of 8/8
MANAUS, DOMINGO, 1º DE MAIO DE 2016 Professora do UniNorte, a psicóloga Alessandra Pereira diz que é preciso “gostar de gente” para trabalhar na área. Página 3 O estudo DIEGO JANATÃ

Especial Guia Profissões 2016 - 1º de maio de 2016

  • View
    222

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Especial Guia Profissões 2016 - Caderno especial do jornal Amazonas EM TEMPO

Text of Especial Guia Profissões 2016 - 1º de maio de 2016

  • MANAUS, DOMINGO,1 DE MAIO DE 2016

    Professora do UniNorte, a psicloga Alessandra Pereira diz que preciso gostar de gente para trabalhar na rea. Pgina 3

    O estudo

    DIEGO JAN

    AT

    01 - GUIA DE PROFISSES.indd Personalizado V 29/04/2016 23:44:42

  • 4e5

    EditorialChegamos ao quinto e ltimo exemplar

    do Guia Profisses 2016. E chegamos com a sensao de misso cumprida. Ao longo desses ltimos domingos, conseguimos detalhar de maneira simples e, ao mesmo tempo, aprofundada como funcionam os cursos mais procurados do momento e como est o mercado de trabalho para cada rea.Porm - e ele sempre existe -, nesta

    ltima edio, trazemos trs profisses que possuem um sentimento em comum: o amor. Psicologia, servio social e vete-rinria necessitam de uma dose maior de entrega profissional e, claro, emocional.Por ltimo, mas no menos importante,

    gostaria de agradecer cada leitor e leitora por nos acompanhar e nos dar o feedba-ck que precisvamos. Espero que vocs tenham conseguido minimizar dvidas e escolher o melhor caminho a seguir para um futuro de sucesso.Agradeo tambm a cada profissional

    que encontrou um tempinho na sua agenda para contribuir com este projeto pionei-ro no Estado. Espero que possamos nos encontrar em breve. At!

    Bruno MazieriEditor do Guia Profisses 2016

    At breve!

    ExpedienteEDIO/REPORTAGEMBruno Mazieri

    FOTOGRAFIASDiego Janat e Ione Moreno

    DIAGRAMAOMrio Henrique

    REVISODernando Monteiro

    TRATAMENTO DE IMAGENSKleuton Silva

    Disposio para abrir a menteA amazonense Alessandra Pereira conta um pouco do seu

    cotidiano atuando como psicloga 3

    Humanidade no olharSegundo a assistente social Lylian Barroso, o curso de servio

    social busca garantir a cidadania dos seres humanos 6

    Investimento em treinamentoCurso teve como fi nalidade ampliar o desempenho em vendas,

    com tcnicas e ferramentas que potencializam os profi ssionais7

    Para a especialista Renata Pascareli, a rea de veterinria est em pleno crescimento e a todo vapor na capital do Estado

    Amor aos animais

    Que a crise econmica refl e-te diretamente no poder de compra dos brasileiros, isso no nenhuma novidade. De acordo com dados do Instituto Brasi-leiro de Geografi a e Estatstica (IBGE), s no comrcio varejista, as vendas caram 10,5% em relao ao mesmo perodo do ano passado.Isso fruto direto da alta taxa de

    desemprego que j atinge mais de nove milhes de brasileiros, segundo dados tambm do IBGE. E, com isso, o consumidor est mais propenso a pen-sar cuidadosamente antes de realizar qualquer compra, seja no setor imo-bilirio, de varejo ou automobilstico. Nesse momento, o bom desempenho do profi ssional responsvel pela venda do produto fundamental para que a compra seja feita.A forma de abordagem, a imagem

    pessoal e a motivao do vendedor, so

    fundamentais no processo de vendas. So necessrias, alm de boa comunicao e conhecimento do que est sendo vendido, tcnicas de vendas infalveis. Um profi ssional despreparado garantia de insucesso no fechamento de vendas, algo que refl ete negativa-mente no lucro das empresas.O profi ssional de coaching tem a fun-

    o fundamental de despertar o poten-cial interno de outras pessoas utilizando recursos que combinam estratgias e metodologia de efi ccia.Como alternativa de sada para este

    problema que os empreendimentos vm passando, Eliana Pinheiro, master coa-ching e partner da Sociedade Brasileira Coaching (SBC) e sua equipe, minis-traram no ms de maro, treinamento Torne-se um Campeo de Vendas, cuja fi nalidade era ampliar o desempenho em vendas, com tcnicas e ferramentas

    que potencializam os profi ssionais e equipes comerciais.Orientar para garantir aumento dos

    resultados. Esses so alguns dos pontos fortes da capacitao que destinada a pessoas diretamente envolvidas com vendas. Tcnicas usadas em empresas de sucesso tambm so empregadas no curso. O coaching a soluo atual mais indicada para alavancar resulta-dos, revela Eliana.O diretor de negcios da Bacellar

    Seguros e executivo de vendas da Asso-ciao Brasileira de Recursos Humanos Amazonas (ABRH-AM), Elizaudo Leito, conta que sempre est atento s novas plataformas de treinamento e aperfei-oamento para aumentar resultados.O curso fantstico e amplia os ho-

    rizontes. Apesar da experincia de anos que tenho no ramo de vendas, sempre

    procuro fa-zer uma reciclagem, pois o merca-do est em constante mudana. Vale a pena investir no curso de vendas da SBC porque uma nova ferramenta e que j d resultados a partir do momento que se inicia, ressaltou. A SBCoaching atua em Manaus e est

    presente no Brasil h mais de 17 anos. A empresa a nica a possuir um centro especializado em pesquisa e desenvol-vimento, cujo objetivo fundamentar e trazer comprovaes cientfi cas teis para a aplicao do processo no pas.A empresa est localizada no The

    Offi ce, avenida Mrio Ypiranga Monteiro, 315 - Adrianpolis. Informaes podem ser obtidas pelo e-mail [email protected] e no site www.sbcempresas.com.br.

    Empresas investem Torne-se um Campeo de Vendas teve como fi nalidade ampliar o desempenho e potencializam os profi ssionais e equipes

    A SBCoa-ching atua

    em Manaus e est no mer-cado h mais de 17 anos

    DIVULG

    AO

    MANAUS, DOMINGO, 1 DE MAIO DE 2016 MANAUS, DOMINGO, 1 DE MAIO DE 20162 7

    02 - GUIA DE PROFISSES.indd Personalizado V 29/04/2016 23:53:54

  • MANAUS, DOMINGO, 1 DE MAIO DE 2016 MANAUS, DOMINGO, 1 DE MAIO DE 20166 3

    Lylian Barro-so acredita

    em um futuro melhor para a profi sso

    Segundo a assistente social Lylian Barroso, o curso de servio social busca garantir a cidadania dos seres humanos

    Durante um curso ps-tcnico com nfase na rea ambiental, realiza-do no Instituto Federal do Amazo-nas (Ifam), Lylian Barroso pode ter contato direto com moradores prximos aos igaraps de Manaus. Juntamente com isso, surgiu o interesse em questes so-ciais, o que a fez cursar servio social. Formada desde 2009 e atuando em

    uma empresa terceirizada para Secre-taria de Estado de Desenvolvimento da Regio Metropolitana de Manaus (SRMM), a assistente social afi rma que muitos pos-suem uma viso equivocada do curso. As pessoas acham que vamos fazer apenas caridades, mas no isso. O assistente social existe para garantir os direitos e deveres dos seres humanos, revela.Para quem deseja cursar servio social,

    Lylian afi rma que preciso ter humanidade para exercer a sua profi sso. preciso olhar o prximo com sensibilidade. Muitas vezes surgem fortes crticas contra pesso-as marginalizadas, mas existe uma histria por trs disso. Elas no vivem dessa forma porque querem, porque elas so obriga-das. No apenas criticar, preciso ter um olhar humano e interesse em cincias polticas que envolvam o assunto, conta.Ousadia uma das palavras de ordem

    para entrar no mercado de trabalho, se-gundo a especialista. Alm disso, preciso de foco para saber com qual pblico pre-tendemos lidar. No qualquer pessoa que possui feeling para trabalhar com crianas exploradas ou idosos maltratados, por exemplo. Por isso que digo que ousadia e amor ao prximo, claro, so essenciais, comenta ela, afi rmando que o maior con-tratante, atualmente, o poder pblico.Apesar de poder atuar nos campos da

    educao, sade, segurana pblica e em projetos sociais, o mercado ainda restrito. Tive a sorte de ter pessoas que me deram a oportunidade de estgio no

    Prosamim e fui contratada. Mas conheo colegas que at hoje no consegui-ram exercer a profi sso. Penso que existe uma desvalorizao dos profi ssionais, desabafa.Ela informa que tramita na

    Cmara Municipal de Manaus (CMM), um projeto de lei que obriga todas as esco-las a contarem com um assistente social. Isso ir ajudar bastante os profi ssionais, pois conseguiram gerar emprego. Isso j uma obrigatorieda-de nas Unidades Bsicas de Sade (UBSs) e nos Cen-tros de Ateno Integral Crian-a (CAICs), por exemplo. Va-mos ver se surge algum avano nesse sentido.A remune-

    rao pos-sui um piso pr-estabele-cido que de R$ 4 mil, com 30 horas sema-nais, mas existem empresas privadas que pagam somente R$ 1.200. No uma profi sso na qual a pes-soa vai viver de forma tranquila fi nanceiramente, mas vislumbro um futuro melhor com leis aprovadas nas esferas da educao e segurana, fi naliza.

    no olhar preciso

    A psicloga Alessandra Pereira est formada desde 2006 e, atualmente, atua como professora no UniNorte

    A frase que d ttulo a este texto da psicloga Alessandra Pe-reira e defi ne bem o seu ofcio. Formada desde 2006 e atuando como professora do Centro Universit-rio do Norte (UniNorte), ela disse que sua opo pela profi sso surgiu a partir de seu hbito pela leitura. Alm disso, na poca, tinha muito interesse na vi-vncia das pessoas. At porque minha religio buscava um assistencialismo voluntrio, realizando trabalhos de ca-ridade. Com isso veio o interesse pelos fenmenos humanos, explica.Alm de fazer parte da docncia

    na universidade, Alessandra atende crianas e adultos em seu consult-rio particular. Segundo ela, entre os requisitos para cursar psicologia est a disposio de abrir a mente para realidades distintas. preciso gostar de gente, se voc no gosta de gente, no gosta de parar ouvir o outro, no tem pacincia, melhor no entrar para o curso. preciso disposio para abrir a mente e, principalmente, ter o desejo de se autoconhecer e mudar. Voc no pode ser voc mesmo o tempo todo, comenta.

    Ela justifica que o crescimento pela procura da rea de psicologia se d pelo cenrio de instabilidade pelos quais o seres humanos esto passan-do. Existem duas grandes esferas que so a religio e a academia, o que ela pode oferecer dentro deste curso. Esses dois fatos esto sendo fundamentais para esse aumento na procura.

    MercadoAssim como em boa parte dos cur-

    sos, a psicloga conta que o envol-vimento com o mercado de trabalho deve comear ainda na faculdade. Os professores atuam como os primeiros mediadores para a carreira de cada um. Eles passam a observar a postura, se o universitrio consegue vencer obstculos, se ele se preocupa com um seminrio, se organizado... A, quando ele se forma, as oportunidades aparecem. Existe a indicao e ela surge mediante todas essas atitudes.Porm, caso ele tenha concludo o curso

    e vai para o mercado assim mesmo,

    preciso que se faa uma ps-graduao. Na verdade, preciso estudar sempre. Na psicologia o conhecimento dinmi-co, as teorias esto em constante mu-dana, sempre existem novas legislaes. E ainda que ele no tenha experincia, preciso buscar um caminho alternativo para ganhar espao, aconselha.Entre as reas de atuao dos psic-

    logos esto: a parte organizacional de empresas e rgos pblicos, em escolas, clnicas e na rea de assistncia social, sendo chamados para participarem do conselho tutelar e afi ns. Existem outras reas como a psicologia do esporte, jur-dica, questes de acidentes areos, mas essas ainda so pouco procuradas, diz.Sobre remunerao Alessandra

    alerta que existe uma demanda nacional e uma briga por um piso fi xo com jornada de 30 horas, mas que ainda no est nada con-solidado. Geralmente o salrio varia de R$ 1.500 a R$

    4.500, para um iniciante. O conselho determina, por meio de uma tabela, os honorrios para consultas particulares. Eles iniciam em R$ 80 e podem chegar at R$ 170, salve o engano. Mas alguns profi ssionais chegam a cobra R$ 350.Para o futuro, Alessandra vislumbra

    um grande desafi o. Principalmente na formao de novos profi ssionais. Os cur-rculos esto cada vez mais apertados e preciso colocar no mercado um pro-fi ssional competente, sendo preparado com o mnimo de conhecimento sobre a rea, pois o resto ele vai aprenden-do no cotidiano, com as surpresas da profi sso, fi naliza.

    DIEGO JAN

    AT

    IONE M

    OREN

    O

    Alessandra Pereira tam-

    bm aten-de em seu consultrio particular

    fenmenos humanos, explica.Alm de fazer parte da docncia

    na universidade, Alessandra atende crianas e adultos em seu consult-rio particular. Segundo ela, entre os requisitos para cursar psicologia est a disposio de abrir a mente para realidades distintas. preciso gostar a disposio de abrir a mente para realidades distintas. preciso gostar a disposio de abrir a mente para

    de gente, se voc no gosta de gente, no gosta de parar ouvir o outro, no tem pacincia, melhor no entrar para o curso. preciso disposio para abrir tem pacincia, melhor no entrar para o curso. preciso disposio para abrir tem pacincia, melhor no entrar para

    a mente e, principalmente, ter o desejo de se autoconhecer e mudar. Voc no pode ser voc mesmo o tempo todo, comenta.

    sos, a psicloga conta que o envol-vimento com o mercado de trabalho deve comear ainda na faculdade. Os professores atuam como os primeiros mediadores para a carreira de cada um. Eles passam a observar a postura, se o universitrio consegue vencer obstculos, se ele se preocupa com um seminrio, se organizado... A, quando ele se forma, as oportunidades aparecem. Existe a indicao e ela surge mediante todas essas atitudes.Porm, caso ele tenha concludo o curso

    e vai para o mercado assim mesmo,

    conselho tutelar e afi ns. Existem outras reas como a psicologia do esporte, jur-dica, questes de acidentes areos, mas essas ainda so pouco procuradas, diz.Sobre remunerao Alessandra

    alerta que existe uma demanda nacional e uma briga por um piso fi xo com jornada de 30 horas, mas que ainda no est nada con-solidado. Geralmente o salrio varia de R$ 1.500 a R$

    a rea, pois o resto ele vai aprenden-do no cotidiano, com as surpresas da profi sso, fi naliza.

    DIEGO JAN

    AT

    Alessandra Pereira tam-

    bm aten-de em seu consultrio particular

    03 - GUIA DE PROFISSES.indd Personalizado V 30/04/2016 00:03:40

  • MANAUS, DOMINGO, 1 DE MAIO DE 2016 MANAUS, DOMINGO, 1 DE MAIO DE 20164 5

    Amor aos

    Para a especialista Renata Pascareli, a rea de veterinria est em pleno crescimento e a todo vapor na capital do Estado

    Quando Renata Pascareli escolheu sua graduao, ela optou pela odontologia. Porm, aps trs perodos, percebeu que essa no era sua vo-cao. E como era apaixonada por medicina e, claro, por animais, fez a transio para o curso de veteri-nria. Com isso acabei ingressando na rea e me identifi cando com a profi sso, comenta.Formada desde 2013 e com ps-

    graduao em clnica e cirurgia de pequenos animais, a mdica veterinria afi rma que necess-rio alm do amor pelos animais, ter afi nidade com a medicina. muito comum quando o aluno passa a ter o contato com a parte de anatomia e fi siologia optar pela desistncia, pois percebe que

    no se identifi -ca com as duas coisas, explica.Atualmente tra-

    balhando no Chiques & Cheirosos Boutique

    e Esttica Animal (Par-que Dez) e no Pet Mania

    (Coroado), Renata aconselha que, ao longo da universidade, os futu-ros profi ssionais busquem estgios em clnicas ou em outras reas ligadas a veterinria. Muita gente desconhece que o mdico veterin-rio pode trabalhar na inspeo de alimentos em supermercados, com animais silvestres e na cavalaria, por exemplo. A partir disso, ele comea uma afi nidade com a rea, conta.Outras opes de atuao so

    centros de recuperao de ani-

    mais silvestres, na rea privada e em hospitais 24 horas. Isso sem

    falar do ramo de pesquisas, que leva o profi ssional a ser um professor, de repente. Depende muito da identifi cao com cada uma dessas reas.Segundo ela, o mercado em Manaus est

    bem melhor que em outras capitais do pas. Em outros estados a profi sso est saturada. Aqui estamos em plena expanso, principalmente nos quesitos pet shops e clnicas mdicas. Tenho conversado com

    alguns proprietrios de pets e eles quase no sofreram com a crise. A procura continua grande, pois os manauenses esto cada vez mais prximos dos animais, diz.Sobre remunerao, Renata con-

    ta que no existe um piso, mas os consultrios e clnicas pagam um salrio muito bom. Quando o caso de cirurgia, o valor divi-

    dido de forma igualitria, sendo 50% para a

    empresa e 50% para o mdico veterinrio.

    Uma consulta pode variar de R$ 60 a R$ 150. Em caso de cirurgias com anestesia inalatria, o valor varia de R$ 1 mil a R$ 2 mil e com anestesia injetvel o valor vai de R$ 500 a R$ 1 mil.Para a posteridade, a mdica

    veterinria visualiza um mercado mais promissor. Seria melhor se a classe fosse mais unida, como o caso da medicina humana. Mas s tende a crescer. Os profi s-sionais esto buscando cada vez mais especializaes e saindo da clnica-geral, fi naliza.

    Renata Pascareli formada em veterinria e possui ps em cirurgia de pequenos animais

    DIVULG

    AO

    04 - GUIA DE PROFISSES.indd Personalizado V 29/04/2016 23:52:19

  • MANAUS, DOMINGO, 1 DE MAIO DE 2016 MANAUS, DOMINGO, 1 DE MAIO DE 20164 5

    Amor aos

    Para a especialista Renata Pascareli, a rea de veterinria est em pleno crescimento e a todo vapor na capital do Estado

    Quando Renata Pascareli escolheu sua graduao, ela optou pela odontologia. Porm, aps trs perodos, percebeu que essa no era sua vo-cao. E como era apaixonada por medicina e, claro, por animais, fez a transio para o curso de veteri-nria. Com isso acabei ingressando na rea e me identifi cando com a profi sso, comenta.Formada desde 2013 e com ps-

    graduao em clnica e cirurgia de pequenos animais, a mdica veterinria afi rma que necess-rio alm do amor pelos animais, ter afi nidade com a medicina. muito comum quando o aluno passa a ter o contato com a parte de anatomia e fi siologia optar pela desistncia, pois percebe que

    no se identifi -ca com as duas coisas, explica.Atualmente tra-

    balhando no Chiques & Cheirosos Boutique

    e Esttica Animal (Par-que Dez) e no Pet Mania

    (Coroado), Renata aconselha que, ao longo da universidade, os futu-ros profi ssionais busquem estgios em clnicas ou em outras reas ligadas a veterinria. Muita gente desconhece que o mdico veterin-rio pode trabalhar na inspeo de alimentos em supermercados, com animais silvestres e na cavalaria, por exemplo. A partir disso, ele comea uma afi nidade com a rea, conta.Outras opes de atuao so

    centros de recuperao de ani-

    mais silvestres, na rea privada e em hospitais 24 horas. Isso sem

    falar do ramo de pesquisas, que leva o profi ssional a ser um professor, de repente. Depende muito da identifi cao com cada uma dessas reas.Segundo ela, o mercado em Manaus est

    bem melhor que em outras capitais do pas. Em outros estados a profi sso est saturada. Aqui estamos em plena expanso, principalmente nos quesitos pet shops e clnicas mdicas. Tenho conversado com

    alguns proprietrios de pets e eles quase no sofreram com a crise. A procura continua grande, pois os manauenses esto cada vez mais prximos dos animais, diz.Sobre remunerao, Renata con-

    ta que no existe um piso, mas os consultrios e clnicas pagam um salrio muito bom. Quando o caso de cirurgia, o valor divi-

    dido de forma igualitria, sendo 50% para a

    empresa e 50% para o mdico veterinrio.

    Uma consulta pode variar de R$ 60 a R$ 150. Em caso de cirurgias com anestesia inalatria, o valor varia de R$ 1 mil a R$ 2 mil e com anestesia injetvel o valor vai de R$ 500 a R$ 1 mil.Para a posteridade, a mdica

    veterinria visualiza um mercado mais promissor. Seria melhor se a classe fosse mais unida, como o caso da medicina humana. Mas s tende a crescer. Os profi s-sionais esto buscando cada vez mais especializaes e saindo da clnica-geral, fi naliza.

    Renata Pascareli formada em veterinria e possui ps em cirurgia de pequenos animais

    DIVULG

    AO

    04 - GUIA DE PROFISSES.indd Personalizado V 29/04/2016 23:52:19

  • MANAUS, DOMINGO, 1 DE MAIO DE 2016 MANAUS, DOMINGO, 1 DE MAIO DE 20166 3

    Lylian Barro-so acredita

    em um futuro melhor para a profi sso

    Segundo a assistente social Lylian Barroso, o curso de servio social busca garantir a cidadania dos seres humanos

    Durante um curso ps-tcnico com nfase na rea ambiental, realiza-do no Instituto Federal do Amazo-nas (Ifam), Lylian Barroso pode ter contato direto com moradores prximos aos igaraps de Manaus. Juntamente com isso, surgiu o interesse em questes so-ciais, o que a fez cursar servio social. Formada desde 2009 e atuando em

    uma empresa terceirizada para Secre-taria de Estado de Desenvolvimento da Regio Metropolitana de Manaus (SRMM), a assistente social afi rma que muitos pos-suem uma viso equivocada do curso. As pessoas acham que vamos fazer apenas caridades, mas no isso. O assistente social existe para garantir os direitos e deveres dos seres humanos, revela.Para quem deseja cursar servio social,

    Lylian afi rma que preciso ter humanidade para exercer a sua profi sso. preciso olhar o prximo com sensibilidade. Muitas vezes surgem fortes crticas contra pesso-as marginalizadas, mas existe uma histria por trs disso. Elas no vivem dessa forma porque querem, porque elas so obriga-das. No apenas criticar, preciso ter um olhar humano e interesse em cincias polticas que envolvam o assunto, conta.Ousadia uma das palavras de ordem

    para entrar no mercado de trabalho, se-gundo a especialista. Alm disso, preciso de foco para saber com qual pblico pre-tendemos lidar. No qualquer pessoa que possui feeling para trabalhar com crianas exploradas ou idosos maltratados, por exemplo. Por isso que digo que ousadia e amor ao prximo, claro, so essenciais, comenta ela, afi rmando que o maior con-tratante, atualmente, o poder pblico.Apesar de poder atuar nos campos da

    educao, sade, segurana pblica e em projetos sociais, o mercado ainda restrito. Tive a sorte de ter pessoas que me deram a oportunidade de estgio no

    Prosamim e fui contratada. Mas conheo colegas que at hoje no consegui-ram exercer a profi sso. Penso que existe uma desvalorizao dos profi ssionais, desabafa.Ela informa que tramita na

    Cmara Municipal de Manaus (CMM), um projeto de lei que obriga todas as esco-las a contarem com um assistente social. Isso ir ajudar bastante os profi ssionais, pois conseguiram gerar emprego. Isso j uma obrigatorieda-de nas Unidades Bsicas de Sade (UBSs) e nos Cen-tros de Ateno Integral Crian-a (CAICs), por exemplo. Va-mos ver se surge algum avano nesse sentido.A remune-

    rao pos-sui um piso pr-estabele-cido que de R$ 4 mil, com 30 horas sema-nais, mas existem empresas privadas que pagam somente R$ 1.200. No uma profi sso na qual a pes-soa vai viver de forma tranquila fi nanceiramente, mas vislumbro um futuro melhor com leis aprovadas nas esferas da educao e segurana, fi naliza.

    no olhar preciso

    A psicloga Alessandra Pereira est formada desde 2006 e, atualmente, atua como professora no UniNorte

    A frase que d ttulo a este texto da psicloga Alessandra Pe-reira e defi ne bem o seu ofcio. Formada desde 2006 e atuando como professora do Centro Universit-rio do Norte (UniNorte), ela disse que sua opo pela profi sso surgiu a partir de seu hbito pela leitura. Alm disso, na poca, tinha muito interesse na vi-vncia das pessoas. At porque minha religio buscava um assistencialismo voluntrio, realizando trabalhos de ca-ridade. Com isso veio o interesse pelos fenmenos humanos, explica.Alm de fazer parte da docncia

    na universidade, Alessandra atende crianas e adultos em seu consult-rio particular. Segundo ela, entre os requisitos para cursar psicologia est a disposio de abrir a mente para realidades distintas. preciso gostar de gente, se voc no gosta de gente, no gosta de parar ouvir o outro, no tem pacincia, melhor no entrar para o curso. preciso disposio para abrir a mente e, principalmente, ter o desejo de se autoconhecer e mudar. Voc no pode ser voc mesmo o tempo todo, comenta.

    Ela justifica que o crescimento pela procura da rea de psicologia se d pelo cenrio de instabilidade pelos quais o seres humanos esto passan-do. Existem duas grandes esferas que so a religio e a academia, o que ela pode oferecer dentro deste curso. Esses dois fatos esto sendo fundamentais para esse aumento na procura.

    MercadoAssim como em boa parte dos cur-

    sos, a psicloga conta que o envol-vimento com o mercado de trabalho deve comear ainda na faculdade. Os professores atuam como os primeiros mediadores para a carreira de cada um. Eles passam a observar a postura, se o universitrio consegue vencer obstculos, se ele se preocupa com um seminrio, se organizado... A, quando ele se forma, as oportunidades aparecem. Existe a indicao e ela surge mediante todas essas atitudes.Porm, caso ele tenha concludo o curso

    e vai para o mercado assim mesmo,

    preciso que se faa uma ps-graduao. Na verdade, preciso estudar sempre. Na psicologia o conhecimento dinmi-co, as teorias esto em constante mu-dana, sempre existem novas legislaes. E ainda que ele no tenha experincia, preciso buscar um caminho alternativo para ganhar espao, aconselha.Entre as reas de atuao dos psic-

    logos esto: a parte organizacional de empresas e rgos pblicos, em escolas, clnicas e na rea de assistncia social, sendo chamados para participarem do conselho tutelar e afi ns. Existem outras reas como a psicologia do esporte, jur-dica, questes de acidentes areos, mas essas ainda so pouco procuradas, diz.Sobre remunerao Alessandra

    alerta que existe uma demanda nacional e uma briga por um piso fi xo com jornada de 30 horas, mas que ainda no est nada con-solidado. Geralmente o salrio varia de R$ 1.500 a R$

    4.500, para um iniciante. O conselho determina, por meio de uma tabela, os honorrios para consultas particulares. Eles iniciam em R$ 80 e podem chegar at R$ 170, salve o engano. Mas alguns profi ssionais chegam a cobra R$ 350.Para o futuro, Alessandra vislumbra

    um grande desafi o. Principalmente na formao de novos profi ssionais. Os cur-rculos esto cada vez mais apertados e preciso colocar no mercado um pro-fi ssional competente, sendo preparado com o mnimo de conhecimento sobre a rea, pois o resto ele vai aprenden-do no cotidiano, com as surpresas da profi sso, fi naliza.

    DIEGO JAN

    AT

    IONE M

    OREN

    O

    Alessandra Pereira tam-

    bm aten-de em seu consultrio particular

    fenmenos humanos, explica.Alm de fazer parte da docncia

    na universidade, Alessandra atende crianas e adultos em seu consult-rio particular. Segundo ela, entre os requisitos para cursar psicologia est a disposio de abrir a mente para realidades distintas. preciso gostar a disposio de abrir a mente para realidades distintas. preciso gostar a disposio de abrir a mente para

    de gente, se voc no gosta de gente, no gosta de parar ouvir o outro, no tem pacincia, melhor no entrar para o curso. preciso disposio para abrir tem pacincia, melhor no entrar para o curso. preciso disposio para abrir tem pacincia, melhor no entrar para

    a mente e, principalmente, ter o desejo de se autoconhecer e mudar. Voc no pode ser voc mesmo o tempo todo, comenta.

    sos, a psicloga conta que o envol-vimento com o mercado de trabalho deve comear ainda na faculdade. Os professores atuam como os primeiros mediadores para a carreira de cada um. Eles passam a observar a postura, se o universitrio consegue vencer obstculos, se ele se preocupa com um seminrio, se organizado... A, quando ele se forma, as oportunidades aparecem. Existe a indicao e ela surge mediante todas essas atitudes.Porm, caso ele tenha concludo o curso

    e vai para o mercado assim mesmo,

    conselho tutelar e afi ns. Existem outras reas como a psicologia do esporte, jur-dica, questes de acidentes areos, mas essas ainda so pouco procuradas, diz.Sobre remunerao Alessandra

    alerta que existe uma demanda nacional e uma briga por um piso fi xo com jornada de 30 horas, mas que ainda no est nada con-solidado. Geralmente o salrio varia de R$ 1.500 a R$

    a rea, pois o resto ele vai aprenden-do no cotidiano, com as surpresas da profi sso, fi naliza.

    DIEGO JAN

    AT

    Alessandra Pereira tam-

    bm aten-de em seu consultrio particular

    03 - GUIA DE PROFISSES.indd Personalizado V 30/04/2016 00:03:40

  • 4e5

    EditorialChegamos ao quinto e ltimo exemplar

    do Guia Profisses 2016. E chegamos com a sensao de misso cumprida. Ao longo desses ltimos domingos, conseguimos detalhar de maneira simples e, ao mesmo tempo, aprofundada como funcionam os cursos mais procurados do momento e como est o mercado de trabalho para cada rea.Porm - e ele sempre existe -, nesta

    ltima edio, trazemos trs profisses que possuem um sentimento em comum: o amor. Psicologia, servio social e vete-rinria necessitam de uma dose maior de entrega profissional e, claro, emocional.Por ltimo, mas no menos importante,

    gostaria de agradecer cada leitor e leitora por nos acompanhar e nos dar o feedba-ck que precisvamos. Espero que vocs tenham conseguido minimizar dvidas e escolher o melhor caminho a seguir para um futuro de sucesso.Agradeo tambm a cada profissional

    que encontrou um tempinho na sua agenda para contribuir com este projeto pionei-ro no Estado. Espero que possamos nos encontrar em breve. At!

    Bruno MazieriEditor do Guia Profisses 2016

    At breve!

    ExpedienteEDIO/REPORTAGEMBruno Mazieri

    FOTOGRAFIASDiego Janat e Ione Moreno

    DIAGRAMAOMrio Henrique

    REVISODernando Monteiro

    TRATAMENTO DE IMAGENSKleuton Silva

    Disposio para abrir a menteA amazonense Alessandra Pereira conta um pouco do seu

    cotidiano atuando como psicloga 3

    Humanidade no olharSegundo a assistente social Lylian Barroso, o curso de servio

    social busca garantir a cidadania dos seres humanos 6

    Investimento em treinamentoCurso teve como fi nalidade ampliar o desempenho em vendas,

    com tcnicas e ferramentas que potencializam os profi ssionais7

    Para a especialista Renata Pascareli, a rea de veterinria est em pleno crescimento e a todo vapor na capital do Estado

    Amor aos animais

    Que a crise econmica refl e-te diretamente no poder de compra dos brasileiros, isso no nenhuma novidade. De acordo com dados do Instituto Brasi-leiro de Geografi a e Estatstica (IBGE), s no comrcio varejista, as vendas caram 10,5% em relao ao mesmo perodo do ano passado.Isso fruto direto da alta taxa de

    desemprego que j atinge mais de nove milhes de brasileiros, segundo dados tambm do IBGE. E, com isso, o consumidor est mais propenso a pen-sar cuidadosamente antes de realizar qualquer compra, seja no setor imo-bilirio, de varejo ou automobilstico. Nesse momento, o bom desempenho do profi ssional responsvel pela venda do produto fundamental para que a compra seja feita.A forma de abordagem, a imagem

    pessoal e a motivao do vendedor, so

    fundamentais no processo de vendas. So necessrias, alm de boa comunicao e conhecimento do que est sendo vendido, tcnicas de vendas infalveis. Um profi ssional despreparado garantia de insucesso no fechamento de vendas, algo que refl ete negativa-mente no lucro das empresas.O profi ssional de coaching tem a fun-

    o fundamental de despertar o poten-cial interno de outras pessoas utilizando recursos que combinam estratgias e metodologia de efi ccia.Como alternativa de sada para este

    problema que os empreendimentos vm passando, Eliana Pinheiro, master coa-ching e partner da Sociedade Brasileira Coaching (SBC) e sua equipe, minis-traram no ms de maro, treinamento Torne-se um Campeo de Vendas, cuja fi nalidade era ampliar o desempenho em vendas, com tcnicas e ferramentas

    que potencializam os profi ssionais e equipes comerciais.Orientar para garantir aumento dos

    resultados. Esses so alguns dos pontos fortes da capacitao que destinada a pessoas diretamente envolvidas com vendas. Tcnicas usadas em empresas de sucesso tambm so empregadas no curso. O coaching a soluo atual mais indicada para alavancar resulta-dos, revela Eliana.O diretor de negcios da Bacellar

    Seguros e executivo de vendas da Asso-ciao Brasileira de Recursos Humanos Amazonas (ABRH-AM), Elizaudo Leito, conta que sempre est atento s novas plataformas de treinamento e aperfei-oamento para aumentar resultados.O curso fantstico e amplia os ho-

    rizontes. Apesar da experincia de anos que tenho no ramo de vendas, sempre

    procuro fa-zer uma reciclagem, pois o merca-do est em constante mudana. Vale a pena investir no curso de vendas da SBC porque uma nova ferramenta e que j d resultados a partir do momento que se inicia, ressaltou. A SBCoaching atua em Manaus e est

    presente no Brasil h mais de 17 anos. A empresa a nica a possuir um centro especializado em pesquisa e desenvol-vimento, cujo objetivo fundamentar e trazer comprovaes cientfi cas teis para a aplicao do processo no pas.A empresa est localizada no The

    Offi ce, avenida Mrio Ypiranga Monteiro, 315 - Adrianpolis. Informaes podem ser obtidas pelo e-mail [email protected] e no site www.sbcempresas.com.br.

    Empresas investem Torne-se um Campeo de Vendas teve como fi nalidade ampliar o desempenho e potencializam os profi ssionais e equipes

    A SBCoa-ching atua

    em Manaus e est no mer-cado h mais de 17 anos

    DIVULG

    AO

    MANAUS, DOMINGO, 1 DE MAIO DE 2016 MANAUS, DOMINGO, 1 DE MAIO DE 20162 7

    02 - GUIA DE PROFISSES.indd Personalizado V 29/04/2016 23:53:54

  • MANAUS, DOMINGO,1 DE MAIO DE 2016

    Professora do UniNorte, a psicloga Alessandra Pereira diz que preciso gostar de gente para trabalhar na rea. Pgina 3

    O estudo

    DIEGO JAN

    AT

    01 - GUIA DE PROFISSES.indd Personalizado V 29/04/2016 23:44:42