Epistemologia e Modernidade-Sobre Verdades

Embed Size (px)

Text of Epistemologia e Modernidade-Sobre Verdades

epistemologia e modernidade

AUTOR: JOS RICARDO CUNHA

1 eDIO

ROTEIRO DE CURSO 2008.2

Sumrio

Epistemologia e modernidadeI. APRESENTAO DO CURSO..........................................................................................................................................................03 II. PROGRAMA DO CURSO ..............................................................................................................................................................05 III. BIBLIOGRAFIA SUGERIDA .........................................................................................................................................................07 IV. PLANO DAS AULAS ...................................................................................................................................................................10 AULA 1. INTRODUO AO CURSO E SEUS OBJETIVOS. PENSAMENTO E VERDADE.................................................................................10 AULA 2. NOSSA IDIA DE VERDADE: ALETHEIA, VERITAS, EMUNAH ...................................................................................................14 AULA 3. REALIDADE E VERDADE: HERCLITO E PARMNIDES ............................................................................................................17 AULA 4. LINGUAGEM E VERDADE: OS SOFISTAS ................................................................................................................................26 AULA 5. CONCEITO E VERDADE: SCRATES .......................................................................................................................................29 AULA 6. INATISMO: DESCARTES......................................................................................................................................................31 AULA 7. EMPIRISMO: HUME E LOCKE ..............................................................................................................................................35 AULA 8. FORMALISMO JURDICO E REALISMO JURDICO ...................................................................................................................39 AULA 9. CRITICISMO: KANT ............................................................................................................................................................42 AULA 10. O POSITIVISMO: COMTE ...................................................................................................................................................48 AULA 11. MODERNIDADE E IDEOLOGIA CIENTIFICISTA .....................................................................................................................53 AULAS 12 E 13. OS POSITIVISMOS JURDICOS E A CINCIA DO DIREITO ..............................................................................................57

EpIsTEmOlOGIa E mODERnIDaDE

i. apresentao do CUrsoSaudaes acadmicas! Este o Curso de Cincia e Modernidade uma introduo ao problema da verdade. Trata-se de um curso de filosofia que caminha entre a filosofia geral e a filosofia do direito e sua misso problematizar o tema da verdade. Dessa forma, serve como pressuposto lgico e didtico para o curso de filosofia do semestre seguinte, que ir problematizar o tema da justia. Assim, o aluno ser inserido nos dois pilares filosficos verdade e justia especialmente escolhidos e pensados para a grade curricular da Escola de Direito do Rio de Janeiro da Fundao Getulio Vargas. Toda a tradio jurdica foi forjada tendo como pressuposto conceitual, de forma mais ou menos clara, a idia de verdade: verdade dos fatos, verdade das leis, verdade da constituio, verdade do processo, verdade do discurso, verdade do intrprete, etc. Ainda que o conceito em si de verdade nunca tenha sido tematizado de forma absoluta ou mesmo encontrado um consenso entre filsofos ou juristas, a idia da verdade sempre esteve e ainda est amparando e legitimando o direito e as decises jurdicas. Seja pela recorrncia aos fatos, s normas ou argumentao, a comunidade jurdica busca um amparo de veracidade que responda aos anseios da conscincia epistemolgica de toda a sociedade. Isso deve deixar claro que o problema da verdade no especfico do direito, nem mesmo da filosofia, mas, antes, trata-se de um problema humano e, por isso mesmo, social. Essa imbricao entre sociedade e verdade nunca foi to profunda e to explcita como na modernidade. O laicismo moderno foi convertido em cientificismo moderno e a cincia, tendo na tcnica o seu brao operacional, passou a ocupar o centro do pensamento social e o lugar privilegiado da verdade. Todas as formas de conhecimento e instituies modernas foram, ento, visceralmente marcadas por essa ideologia cientificista. Foi assim com a economia, a poltica, a medicina e, dentre outras, o direito que, rapidamente, converteu-se em cincia do direito. Como se no bastasse, os prprios ramos do direito iniciaram uma corrida alucinada pelo seu prprio estatuto de cientificidade e, por isso, lemos e ouvimos falar em coisas como cincia do direito processual, cincia do direito penal ou direito civil como cincia prpria dentro do direito. Todas essas reflexes tero lugar neste curso de Cincia e Modernidade. No se pode imaginar, hoje, a figura de um profissional crtico e hbil do direito, que seja capaz de pensar por problemas e raciocinar dialeticamente, sem que esteja inserido nesse debate filosfico e preparado para a problematizao da verdade. Portanto, o presente curso no tem carter secundrio ou diletante. Embora esteja cercado pelos prazeres da filosofia, sua tarefa rdua e exige concentrao e aprofundamento. Trata-se de uma oportunidade mpar de experincia do pensamento para a qual esto todos desde j convidados.

FGV DIREITO RIO

3

EpIsTEmOlOGIa E mODERnIDaDE

1. ObjetivO Geral da disciplina

Introduzir noes essenciais para a problematizao do conceito de verdade a partir da compreenso dos fundamentos da epistemologia, tendo em vista o estudo dos limites e possibilidades de uma cincia do direito no contexto da crise e da crtica do paradigma da modernidade.2. ObjetivOs especficOs da disciplina

2.1. Apresentar a verdade como objeto de um intenso debate histrico filosfico e jurdico sobre o qual no h um consenso definitivo; 2.2. Estudar os principais fundamentos, antigos e modernos, que contriburam para a constituio das idias mais fortes de verdade na cultura ocidental; 2.3. Investigar as bases positivistas do cientificismo moderno e a sua inflexo sobre a chamada cincia do direito.3. fOrmas de avaliaO

O aluno ser avaliado mediante sua participao qualificada em sala de aula, realizao das leituras obrigatrias, trabalhos e provas que forem aplicados.

FGV DIREITO RIO

4

EpIsTEmOlOGIa E mODERnIDaDE

ii. programa do CUrsoementa

Objetivos da filosofia e filosofia do direito. O pensamento e as tarefas do pensamento. As idias de verdade e seus desafios intelectuais e sociais. Fundamentos filosficos da antiguidade para a verdade. Fundamentos filosficos da modernidade para a verdade. Modernidade, verdade e cincia. O positivismo e os positivismos jurdicos na cincia do direito.intrOdUO: a verdade cOmO tema e prOblema

1. Introduo ao curso e seus objetivos. Pensamento e verdade. 2. Nossa idia de verdade: aletheia, veritas, emunah.Unidade 1: fUndamentOs da antiGUidade

3. Realidade e verdade: Herclito e Parmnides. 4. Linguagem e verdade: os Sofistas. 5. Conceito e verdade: Scrates.Unidade 2: fUndamentOs da mOdernidade

6. 7. 8. 9.

Inatismo: Descartes. Empirismo: Hume e Locke. Formalismo Jurdico e Realismo Jurdico. Criticismo: Kant.

Unidade 3: cincia e direitO na mOdernidade

10. 11. 12. 13.

O positivismo: Comte. Modernidade e ideologia cientificista. Positivismos jurdicos e a cincia do direito. Os positivismos jurdicos e a cincia do direito II.

FGV DIREITO RIO

5

EpIsTEmOlOGIa E mODERnIDaDE

ObservaO impOrtante

O Curso no se prope a uma abordagem enciclopdica do tema proposto, o que seria impossvel nos limites da carga horria da disciplina, alm de didaticamente questionvel. O fio condutor de todas as reflexes o tema da verdade e os autores sero abordados no com o fim de se conhecer suas respectivas obras, mas como forma de aproche para acepes relevantes ao tema.

FGV DIREITO RIO

6

EpIsTEmOlOGIa E mODERnIDaDE

iii. BiBliograFia sUgeridaADORNO, Theodor; HORKHEIMER, Max. Dialtica do esclarecimento: fragmentos filosficos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1985. ALEXY, Robert. Derecho e razn prctica. Mxico: Fontamara, 2002. ARAJO, Ins Lacerda. Introduo filosofia da cincia. Curitiba: EdUFPR, 1993. ARENDT, Hannah. A condio humana. Rio de Janeiro: Forense Universitria, 1995. ARNAUD, Andr-Jean (Org.). Dicionrio enciclopdico de teoria e sociologia do direito. Rio de Janeiro: Renovar, 1999. ATIENZA, Manuel. As razes do direito: teorias da argumentao jurdica. So Paulo: Landy, 2000. BACON, Francis. Novum Organum ou verdadeiras indicaes acerca da interpretao da natureza. So Paulo: Abril Cultural, 1984. BARKER, Sir Ernest. Teoria poltica grega: Plato e seus predecessores. Braslia: EdUnb, 1978. BATIFFOL, Henri. A filosofia do direito. Lisboa: Editorial Notcias, [s.d.]. BAUMAN, Zygmunt. Modernidade e ambivalncia. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1999. BOBBIO, Norberto. O positivismo jurdico: lies de filosofia do direito. So Paulo: cone, 1995. BORNHEIM, Gerd. (Org.). Os filsofos pr-socrticos. So Paulo: Cultrix. BOUDON, Raymond. O justo e o verdadeiro: estudos sobre a objectividade dos valores e do conhecimento. Lisboa: Instituto Piaget, 1998. CANARIS, Claus-Wilhelm. Pensamento sistemtico e conceito de sistema na cincia do direito. Lisboa: Calouste Gulbenkian, 1989. CAPRA, Fritjof. O ponto de mutao: a cincia, a sociedade e a cultura emergente. So Paulo: C