of 14 /14

En Carte brabo bra bo

Embed Size (px)

DESCRIPTION

muito válido. mano

Text of En Carte brabo bra bo

  • Vincent SgalSandra LacerdaIsabel Colares

    Ari ColaresJuliana CoelhoOsvaldo BorgezTata Fernandes

    Ceumar

    Zezinho PitocoVincent SgalDaniel Coelho

    Webster SantosCeumar

    CeumarZezinho PitocoAri ColaresOlvio Filho

    Ari ColaresCeumarIvan Vilela

    Swami Jr.

    Ricardo Mosca

    Vincent Sgal

    Daniel Coelho

  • E ter-se para ser livre

    Ser livre para se dar

    E dar-se para se ter

    E dar-se para se ter

    E ter-se para se dar

    E dar-se para ser livre

    Ser livre para se ter

    Ser livre para se ter

    E ter-se e dar-se

    E ter-se e dar-se

    Ser livre para se ter

    Ser livre para se ter

    Rio de vida

    Verde que corre

    Lgrima da Mantiqueira

    Corre por mim nas Gerais

    Cresce por Minas Gerais

    Nasce na serra

    Na Serra Fina

    E se destina a quem queira

    Querer, a quem se destina

    A gua na mo, cristalina

    Que este rio venha nos molhar

    Seu frescor venha banhar

    Nosso amor

    Fecundar o cho de vida feliz

    No seu navegar de viver e se dar

    Vendo os paturis e garas

    Aprendendo a voar

    A voar

    Vale dourado

    Vale do Ruah

    Fonte de muitas ribeiras

    Bero das guas mineiras

    Que fazem as cachoeiras

    Entre as pedras

    Lavando as quedas

    Faz seus remansos de paz

    Num grande lago descansa

    Inventa o seu prprio mar

    Bm7 A

    Bm7 A

    G F#m7

    Em F#m7

    G A

    Bm7 A

    Bm7 A

    G F#m7

    Em F#m7

    G A

    Bm7 A

    Bm7 A

    G F#m7

    Em F#m7

    G A

    Bm7 A

    Bm7 A

    G F#m7

    Em F#m7

    G A

    Bm7 A

    G F#m7

    G

    F#m7 Em Em/D A/C#

    D C D C

    Bm7 F#m7

    Bm7 F#m7

    Bm7

    A6/ 9 Bm

    Bm / E A6/ 9

    F 6/ 9 A6/ 9

    F 6/ 9 A6/ 9

    A6/ 9 Bm

    Bm / E A6/ 9

    F 6/ 9 A6/ 9

    F 6/ 9 A6/ 9

    Bm Bm / E A6/ 9

    Bm Bm / E A6/ 9

    F 6/ 9 A6/ 9

    F 6/ 9 A6/ 9

    C E U M A R & G I L D E S B E Z E R R AC E U M A R & G I L D E S B E Z E R R A

    1. 2.

  • Nasci na terra da serra que chora

    Nas cachoeiras vivo a me banhar

    Entre as pedras recolho as estrelas

    So do cu, levo at o mar

    Em minha saia azul tem flores belas

    Tem ouro, jias, que trago de l

    Canto e dano nas voltas do tempo

    E as estrelas espalho ao vento

    Nasci na terra da serra que chora

    Nas cachoeiras vivo a me banhar

    Entre as pedras recolho as estrelas

    So do cu, levo at o mar

    Em minha saia azul tem flores belas

    Tem ouro, jias, que trago de l

    Canto e dano nas voltas do tempo

    E as estrelas espalho ao vento

    Canto e dano aqui na areia

    Giro a saia pra mostrar

    Meus encantos de sereia, mame

    Ora, i, i, Oh Doci

    Ventou, choveu, mame a chamar

    Trovejou, vou eu, pra casa voltar

    Canto e dano aqui na areia

    Giro a saia pra mostrar

    Meus encantos de sereia, mame

    Ora, i, i, Oh Doci

    Ora, i, i

    Ora, i, i,

    Ora, i, i, Oh Doci

    Bm7/9

    Em6/B

    F#7(b9)

    Bm7/9

    Bm7/9

    Em6/B

    F#7(b9)

    Bm7/9

    Bm7/9

    F#7

    Bm7

    Bm7

    F#7

    Bm7

    Em E7

    D7 Ebm6

    Em Bm7 Bm/A

    G F#7 Bm7

    G F#7 Bm7

    Bm/A G F#7 Bm7

    O S V A L D O B O R G E Z

    3.

  • Choro, cavaquinho porque choro?

    Se da vida eu ignoro o destino de sofrer

    Canto pelo mundo afora eu canto

    E alegria busco tanto no presente que viver

    Choro, cavaquinho porque choro?

    Se da vida eu ignoro o destino de sofrer

    Canto pelo mundo afora eu canto

    E alegria busco tanto no presente que viver

    Canto e choro pois sei

    Que as cordas do meu cavaquinho

    Choram de beleza

    Canto chorando sem mgua

    E nas guas que canto exorcizo a tristeza

    Tu sabes meu cavaquinho

    Mais do que eu possa dizer

    Nem todo mundo que chora

    Chora por sofrer

    Tu sabes meu cavaquinho

    Mais do que eu possa dizer

    Nem todo mundo que chora

    Chora por sofrer

    Bm7 F #7 Bm7

    F #7 B7 Em B7

    Em C# F#7 Bm7

    Bm/A C#7 C# F#7

    Bm7 F #7 Bm7

    F #7 B7 Em B7

    Em C# F#7 Bm7

    Bm/A C#7 F#7 Bm

    A A7

    D

    C# F#7

    B7

    Am6/C B7

    Em

    Bm7 C#

    F#7 Bm

    Am6/C B7

    Em

    Bm7 C#

    F#7 Bm (F#7)

    C E U M A R S R G I O P E R E R

    4.

  • A vida rubra

    Escorre no deserto

    Ao brado retumbante

    Ao sol faminto

    E se consinto

    por no ser esperto

    E estar bem perto

    De ser quase extinto

    O povo heroico

    Emprico e poltico

    Um tanto mstico

    E outro tanto plcido

    Tem por defeito

    O esplendor do leito

    Onde me deito

    Provisrio e cvico

    A vida rubra

    Do meu povo heroico

    Decerto escorre

    Atvica e prolfica

    No gesto opaco

    Triste e bem distinto

    Da clava forte

    No meu cho faminto

    E se consinto

    Atvico e raqutico

    O meu deserto

    Liquefeito e fsico

    Estou mais perto

    Dos insatisfeitos

    E bem mais certo

    De ser quase extinto

    ...ao som do mar

    No esplendor do leito

    Em7

    Bm7 Em7 Bm7

    Em7

    Bm7 Dm7 Am7

    Dm7

    A m7 Dm7 Am7

    Dm7

    A m7 Em7 Bm7

    Em7

    Bm7 Em7 Bm7

    Em7

    Bm7 Dm7 Am7

    Dm7

    Am7 Dm7 Am7

    Dm7

    Am7 Em7 Bm7

    Em7

    Bm7 Em7 Bm7

    Em7

    Bm7 Dm7 Am7

    Dm7

    Am7 Dm7 Am7

    Dm7

    Am7 Em7 Bm7

    (Em7 Bm7 Em7 Bm7 Em7)

    Dm7

    Am7

    Dm7

    Am7

    Em7

    Bm7

    Em7

    Ebo E m / D D b o

    Am6/C

    E m 7 Bm 7

    C E U M A R & G I L D E S B E Z E R R A

    5.

  • estando leve

    levitando

    pra l de leve

    ultraleve

    pisando leve

    levitando

    usando as asas

    t voando

    quando levito

    eu t cantando

    quando eu canto

    lavo o pranto

    quando eu choro

    t querendo

    ficar mais leve

    levitando

    quando eu rio

    t sabendo

    que o meu canto

    t voando

    levito leve

    se eu canto

    por isso canto

    sempre leve

    quando levito

    eu t cantando

    quando eu canto

    lavo o pranto

    lgrima cai

    do meu pranto

    a eu canto

    levitando

    C6/9

    Ab7

    Fm 7

    Bb7 Bo

    C6/9

    Ab7

    Fm 7

    Bb7

    Eb6/9

    Bbm7

    Eb6/9

    Bbm7

    Dm7

    G7

    Dm7

    G7

    (C6/9 Ab Fm)

    C6/9

    Ab7

    Fm 7

    Bb7 B o

    C6/9

    Ab7

    Fm 7

    Bb7

    Eb6/9

    Bbm7

    Eb6/9

    Bbm7

    Dm7

    G7

    Dm7

    G7

    (C6/9 Ab Fm)

    C E U M A R & D A T R A N C O S O

    6.

  • Fui na casa do Expedito

    Tava cheia de mosquito

    Eu num sei se foi macumba

    O meu zio tava esquisito

    A urucaca da velhaca

    Taca a pata faz trapaa

    A danada das braba

    Narengada de mulata

    Malunga, gua de briga, marafo, maria branca

    Montuava na subida e trs tombo na barranca

    Malunga, gua de briga, marafo, maria branca

    Montuava na subida e trs tombo na barranca

    A cachaa venenosa

    Cangimbrina das maldosa

    Abrideira, aca, au

    Canha, cumbe, engasga gato

    Quando era meia-noite

    Era fogo era porre

    Carraspana, chuva, ema

    Fogo, ganso, gata, jorna

    O gole da madrugada

    Na penumbra meu archote

    O xinapre se novinho

    Quando bebe arrota morte

    O meu zio t doente

    T sofrendo de exagero

    V macumba na cozinha

    Diz que culpa da caninha

    A m

    Dm

    E7

    A m

    A 7su s( b9)

    A7 Dm

    G C

    Bb 7 A m

    E7 Am Dm

    E7 Am

    E7 Am Am/G F Am/E Bm7(b5)

    E7 Am

    (Am Dm E7 Am)

    Am

    Dm

    E7

    Am

    A7sus(b9)

    A7 Dm

    G C

    Bb7 Am

    Am

    Dm

    E7

    Am

    A7sus(b9)

    A7 Dm

    G C

    Bb7 Am

    K I K O D I N U C C I F A B I A N O R A M O S T O R R E S

    7.

  • Justo o que cabe direito

    o rio no seu leito

    Justo equilbrio perfeito

    Entre o dito e o feito

    Entre o ato e o discurso

    o rio no seu curso

    Justo o que no falta

    Justo o que no sobra

    Justo o que no folga

    Justo o que no aperta

    o rio que se dobra que se enrosca feito cobra

    Pra alcanar a sua meta

    Lai lai lalalai Lai lai lalalai

    Lalalai lai lai

    Segura o coco da rabeca de cabaa

    Segura o coco quero ver tu segurar

    O rabequeiro tira o coco da cabaa

    Da rabeca e da cabea

    Toca tudo sem cansar

    Alumioso toca de noite e de dia

    Toda gente alumia

    Rabecando sem parar

    Cadenciado cada mo de cada lado

    Vai tocando bem tocado

    Faz o povo balanar

    Gm7 D/F#

    G7 Cm7/9

    F 7 Bb7M

    A D7(b9) Gm7

    A D7(b9) Gm7

    D7(b9) Gm7

    Cm7/9

    F 7 1 3 F 7(b1 3) Bb7M

    A D7( b9) Gm7

    Eb7 D7(b9)

    D/F # Gm7 A o Bb7M

    D7(b9) Eb6/9

    D7(b9) Eb6/9 D7(b9) Eb6/9

    D7(b9) Gm7 (Gm6)

    A A B/A

    C/A

    B/A A

    A B/A

    C/A

    B/A A

    C E U M A RT A T A F E R N A N D E S K L B E R A L B U Q U E R Q U E

    D I F R E I T A S & C E U M A R

    8.

    9.

  • Ele nasceu na terra de Maurcio de Nassau

    Ele nasceu na terra de Maurcio de Nassau

    Ele traz a fantasia para entrar no meu cordo

    Navegador, batucou meu corao

    No foi por acaso nem coincidncia

    No tem matemtica, no tem cincia

    Veio de alm-mar, de um lugar alm

    Me pegou assim meio sem ningum

    Vento de levar me leva pra l

    Vento de meu mar de cu

    Veio pra ficar e tudo fica bem

    Quem ningum quando a noite cai

    Na casa que sou eu?

    Quem no me faz ver?

    Eu preciso ver

    Quem no acende a luz?

    Quem voc

    Quando voc no vem?

    Quem ningum quando a chuva cai?

    Na casa que sou eu?

    Quem no vai dormir?

    Tenho que dormir

    Quem no vai me levar?

    Quem voc

    Quando voc no vem?

    Quem ningum quando a casa cai

    A casa que sou eu?

    Quem no me faz rir?

    Quero tanto rir

    Quem no estende a mo?

    Quem voc

    Quando voc no vem?

    A m7 F 7M

    Dm7/ 9 Gsu s1 3/E G1 3/E

    C 6 / 9

    D 7

    Dm7/9 Gsu s1 3/E G13/E

    Am 7 F 7M

    Dm7/9 Gsu s1 3/E G13/E

    Am7 F 7M

    D m7/ 9 Gsu s1 3/E G13/E

    C 6 / 9

    D 7

    Dm7/9 Gsu s1 3/E G13/E

    Am7 F 7M

    Dm7/9 Gsus13/E G13/E

    Am7 F 7M

    Dm7/9 Gsus13/E G13/E

    C6/9

    D7

    Dm7/9 Gsus13/E G13/E

    Am7 F 7M

    Dm7/9 Gsus13/E G13/E

    Gm7 A D 7

    Gm7 A D 7

    Cm7 G m 7 G m 7/ F

    Eb6/9 D7(b9) G m 7

    D/F# Gm7

    Cm7 D7 G m 7

    D/F# Gm/F

    Eb6/9 D7 (b9)

    Cm7 F 7

    Bb7M Eb7M

    A D7 G m 7 ( 1x G 7 ) (2 x D 7 )

    V I T O R R A M I L & R O G E R S C A R T O N C E U M A R & N A N D O T V O R A

    To

    my

    love,

    Ben

    Para

    meu

    amor,

    Ben

    10.

    11.

  • O que esse silncio tem a dizer

    O que esse silncio tem a dizer

    Eu fico sozinho, fico calado

    Pra perceber

    Fico sozinho, fico calado

    Pra perceber

    Preciso domar o meu corao

    Pra sobreviver nesse turbilho

    Escapar sozinho do redemoinho dessa

    Malha fina que seus olhos so

    Preciso conter o meu sentimento

    Esse p de vento chamado paixo

    Mas o amor grande

    E por mais que eu mande

    quase impossvel que ele obedea

    Entrei de cabea nessa corredeira

    Sa do mato pra cair na capoeira

    Capoeira

    Cada rasteira que a vida d

    Capoeira

    Escorreguei na ladeira

    E gostei da brincadeira

    No quero parar

    Capoeira

    Cada rasteira que a vida d

    Capoeira

    Mergulhei na cachoeira

    E deixei a choradeira

    Pro rio levar

    A voz pura do silncio quis dizer

    Sem dor nem d

    Que as cores da beleza sabe ver

    Quem est s

    Sempre s e no sozinho

    Muita gente no caminho

    Com calor e com carinho

    Com calor e com carinho

    Silencia a dor e faz dela

    Uma sinfonia calada

    A voz do silncio revela

    Tua alma curada

    F#m7

    Bm7

    G#

    C #7 (b 9) F#m7

    C #7 F #m7

    C# F #7 Bm7

    F #m7

    G#7

    C#7

    D7 C#7 F#m7

    F#m7

    C#7

    D7

    C#7

    F#m7

    C#7

    D7

    C#7

    Gm7 Cm7 D7 Gm7

    F 7 Bb6/9

    Eb6/9 Gm7

    D/F# Gm7

    Eb6/9 Gm7

    D/F# Gm7

    G 7 C m 7

    A D 7 (b9) G m 7

    Cm7 G m 7

    A7 D 7

    D G 7 C m 7

    F 7 Bb6/ 9

    A D 7 (b9) G m 7

    A D 7 (b9) G m 7

    D / F #

    G m 7

    D / F #

    G m 7

    C E U M A R

    M I L T I N H O E D I L B E R T O

    12.

    13.

  • 1 .RIO VER D E

    MSICAS /SONGS

    4.CHORA CAVAQUINHO

    3.E N CANTOS DE SEREIA

    BRCE41400001

    BRCE41400002

    BRCE41400003

    participao especialspecial guest

    participao especialspecial guest

    participao especialspecial guest

    participao especialspecial guest

    BRCE41400004

    BRCE41400005

    BRCE41400006

    CEUMAR

    VINCENT SGAL

    DANIEL COELHO

    WEBSTER SANTOS

    ARI COLARES

    IVAN VILELA

    ARRANJO/ARRANGEMENT

    voz e violo de nylonvoice and nylon guitar

    violoncelo cello

    baixo acstico double bass

    bandolim mandolin

    caixa de congo e patangome congo bass drum and congo shaker

    viola caipira ten-string guitar

    Vincent Sgal & Ceumar

    Ceumar & Gildes Bezerra

    CEUMAR

    WEBSTER SANTOS

    ARI COLARES

    SWAMI JR.

    ARRANJO/ARRANGEMENT

    vozvoice

    cavaquinho

    prato e facaplate and knife

    violo de 7 cordas7 string guitar

    Webster Santos & Swami Jr.

    Ceumar & Srgio Perer

    CEUMAR

    VINCENT SGAL

    DANIEL COELHO

    WEBSTER SANTOS

    ARI COLARES

    OSVALDO BORGEZ

    ARRANJO/ARRANGEMENT

    voz e violo de nylonvoice and nylon guitar

    violoncelo e Kass kasscello and kass kass

    baixo acstico, vocais e palmas double bass, vocals and claps

    violo de ao, bandolim, vocais e palmas steel guitar, mandolin, vocals and claps

    blocos de madeira, pandeiro, pandeiro, vocais e palmaswood blocks, frame drum, brasilian tambourine, vocals and claps

    vocais e palmasvocals and claps

    Vincent Sgal

    Osvaldo Borgez

    CEUMAR

    VINCENT SGAL

    DANIEL COELHO

    WEBSTER SANTOS

    IVAN VILELA

    ARRANJO/ARRANGEMENT

    voz e violo de nylonvoice and nylon guitar

    violoncelo cello

    baixo acstico double bass

    violo de aosteel guitar

    viola caipira ten-string guitar

    Vincent Sgal, Ceumar e msicos Vincent Sgal, Ceumar and all musicians

    2.LIBE RDADECeumar & Gildes Bezerra

    CEUMAR

    VINCENT SGAL

    DANIEL COELHO

    WEBSTER SANTOS

    ZEZINHO PITOCO

    ARRANJO/ARRANGEMENT

    voz e violo de nylonvoice and nylon guitar

    violoncelo cello

    baixo acstico double bass

    violo de aosteel guitar

    clarineteclarinet

    Vincent Sgal

    5.PENHORCeumar & Gildes Bezerra

    CEUMAR

    VINCENT SGAL

    DANIEL COELHO

    OLVIO FILHO

    ARI COLARES

    ARRANJO/ARRANGEMENT

    voz e violo de nylonvoice and nylon guitar

    violoncelo cello

    baixo acstico double bass

    acordeon

    vaso e assoviosudu and whistles

    Vincent Sgal

    6.LEVITANDOCeumar & Da Trancoso

  • Todas as obras com os autores - DiretoAll tracks direct with the authors

    participao especialspecial guest

    participao especialspecial guest

    BRCE41400010

    BRCE41400012

    CEUMAR

    VINCENT SGAL

    DANIEL COELHO

    WEBSTER SANTOS

    RICARDO MOSCA

    ARRANJO/ARRANGEMENT

    voz voice

    violoncelo cello

    baixo acstico double bass

    violo de aosteel guitar

    bateria drums

    Vincent Sgal

    10 .QUEM NINGUMVitor Ramil & Roger Scarton

    CEUMAR

    VINCENT SGAL

    ARRANJO/ARRANGEMENT

    voz voice

    violoncelo cello

    Vincent Sgal & Ceumar

    1 1 .NAVEGADORCeumar & Nando Tvora

    CEUMAR

    WEBSTER SANTOS

    ARI COLARES

    SWAMI JR.

    ARRANJO/ARRANGEMENT

    CEUMAR

    VINCENT SGAL

    DANIEL COELHO

    OLVIO FILHO

    ARI COLARES

    ARRANJO/ARRANGEMENT

    voz e violo de nylonvoice and nylon guitar

    violoncelo cello

    baixo acstico double bass

    bandolimmandolin

    pandeiro e guizoframe drum and indian ghunghroos

    Vincent Sgal

    7.ENGASGA GATOKiko Dinucci & Fabiano Ramos Torres

    CEUMAR

    VINCENT SGAL

    DANIEL COELHO

    WEBSTER SANTOS

    ARI COLARES

    IVAN VILELA

    ARRANJO/ARRANGEMENT

    voz voice

    violoncelo cello

    baixo acstico double bass

    efeitos com rabecaeffects with the rabeca

    alfaiamaracatu bass drum

    viola caipiraten-string guitar

    Vincent Sgal & Ivan Vilela

    9 .SEGURA O COCODi Freitas& Ceumar

    CEUMAR

    ZEZINHO PITOCO

    OLVIO FILHO

    ARI COLARES

    ARRANJO/ARRANGEMENT

    voz voice

    zabumba e vocaisbass drums and vocals

    acordeon e vocaisacordeon and vocals

    tringulo e vocaistriangle and vocals

    msicos participantesall musicians

    12 .TURBILHOMiltinho Edilberto

    CEUMAR

    VINCENT SGAL

    DANIEL COELHO

    ZEZINHO PITOCO

    ARRANJO/ARRANGEMENT

    voz e percussovoice and percussion

    viloncelocello

    baixo acsticodouble bass

    clarineteclarinet

    Vincent Sgal & Ceumar

    13 .SILENCIACeumar

    CEUMAR

    VINCENT SGAL

    DANIEL COELHO

    ARI COLARES, ISABEL COLARES, JULIANA COELHO, OSVALDO BORGEZ, SANDRA LACERDA & TATA FERNANDES

    ARRANJO/ARRANGEMENT

    voz e violo de nylonvoice e nylon guitar

    violoncelo cello

    baixo acstico double bass

    vocaisvocals

    Ceumar e msicos participantesCeumar and all musicians

    8.JUSTOCeumar,Klber Albuquerque& Tata Fernandes

    CEUMAR

    VINCENT SGAL

    DANIEL COELHO

    WEBSTER SANTOS

    ARI COLARES

    ARRANJO/ARRANGEMENT

    BRCE41400007

    BRCE41400008

    BRCE41400009

    BRCE41400011

    BRCE41400013

  • Vincent Sgal

    Ceumar

    Ricardo Mosca - Na Cena Studio So Paulo, Brasil

    Thiago Baggio, Tico Prates, Tiago Assolini, Wagner Meirinho & Hugo Vincius

    Ricardo Mosca - Studio do Mosca So Paulo. Fevereiro/ Maro 2014 February/ March 2014

    Thiago Baggio

    Marc Broer - LIVE concert recording Amsterdam. Maio/ May 2014

    Ben Mendes

    Sandra Lacerda

    Juliana Coelho

    Ti Coelho Todo

    Daniel Coelho

    DIREO MUSICAL /MUSICAL DIRECTION

    PRODUO GERAL /GENERAL PRODUCTION

    GRAVADO POR /RECORDED BY

    ASSISTENTES DE GRAVAO /RECORDING ASSISTANTS

    MIXADO POR /MIXED BY

    ASSISTENTE DE MIXAGEM/MIXING ASSISTANT

    MASTERIZADO POR /MASTERED BY

    ASSITENTE DE MASTERIZAO/MASTERING ASSISTANT

    PRODUO EXECUTIVA/EXECUTIVE PRODUCTION

    PROJETO GRFICO E FOTOGRAFIA/GRAPHIC DESIGN AND PHOTOGRAPHY

    DESENHO DA CAPA/FRONT COVER ILLUSTRATION

    CIFRAS DAS MSICAS/CHORDS TABS OF THE SONGS

    CONCEPO DO PROJETO/PROJECT CONCEPT

    PRODUO EXECUTIVA/EXECUTIVE PRODUCTION

    ADMINISTRAO DO PROJETO /PROJECT ADMINISTRATION

    CONSULTORIA E PRESTAO DE CONTAS /CONSULTANCY AND FINANCE

    PRODUO GERAL E DISTRIBUIO DO CD NO BRASIL /GENERAL PRODUCTION AND CD DISTRIBUTION BRAZIL

    Projeto realizado com o apoio do Governo do Estado de So Paulo, Secretaria da Cultura, Programa de Ao Cultural 2014.

    APOIO

    Project realized with the support of the Government of the State of So Paulo, Department of Culture, Cultural Action Program 2014.

    Ceumar & Sandra Lacerda

    Sandra Lacerda & Lourdes Casquete

    Berlim Produes e Comunicaes - Vagner Giannetti e Andressa Giannetti

    Lourdes Casquete

    Circus Produes Culturais & Fonogrficas - Guto Ruocco

    Minha gratido e amor (My gratitude and love)

    Vincent Sgal, Ben Mendes, Ti Coelho Todo, Guto Ruocco, toda a turma (all the people) Circus

    Produes, Lourdes Casquete, Tata Fernandes, Georgia Branco, Dani Gurgel, Mauro Rodrigues, Marina Thom, Mrcia Mansur, Studio Loop So Paulo, Jeov Santana,

    Gero Camilo e todos os msicos e parceiros pela energia musical e amizade (all the musicians and

    partners for the musical energy and friendship). Vida longa ao Proac So Paulo para que muitos possam ser contemplados (I wish success to PROAC Sao Paulo so

    that many others can be benefited). Sandra Lacerda (Sandrinha): voc fundamental para este projeto! (youre fundamental for this project!)

    Management Brazil Circus Produes Culturais www.circusproducoes.com.br

    GRAVADO AO VIVO EM ESTDIOENTRE 16 E 20/DEZEMBRO 2013RECORDED LIVE IN STUDIOBETWEEN 16 AND 20/DECEMBER 2013

    W W W . C E U M A R . C O M

    Management Europe Mendes & Coelho Productionswww.benmendes.nl