ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO - ESTÁGIO ARQUITETURA... · ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

  • View
    213

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO - ESTÁGIO ARQUITETURA... · ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

ESTGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

CURSO DE GRADUAO EM ARQUITETURA E URBANISMO

MANTENEDORA

Faculdade de Cincias e Tecnologia do Maranho LTDA

MANTIDA

Faculdade de Cincias e Tecnologia do Maranho Facema

DIRETORIA

Diretora Executiva

Maria Aparecida Barroso Coutinho

Vice-Diretora Executiva

Aryzaltina Silva Penha

Prof. Msc. Marcos Aurlio de Arajo Alves

Diretor Acadmico

Jos de Ribamar Teixeira Jnior

Diretor Administrativo-Financeiro

Andr Luiz Barroso Gonzalez

Diretor de Marketing e Comrcio

Prof. Msc. Acyr de Sousa Carvalho Filho

Coordenador de Arquitetura e Urbanismo

ESTGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

O estgio curricular essencial para dar uma viso de mercado para

o futuro profissional, alm da importncia na formao prtica do arquiteto

urbanista. Considera-se importante que o aluno do Curso de Arquitetura e

Urbanismo faa estgios em diferentes reas, com diferentes profissionais,

em escritrios e/ou rgos ligados Arquitetura e Urbanismo, de modo a

instig-lo a uma maior reflexo da produo arquitetnica e urbanstica. Os

alunos integrantes do Curso de Arquitetura e Urbanismo da FACEMA devem

cumprir uma carga horria mnima de 200 horas (duzentas) de estgio

supervisionado, previstas na disciplina Estgio Curricular Supervisionado.

No aspecto operacional, o Estgio Supervisionado ficar sob a

responsabilidade da Coordenadoria de Estgios do Curso de Arquitetura e

Urbanismo, com a colaborao de Professores, que sero responsveis pela

orientao e superviso acadmica dos estagirios. Caber a estes docentes

supervisores o acompanhamento e avaliao do aluno estagirio quanto s

atividades desenvolvidas e interao com os campos de estgio.

A FACEMA, por meio da Diretoria e da Coordenadoria do Curso,

firmar convnios com as empresas, instituies e entidades que

apresentarem condies favorveis ao desenvolvimento dos estgios

previstos.

No plano acadmico, o desenvolvimento do Estgio

Supervisionado levar em conta as seguintes etapas e outros mecanismos

que sero estabelecidos em regulamento prprio, a ser aprovado no

mbito do Colegiado do Curso e homologado pelo Conselho Superior da

Faculdade:

1. Matrcula do aluno nas disciplinas de Estgio Supervisionado;

2. Elaborao semestral, pela Coordenadoria de Estgios do Curso de

Arquitetura e Urbanismo, com a participao da Coordenadoria do

Curso, da Programao de Estgios, na qual sero detalhados: o

nmero de alunos-estagirios, as principais atividades previstas, a

distribuio da carga horria e as estratgias de avaliao do

desempenho dos estagirios;

3. Elaborao, pelo Professor, de seu Plano de Estgio a ser

desenvolvido durante o Estgio Supervisionado;

4. Desenvolvimento do Plano de Estgio do aluno, com a superviso do

seu Professor de Estgio;

5. Avaliao do estgio com base nos critrios definidos em

regulamento de avaliao da IES, realizada de maneira sistemtica e

contnua;

6. Elaborao, pelo aluno, do relatrio de estgio, analisando

criticamente as oportunidades de aprendizagem surgidas nas

instituies, incluindo propostas de soluo para os problemas

encontrados.

A seguir apresentada uma minuta do Regulamento do Estgio

Curricular.

FACULDADE DE CINCIAS E TECNOLOGIA DO MARANHO

REGULAMENTO DO ESTGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DO CURSO

DE ARQUITETURA E URBANISMO

CAPTULO I

NATUREZA E OBJETIVOS

Art. 1. O Estgio Curricular Supervisionado do Curso de Arquitetura e

Urbanismo da FACEMA parte integrante do respectivo currculo e

a carga horria para o seu desenvolvimento, bem como o perodo

para sua realizao, esto regulamentados por meio do Projeto

Pedaggico do Curso.

Art. 2. O Estgio Curricular Supervisionado do Curso de Arquitetura e

Urbanismo deve ser cumprido obedecendo ao disposto neste

Regulamento e nas resolues que vierem a ser aprovadas pelo

Conselho Superior da FACEMA, pelo Colegiado do Curso de

Arquitetura e Urbanismo e em outras disposies legais.

Art. 3. O Estgio Curricular Supervisionado do Curso de Arquitetura e

Urbanismo tem por objetivo o aprendizado de competncias

prprias da atividade profissional e a contextualizao curricular

para o desenvolvimento do educando na vida cidad e para o

trabalho.

CAPTULO II

CAMPOS DE ESTGIO

Art. 4. Constituem campos de estgio as entidades de direito privado,

rgos da administrao pblica, entidades de classe, instituies

ensino ou de pesquisa, as prprias unidades da FACEMA e a

comunidade em geral, onde se desenvolvam atividades

relacionadas s reas de Arquitetura e Urbanismo.

Art. 5. As instituies relacionadas no Art. 4 deste Regulamento, para

poderem atuar como unidades concedentes de estgio, devem

previamente firmar convnio com a FACEMA e ter condies para:

I. planejar e executar as atividades de estgio;

II. controlar a frequncia e avaliar as atividades do estgio;

III. promover a efetiva vivncia profissional aos estagirios;

IV. aprofundar os conhecimentos terico-prticos adquiridos pelos

estudantes no Curso.

Pargrafo nico. Para o estabelecimento do convnio mencionado no caput

do artigo, ser considerado pela FACEMA, em relao s unidades

concedentes de estgio:

I. existncia de infraestruturas fsica, de material e de recursos

humanos;

II. aceitao das condies de superviso e de avaliao da FACEMA;

III. anuncia e acatamento s normas dos estgios da FACEMA;

IV. existncia dos instrumentos jurdicos celebrados com a FACEMA,

para cada estagirio;

V. existncia no quadro de pessoal de profissional que atuar como

Orientador de Campo, que ser o responsvel pelo

acompanhamento das atividades do estagirio no local do estgio

durante o perodo de sua realizao.

CAPTULO III

ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS

Art. 6. Antes do incio de cada perodo letivo, o Coordenador de Estgios

do Curso de Arquitetura e Urbanismo, com a participao da

Coordenadoria do Curso, deve elaborar a Programao do Estgio

Curricular Supervisionado e encaminh-la ao Colegiado do Curso de

Arquitetura e Urbanismo para apreciao.

Pargrafo nico. Da programao devem constar:

I. relao de estudantes matriculados;

II. organizao das turmas;

III. relao de professores supervisores;

IV. reas de atuao;

V. campos de estgio;

VI. perodo de realizao;

VII. cronograma de atividades relacionadas realizao do estgio.

Art. 7. As atividades a serem desenvolvidas pelo estagirio devem constar

de um Plano de Estgio, a ser elaborado pelo Orientador de Campo,

com a participao do Professor.

Pargrafo nico. O Orientador de Campo do estgio integrante da unidade

concedente de estgio e tem como funo orientar e assistir

tecnicamente o estagirio.

CAPTULO IV

SUPERVISO DO ESTGIO

Art. 8. Para acompanhar, orientar, analisar e avaliar as atividades de

estgio, cada estagirio ter a designao, pelo Coordenador de

Estgios, de um professor para atuar como Supervisor de Estgio.

1. S pode atuar como Supervisor de Estgio docente que esteja

atuando ou j tenha atuado no Curso de Arquitetura e Urbanismo,

lotado em Coordenadoria de Curso que esteja envolvido com as

atividades acadmicas da rea profissionalizante.

2. Para a designao dos Supervisores de Estgio, o Coordenador de

Estgios contar com a colaborao do Coordenador de Curso

referido no pargrafo anterior, que indicar os professores

disponveis para a superviso e o nmero de estagirios que cada

um poder supervisionar.

Art. 9. As atribuies dos Supervisores de Estgio devero estar descritas

no Regulamento Geral de Estgio de Graduao, aprovado pelo

Conselho Superior da FACEMA, e no Manual de Estgio do Curso de

Arquitetura e Urbanismo, aprovado pelo respectivo Colegiado de

Curso.

Art. 10. A superviso do Estgio Curricular Supervisionado do Curso de

Arquitetura e Urbanismo ser na forma indireta, conduzida por

meio do acompanhamento do estagirio atravs de contatos

espordicos com ele e com o Orientador de Campo, de visitas

ocasionais ao campo de estgio, sempre que possvel, da anlise dos

relatrios previstos na forma de avaliao e da participao no

seminrio final de estgio.

CAPTULO V

CRITRIOS E METODOLOGIA DE AVALIAO

Art. 11. A avaliao do Estgio Curricular Supervisionado do Curso de

Arquitetura e Urbanismo ser feita considerando uma avaliao

pelo Coordenador do Curso, uma avaliao pelo Coordenador do

Ncleo de Estgios, a partir de coleta de dados junto ao Orientador

de Campo do estgio, uma avaliao pelo Supervisor de Estgio a

partir da anlise de 2 (dois) relatrios elaborados pelo estagirio no

perodo do estgio e uma avaliao de uma banca examinadora

composta de pelo menos dois Supervisores de Estgio em um

seminrio final de estgio.

Art. 12. As etapas da avaliao so ponderadas de acordo com a seguinte

forma:

I. avaliao pelo Coordenador do Cur