Estatística Aplicada à Administração - uapi.edu.br .Estatística Aplicada à ... estatística

  • View
    219

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Estatística Aplicada à Administração - uapi.edu.br .Estatística Aplicada à ... estatística

  • Prof. Marcelo Tavares

    Estatstica Aplicada Administrao

    Estatstica Aplicada Administrao

  • Copyright 2007. Todos os direitos desta edio reservados ao Sistema Universidade Aberta do Brasil. Nenhuma parte deste material

    poder ser reproduzida, transmitida e gravada, por qualquer meio eletrnico, por fotocpia e outros, sem a prvia autorizao, por escrito,

    do autor.

  • PRESIDENTE DA REPBLICA

    Luiz Incio Lula da Silva

    MINISTRO DA EDUCAO

    Fernando Haddad

    SECRETRIO DE EDUCAO A DISTNCIA

    Carlos Eduardo Bielschowsky

    DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE POLTICAS EM EDUCAO A DISTNCIA DPEAD

    Hlio Chaves Filho

    SISTEMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL

    Celso Costa

    COMISSO EDITORIAL DO PROJETO PILOTO UAB/MEC

    Marina Isabel Mateus de Almeida (UFPR)

    Teresa Cristina Janes Carneiro (UFES)

    Antonio Roberto Coelho Serra (UEMA)

    Jonilto Costa Sousa (UnB)

    Vicente Chiaramonte Pires (UEM)

    Ozrio Kunio Matsuda (UEM)

    Anderson de Barros Dantas (UFAL)

    ORGANIZAO DO CONTEDO

    Prof. Marcelo Tavares

    PROJETO GRFICO

    Annye Cristiny Tessaro

    Mariana Lorenzetti

    DIAGRAMAO

    Annye Cristiny Tessaro

    Victor Emmanuel Carlson

    REVISO DE PORTUGUS

    Renato TapadoPatrcia Regina da Costa

  • SumrioIntroduo.....................................................................................07

    UNIDADE 1 Estatstica descritiva

    Estatstica descritiva....................................................................................11

    UNIDADE 2 Introduo a probabilidades

    Introduo a probabilidades........................................................................41

    UNIDADE 3 Amostragem

    Amostragem............................................................................73

    UNIDADE 4 Testes de Hipteses

    Testes de Hipteses..............................................................................103

    Referncias.....................................................................................133

    Anexos.....................................................................................135

  • Uma sugesto de

    referncia

    NEUFELD, John L.

    Estatstica Aplicada

    Administrao usando

    Excel. v.1. So Paulo:

    Prantice Hall, 2003

    Para saber mais v ao

    site www.ibge.gov.br

    Introduo

    O cidado comum pensa que a estatstica se resume apenas a

    apresentar tabelas de nmeros em colunas esportivas e/ou econmicas

    de jornais e revistas, ilustradas com grficos, pilhas de moedas, etc.,

    ou quando muito associam a estatstica previso de resultados eleito-

    rais. A estatstica no se limita somente a compilar tabelas de dados e

    os ilustrar graficamente. Sir Ronald Fisher (1890-1962), em seus tra-

    balhos, iniciou a estatstica como mtodo cientfico. Desta forma, o

    trabalho do estatstico passou a ser o de ajudar a planejar a obteno

    de dados, interpretar e analisar os dados obtidos e apresentar os resul-

    tados de maneira a facilitar a tomada de decises razoveis.

    Didaticamente, podemos dividir a estatstica em duas partes: a

    estatstica descritiva e a inferncia estatstica.A estatstica descritiva preocupa-se com a forma pela qual pode-

    mos apresentar um conjunto de dados em tabelas e grficos, e tambm

    resumir as informaes contidas nestes dados mediante a utilizao de

    medidas estatsticas.

    J a inferncia estatstica baseia-se na teoria das probabilidades

    para estabelecer concluses sobre todo um grupo (chamado popula-

    o), quando se observou apenas uma parte (amostra) representativa

    desta populao.

    Uma grande quantidade de informaes importantes que auxili-

    am na tomada de decises est no site do Instituto Brasileiro de Geo-

    grafia e Estatstica (IBGE). Todo o clculo das estatsticas pode ser

    feito por meio de calculadoras cientficas e tambm softwares estats-

    ticos. As planilhas eletrnicas permitem o clculo de diversas estatsti-

    cas e confeco de grficos de forma mais rpida e eficiente.

    necessrio ter em mente que a estatstica uma ferramenta

    para o gestor ou executivo, nas respostas dos porqus de seus pro-

    blemas que podem ser explicados por uma anlise de dados. Para ela

    ser bem usada, necessrio conhecer os seus fundamentos e princpi-

    os, e acima de tudo que o gestor ou executivo desenvolva um esprito

  • crtico e jamais deixe de pensar. Pois fcil mentir usando a estatsti-

    ca, o difcil falar a verdade sem usar a estatstica.

    Atualmente, as empresas tm procurado profissionais como exe-

    cutivos que tenham um nvel de conhecimento de estatstica alto, pois

    este conhecimento tem feito uma diferena grande nos processos

    decisrios em empresas.

    Este livro ser dividido em quatro Unidades:

    Unidade 1 Estatstica Descritiva (Descrio de amostraspor meio de distribuies de freqncias, e medidas de posi-o e disperso);

    Unidade 2 Probabilidades (Conceitos bsicos de probabili-dades, variveis aleatrias uni e bidimensionais) e Distribui-es de Probabilidades (discretas e contnuas);

    Unidade 3 Amostragem (probabilstica e no probabilstica),Distribuies Amostrais (Distribuies t de Student, qui-qua-drado e F) e Intervalos de Confiana (mdia, proporo); e

    Unidade 4 Processos Decisrios (Testes de Hipteses).

  • UNIDADE

    1Estatstica descritivaEstatstica descritiva

  • 10

    Curso de Graduao em Administrao a Distncia

    Objetivo

    Esta Unidade tem por objetivo fazer com que voc tenha condies

    de descrever e apresentar os resultados de um conjunto de observaes

    de forma clara, objetiva e passando o mximo de informaes possveis.

    Para tal objetivo, sero abordadas as distribuies de freqncias, anlises

    grficas, medidas de posio e disperso.

  • Mdulo 4

    11

    Estatstica descritiva

    Qualquer conjunto de dados, tais como o tempo de uma ligao

    telefnica, a velocidade de processamento de um computador, a pro-

    poro de participao no mercado das empresas de um determinado

    setor, suscetibilidade de empresas a uma determinada mudana no

    mercado, opinio dos alunos quanto didtica de um professor, etc.,

    contm informao sobre algum grupo de indivduos. As possveis

    diferenas entre indivduos determinam a variao que est sempre

    presente na anlise de dados.

    Uma caracterstica que pode assumir diferentes valores de indi-

    vduo para indivduo denominada varivel, pois de outra forma se-ria denominada constante.

    A classificao das variveis em qualitativas e quantitativas foi

    apresentada na disciplina de Metodologia de Pesquisa. Caso no selembre, reveja o material de Metodologia de Pesquisa.

    Desta forma, apenas para relembrar, como voc faria a classifi-

    cao das seguintes variveis?

    a) Nmero de pginas desta unidade;

    b) peso dos funcionrios do setor de marketing de umaempresa;

    c) tipos de empresas em relao a adoo de determina-da tcnica; e

    d) tamanho de empresas (pequena, mdia e grande).

    Respostas: a) quantitativa discreta; b) quantitativa contnua;

    c) qualitativa nominal; d) qualitativa ordinal.

    Os dados qualitativas so divididos em nominais e ordinais;enquanto os dados quantitativas so divididos em discretas econtnuas.

  • 12

    Curso de Graduao em Administrao a Distncia

    Quando voc coleta os dados para uma pesquisa, estas observa-

    es so chamadas de dados brutos. Um exemplo de dados brutos

    corresponde ao tempo em minutos que consumidores de uma determi-

    nada operadora de telefonia celular utilizariam em um ms (dados simu-

    lados pelo autor a partir de um caso real). Os dados foram obtidos em uma

    pesquisa de mercado e apresentados na forma em que foram coletados

    (Tabela 1), por este motivo so denominados dados brutos*.Geralmente, este tipo de dado traz pouca ou nenhuma informa-

    o ao leitor, sendo necessrio organizar os dados, com o intuito de

    aumentar sua capacidade de informao.

    GLOSSRIO*Dados Brutos:dados na forma emque foram coletados,sem nenhum trata-m e n t o . F o n t e :Lacombe (2004)

    GLOSSRIO*Rol a mais sim-ples organizaonumrica. a orde-nao dos dados emordem crescente oudecrescente.

    *Amplitude Total corresponde dife-rena entre o maiore o menor valor ob-servado em um con-junto de dados. No-taremos por A.

    Tabela 1: Tempo (T) em minutos de uso de telefone celular por consu-

    midores (C) de uma determinada operadora

    Como voc pode observar na Tabela 1, a simples organizao

    dos dados em um rol* aumenta muito a capacidade de informaodestes. Na Tabela 2, voc pode verificar que o menor tempo observa-

    do foi 82 minutos, e o maior, 210 minutos, o que nos fornece uma

    amplitude total* de variao da ordem de 128 minutos.Outra informao que podemos obter nos dados por meio da

    Tabela 2 (organizada em rol crescente) que alguns tempos, como

    122 min, 132 min, 138 min e 142 min, foram os mais freqentes, ou

    seja, os mais citados na pesquisa.

    C

    1

    2

    3

    4

    5

    6

    7

    8

    T

    104

    108

    138

    101

    163

    141

    90

    154

    C

    9

    10

    11

    12

    13

    14

    15

    16

    T

    122

    142

    106

    201

    169

    120

    210

    98

    C

    17

    18

    19

    20

    21

    22

    23

    24

    T

    129

    138

    122

    161

    167

    189

    132

    127

    C

    25

    26

    27

    28

    29

    30

    31

    32

    T

    144

    151

    146

    82

    137

    132

    172

    87

    C