Click here to load reader

Equipamentos Auxiliares

  • View
    26

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

equipamentos auxiliares da mina a ceu aberto

Text of Equipamentos Auxiliares

  • INSTITUTO SUPERIOR POLITCNICO DE TETE

    DIVISO DE MINAS

    ENGENHARIA DE MINAS

    MAQUINARIA

    TURMA B SALA B3

    EQUIPAMENTOS AUXILIARES DA MINERAO CU ABERTO

    DISCENTES:

    Agnaldo Lima ngela Nhampossa Chomim Campira Flvio Mobiua Helton Lacerda Joaquim Jnior Rafael Chengue DOCENTE: Eng. Fernando Elias

    TETE, 2014

  • Agnaldo Lima ngela Nhampossa Chomim Campira

    Flvio Mobiua Helton Lacerda Joaquim Jnior Rafael Chengue

    EQUIPAMENTOS AUXILIARES DA MINERAO CU ABERTO

    Trabalho apresentado ao Instituto Superior

    Politcnico de Tete, precisamente a cadeira de

    Maquinaria, no mbito da pesquisa e descrio

    das temticas relativas aos equipamentos

    auxiliares da minerao cu aberto, mediado

    pelo Eng. Fernando Elias.

    TETE, 2014

  • NDICE

    OBJECTIVOS............................................................................................................................ 2

    METODOLOGIA ...................................................................................................................... 2

    INTRODUO ......................................................................................................................... 3

    MAQUINAS TRATORAS ........................................................................................................ 4

    TRATORES DE ESTEIRAS ................................................................................................. 4

    TRATORES DE RODAS ...................................................................................................... 5

    EQUIPAMENTO ESCAVADOR DESLOCADOR ................................................................. 6

    ESCAVADEIRAS ..................................................................................................................... 9

    PS CARREGADEIRAS ........................................................................................................ 11

    NIVELADORAS ..................................................................................................................... 15

    CAMIES BASCULANTES .................................................................................................. 17

    CAMIES BASCULANTES FORA DE ESTRADA ......................................................... 17

    CAMIES TANQUE .............................................................................................................. 19

    CONCLUSO ......................................................................................................................... 23

    REFERNCIAS BIBLIOGRFICAS..................................................................................... 24

  • - 2 -

    OBJECTIVOS

    OBJECTIVO GERAL

    - Apresentar os equipamentos que so usados em operaes auxiliares do projecto de lavra

    cu aberto.

    OBJECTIVOS ESPECFICOS

    - Identificar as operaes em que cada unidade de equipamento empregue;

    - Descrever o mecanismo de funcionamento dos equipamentos auxiliares;

    - Apresentar as frmulas para determinao da produo horria de cada equipamento.

    METODOLOGIA

    Sendo o presente trabalho de categoria investigativa, a metodologia usada para obteno de

    contedo para o desenvolvimento do mesmo foi feita atravs da pesquisa bibliogrfica,

    exposio conjunta de ideias e orientao 1 1.

  • - 3 -

    INTRODUO

    No presente trabalho iremos desenvolver o tema relativo aos equipamentos auxiliares usados

    em operaes de lavra cu aberto.

    Equipamentos auxiliares so aqueles que no participam directamente na produo da mina,

    mas apoiam nas actividades que iro desenvolver a eficincia e eficcia dos equipamentos

    primrios das operaes de lavra; como por exemplo a abertura de vias de acesso, a

    terraplanagem, perfuraes, carregamento, entre outras. Ento, dentre os vrios equipamentos

    que existem, assumindo que alguns dos quais podem desempenhar funes em operaes

    primrias tanto quanto em operaes auxiliares, colocaremos em destaque para a posterior

    caracterizao alguns dos mesmos.

  • - 4 -

    MAQUINAS TRATORAS

    TRATORES DE ESTEIRAS

    Trator a mquina automotora especialmente construda para empurrar outra(s) mquina(s)

    e/ou acionar implemento(s) a ela adaptado(s), podendo ser:

    a) De esteiras trator que se movimenta por meio de esteiras;

    b) De roda trator que se movimenta sobre rodas, podendo ter chassis rgido ou articulado;

    c) De trao combinada trator que se movimenta sobre rodas e esteiras, podendo ter

    chassis rgido ou articulado.

    A caracterstica mais importante dos tratores de esteiras a prpria esteira. A esteira em si

    constituda pelo conjunto de pinos, buchas, elos e sapatas.

    O trator possui uma roda dentada (motriz) que se engrena nas buchas da esteira

    proporcionando a fora de trao que impele os roletes a se deslocarem sobre os elos fixos

    das sapatas.

    As sapatas normais (standard) dos tratores so dimensionadas para distribuir ao solo uma

    presso de 0,5 kgf/cm2, referente ao peso total do trator.

    Vantagens do trator de esteiras:

    - Maior capacidade de trao em terrenos pouco aderentes;

    - trabalha em qualquer condio topogrfica;

    Desvantagens:

    - Possui pequena velocidade de trabalho;

    - No pode ser usado para deslocamentos longos;

    - exige cuidados especiais ao se deslocar em superfcies acabadas ou duras.

  • - 5 -

    Figura 1 - Trator de esteiras

    Emprego dos tratores de esteiras

    Os tratores de esteiras so indicados para os trabalhos seguintes:

    a) Gerais de reboque;

    b) Como unidades de trao de equipamentos de escavao que operam em velocidades

    baixas e em rampas fortes, em terrenos pouco consistentes;

    c) De trao de escarificadores e rolos de compactao.

    TRATORES DE RODAS

    Figura 2 - Trator de rodas

    Vantagens:

    - Fcil manobra, conduo e operao;

    - Tem boas velocidades de deslocamento em estradas e superfcies regularizadas, alcanando

    velocidade de 40 km/h;

  • - 6 -

    - Podem ser usados para longos deslocamentos

    Desvantagens:

    - Necessitam de pistas regularizadas;

    - Os terrenos devem estar secos para sua operao;

    - Possuem pouca aderncia em terrenos argilosos.

    EQUIPAMENTO ESCAVADOR DESLOCADOR

    So equipamentos que executam inmeros servios em obras de escavao, constituindo-

    se na base fundamental da mecanizao na terraplenagem. As mquinas (tratores) se

    completam como equipamentos de escavao e transporte, pela colocao do implemento

    denominado de lmina.

    Em funo do tipo de lmina esses equipamentos escavadores podem ser subdivididos

    em tratores com lmina:

    a) Reta bulldozer;

    b) Angulada angledozer;

    c) Ajustvel tipdozer;

    d) Inclinvel tiltdozer

    .

    EMPREGO DOS TRATORES COM LMINA FRONTAL

    - Abertura de caminhos de servio e preparo da plataforma de rodagem para outros

    equipamentos;

    - Desmatamento, limpeza e destocamento;

  • - 7 -

    - Construo de aterros com emprstimo lateral a curtas distncias e pouca altura.

    PRODUO HORRIA

    A produo calculada em funo da capacidade de corte da lmina, do tempo de ciclo, do

    tipo de terreno e da porcentagem do declive.

    Figura 3 - Capacidade de corte da lmina

    Capacidade de corte da lmina:

    - C = capacidade de corte, em m3;

    - = ngulo de talude do material;

    - h = altura da lmina, em metros;

    - c = comprimento da lmina, em metros;

    - b = base do tringulo = h/tg ;

    rea da seo: S = b . h/2 = h2/2.tg

    Ento:

    =

  • - 8 -

    OPERAES EM DECLIVES (OU ACLIVES)

    A capacidade de transporte da lmina em declives maior do que a capacidade da lmina ao

    trabalhar no plano. (caso oposto ocorrer quando o equipamento operar em aclive).

    Figura 4 - Operao em declive (ou aclive)

    Da figura, se obtm as seguintes relaes:

    - em declives: tg = tg ( - )

    - em aclives: tg = tg ( + )

    Frmula de produo horria dos tratores com lmina:

    =

    Ph produo horria, em metros cbicos/hora;

    T tempo de ciclo, em minutos;

    C capacidade de corte da lmina,em m3;

    E eficincia do trabalho;

    f fator de empolamento;

    fator de correo.

  • - 9 -

    ESCAVADEIRAS

    As escavadeiras possuem a caracterstica de executar a escavao com a mquina

    estacionada, isto , sem se deslocarem na fase do carregamento de sua concha ou caamba.

    Quando efetuam o carregamento de rochas, essas so desagregadas com explosivos.

    Neste caso a escavadeira, somente, movimenta o material.

    TIPOS DE ESCAVADEIRAS

    As escavadeiras, segundo a maneira de proceder a escavao e devido forma construtiva do

    implemento escavador, podem ser agrupadas em:

    Escavadeira com caamba frontal (shovel):

    uma mquina automotora ou estacionria, provida de lana articulada, com brao

    igualmente articulado, tendo na sua extremidade uma caamba de fundo mvel.

    Figura 5 - Escavadeira com caamba frontal (shovel).

    Ciclo de trabalho:

    Um ciclo de trabalho completo do shovel compreende as seguintes operaes: escavao,

    giro, descarga e giro de retorno.

    Escavadeira de caamba invertida:

    Conhecida, tambm, com retro-escavadeira equipada com implemento frontal, constitudo

    de lana segmentada que articula na sua extremidade uma caamba, em posio invers

Search related