo assim, / purificao no sangue para mim.

    Plena liberdade gozarei, sem fim, / firme nas promessas de Jesus.

    4. Firme nas promessas do Senhor Jesus, / em amor ligado com a sua cruz.

    Cada dia mas alegro-me na cruz, / firme nas promessas de Jesus.

  • Em coro a Deus louvemos

    287 Um abrao dado

    D Bm Em A7

    1. Um abrao dado de bom corao Em A A7 D

    como uma bno dada pelo irmo!

    2. Um abrao dado de bom corao

    como uma bno dada pela irm!

  • Em coro a Deus louvemos

    288 Alma, bendize o Senhor

    G C D7 G

    1. Alma, bendize o Senhor poderoso da glria; G C D7 G

    guarda as mil bnos e graas em tua memria! C G

    Vinde, acordai! Harpa e saltrio, D7 C D7 G

    cantai hinos de graa e vitria!

    2. Alma, bendize o Senhor, que, supremo, governa;

    que em asas fortes te leva, qual guia eterna;

    que te guardou como a ti mesmo agradou,

    com mo bondosa, paterna.

    3. Alma, bendize o Senhor, que te deu existncia;

    vida e sade conserva, por sua clemncia.

    De tanta dor ele, teu Pai e Senhor,

    livra-te em mal e carncia!

    4. Alma, bendize o Senhor, do qual tens recebido

    graas e bnos do cu, por amor desmedido.

    Deves lembrar o que o Senhor pode dar

    e o que te foi concedido.

    5. Alma, bendize o Senhor pelo amor infinito!

    Por todo o povo fiel ele seja bendito!

    tua luz. Mesmo nas trevas da cruz

    graa concede ao aflito.

  • Em coro a Deus louvemos

    289 Eu tenho um amigo que me ama

    E B7 E

    1. Eu tenho um amigo que me ama, me ama, me ama.

    B7 E

    Eu tenho um amigo que me ama, seu nome Jesus.

    A E B7 E

    Est.: /: Jesus! Jesus! Seu nome Jesus.:/

    2. Tu tens um amigo que te...

    3. Ns temos um amigo que nos ...

  • Em coro a Deus louvemos

    290 Tu queres ver unido teu povo

    C Em G F C G

    1. Tu queres ver unido teu povo a ti, Senhor, C Em G F C G C G

    o povo redimido por teu bendito amor. Nenhuma ovelh