Estágio Supervisionado III para Licenciaturas - nead.uesc.· Estágio Supervisionado II, Estágio

  • View
    214

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Estágio Supervisionado III para Licenciaturas - nead.uesc.· Estágio Supervisionado II, Estágio

  • Helena Feres HawadHelena Amaral da FontouraVnia MoreiraVera Lucia Cunha

    Volume nico

    Estgio Supervisionado III para Licenciaturas

    Apoio:

  • Material DidticoELABORAO DE CONTEDOHelena Feres Hawad Helena Amaral da FontouraVnia MoreiraVera Lucia Cunha

    COORDENAO DE DESENVOLVIMENTO INSTRUCIONAL Cristine Costa Barreto

    DESENVOLVIMENTO INSTRUCIONAL E REVISOJanaina de Souza SilvaJos Meyohas

    COORDENAO DE LINGUAGEMMaria Anglica Alves

    H389e

    Hawad, Helena Feres. Estgio Supervisionado III para licenciaturas. v. nico / Helena

    Feres Hawad et al. Rio de Janeiro: Fundao CECIERJ, 2009. 74p.; 19 x 26,5 cm.

    ISBN: 85-7648-157-X

    1. Estgio. 2. Orientaes prticas. 3. Material de registro. I. Moreira, Vnia. II. Cunha, Vera Lucia. III. Ttulo.

    CDD: 370.71

    Referncias Bibliogrfi cas e catalogao na fonte, de acordo com as normas da ABNT.

    Copyright 2005, Fundao Cecierj / Consrcio Cederj

    Nenhuma parte deste material poder ser reproduzida, transmitida e gravada, por qualquer meio eletrnico, mecnico, por fotocpia e outros, sem a prvia autorizao, por escrito, da Fundao.

    2009/2

    EDITORATereza Queiroz

    COORDENAO DE PRODUOJorge Moura

    PROGRAMAO VISUALRonaldo dAguiar Silva

    CAPAAndr Dahmer

    PRODUO GRFICAPatricia Seabra

    Departamento de Produo

    Fundao Cecierj / Consrcio CederjRua Visconde de Niteri, 1364 Mangueira Rio de Janeiro, RJ CEP 20943-001

    Tel.: (21) 2334-1569 Fax: (21) 2568-0725

    PresidenteMasako Oya Masuda

    Vice-presidenteMirian Crapez

    Coordenao do Curso de Pedagogia para as Sries Iniciais do Ensino FundamentalUNIRIO - Adilson Florentino

    UERJ - Vera Maria de Almeida Corra

  • Universidades Consorciadas

    Governo do Estado do Rio de Janeiro

    Secretrio de Estado de Cincia e Tecnologia

    Governador

    Alexandre Cardoso

    Srgio Cabral Filho

    UENF - UNIVERSIDADE ESTADUAL DO NORTE FLUMINENSE DARCY RIBEIROReitor: Almy Junior Cordeiro de Carvalho

    UERJ - UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIROReitor: Ricardo Vieiralves

    UNIRIO - UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIROReitora: Malvina Tania Tuttman

    UFRRJ - UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIROReitor: Ricardo Motta Miranda

    UFRJ - UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIROReitor: Alosio Teixeira

    UFF - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSEReitor: Roberto de Souza Salles

  • Formato do componente curricular ___________________________________ 7

    1a Parte

    Preparando o estgio ____________________________________________27

    2 Parte

    Orientaes prticas _____________________________________________35

    3 Parte

    Material de registro e acompanhamento ______________________________63

    Estgio Supervisionado III para Licenciaturas

    SUMRIO

    Volume nico

  • Formato do componente curricular

    JUSTIFICATIVA

    Este documento o formato do componente curricular Estgio Supervisionado dos Cursos de Licenciatura, na modalidade a distncia do Consrcio CEDERJ/ CECIERJ.

    Este componente curricular desenvolvido em quatro etapas distintas, a saber: Estgio Supervisionado I, Estgio Supervisionado II, Estgio Supervisionado III e Estgio Supervisionado IV. A 1 etapa do componente curricular exige do aluno, como pr-requisito para matrcula, a aprovao na disciplina Prtica de Ensino 1.

    A apresentao do componente curricular e seus objetivos esto contidos na Introduo do documento. A 1 parte detm-se na estrutura organizacional formatada para dar conta dos trs nveis e variados espaos envolvidos na operacionalizao da prtica do estgio. A 2 parte aborda o contedo pedaggico das diferentes etapas do componente curricular, e na 3 parte apresentado no s o material didtico, como tambm pistas para que o aluno venha a obter maior organizao de tempo, maior autonomia e mtodos de estudo nessa modalidade de ensino.

    A avaliao deste componente curricular, diferenciada das demais disciplinas dos Cursos de Licenciatura, est contida na 4 e ltima parte do documento.

  • Formato do componente curricular

    8 C E D E R J

    O componente curricular Estgio Supervisionado tem como objetivo articular e

    integrar a teoria e a prtica entre os contedos das disciplinas acadmicas do

    Ncleo de Formao Especfi ca dos Cursos de Licenciatura, e o conhecimento

    da realidade na organizao do espao escolar.

    Pretende ainda estimular o aluno a desvelar as teorias pedaggicas que

    sustentam o cotidiano da escola, com base no referencial terico construdo e

    apreendido no decorrer do Curso.

    Paralelamente, o estgio instigar o aluno percepo crtica do funcionamento

    do dia-a-dia da escola amparado no seu projeto poltico-pedaggico e no perfi l

    da sua gesto.

    Nesta vivncia o aluno ter, ainda, oportunidade de observao das variadas

    atuaes no espao escolar, como por exemplo:

    a organizao da oferta de matrculas comunidade em geral;

    o desenho da grade curricular do Ensino Fundamental e Ensino Mdio;

    a forma e a elaborao do planejamento das variadas disciplinas que compem

    o currculo de tais nveis de ensino;

    a aplicao da metodologia utilizada em diferentes realidades escolares.

    Da mesma forma, poder realizar a leitura de como as relaes se estabelecem

    no interior da escola e fora dela, no que diz respeito ao atendimento ou

    demanda da comunidade escolar.

    Finalmente, reconhecido no Estgio Supervisionado um espao interativo de

    apropriao e reviso do fazer pedaggico comum e especfi co das diferentes

    Licenciaturas em questo; o reconhecimento da metodologia de um trabalho

    interdisciplinar no currculo escolar e a consolidao da identidade profi ssional

    dos alunos-estagirios. Diante da formao pretendida, o componente

    curricular ainda soma a esses fatores a conscincia poltica e social, necessria

    compreenso e incluso dos futuros licenciados no mundo do trabalho.

    INTRODUO

  • C E D E R J 9

    NDICE

    1 PARTE

    ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DO COMPONENTE

    CURRICULAR 10

    PLANOS INTEGRADOS 10

    PUNIVERSIDADE 10

    Atribuies dos Tutores a Distncia 10

    PPLOS 11

    Atribuies do Tutor Presencial I 11

    PUNIDADES ESCOLARES 12

    2 PARTE 16

    CONTEDO PEDAGGICO DO COMPONENTE CURRICULAR 16

    Estgio Supervisionado I 16

    Estgio Supervisionado II 18

    Estgio Supervisionado III 19

    Estgio Supervisionado IV 19

    3 PARTE 20

    MATERIAL DIDTICO 20

    4 PARTE 21

    AVALIAO 21

    Avaliao a Distncia (AD1 e AD2) 21

    Avaliao Presencial (AP1, AP2 e AP3) 22

    Avaliao Presencial 3 (AP3) 23

    Avaliao Somativa 23

    Avaliao Formativa 23

    Composio de Mdias 24

    Mdias Parciais (NI e N2) 24

    Clculo de Nota da Avaliao Presencial 3 (AP3) 24

    Critrio de Aprovao do Aluno 24

  • Formato do componente curricular

    10 C E D E R J

    1 parteEstrutura organizacional do componente curricularPlanos integrados

    As atividades pedaggicas e de cunho interdisciplinar do

    componente curricular interagem a partir de trs planos integrados de

    forma horizontal e vertical, a saber:

    Universidades: onde se encontram os coordenadores e os Tutores

    a Distncia.

    Plos CEDERJ: onde so encontrados os Tutores Presenciais.

    Escolas Parceiras: onde esto situados os Regentes-Tutores,

    que so os Professores-Regentes das variadas disciplinas

    instrumentadoras do currculo escolar e os alunos-estagirios.

    PUniversidade

    O contedo da disciplina Estgio emana da Coordenao da

    Disciplina, localizada nas Universidades onde so estabelecidas as

    tarefas a serem cumpridas pelos alunos-estagirios e acompanhadas,

    nesse nvel, pelo Tutor a Distncia, quais sejam:

    Relatos das observaes feitas na escola parceira.

    Registros das experincias sobre as atividades desenvolvidas na

    vivncia do estgio.

    Elaborao das atividades pedaggicas solicitadas pelos tutores

    a distncia e presencial ou regente-tutor da disciplina e/ou pelo

    coordenador.

    Realizao de trabalh