ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA - Eletronico_080-13... · Modelo de Planilha Detalhada para Proposta Modelo…

  • View
    213

  • Download
    0

Embed Size (px)

Transcript

  • 1

    ESPECIFICAO TCNICA

    OBJETO REFORMA DO TELHADO, INSTALAO DE NOVO BARRILETE E INSTALAO DE TOLDO NO PRDIO DO

    FRUM LAFAYETTE - BH

    PRAZO CENTO E OITENTA DIAS CORRIDOS

    CONDIES LOCAIS

    PRDIO EM FUNCIONAMENTO

    A - DIRETRIZES PRELIMINARES

    1. DOCUMENTAO TCNICA FORNECIDA PELO TJMG

    1.1. ESPECIFICAES CIVIS

    Contedo do Arquivo Nome do Arquivo

    Especificao Tcnica BH-Forum Lafayette - ESPECIFICACAO

    Relao de Documentos para pagamento BH-Forum Lafayette - PAGAMENTO

    Normas de Segurana do Trabalho BH-Forum Lafayette - SEGURANCA

    Planilha oramentria com custos apurados pelo TJMG

    BH-Forum Lafayette - CUSTOS

    Planilha com custos apurados pelo TJMG - Instalaes hidrulicas

    BH-Forum Lafayette - CUSTOS HID

    Planilha com custos apurados pelo TJMG - Instalaes de SPDA BH-Forum Lafayette - CUSTOS SPDA

    Resoluo do CONAMA BH-Forum Lafayette - CONAMA

  • 2

    1.2. LISTAS E MEMORIAIS DAS INSTALAES COMPLEMENTARES

    Tipo de Projeto Nome do Arquivo

    Listas do Projeto de Instalaes Hidrulicas BH-Forum Lafayette - Lista HID

    Listas do Projeto de Instalaes de SPDA BH-Forum Lafayette - Lista SPDA

    Memorial do Projeto de Instalao Hidrulica BH-Forum Lafayette - Memorial HID

    1.3. MODELOS PARA DOCUMENTOS A SEREM ENTREGUES

    Contedo do Arquivo Nome do Arquivo

    Modelo de Planilha Detalhada para Proposta Modelo - PLANILHA DETALHADA

    Modelo de Composio de BDI Modelo - BDI

    Modelo de Composio de Encargos Sociais sobre Mo-de-Obra

    Modelo - ENCARGOS

    Modelo de Composio de Custo de Preo Unitrio Modelo - COMPOSICAO

    Modelo de Dirio de Obras Modelo - DIRIO

    Modelo de Cronograma Fsico-financeiro da obra Modelo - CRONOGRAMA

    Modelo de Planilha de Materiais e Mo-de-Obra para as Instalaes Complementares

    Modelo - PLANILHA DE INSTALACOES

    Modelo de Relao Descritiva dos materiais a serem utilizados na obra.

    Modelo - RELACAO DE MATERIAIS

    1.4. PROJETOS TCNICOS

    Os projetos so identificados por um carimbo padronizado do Tribunal de Justia, onde constam o tipo de projeto, etapa, classificao, e a numerao da prancha de desenho, seguida da indicao do total de folhas.

  • 3

    1.4.1. PROJETO EXECUTIVO DE ARQUITETURA

    Prancha Contedo da Prancha Nome do Arquivo

    01/04 PLANTA DE COBERTURA NOTAS

    BH-Forum Lafayette - Cobertura ARQ EX01 01-04

    02/04 PLANTA DE DEMOLIO COBERTURA NOTAS, DETALHE DE EXECUO; FIGURA 1

    BH-Forum Lafayette - Cobertura ARQ EX01 02-04

    03/04 FOTOS; CORTE AA; ESCADA C/ GAIOLA NOTAS; PLANTA ESQUEMTICA DA COBERTURA DETALHES DE 1 A 9

    BH-Forum Lafayette - Cobertura ARQ EX01 03-04

    04/04 ESCADAS, GAIOLAS E GUARDA-CORPO DETALHES DE 10 A 16, FOTOS ILUSTRATIVAS

    BH-Forum Lafayette - Cobertura ARQ EX01 04-04

    01/01 TOLDO 2, 3 e 4 PAVTOS DETALHE DO TOLDO

    BH-Forum Lafayette - Toldo ARQ EX01 01-01

    1.4.2. PROJETO PADRO DE ARQUITETURA

    Tipo da Prancha Contedo da Prancha Nome do Arquivo

    PDR-GCTubos GUARDA-CORPO EXTERNO E INTERNO EM TUBOS PDR-GCTubos

    PDR-PlacaObra MODELOS DE PLACAS DE OBRA PDR-PlacaObra

    1.4.3. PROJETO INSTALAES HIDRULICAS

    Prancha Contedo da Prancha Nome do Arquivo

    01/02 PLANTA DE COBERTURA / BARRILETE GUA FRIA NOTAS; DETALHES TPICOS; SIMBOLOGIA

    BH-Forum Lafayette HID EX01 01-02

    02/02 PLANTA DE COBERTURA PLUVIAL E VENTILAO NOTAS; DETALHES TPICOS

    BH-Forum Lafayette HID EX01 02-02

    1.4.4. PROJETO INSTALAES DE SPDA

    Prancha Contedo da Prancha Nome do Arquivo

    01/01 SPDA SISTEMA DE PROTEO CONTRA DESCARGAS ATMOSFRICAS

    BH-Forum Lafayette SPDA EX01 01-01

  • 4

    B - DIRETRIZES GERAIS DA ESPECIFICAO TCNICA

    1. OBJETIVO

    Estabelecer critrios para a execuo de reforma do telhado, instalao de novo barrilete e

    instalao de toldo no prdio do Frum Lafayette, na comarca de Belo Horizonte. Este prdio

    situa-se na Avenida Augusto de Lima, n 1.549, Barro Preto Belo Horizonte.

    2. ADMINISTRAO

    Os servios sero realizados com o prdio em funcionamento. O desenvolvimento dos

    servios obedecer ao ritmo que satisfaa perfeitamente o cumprimento do prazo previsto,

    mas no poder interferir no funcionamento do Frum.

    Todos os funcionrios da contratada usaro obrigatoriamente uniformes e crachs de

    identificao. Durante a execuo dos servios, no ser permitido, em hiptese alguma, o

    trnsito de funcionrios da contratada nas dependncias do prdio, sem que estejam

    previamente autorizados.

    3. ORIENTAES EXECUTIVAS DOS SERVIOS

    O Frum permanecer em funcionamento durante a reforma e seus servios tero prioridade

    absoluta sobre as obras a serem executadas no prdio.

    A obra se desenvolver com o prdio ocupado que dever ser mantido limpo.

    Todos os servios de demolio devero ser concentrados na parte da manh e/ou aps as

    18:00h, sendo permitida, durante o perodo de 12:00h at as 18:00h, a execuo de servios

    que no causem transtornos e tumultos ao andamento das atividades Forenses.

    Os servios tambm podero ser executados nos finais de semana, com autorizao

    especial da Direo Forense e com acompanhamento de funcionrios / vigilncia do Frum.

    No ser permitida a permanncia de materiais de construo nas reas de trnsito de

    usurios do Frum, tais como telhas, calhas, tubos, latas de tinta, etc.

    Obs.: A execuo dos servios dever ser feita sempre sob orientao da Fiscalizao do

    TJMG e sob ordem da Direo Forense.

    Prever fornecimento de mo-de-obra para executar sinalizao orientativa aos usurios do

    prdio do Frum durante a obra.

  • 5

    4. ENERGIA ELTRICA E GUA

    O consumo de energia eltrica e gua para a execuo dos servios sero por conta do

    TJMG, no entanto a distribuio da energia para os equipamentos de utilizao na obra ser de

    responsabilidade da CONTRATADA. Aps a concluso dos servios, os pontos utilizados

    devero ser entregues da mesma maneira, ou em melhores condies em que se

    encontravam antes da obra.

    Em hiptese alguma sero permitidos cortes do fornecimento de energia eltrica e hidrulica

    durante o expediente normal de trabalho. Esses cortes s podero ser executados em finais

    de semana previamente programados e autorizados pela fiscalizao do Tribunal.

    5. USO DAS DEPENDNCIAS DO PRDIO

    Ser disponibilizado pela fiscalizao do TJMG um local para servir como vestirio, refeitrio

    e depsito de pequenas ferramentas, os quais devero ser utilizados seguindo as restritas

    recomendaes de ordem, segurana e higiene, estabelecidas pela Fiscalizao do TJMG.

    No caber ao TJMG a guarda e vigilncia dos materiais e equipamentos pertencentes

    contratada.

    6. NORMAS DE SEGURANA DO TRABALHO

    Devero ser obedecidos todos os itens das seguintes normas: NR6, NR10 e NR18 e na falta

    destas as Normas Internacionais vigentes.

    Os elementos mais relevantes das normas regulamentadoras: NR6, NR10 e NR18 foram

    listados no anexo, que parte integrante deste caderno.

    OBS: os itens destacados neste Anexo, no isentam a contratada de cumprir os demais itens

    destas Normas, as Normas Tcnicas Oficiais estabelecidas pelos rgos competentes e, na

    falta destas as Normas Internacionais vigentes.

    7. GESTO DOS RESDUOS NA CONSTRUO CIVIL

    A contratada dever proceder todos os servios em conformidade com a legislao ambiental

    federal, estadual e municipal com especial ateno s normas tcnicas e diretrizes e

    deliberaes normativas da municipalidade nos aspectos referentes aos resduos slidos da

    obra, bem como de acordo com os condicionantes ambientais constantes das licenas

    relativas a estes servios adiante especificados.

    Deve ser providenciado um Plano de Gerenciamento dos Resduos gerados pela construo

  • 6

    do prdio, obedecendo Norma especfica e s determinaes do municpio. Uma cpia

    dever ser entregue fiscalizao no primeiro dia de obra.

    8. ANOTAES DE RESPONSABILIDADE TCNICA

    Dever ser feito o registro da anotao de responsabilidade tcnica, junto ao CREA, para os

    diferentes tipos de servios a serem executados, observando-se as atribuies de cada

    profissional.

  • 7

    C - DESCRIO DOS SERVIOS

    1 PESSOAL

    1.1 PESSOAL TCNICO / ADMINISTRATIVO

    1.1.1 ENGENHEIRO CIVIL

    A obra ser acompanhada em tempo parcial, com no mnimo 03 (trs) visitas semanais, por

    engenheiro civil. O profissional dever ser devidamente inscrito no CREA, com experincia

    profissional comprovada de no mnimo 05 (cinco) anos, adquirida em superviso de obras de

    caractersticas semelhantes.

    1.2 PESSOAL DE PRODUO

    1.2.1 ENCARREGADO DE OBRAS

    Dever constar no quadro de pessoal, em horrio integral, 01 encarregado de obras com

    experincia de, no mnimo 10 (dez) anos, adquirida no exerccio de funo idntica em obras

    de caractersticas semelhantes.

    1.2.2 TCNICO EM SEGURANA DO TRABALHO

    Dever constar no quadro de pessoal, em horrio integral, 01 tcnico em segurana do

    trabalho com experincia de, no mnimo 05 (cinco) anos, adquirida no exerccio de funo

    idntica em obras de caractersticas semelhantes.

    1.3 DESPESAS COM PESSOAL: MEDICINA E SEGURANA DO TRABALHO

    Despesas com medicina e segurana do trabalho: botas de couro, capacetes, luvas de couro,

    uniformes, culos de proteo, protetores auriculares, mscaras, etc.

    2 EQUIPAMENTOS E FERRAMENTAS

    Caber contratada tomar todas as providncias necessrias junto Prefeitura de Belo

    Horizonte, BHTrans e demais rgos competentes, no tocante s licenas e autorizaes